Pesquisar no Blog do J.A.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Ao único que pode!

"Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos irrepreensíveis, com alegria, perante a sua glória, ao único Deus sábio, Salvador nosso, seja glória e majestade, domínio e poder, agora, e para todo o sempre. Amém"
Jd 24,25

Temos um Deus que é acima de todas as coisas que vierem contra nós.

O mundo tentará nos destruir, nos oprimir, fazer o pior que puder. E eles tentarão.

Mas temos uma vitória que transcenderá tudo o que os nossos inimigos nos impor, ela foi ganha na cruz do Calvário por Jesus, o Cristo.

Viva feliz, pois você tem já tem a vitória ganha.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Os Sete


Devocional do Dia - Seiva

"Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador."
Jo 15.1

Em botânica, a seiva é o líquido que circula pelas diversas partes dos vegetais.

Existe dois tipos de seiva: a seiva bruta que vem da raiz para as folhas e a seiva elaborada que é gerada pelas folhas.

Ela é o condutor dos nutrientes necessários para vida da planta, sua folhagem, flores e frutos.

Jesus diz ser a videira e nós somos seus galhos, por consequência se somos galhos sadios é por estar correndo em nós a Sua seiva.

Nossa folhagem está bonita e nossos frutos estão crescendo, pois a "seiva de Cristo" está em nós.

Todavia, existem galhos que já estão definhando e secando, sua folhagem já está amarelando ou já caiu.

Não há mais frutos, já não há mais vida, não há mais seiva.

O destino dos secos é o fogo, o destino dos produtivos é viver para sempre sustentados pela seiva.

Se estamos ligados em Cristo busquemos ter frutos dignos Dele.

Bom dia.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Os Sete


Nossa família

"Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus; e todo aquele que ama ao que o gerou também ama ao que dele é nascido."
1 Jo 5.1

João viveu numa sociedade patriarcal e, neste sentido, a família é a ilustração mais adequada para demonstrar que quem amar a Deus, o Pai, amará naturalmente o Filho unigênito e todos os seus irmãos mais novos.

A fé me Cristo, assim como a expressão sincera, prática e contínua de amor fraternal é sinal de que nascemos de novo.
1 Jo 4.7 - " Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus."
É uma identificação única em meio a um mundo individualista que estamos hoje, onde fala-se muito e bonito a respeito de colaboração no trabalho, na sociedade, nisso e naquilo. Entretanto, amar a Deus e amar a Jesus tem que compatibilizar com amar os nosso irmãos, senão, não seremos a Família de Deus?

Fica a lição de João, amar, amar, amar!

Fontes:
Novo Testamento King James: Edição de Estudo. Comitê Internacional e permanente de tradução e revisão da Bíblia King James. 1. ed. São Caetano do Sul: Abba Press, 2007. 577 p.
BÍBLIA Online.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Ele nos concedeu

"E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados"
Ef 2.1

Não é que morreríamos. Na verdade, já estávamos mortos antes de Cristo.

Já éramos condenados ao inferno e a eternidade em sofrimento, o "perecer" de Jo 3.16 explica bem isso.

Ele não nos deu uma vida qualquer, mas, sim, a sua própria vida!

O sangue, que representa a vida, foi vertido na cruz do calvário para que nossas vidas fossem "lavadas" neste sangue de Jesus.

Ele nos amou primeiro, nos vivificou e ainda promete nos levar para Si. Não existe oferta de amor melhor do essa.

Não desperdice!

Se você já tem essa vida, viva-a com abundância em Cristo.

Se você ainda não á tem, entregue-se a Cristo ainda hoje e tenha vida e vida com abundância!

Motivos errados

Muita gente tem carregado o título de "cristão" sem nunca ter tido um encontro com Cristo.

Vieram por causa de mulheres, homens, comodidades sociais, vender, ganhar dinheiro, tentar acalmar a consciência, etc.

Pessoas vão embora das igrejas por terem entrado lá por motivos errados!

Quem entrou por causa de Jesus não saí por qualquer coisa. Não são homens, dinheiro, problemas, mulheres, etc. O encontro com Cristo foi real!

