Pesquisar no Blog do J.A.

sexta-feira, 24 de março de 2017

O grande problema - O pecado de confiar em ídolos

"Ouvi-me, ó casa de Jacó, e todo o restante da casa de Israel; vós a quem trouxe nos braços desde o ventre, e sois levados desde a madre. E até à velhice eu serei o mesmo, e ainda até às cãs eu vos carregarei; eu vos fiz, e eu vos levarei, e eu vos trarei, e vos livrarei. A quem me assemelhareis, e com quem me igualareis, e me comparareis, para que sejamos semelhantes? Gastam o ouro da bolsa, e pesam a prata nas balanças; assalariam o ourives, e ele faz um deus, e diante dele se prostram e se inclinam."
Is 46.3-6

Aqui, o profeta falou sobre um desses pecados sérios que já comentamos: a idolatria. O nosso grande problema faz com que continuemos confiando em ídolos, nesse caso, feitos de ouro e prata.

Isaías assinala que essa idolatria é uma grande tolice. Que estupidez confiar em uma figura metálica, que não tem vida ou movimento, em vez de confiar no Deus vivo e Todo-Poderoso, o Deus que nos criou com tanto amor, que continua cuidando de nós e nos protegendo todos os dias da nossa vida e que nunca munda, isto é, que é fiel e totalmente confiável!

O Salmo 115 também fala sobre ídolos, que têm olhos, mas não veem, ouvidos, mas não houvem, e assim por diante. E o salmista acrescenta que a pessoa que confia em ídolos acaba sendo também como o ídolo: com olhos que não enxergam e tudo mais.

Hoje, talvez haja menos pessoas que fazem ídolos de ouro e prata, mas o dinheiro e as riquezas são os ídolos de muitos. Assim, o pecado é, de fato, uma escravidão da qual não podemos fugir.

Que bom, no entanto, que Deus é paciente e sempre está perto, pronto a nos receber de volta! Nós não somos fiéis, mas Deus é sempre fiel.

Referências adicionais: Sl 88; Am 5.1-3,11-15

Os Livros Bíblicos - Novo Testamento

61. II Pedro:

Para quem foi escrito este livro?
Indeterminado.

Por quem foi escrito (autor)?
Pedro, o apóstolo.

Em qual momento histórico?
Por volta do ano 67-68 d.C., antes do martírio de Pedro (que, segundo a tradição cristã, foi crucificado de cabeça para baixo).

Por que este livro foi escrito?
Porque seus leitores estavam sendo ameaçados por falso ensino (por alguma forma primitiva de gnosticismo, que ensinava a salvação pelo conhecimento intuitivo e esotérico – e não pela fé em Cristo; defendia a imoralidade – 2.13-19; negava o Senhor e desprezava sua autoridade – 2.1, 10; caluniava os seres celestiais – 2.10; e zombava da segunda vinda de Cristo – 3.3-4).

Para quê este livro foi escrito?
Para enfatizar a verdade e as implicações éticas do Evangelho contra os falsos mestres.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Um pouco de história cristã

"E, se te fez algum dano, ou te deve alguma coisa, põe isso à minha conta."
Fm 1.18

Martinho Lutero (1483-1546, 63 anos), teólogo reformador alemão, ligado à ordem dos agostinianos e professor de teoria bíblica em Wittemberg em 1510, ao visitar o Roma ficou horrorizado com o estado de corrupção e imoralidade do clero e da corte papal.

No dia 13 de fevereiro de 1517, afixou na porta principal do palácio ducal de Wittemberg suas 95 teses contra a cobrança de indulgências.

Em 1520, mediante a bula Exsurge Domine, ele foi excomungado. Perseguido pelo clero, refugiou-se no castelo Warburg, pertencente a seu amigo Frederico de Saxônia.

Dedicou-se a tradução da Bíblia para o idioma alemão, e ao ler esse texto de Paulo afirmou: "O que Jesus Cristo fez em nosso benefício diante de Deus, o Pai, Paulo fez a Onésimo diante de Filemom".

Em 1524, abandonava sua ordem católica e casa-se com a ex-freira Catarina von Bora. Tiveram seis filhos naturais e quatro adotivos.

