Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

A Âncora

Segundo a Wikipédia, uma âncora (ancora) é um instrumento náutico pesado, geralmente de metal, que permite fazer presa em fundos rochosos, lodosos ou arenosos, fixando temporariamente os navios na posição desejada.

Garrar é o termo empregue para designar que a âncora não agarra e se arrasta ao fundo por causa da corrente ou do vento forte.

Uma âncora moderna é geralmente formada por uma haste terminada pela cruz, à qual se ligam os braços com patas pontiagudas e espalmadas terminadas em orelhas para penetração no fundo ou fixação sob uma rocha. O arnete ou arganéu, na outra extremidade da haste, permite a fixação da amarra que liga a âncora ao navio. Na cruz da âncora pode fixar-se o arinque, que liga a uma boia.

Como paralelo a esta ideia, não de estabilidade, mas de posição, podemos comparar como uma "âncora espiritual" a Palavra de Deus.

Em meio as ondas desta vida essa âncora nos mantém no mesmo ponto, não nos deixa ir para lá e nem para cá. Não somos levados por ventos de doutrinas enganadoras, não somos tomados por marolas leves e calmas que levam devagar o nosso barco para longe do ponto.

A âncora no deixa fixo ao fundo, pode falar dos fundamentos da palavra em cima pode até estar agitado por ventos, mas abaixo próximo ao fundo a tranquilidade imutável impera.

Onde estamos ancorados?

Será que o que temos usado como fixação é algo forte?

Ninguém que usou a Palavra de Deus para viver sucumbiu aos ventos e mares, antes permaneceu firme na posição até o fim.

Conselhos Bíblicos