Avalie por causa "de que" que você vai a igreja. Se não for por Cristo, e você saberá (!), ainda da tempo de procurar o Salvador e mudar de vida.

Aí, você só saíra de uma igreja (templo) para entrar no céu (como A Igreja)!

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Orar uns pelos outros

"Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore."
1 Jo 5.16

A coisa mais fácil para muitos e "botar o circo para pegar fogo". Observam o irmão em uma situação de risco para sua salvação e ao invés de ajudá-lo o matam com a língua!

Hoje (pode parecer mais do mesmo o que vou escrever) os joelhos deixaram de ser o canal de comunicação, foram trocados pelo Facebook, Whatsapp, Tinder e uma ruma de outros.

Pessoas estão matando pessoas com isso!

Muitos imaginam que matar só o ato de extinguir a existência de alguém, mas a morte espiritual é muito mais destrutiva.

O morto espiritual pode até estar vivo fisicamente, mas já condenado espiritualmente.

Jesus orou por seus discípulos (Jo 17), por que não podemos nós orar pelos nosso semelhantes?

Reflita e veja até onde tem ido "o seu cristianismo".

Reflexão de Segunda-Feira


NECESSIDADE

Algumas coisas não á tem.

Pense nisso e boa semana.

domingo, 15 de outubro de 2017

Devocional do Dia - Sempre

"Jesus Cristo é o mesmo, ontem, e hoje, e eternamente."
Hb 13.8

A imutabilidade é um atributo do caráter divino manifesto em Deus-Pai, Deus-Filho e no Deus-Espirito Santo.

Revela que seus planos foram, são e serão sempre alicerçados na mesma direção, nisso não há dúvida sobre as promessas e juízos citados pelas Escrituras.

Deus no passado prometeu estar com o Seu povo em todo tempo, Deus prometeu estar todos os dias, horas e minutos Deus continuará contigo se você continuar com Ele.

Tem gente que não aceita Deus e Sua vontade hoje, mas amanhã quer estar no céu, tem alguma coisa errada que não está certa?

Vivamos hoje a obediência e submissão a Deus e Sua Palavra, se formos fiéis Ele é fiel; se formos infiéis Ele é fiel porque Ele é o mesmo ontem, hoje é eternamente.

Bom dia.

sábado, 14 de outubro de 2017

Murmuração dos Israelitas

Depois de uma parada de quase um ano no distrito do Sinai (Êx 19 e Nm 10.11) a peregrinação dos israelitas continuava.

Queixam-se. Não mais se contentam com o "pão do céu", isto é, o maná. Um dos males que havia em Israel era "a grande mistura de gente" no seu meio, gente sem espiritualidade e sem fé.

A presença de descrentes na igreja promove muitas murmurações.

Moisés desanima, e queixa-se da sua pesada carga. O povo, na sua falta de espiritualidade, pede carne e o comentário do salmista é que Deus "deu-lhes o que pediram, mas enviou magreza às suas almas" (Sl 106.15).

Resumimos de Matthew Henry(*) o seguinte:

A culpa dos murmuradores foi que:

1. Engrandeceram as iguarias do Egito (Nm 11.5). Como se Deus lhes fizera um grande mal ao tirá-los dali.

2. Ficaram enjoados da boa provisão que Deus lhes fizera (Nm 11.6). Era pão do céu, e para mostrar como era sem razão a queixa do povo, o maná é aqui descrito (Nm 11.7-9).

3. Não podiam contentar-se ser ter carne para comer. Trouxeram manadas e rebanhos em abundância do Egito, mas por qualquer razão isto não servia.

4. Duvidaram do poder e da bondade de Deus, dizendo "Quem nos dará de comer?" (Nm 11.4). Como se não valesse a pena pedir isso a Deus.

5. Comeram com gulodice (Nm 11.33). Demonstrando assim a sua carnalidade.

A ingratidão demonstrada pelos israelitas no deserto por meio da murmuração é uma comparação bem adequada para os dias de hoje. Muitos estão "comendo do maná" de Deus, mas reclamando e dizendo "só isso Senhor?".