Lutero costumava a dizer que "o casamento é uma escola muito melhor para o caráter do que qualquer monastério".

Glossário
Exsurge Domine - É o nome da bula pontifícia emitida pelo papa Leão X em 15 de junho de 1520 em resposta às 95 teses de Martinho Lutero e aos seus escritos sucessivos. Dessas 95, o papa reconhecia como válidas 54 teses, mas pedia que Lutero se retratasse por 41 delas, assim como por outros erros especificados, oferecendo um prazo de 70 dias a partir da sua publicação. Ainda que a bula não criticasse diretamente todos os pontos tocados pelo então monge Lutero, a mesma proibia que em todos os países católicos fosse publicada, vendida e lida qualquer literatura que contivesse os erros e as heresias contidas nas 95 teses, solicitando às autoridades seculares que se encarregassem de respeitar e fazer respeitar a bula em seus territórios. O prazo final de 10 de dezembro de 1520 foi o dia em que Lutero e queimou a sua cópia da bula juntamente com os volumes do Código de Direito Canônico.

Fonte:
BÍBLIA. Português. Novo Testamento King James: Edição de Estudo. Tradução Bíblia King James, 1611. Edição Bíblia King James Atualizada (KJA). São Paulo: Abba Press, 2007.

Frase (Nem imagem precisa para ficar claro)

"A Lei requer força de quem não a tem, e o amaldiçoa se não puder produzi-lá.
O Evangelho dá força a quem não a tem, e o abençoa na demonstração dela."
C. H. Macintosh, Gênesis a Deuteronômio, p. 232-233.

quarta-feira, 22 de março de 2017

2 Semanas sobre a vida e os ensinos de Jesus

Dia 8

João 3 - Uma conversa com Jesus

Nicodemos nunca mais foi o mesmo após aquele diálogo com Jesus.

Seus conceitos e preceitos foram todos colocados aprova diante da revelação do Amor de Deus (Jo 3.16) e da missão do Filho (Jo 3.17).

Fica uma lição, quando conversamos com Jesus a nossa vida muda!

Versículos do Dia

Versículos do Dia

E ele julgará entre as nações, e repreenderá a muitos povos; e estes converterão as suas espadas em enxadões e as suas lanças em foices; uma nação não levantará espada contra outra nação, nem aprenderão mais a guerrear.
Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.


Pr Donizeti (um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Notícias Obra Missionária - SEARA Itália


São José do Vale do Rio Preto, 18 de março de 2017. 

"Precisamos entender que mesmo que as coisas fujam ao nosso controle, elas continuam rigorosamente sob o controle de Deus. Cremos no cuidado amoroso de Deus. Ele trabalha para aqueles que nEle esperam. Ele governa os céus e a terra, e também, os destinos da nossa vida!" (Hernandes Dias Lopes)

Amados irmãos e companheiros na obra missionária, Que a graça e paz do nosso Senhor Jesus Cristo vos sejam multiplicadas. Esta é a primeira carta que escrevemos depois do nosso retorno ao Brasil.

Como tínhamos informado anteriormente, estávamos preparando o nosso retorno somente para o mês de junho deste ano, mas tivemos que antecipar às pressas o nosso retorno para o dia 20 de fevereiro por causa do agravamento do problema do coração do Matheus. Ele nasceu com uma má formação no coração (válvula bicúspide congênita). Desde quando Matheus era pequeno sabíamos que na idade adulta, ele teria de fazer uma cirurgia para corrigir problemas devido a esta má formação, mas não esperávamos que fosse tão cedo.

No entanto, devido a algumas complicações (dupla lesão aórtica e um aneurisma [dilatação] da artéria aorta) ele precisou fazer uma cirurgia com certa urgência. Ele passou mal no dia 03 de fevereiro com fortes dores e dificuldade para respirar. Chegando no hospital o médico de plantão, que era um cardiologista, constatou que a situação era grave. No dia 07 de fevereiro, ele foi transferido para o hospital do Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio de Castro no Rio de Janeiro, onde teve de esperar mais de um mês para fazer a cirurgia.

