Pesquisar no Blog do J.A.

sábado, 25 de janeiro de 2014

A importância da Bíblia - Parte Nove

Origem da Bíblia

O mundo sem uma Bíblia! Isto parece difícil aos nossos ouvidos para crer. Durante os primeiros 2500 anos, parece que não havia revelação de Deus por meio de escrita. Não há registro de quaisquer escritos que foram inspirados antes dos dias de Moisés. Foi somente a partir de Moisés que encontramos registro de escritos inspirados. Citaremos alguns exemplos:
"Moisés escreveu todas as Palavras do Senhor". Ex 24.2
"Davi escreveu todas as Palavras do Senhor". 2 Sm 23.1
"Lucas escreveu seu Evangelho". Lc 1.1-4
"João escreveu o Apocalipse". Ap 1.1,2
Apesar de haver homens santos naqueles dias primitivos, tais como Noé, Abraão e Jacó, com quem Deus frequentemente tinha comunicações verbais, mesmo assim, nós não lemos que qualquer um deles, fossem inspirados para escrever  a Palavra de Deus ou para colocar a Palavra de Deus em linguagem escrita.
"Deus fez de homens livros" antes de dar a palavra escrita.
Adão trouxe a história da criação através de 930 anos e, sem dúvidas, contou-a, assim como sua queda, a Lameque (Gn 5.30), pai de Noé, de quem foi contemporâneo por 56 anos. Lameque, por sua vez, foi contemporâneo de Sem, filho de Noé, por mais de 90 anos.

Pelas palavras: "Noé era varão justo e reto em suas gerações", Gn 6.9; Noé foi contemporâneo de Abraão por 58 anos; Abraão por sua vez, viveu até quando seu neto Jacó tinha 14 anos; Jacó, no entanto viveu até quando seu neto Coate nasceu, e este viveu até o nascimento do pai de Moisés, chamado Anrão, Ex 6.16-27.

Indícios e evidências históricas: O período histórico da formação da Bíblia situa-se entre 1100 a.C. ou 1200 a.C á 100 d.C. Provavelmente, a mais antiga parte escrita da Bíblia é o Cântico de Débora, que se encontra no livro de Juízes (Jz 5).

Quando os hebreus chegaram a Canaã, já havia na terra certo desenvolvimento literário, como por exemplo, a alfabeto fenício (do qual se derivou o hebraico), que já existia no século XIV a.C. Os judeus chegaram lá por volta do século XIII a.C. Outro documento desta época é o calendário de Gezér, que data mais ou menos do ano 1000 a.C. É uma indicação de datas para uso dos agricultores.

É o documento mais antigo encontrado na Palestina. Outro documento também muito antigo é o sarcófago do Rei Airam, que contém uma inscrição e foi encontrado nos séculos XIV ou XV a.C., em Biblos. Há ainda umas tabuletas encontradas em Ugarit (em 1929), onde estão escritos uns poemas semelhantes aos salmos, datando dos séculos XIV ou XV a.C.

Além destes, há outros documentos provando que já havia uma escrita na Palestina, antes dos hebreus chegarem lá. A inscrição do túmulo de Siloé (700 a.C.), explicando como foi feito; os "óstracon", de Samaria, onde há uma espécie de carta diplomática, são documentos que provam a continuidade de uma uma atividade literária. Em Juízes 8, 14, o autor descreve um acontecimento ocorrido mais ou menos em 1100 a. C. E em que língua foi escrito este fato pela primeira vez,  na época em que aconteceu? Provavelmente no alfabeto fenício (pré-hebraico).

Até a próxima.

Conselhos Bíblicos