Que sejamos gratos a Deus em tudo, a Jesus por sua obra redentora e nos conformemos com o que Deus nos dá, pois Ele jamais te tiraria do mundo para te fazer passar fome.

Referências:
Bíblia Online - https://www.bibliaonline.com.br/.
A Bíblia explicada/S.E. McNair. - 4ª ed. - Rio de Janeiro: Casa Publicadora das Assembléias de Deus, 1983.
MATTHEW HENRY. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2017. 
Disponível em: . Acesso em: 14 out. 2017.

* - Matthew Henry (18 de outubro de 1662 — 22 de junho de 1714) foi um comentarista sobre a Bíblia e pastor presbiteriano inglês.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Definição de prioridades

"Veio, pois, a palavra do Senhor, por intermédio do profeta Ageu, dizendo: Porventura é para vós tempo de habitardes nas vossas casas forradas, enquanto esta casa fica deserta? Ora, pois, assim diz o Senhor dos Exércitos: Considerai os vossos caminhos. Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vestis-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado."
Ag 1.3-6

O povo estava vivendo o sonho de voltar do cativeiro babilônico para sua terra em Israel. O povo estava jubiloso pelo cumprimento da promessa de Deus a respeito dos setenta anos terem acabado e eles, agora, poderem novamente edificar em suas terras, reconstruir e que foi destruído e construir uma história com Deus.

O povo até começou bem, mas a definição de prioridades dos moradores da terra de Judá estava ainda defeituosa. Eles até começaram a reconstruir o Templo, mas pararam para acudir suas próprias necessidades materiais primeiro.

O Templo sempre representou a ligação entre Deus e o povo, o ponto de junção entre o humano e o divino na terra de Israel. Só que agora esquecido.

A situação de esquecimento do contato com Deus demonstrava o que realmente se processava espiritualmente no meio do povo, um esquecimento em meio ao recebimento da promessa da por Deus.

Eles já estavam livres, mas ainda presos a materialidade das coisas terrenas.

Quantas vezes nós priorizamos o que não tem pressa e deixamos o urgente? O para Deus fica para depois, mas o nosso não pode esperar nenhum momento.

Que não caíamos no mesmo erro dos israelitas pós cativeiro, onde Deus teve de apertar-lhes para que lembrassem a quem eles ainda serviam.

Que não nos esqueçamos de nosso Deus.

Inquietação

"Ora, o mesmo Senhor da paz vos dê sempre paz de toda a maneira. O Senhor seja com todos vós."
2 Ts 3.16

Há uma inquietação no ser humano, sempre uma vontade de fazer, de acontecer e de agir.

Muitas vezes não sabemos nem mesmo "o que" realmente queremos, mas queremos.

Isso implica em frustração por falta de dinheiro, por falta de tempo, por falta de oportunidade e por um monte de outras "faltas". Deixamos uma vida pacata para poder ter sempre um algo mais.

Muitos estão cheios de contas, de dívidas, de cobranças por não controlarem seus impulsos de "ter algo" que os sacie.

A maior saciedade para o homem é Cristo, uma vez o apóstolo Paulo perguntou ao Senhor sobre uma questão que para ele iria fazer toda a diferença. A resposta do Senhor foi simples "Eu sou suficiente para você" (2 Co 12.9).

Que fiquemos sempre a nos saciar no Senhor, com isso fugir das frustrações desta vida.

Pense nisso.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Devocional do Dia - Onde a batalha está

"Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais."
Ef 6.12

Entendamos, se somos do Senhor, Ele é quem nos direciona e dirige.

Quem não está sob o domínio de Deus está sob o domínio de Seu inimigo.

Não devemos lutar contra pessoas, mas sim contra o que age nas pessoas.

Achamos que o diabo só atua quando vemos uma pessoa possessa, mas ele está dominando a muitos espiritualmente, oprimindo, destruindo sonhos, tirando a vontade de viver e tudo isso dentro da mente humana, o nosso campo de batalha.

Não lutamos contra pessoas, pessoas têm almas que Deus preza muito em salvar e o diabo em destruir.

Nossa luta é contra as obras do mal, contra o que é mal e não contra os que ele usa.

