Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 29 de março de 2017

Eis aqui a maior promessa do mundo!

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
Jo 3.16

Essa foi feita não pensando para quem seria, mas pensando em quem é.

Deus em sua natureza de amor baseia a maior de todas as promessas em Si mesmo.

Ela alcança a cada um, sem distinção de atos, erros, pecados, transgressões, etc.

Não é porque somos, mas por que Ele é!

Pense nisso hoje.

terça-feira, 28 de março de 2017

Versículos do Dia

Versículos do Dia

Todos esperam de ti, que lhes dês o seu sustento em tempo oportuno.Dando-lho tu, eles o recolhem; abres a tua mão, e se enchem de bens.
O pão nosso de cada dia nos dá hoje; 


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Humildade, nunca sai de moda


"O coração do homem se exalta antes de ser abatido e diante da honra vai a humildade."
Provérbios 18.12

A sedução de mostrar-se como "um ser superior" sempre rondou a humanidade desde os primórdios.

O sentimento de superioridade é algo notório em diversos níveis de interação humana, e invariavelmente todo mundo conhece alguém assim.

O sentimento de superioridade na raça humana é tão profundo que é enraizado em sua queda lá no Éden. Lá, o homem, era a principal criação de Deus, cuidador de tudo o que Deus havia criado, tinha acesso livre e irrestrito a Deus.
Gn 2.7,8 - "E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente. E plantou o Senhor Deus um jardim no Éden, do lado oriental; e pôs ali o homem que tinha formado."
Gn 2.15 - "E tomou o Senhor Deus o homem, e o pôs no jardim do Éden para o lavrar e o guardar."
Gn 3.8-13 - "E ouviram a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim. E chamou o Senhor Deus a Adão, e disse-lhe: Onde estás? E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me. E Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore de que te ordenei que não comesses? Então disse Adão: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi. E disse o Senhor Deus à mulher: Por que fizeste isto? E disse a mulher: A serpente me enganou, e eu comi."
O ser humano nunca superou a perda de seu status junto a Deus. Uma das provas disso é a invenção da idolatria por parte do homem. No afã de ter contato com um ser superior ou de ser superior novamente cria abominações a Deus.

Biblicamente falando, tudo se originou com um só Deus. Tanto que todas as derivações divinas seguem o prefixo "deus XXXX", ao passo que Deus é Deus. Fadados pelo pecado ao distanciamento de Deus, o homem faz para si deuses que ocupem o lugar o lugar do SENHOR e que possam atende-los em seus pecados.

Até o cativeiro babilônico a idolatria foi um grande mal até mesmos para o povo de Deus. Eles foram curados dela nos anos a fio longe de sua terra natal. Contudo, na linha temporal da humanidade a idolatria continuava firme e forte.

Jesus vem para desfazer as obras do diabo e "religar" o homem a Deus. A vaidade da superioridade humana não o aceita e não o quer, isso faz com que o cisma entre Deus e os homens continuem para alguns.

Quem aproveita, então, a oportunidade que Jesus trouxe?

Os humildes de coração, pessoas que deixaram o seu "eu" de lado, negaram-se a si mesmas e tem seguido o que Cristo disse como verdade que leva ao céu.
Mt 11.29 - "Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas."
A humildade de Cristo foi a maior prova da necessidade da humildade, pois sendo Deus humilhou-se e veio morrer aqui pelos distanciados homens.

Sem tal ato do Filho de Deus, sem essa humildade em nós jamais atingiremos ou voltaremos a ter contato com Deus de novo.

Não é estar, é ser!


segunda-feira, 27 de março de 2017

Os Livros Bíblicos - Novo Testamento

62. I João:

Para quem foi escrito este livro?
Indeterminado.

Por quem foi escrito (autor)?
João, o apóstolo.

Em qual momento histórico?
Por volta dos anos 90-100 d.C.

