Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Como provar que o ouro é verdadeiro

"O crisol é para a prata, e o forno para o ouro; mas o Senhor é quem prova os corações." Pv 17.3

A maioria dos objetos de ouro apresentam uma marca como prova de que são verdadeiros. Temos apresentado alguma marca que prove nossa verdade? (Gl 6.17)

Os objetos de ouro apresentam uma marca para mostrar que eles atingiram um patamar legítimo de pureza, e encontrar alguma dessas marcas é a melhor prova que você tem de que o material é verdadeiro. Mesmo que um item não tenha a marca, ainda é possível fazer a identificação através de vários testes.

Leia as referências e entenda o significado da "prova do ouro".

Procure uma marca (Gl 6.17)

Ela deve estar expressa ou com um digito de três números que representa as partes do ouro por mil, ou como "quilates" (algumas vezes escrito "kilates") que é uma expressão da pureza, representada por 24 quilates de ouro. Reconhecer uma marca no ouro é relativamente simples, já que somente alguns padrões são utilizados: 9 ct (375) 10 ct (417) 14 ct (585) 18 ct (750). A palavra "quilate" pode ser abreviada para "ct", "kt" ou "K.".
As marcas são estampadas ou gravadas a laser; elas nunca são feitas à mão.
Se você não conseguir encontrá-la, siga os próximos passos.

Pese (2 Co 4.17)

Pese o item na palma da sua mão, e depois faça o mesmo com outro item de metal de tamanho similar. O ouro é um metal comparavelmente pesado (19300 kg/m³); se sua palma consegue detectar um peso maior, esse é um forte indicador de ouro verdadeiro, especialmente quando combinado com o próximo passo.

Prove-o (Tg 1.12)

Encontre um lugar discreto e arranhe com a ponta de um alfinete. O ouro é um metal macio. Se o alfinete fizer a marca com pouca dificuldade, é um bom sinal. Se ele simplesmente ranger contra o objeto sem realmente penetrar, o item é feito de algum tipo de metal-base.

Níveis de Pureza (1 Tm 1.5)

Teste o item com um kit para testar ouro. Eles estão disponíveis online ou em lojas de acessórios de joias e contêm frascos de ácidos com diferentes concentrações para identificar uma variedade de níveis de pureza. Se o metal reagir ao ácido tornando-se preto, significa que não é ouro verdadeiro. Se ele não reagir, então você provou que o item é de ouro, e a concentração da solução de ácido também lhe proporcionará a quilatagem.

Você é ouro, mas qual o seu nível de pureza?

Conselhos Bíblicos