Deus quer te usar para desfazer as obras do diabo, somente creia no poder de Deus.

Bom dia.

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Tem certeza que está ruim para você?

Como sempre só vemos a nossa situação como a mais crítica do mundo.

Sempre objetivamos a nossa solução como o fim de todos os problemas (os nossos pricipalmente).

Devemos sempre agradecer a Deus por tudo, inclusive pelos nossos problemas.

O trabalho está difícil, mas você tem trabalho.

As pernas doem, mas você tem pernas.

Tenho contas, mas tenho coisas que foram compradas.

Meus filhos são teimosos, mas você tem filhos e eles são bênçãos de Deus.

Encaremos o lado bom das coisas, só é vitorioso o que passa por uma situação onde ele pode perder.

Pedimos tantas vitórias, mas como se não houverem as lutas?

Coloque a mão na consciência, confie em Deus e uma hora toda luta acaba.

Tenha fé.

Quando o nosso caráter é posto a prova

"Falou Nabucodonosor, e lhes disse: É de propósito, ó Sadraque, Mesaque e Abednego, que vós não servis a meus deuses nem adorais a estátua de ouro que levantei?"
Dn 3.14

Quem serve a Deus, verdadeiramente, é constantemente alvo das investidas de satanás para o fazer negar seu Deus.

O diabo apareceu para Jesus no deserto (Mt 4.8-10), e o tentou na sua devoção e obediência a Deus. Então, quem somos nós se até Jesus passou por isso?

Nosso caráter é o que verdadeiramente somos por dentro, se negociarmos com o adversário as escuras, no oculto e secreto, isso servirá apenas para o inimigo de nossas almas nos expor de maneira vexatória diante de todos.

Muitos jamais se recuperam de tal exposição e vão diretamente para as trevas exteriores.

Deus nos valoriza tanto, por qual razão que nós não valorizaríamos o nosso relacionamento com Ele?

A resposta é sua!

terça-feira, 10 de outubro de 2017

A certeza na coisa certa

"Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade."
Fp 4.12

Paulo sabia o que literalmente era o atual adágio popular "conhecer os dois lados da moeda".

Ele havia passado pela pompa de oficial romano e de fariseu a simplicidade de apóstolo de Cristo em missão. E não reclamava.

Hoje, não pode uma unha quebrar que as pessoas se desestruturam em murmúrios e lamentos desesperados, culpam e perguntam "por que eu Deus?".

Patético! É um estado de ingratidão para com as bênçãos divinas e seu Provedor.

Jó ensina-nos uma lição que ele viveu e teve de falar a sua companheira:
Jó 2.10 - "Porém ele lhe disse: Como fala qualquer doida, falas tu; receberemos o bem de Deus, e não receberíamos o mal? Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios."
Olhando a situação alguns podem dizer "mas a mulher de Jó havia acabado de perder todos os filhos de uma só vez!". Jó também havia acabado de perder e nem por isso estava revoltado contra Deus.

A diferença em nossa vida é de como nos portamos diante das situações. Como encaramos demonstra o quanto de Deus está dentro de nós agindo.

Pense nisso, viva isso.

A verdadeira paz

"Misericórdia, e paz, e amor vos sejam multiplicados."
Judas 1.2

A palavra "paz" (em hebraico: shãlôm), neste contexto, expressa o profundo descanso e bem-estar da alam que emana da verdadeira experiência da graça de Deus, independentemente das circunstâncias momentâneas que todos nós atravessamos.
Jo 14.27 - "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize."
Jo 20.19 - "Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro da semana, e cerradas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus, e pôs-se no meio, e disse-lhes: Paz seja convosco."
Gl 1.3 - "Graça e paz da parte de Deus Pai e do nosso Senhor Jesus Cristo"
Ef 1.2 - "A vós graça, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo!"
Quem manifesta esta "paz" já teve um verdadeiro encontro pessoal com Cristo, nasceu de novo e tem um estado de espírito de ligação direta com o dito por Isaías, o Príncipe da Paz.

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

E a sua?

