Pesquisar no Blog do J.A.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Geografia Bíblica - Assur

A CIDADE

Emblema do deus Assur.
Localiza-se junto ao rio Tigre no norte da Mesopotâmia, numa zona geoecológica específica, bordejando zonas de agricultura alimentada por chuva e zonas de agricultura de irrigação.

A cidade data do terceiro milênio a.C., e entre os séculos XIV a.C. e IX a.C. foi a primeira capital do Império Assírio, uma cidade-estado e plataforma de importância internacional. Também serviu como capital religiosa dos assírios, sendo associada ao deus homônimo Assur.

A cidade foi destruída pelo Império Neobabilônico, tendo sido reabilitada durante o tempo do Império Parta, por volta dos séculos I e II (d.C.).

Mapa com a visão geral do Antigo Oriente Médio no século XIII a.C. (Período Assírio Médio), mostrando o território central da Assíria com as suas duas principais cidades Assur e Nínive, localizado entre Babilônia e o Império Hitita.

A MITOLOGIA

Na mitologia assíria, Assur é o deus guardião da cidade de Assur, elevado mais tarde a deus nacional da Assíria.

Ele tomou o lugar do deus Enlil sendo posteriormente identificado com Ansar. Era o deus do Sol e da condução da guerra. Era representado com um Disco Alado do Sol (semelhante Horbehutet e ao Faravahar), portando um arco.

Assur foi uma cidade da Assíria, sua primeira capital. Está situada na atual cidade de Al-Sharqat, no distrito de mesmo nome.


A ORIGEM

Assur é um personagem do Antigo Testamento da Bíblia, mencionado no livro de Gênesis como o segundo filho de Sem e neto de Noé "Os filhos de Sem são: Elão, Assur, Arfaxade, Lude e Arã ." 

Acredita-se que os assírios teriam descendido de Assur.
Gn 10.21,22 - "E a Sem nasceram filhos, e ele é o pai de todos os filhos de Éber, o irmão mais velho de Jafé. Os filhos de Sem são: Elão, Assur, Arfaxade, Lude e Arã."
1 Cr 1.17 - "E foram os filhos de Sem: Elão, Assur, Arfaxade, Lude, Arã, Uz, Hul, Geter e Meseque."
Os capítulos 10 e 11 do livro de Gênesis narram a distribuição da população mundial pós-diluvio e é de onde rastreamos a origem de todas as nações que hoje existem.

Biblicamente, isso corrobora para o texto de Paulo em Rm 1.21-23 a respeito dos povos que foram se desviando de Deus logo no início do repovoamento da terra com dos descendentes de Noé.
Rm 1.21-23 - "Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis."

Conselhos Bíblicos