Pesquisar no Blog do J.A.

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

USOS E COSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS


TRABALHADORES EM MADEIRA
Parte Final

Em vista de os judeus serem um povo seminômade, a carpintaria não era muito praticada por eles. Então o padrão de qualidade da carpintaria em Canaã declinou bastante depois da ocupação israelita, até que os fenícios foram chamados para ajudar (1Cr 14.1). Esses eram carpinteiros peritos e sua frota de navios para o comércio ficou conhecida. 

Ao empregarem sua habilidade na construção do Templo de Salomão e outros prédios públicos, eles transmitiram aos judeus muitos de seus conhecimentos, que incluíam colocação de painéis, revestimento e entalhes (1Rs 5.18). 

Embora os judeus viessem a adotar a carpintaria, sendo o seus trabalho descrito por Isaías como envolvendo o uso de prumo, marcador, cinzéis (possivelmente planos) e compasso (Is 44.13), e chegassem a ser suficientemente especializados para que o exílio depois da destruição do templo, a perícia deles nesse ofício continuou depois da destruição do templo, a perícia deles nesse ofício continuou deteriorando ao terminar sua aliança com a Fenícia.

O carpinteiro também fazia muitos trabalhos menores, trabalhando no chão do lado de fora de sua casa; as bancadas não foram usadas até o período romano. Portas, batentes, venezianas e fechaduras eram feitas para as construções, e bancos, mesas baixas, e baús para o interior da casa. Ferramentas agrícolas, tais como jugos, arados e pás faziam também parte do trabalho do carpinteiro. 

O fato de as ferramentas serem relativamente rústicas, significavam que um bom acabamento era uma tarefa altamente especializada.O martelo (Jz 5.26) era geralmente uma pedaço de pedra. Os pregos usados para prender pedaços de madeira (Jr 10.4) foram feitos primeiro de bronze e mais tarde de ferro. Os furos eram feitos com uma sovela, embora o seu uso na Bíblia fique confina a furar orelhas (Êx 21.6; Dt 15.17).


Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Conselhos Bíblicos