"E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui."
Lc 12.15

Cofres e mais cofres! A humanidade é avaliada hoje pelo que ela possui e não pelo que ela é.

Vemos os que não tem nada ostentado como se tudo tivessem. Celular é o mais caro, mas sem crédito. Tênis é o do momento, mas a despensa está vazia. A camiseta é igual a do artista, e a casa igual a de um indígena (sem água, sem luz, sem recursos).

Seremos avaliados pelo que somos e ponto final. Por isso a Bíblia relata que deve haver mudança dentro de nós primeiro. Mudando o interior o exterior resplandecerá essa mudança.

Não liguem se não te valorizam por suas posses, pois, posses são um conceito ligado a temporalidade - hoje tem, amanhã não.

Não busque ajuntar coisas aqui, mas nos céus. A melhor coisa que pode haver é alguém que sabe que seu maior bem - a salvação - está guardada com Aquele que verdadeiramente nos valoriza, Jesus.

Reflexão de Segunda-Feira



Não é por que você sabe o nome de seu inimigo que ele deixa de ser perigoso. Vigie!

"Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar"
1 Pe 5.8

Boa Semana

domingo, 8 de outubro de 2017

Devocional do Dia - Wikipédia

"O Senhor é a minha porção; eu disse que observaria as tuas palavras."
Sl 119.57

Atualmente, a Wikipédia possuí um dos maiores acervos de verbetes do mundo, seu conteúdo pode ser baixado em forma de livro por disciplinas com por exemplo matemática, filosofia, história, etc.

Quase tudo de tudo que o homem criou está lá, seja com conteúdo já definido ou a ser feito, mas já está lá.

A ânsia de produzirmos algo nosso é muito grande, gravar nossa marca na história.

Aí vemos que Jesus deixou uma marca tão grande na história que a dividiu em antes e depois de Cristo.

Outra marca de Jesus é a marca de seu sangue nos remidos por Ele, é uma marca interior que se reflete no exterior.

Deus produziu um conteúdo inspirando 40 homens a manter uma mensagem coesa e continua ao longo de 16 séculos, todos apontando para um único ponto, o divisor dá história, Jesus Cristo - A Bíblia.

Bom dia.

sábado, 7 de outubro de 2017

Tome seu lugar

"O boi conhece o seu possuidor, e o jumento a manjedoura do seu dono; mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não entende."
Is 1.3

Isaías foi um profeta que veio trazer uma mensagem longa e expressiva a Israel, veio como um resumo de toda a obra de inspiração divina.

Ele nesse versícula fala que Israel não estava na sua posição de "povo de Deus". A profecia de Israel vem trazer grandes revelações que seriam juízo para toda a incredulidade de Israel, bem como o consolo para os fiéis de todas as eras.

Trazendo para hoje, não somos o Israel da profecia de Isaías, mas somos o "povo zeloso" do Senhor (Tt 2.14), escolha dEle.

Entretanto, existem cristãos que estão como o Israel dos dias proféticos, agindo como se não soubessem mais quem é o seu senhor.

Estão ignorando a voz do Senhor, invalidam o sacrifício de Jesus por meio de testemunhos profanos e creditando a sorte o favor de Deus. Estão batendo no peito e gritando: "eu sou cristão! Jesus salva!", mas estão longe de sua própria salvação.

Que reconheçamos a quem servirmos e vivamos como servos fiéis, onde o mundo nos olha e já sabe que é o nosso senhor.

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

A escolha não óbvia

"E, depois disto, saiu, e viu um publicano, chamado Levi, assentado na recebedoria, e disse-lhe: Segue-me. E ele, deixando tudo, levantou-se e o seguiu."
Lc 5.27-28

Levi era o nome de família de Mateus, o apóstolo rico do colegiado de Jesus (Mt 10.3; At 1.13).

Como "publicano", chefe da coletoria de impostos para o governo romano, a serviço do tetrarca Herodes (Mt 9.9), era odiado pelo povo judeu, pois os publicanos eram, em geral, desonestos e maldosos.