Por que este livro foi escrito?
Porque seus leitores estavam sendo ameaçados por um falso ensino que negava que Jesus Cristo havia se encarnado (4.2-3) (este falso ensino é chamado de Docetismo, uma variação do gnosticismo).

Para quê este livro foi escrito?
Para reafirmar a verdade aos seus leitores; para, ressaltar os ideais cristãos de pureza e amor (pureza e amor são dons de Deus comunicados aos homens através da auto-revelação que Ele fez de si mesmo a nós – na encarnação de Cristo); e, para ensinar o que fazer com os falsos ensinamentos.

Versículos do Dia

Versículos do Dia

Por que estás ao longe, SENHOR? Por que te escondes nos tempos de angústia? 
Tendo, pois, Maria chegado aonde Jesus estava, e vendo-o, lançou-se aos seus pés, dizendo-lhe: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Reflexão de Segunda-Feira


As vezes as coisas vão e voltam..

Os fortes entenderão.

Boa Semana!

domingo, 26 de março de 2017

Devocional do Dia - Falange Espartana

"Amarás o teu próximo como a ti mesmo."
Mc 12.31

Depois do icônico filme "300", os espartanos entraram na cultura popular. O grito do rei Leônidas - "Isto é Esparta" - virou febre na internet até os dias de hoje.

Contudo, um ponto interessante desse contexto mítico por de trás da história é a Falange Espartana.

Nela o guerreiro com a xiphidion  (a famosa espada espartana) e o escudo na formação de guerra, um guerreiro protegeria com seu escudo metade de seu corpo e metade do corpo do guerreiro ao lado.

Um cuidava do outro na guerra, protegia o outro.

O sucesso da Falange Espartana estava na disciplina de um cuidar do outro, como em corrente, onde sua resistência é medida pelo seu elo mais fraco, isso fazia ela invencível.

O que nos falta para o sucesso é muitas vezes amar ao próximo, protege-lo na batalha.

Bom dia.

sexta-feira, 24 de março de 2017

O grande problema - O pecado de confiar em ídolos

"Ouvi-me, ó casa de Jacó, e todo o restante da casa de Israel; vós a quem trouxe nos braços desde o ventre, e sois levados desde a madre. E até à velhice eu serei o mesmo, e ainda até às cãs eu vos carregarei; eu vos fiz, e eu vos levarei, e eu vos trarei, e vos livrarei. A quem me assemelhareis, e com quem me igualareis, e me comparareis, para que sejamos semelhantes? Gastam o ouro da bolsa, e pesam a prata nas balanças; assalariam o ourives, e ele faz um deus, e diante dele se prostram e se inclinam."
Is 46.3-6

Aqui, o profeta falou sobre um desses pecados sérios que já comentamos: a idolatria. O nosso grande problema faz com que continuemos confiando em ídolos, nesse caso, feitos de ouro e prata.

Isaías assinala que essa idolatria é uma grande tolice. Que estupidez confiar em uma figura metálica, que não tem vida ou movimento, em vez de confiar no Deus vivo e Todo-Poderoso, o Deus que nos criou com tanto amor, que continua cuidando de nós e nos protegendo todos os dias da nossa vida e que nunca munda, isto é, que é fiel e totalmente confiável!

O Salmo 115 também fala sobre ídolos, que têm olhos, mas não veem, ouvidos, mas não houvem, e assim por diante. E o salmista acrescenta que a pessoa que confia em ídolos acaba sendo também como o ídolo: com olhos que não enxergam e tudo mais.

Hoje, talvez haja menos pessoas que fazem ídolos de ouro e prata, mas o dinheiro e as riquezas são os ídolos de muitos. Assim, o pecado é, de fato, uma escravidão da qual não podemos fugir.

Que bom, no entanto, que Deus é paciente e sempre está perto, pronto a nos receber de volta! Nós não somos fiéis, mas Deus é sempre fiel.

Referências adicionais: Sl 88; Am 5.1-3,11-15

Conselhos Bíblicos