Pesquisar no Blog do J.A.

Carregando...

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

USOS E COSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS


Cidades e aldeias

Quando os homens saíram das caverna e começaram a cultivar a terra, eles se estabeleceram em lugares em que a terra era fértil e onde houvesse um suprimento fácil de agua.
Isso levou algumas vezes a conflitos entre os grupos nômades que queriam compartilhar a agua.
Este conflitos exigiam que os novos fazendeiros vivessem perto uns dos outros parta mutuo proteção, e foi este o motivo para  a origem da aldeia.
Se a aldeia fosse vulnerável,  elas eram construídas de modo que as paredes detraz das casa fosse um muro defensivo para a aldeia, tendo acesso apenas por  uma brecha ou porta.
Se a aldeia estivesse em um lugar de fácil defesa e se encontrasse  numa rota comercial, então,  na época que o arado de bronze tornou possível cultivar mais intensivamente a terra e produzisse mais riquezas,  a aldeia era rodeada por uma proteção defensiva.
Era isso,  em lugar do tamanho, que transformava a aldeia em cidade ( veja Lv 25.29-31).
Até cidades importantes como Jerusalem e Megido tinham apenas cerca de trinta acres de extenção nos dias do AT.
Se a proteção fosse substituida por um muro sólido, ela tornavas-se conhecida como cidade fortificada ( Jr 34.7).
Havia uma dupla ligação entre as cidades e as aldeias.
Em tempos de guerra,  oa aldeãos fugiam para as cidades por causa da proteção de seua muros.
No verão,  o povo das cidades gostavam de ir para o campo, onde se envolvia na colheita e tinha assim trabalho nas férias.
As cidades e as aldeias ficavam portanto agrupadas (Js 15.32, 36, 41).



Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Frases




DO ALTO ELE  DESCEU   E DA GLÓRIA, SE FEZ HUMILDE.


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

As Virtudes da Cruz para Nós - 3/5

Vitória

Na sua morte, Jesus conquistou a vitória sobre o pecado, a morte, o mundo e sobre os poderes de Satanás, que são os grandes inimigos que perseguem os seres humanos. Satanás tentará continuamente nos derrotar, ou pelo menos nos enfraquecer.

Precisamos estar conscientes da vitória que temos em Jesus, para que consigamos vencer os ataques satânicos feitos contra nossa vida. Jesus venceu para nós o pecado e a morte, de acordo com Romanos 5.12,15. Deste modo, duas armas terríveis de Satanás, que é a culpa e o medo são inúteis e inofensivas na vida dos crentes, pois estamos firmados na obra de Cristo no calvário.

Jesus venceu o mundo. Por entendemos a sociedade pagã e contrária a Deus, que com seus valores terríveis e antibíblicos se levanta contra os ensinamentos do Reino de Deus. Na cruz, Jesus derrotou os principados e poderes deste mundo tenebroso. Temos o privilégio de ser participantes de sua vitória, como é descrito em 1 Jo 5.4,5.

Ele triunfou sobre Satanás. A cruz foi na realidade, a batalha entre poder de Deus e o poder de satanás. Esta vitória, como é narrada em Colossenses 2.13-16, não foi conquistada em um lugar secreto e escondido, mas foi em um lugar público, para que todos vissem.

Quando Jesus exclamou "está consumado", não foi por fraqueza ou desespero, mas Ele estava proclamando publicamente sua vitória sobre os poderes das traves. Em 1 João 4.4, está escrito que "Jesus, que habita em nós, é mais poderoso do que aquele que habita no mundo."

sábado, 30 de agosto de 2014

FRASES


A CRUZ DE CRISTO PODE ADOÇAR AS EXPERIENCIAS MAIS AMARGAS.


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

TENHO MEDO DE DEUS


Leitura: Hebreus 12.25-29


Porque nosso Deus é fogo consumidor
Hebreus 12.29

Muitas vezes falo às pessoas sobre nossa necessidade de temer a Deus. Às vezes as ouço responderem assim: "Você não tem realmente medo de Deus, tem? Jamais acreditaria em um Deus assim".

Sim, eu tenho medo de Deus e admito isso. Eu também tenho medo da água. Isso não quer dizer que não gosto de pescar e nadar. Mas jamais posso esquecer o poder de tirar a vida que um rio, lago ou o mar têm.

Levando para o lado pessoal, recordo-me garoto, temendo a meu pai. Eu o amava e sabia que ele me amava e se preocupava com meu bem-estar. Mas eu respeitava sua autoridade com meu pai, e tinha medo das medidas corretivas que ele tomaria se eu fizesse algo errado.

O mesmo acontece em relação a Deus. Admiro e reverencio sua santidade. E por causa disso, eu o amo e quero estar próximo dele. Desejo ser temido mais do que qualquer outro. Satanás e as pessoas podem destruir o corpo, mas Deus é um "fogo consumidor" que pode "fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo" (Mt 10.28).

Somente quando tememos a Deus, realmente o amamos. E somente à medida que esse amor crescer, é que garantirá que nosso temor a Deus é o tipo certo de temor.

Tema a Deus e você precisará temer mais nada.


Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

FRASES



JESUS PODERÁ VIR A QUALQUER HORA,
PORTANTO, 
DEVEMOS ESTAR PRONTOS O TEMPO TODO.


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

PALAVRA DE PASTOR

Meus queridos irmãos vejam o que o Senhor está dizendo: 

Ainda que o homem esqueça vocês, Deus jamais esquecerá! 

Enquanto vocês dormem, Ele trabalha! 

No tempo certo, Ele se levantará, e usará todos os meios para dar a vitória. 

Se for preciso Ele abre o mar, entra na fornalha, tira o sono do rei, manda anjos, tira a fome dos leões, faz descer fogo do céu, destrói seus adversários. 

Não se intimidem com o vento que está assoprando, DEUS está nele, o vento não veio para te destruir e sim para te fazer crescer! 

O choro pode durar uma noite mais a alegria vem ao amanhecer. 


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

As Virtudes da Cruz para Nós - 2/5

Provisão

Satanás tentará nos fazer acreditar que Deus não se importa por nós e que não faz nada em nosso favor.
O seu objetivo é destruir a confiança que temos em Deus ao nos decidirmos andar com Jesus. O Espirito Santo estará sempre revelando Deus como um Pai para nós (Rm 8.15,16). Em Romanos 8.32 lemos:

"Porque ele nem mesmo deixou de entregar o próprio Filho, mas o ofereceu por todos nós! Se ele nos deu o seu Filho, será que não nos dará também todas as coisas?"

Como filhos temos o direito da provisão do Pai Celestial.
Sempre que estivermos em dificuldades de provisão e em necessidade, devemos ir ao calvário, pois lá foram conquistadas bênçãos para as nossas vidas. Tudo o que necessitamos podemos pedir com fé, porque através dos méritos da cruz, Deus liberará da sua provisão para as nossas vidas.

Qual é a sua necessidade hoje?

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

DEUS, PASTEL E GUARANA


Havia um pequeno menino que queria se encontrar com Deus. 

Ele sabia que tinha um longo caminho pela frente. 

Um dia, encheu sua mochila com pastéis e guaraná, e saiu para brincar no Parque.
Quando ele andou umas 3 quadras, encontrou um velhinho sentando em um banco da praça olhando os pássaros. 

O menino sentou-se junto a ele, abriu sua mochila, e ia tomar um gole de guaraná, quando olhou o velhinho e viu que ele estava com fome, então ofereceu-lhe um pastel. 

O velhinho muito agradecido, aceitou, e sorriu ao menino.

Seu sorriso era tão incrível que o menino quis ver de novo; então ele ofereceu-lhe seu guaraná. 

Mais uma vez o velhinho sorriu ao menino. 

O menino estava tão feliz! 

Ficaram sentados ali, sorrindo, comendo pastel e bebendo guaraná pelo resto da tarde, sem falarem um ao outro.

Quando começou a escurecer o menino estava cansado e resolveu voltar para casa, mas antes de sair ele se voltou e deu um grande abraço no velhinho. 

Aí o velhinho deu-lhe o maior sorriso que o menino já havia recebido.
Quando o menino entrou em casa, sua mãe, surpresa ao ver a felicidade estampada em sua face, perguntou:
- O que você fez hoje que te deixou tão feliz assim?
Ele respondeu.
- Passei a tarde com Deus - e acrescentou - Sabe, Ele tem o mais lindo sorriso que eu jamais vi!

Enquanto isso, o velhinho chegou em casa com o mais radiante sorriso na face, e seu filho perguntou:
- Por onde você esteve que está tão feliz?
E o velhinho respondeu:

- Comi pastéis e tomei guaraná no parque com Deus.
Antes que seu filho pudesse dizer algo, falou:
- Você sabe que Ele é bem mais jovem do que eu pensava?

A face de Deus está em todas as pessoas e coisas, se são vistas por nós com os olhos do amor e do coração.

Vejamos Deus nas pessoas,  ... sim Ele existe!


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

O significado da refeição para os nobres judeus

Texto Referência: Lc 7.36 KJA

"Tendo sido convidado por um dos fariseus para jantar, Jesus foi à casa dele e reclinou-se, como era o costume, junto à mesa."

Para os nobres judeus, uma refeição era um convite social, representava um selo de amizade e reconhecimento entre os convidados.

Como as mesas eram baixas, e ao redor havia uma série de divãs e almofadas, os convidados se reclinavam sobre eles, com os pés para trás, a fim de degustarem as iguarias que eram trazidas por escravos ou empregados.

Estes, além de servirem à mesa, cuidavam da recepção aos convivas, que incluía ungir com óleos e perfumes, lavar e enxugar os pés, especialmente dos mestres da Torá (Lei).

Alguns senhores ou patrões, dispensavam seus criados da cerimônia de recepção e a realizavam eles próprios, numa atitude de elevada estima e consideração por seus amigos.

Assim, a sala de refeição ficava, em geral, repleta de pessoas; umas comendo e descansando, outras, entrando e saindo para servir os comensais.

Dentro dos padrões acima citados, convidar alguém para uma refeição - como descrita a cima - era um sinal de demonstração do status social do anfitrião.

Conselhos Bíblicos