Jesus havia ministrado em Cafarnaum durante algum tempo, quando conheceu Levi e se tornaram amigos. Alguns discípulos de Jesus, que eram pescadores, voltaram a trabalhar em seu ramo em certas ocasiões. Mateus tomou a decisão só de ida. Sabia que o preço de seguir a Jesus implicaria em mudança total de vida sem direito de volta, ainda que momentânea. Entretanto, Levi fez com grande alegria da alma.

E ao invés de o fazer em surdina, deu uma grande festa "evangelística", convidando todos os seus amigos para verem e conhecerem o Messias que lhe confiara a gloriosa missão de proclamar Seu Reino e libertar a todos das ilusões e das amarras do pecado.

Conta-se ainda que, após a ressurreição de Jesus, Mateis foi um valoroso missionário em muitos lugares da Palestina e em terras distantes, onde morreu.

Jesus fez a escolha não obvia pelo publicano, odiado pelos seus.

Mateus fez a escolha não obvia de seguir um homem sem nada, sendo ele rico.

E nós, qual tem sido a nossa escolha?

Por que ler a Bíblia?

Essa pergunta sempre permeia o pensamento de novos convertidos como o dos que se dizem cristãos. Vejamos alguns "porquês".

Porque por meio dela conhecemos a Deus e ficamos sabendo o que ele exige de nós e também o que Ele nos promete: 2 Tm 3.16; Jo 5.39; 2 Pe 1.4.

Porque nela se encontra revelado o amor de Deus pelo ser humano: Jo 3.16; 20.30,31.

Porque nela somos ensinados e habilitados a viver o mais alto conceito de amor: Mt 5.43-48; 1 Co 13; Rm 12.9-21.

Porque nela encontramos mensagens de consolo e de paz: Jo 14.

Porque nela se encontram os princípios para uma vida de felicidade e harmonia no lar: Ef 5.22; 6.4.

Nela temos o conhecimento de Deus que precisamos.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Não esta em nossas mãos

"O brasileiro Edmar se nacionalizou ucraniano para jogar
na seleção e agora o convocaram para guerra"
"Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece."
Tg 4.14

"Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal."
Mt 6.34

"Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir."
Mt 25.13

"Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que ele trará."
Pv 27.1

Fazemos uma infinidade de planos, projetos, traçamos as nossas vidas e de nossos filhos como se fossemos donos do tempo e da vida.

Desconsideramos que Deus é quem tem a Seu tempo as decisões tudo, ponderando as situações (livramentos e juízos).

Busquemos o conselho sobre o tempo com o Senhor, deixe nas mãos Dele e tudo dará certo.

"Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele o fará."
Sl 37.5

Devocional do Dia - Faça primeiro

"E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores"
Mt 6.12

Jesus ao apresentar a estrutura e os elementos de uma oração ao Pai, conceitua um dos temas mais relevantes do cristianismo, o perdão.

Tanto que no trecho do capítulo 6, versículos de 5-15 onde a temática é oração, o perdão ocupa o clímax do ensino.

Sem o perdão a oração será em vão!

E veja que no versículo 12, tão recitado e decorado de forma vazia, Jesus diz: "Perdoa-nos as nossas dívidas, assim como já perdoamos aos nossos devedores.". Primeiro eu tenho de perdoar para depois pedir perdão ao Senhor!

Muitos se enganam, nossos pecados após a purificação do sangue de Jesus necessitam de perdão, perdoar nossos semelhantes é um ato tão poderoso que libera perdão divino sobre nós, não como barganha com Deus, mas como misericórdia divina.

Perdoe aos outros como você gostaria de ser perdoado por Deus.

Bom dia.

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

A oração de Josué

"No livro de Josué (10.12-15) está escrito que Josué mandou parar o Sol. Mas, segundo a Ciência, é a Terra que gira em torno do Sol. Como é que Josué mandou parar o Sol se o mesmo está parado segundo a nossa concepção?"
O Sol - centro do nosso sistema planetário - está apenas relativamente parado, já que anda, em corrida veloz, rumo à estrela Vega, na constelação de Hércules, arrastando o sistema em causa. Este é, em certo aspecto, o seu movimento de translação.