Graças a Deus, ele já fez a cirurgia (16/03) e está se recuperando na UTI. Ele terá de permanecer no hospital ainda por pelo menos uma semana. Desde que chegamos ao Brasil, temos estado mais tempo no hospital no Rio de Janeiro do que em nossa casa, em São José do Vale do Rio Preto. Eu e Alessandra temos nos revezado para estarmos com Matheus no hospital.

Em média tenho descido para o Rio três vezes por semana. Além disso, com o nosso retorno, temos que estar organizando a nossa vida. Graças a Deus, Lucas já começou a estudar e devagar estamos arrumando as nossas coisas nesta nova etapa da nossa vida missionária. O nosso projeto em missões continua, mas desta vez, Deus tem nos direcionado para esta nova fase, auxiliando na Base de Semipa.

Nem sempre é fácil entendermos os caminhos pelos quais Deus nos conduz, mas estou certo que Ele tem um propósito perfeito em tudo isso. Penso que a experiência que adquirimos nestes mais de 16 anos na obra missionária, principalmente nestes últimos 6 anos na Europa, será muito proveitosa para aprimorarmos o trabalho de Base em Semipa e contribuirá para ajudarmos no preparo, capacitação e apoio das famílias missionárias que estão ou estarão servindo ao Senhor em vários campos missionários.

Assim, queremos dizer que o vosso apoio, orações e contribuições são muito necessários e importantes para que possamos prosseguir nesta nova fase de nossas vidas na obra missionária. Esperamos que, após Matheus já estar em casa e se recuperando, poderemos abrir a nossa agenda para atendermos as queridas igrejas e irmãos que nos apoiam, agradecendo-os pessoalmente pelo vosso apoio e explicando os detalhes desta nossa nova fase em missões.

Nós somos imensamente gratos a todos os amados irmãos que têm nos apoiado na obra missionária, segurando as cordas da oração e contribuição.

Com gratidão,

Pr. Paulo Henrique, Alessandra e Lucas -----------------------------------------------------

Escreva para nós através dos e-mails:
ppaulo_henrique@hotmail.com
ppaulohenrique@gmail.com
alessandraccunha@hotmail.com

terça-feira, 21 de março de 2017

Efeitos das Queda - Gn 3.8-4.9

Cinco instâncias no homem são afetadas pela Queda:

1. Corpo - Degradação física, progressiva e contínua. A morte da estrutura física do ser.

2. Mente - Perda do conhecimento de Deus, visualização da condição pecadora.

3. Desejo - Muitas escolhas deverão ser feitas agora por si próprio e não mais por Deus, o Criador.

4. Emoções - As emoções negativas passam a ter grande poder e domínio no ser humano.

5. Espírito - Com a Queda, a morte não veio só ao meio físico do homem, mas alcançou o seu espírito causando-lhe a morte espiritual.

Fora estes cinco aspectos existem coisas como:
Rejeição - Portanto, uma necessidade de pertencer a alguém!
Culpa e vergonha - Portanto, uma necessidade de auto-estima!
Fraqueza e ajuda - Portanto, uma necessidade de força e auto-controle!

Só em Jesus todas as necessidades são sanadas e o homem perdido, reencontrado.

Os Livros Bíblicos - Novo Testamento

60. I Pedro:

Para quem foi escrito este livro?
Para os cristãos judeus da Diáspora (a dispersão dos judeus fora da Palestina), de todos os lugares (1.1).

Por quem foi escrito (autor)?
Pedro, o apóstolo.

Em qual momento histórico?
Por volta do ano 60-68 d.C., antes do martírio de Pedro (que, segundo a tradição cristã, foi crucificado de cabeça para baixo).

Por que este livro foi escrito?
Porque os cristãos estavam sofrendo perseguição por causa da sua fé (1.6-7; 3.13-17; 4.12-19), insultos (4.4, 14), falsas acusações de má conduta (2.12; 3.16), espancamentos (2.20), ostracismo social, violência esporádica pela multidão e policiais.

Para quê este livro foi escrito?
Para encorajar aqueles cristãos perseguidos e confusos a permanecer firmes na sua fé (5.12); e, para ensiná-los o comportamento correto do cristão no meio de sofrimento injusto (4.1,19).

Conselhos Bíblicos