Quanto ao de rotação, o astro-rei leva 24 dias e 15 horas para completar uma volta em torno do seu eixo. Pode-se dizer, portanto, que o Sol está parado, mas em relação ao nosso sistema planetário.

Apesar disso, ainda hoje os próprios cientistas usam as expressões: "pôr-do- sol" e "nascer do sol".  O povo diz com freqüência: "O sol vai alto" ou "o sol vai para o sul".

Contudo, nos dias de Josué e segundo a astronomia egípcia, eram o Sol e a Lua que andavam ao redor da Terra. Claro que a Bíblia não é um compêndio de ciência, mas as suas assertivas são verdadeiras. Emprega, porém, uma linguagem popular, a fim de as verdades divinas poderem ser assimiladas, mesmo pelas pessoas mais humildes.

Josué, ao dirigir-se ao Sol, aplicou o termo "deman", exarado 21 vezes no Velho Testamento, significando, entre outras coisas, silencia-te. A palavra hebraica para detém-te é "amad". a qual ocorre centenas de vezes no Antigo Testamento, sendo geralmente traduzida por ficar de pé ou deter.

Admite-se, nos meios científicos, que a revolução da Terra em torno do seu próprio eixo é motivada pela ação do Sol sobre o nosso planeta. Assim, quando Josué ordenou: "Sol. aquieta-te" ou "detém-te", a rotação do globo terrestre teria diminuído substancialmente por via de um temporário enfraquecimento da ação solar sobre ele. Existem, como é óbvio, outras teorias para explicar a detenção do Sol narrada no livro de Josué, porém cremos na palavra bíblica.

Finalmente, os astrônomos modernos deram-se ao trabalho de buscar, no calendário astronômico, se de fato teria realmente ocorrido o evento. Depois de buscas e fastidiosos estudos, concluíram que, efetivamente, falta um dia no calendário astronômico, concluindo então, que o quase um dia inteiro (Js 10.13b), correspondem a onze horas e cinqüenta minutos, sendo assim provado que de fato a Terra esteve parada por todo um dia de Sol.

Um pouco de Escatologia



Escatologia é uma parte da teologia e filosofia que trata dos últimos eventos na história do mundo ou do destino final do gênero humano, comumente denominado como fim do mundo. Em muitas religiões, o fim do mundo é um evento futuro profetizado no texto sagrado ou no folclore. De forma ampla, escatologia costuma relacionar-se com conceitos tais como Messias ou Era Messiânica, a pós-vida, e a alma.
Fonte:
ESCATOLOGIA. In: WIKIPÉDIA, a enciclopédia livre. Flórida: Wikimedia Foundation, 2017. Disponível em: . Acesso em: 03 out. 2017.

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Nem toda a informação que te derem será de valia




Vá atrás das fontes, verifique.

Seja como os cristãos de Beréia que não engoliam qualquer conversa.

"E logo os irmãos enviaram de noite Paulo e Silas a Beréia; e eles, chegando lá, foram à sinagoga dos judeus. Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim."
At 17.10,11


Uma falsa impressão sobre Deus

"Os olhos do Senhor estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons."
Pv 15.3

Nós, as pessoas acham que Deus não está vendo o estamos fazendo.

Nós criamos a ideia de que se ninguém está vendo, logo, Deus não está vendo. É como se colocássemos Deus na mesma "régua" que nós, como se o Todo-poderoso fosse uma pessoa qualquer.

Tal atitude implica em uma total falta de conhecimento a respeito dos atributos divinos concernentes a Deus:
Quando o prefixo “oni” é aplicado a uma palavra, ele tem por objetivo exprimir a noção de “todos”, “toda”, “totalmente”. Dessa forma, as três expressões que estamos estudando, ficam da seguinte forma:
(1) Onisciente: Aquele que possui todo o conhecimento, toda a ciência.

(2) Onipresente: Aquele que está presente em toda parte.

(3) Onipotente: Aquele que pode todas as coisas, de forma completa e plena.

Deus está em uma posição de onde tudo lhe é patente. Não existe lugar para se esconder de Deus.

Pense nisso antes de pecar por opção novamente e achar que Deus não verá.

Conselhos Bíblicos