Pesquisar no Blog do J.A.

terça-feira, 27 de junho de 2017

As Sete Igrejas da Ásia Menor

Esmirna

Uma cidade da província romana da Ásia, na praia do mar Egeu, dentro da atual Turquia Asiática.

Havia uma colônia grega nas proximidades desdes tempos antiquíssimos, mais foi capturada e destruída pelos Lídios mais ou menos no fim do século VII a.C, e virtualmente deixou de existir até que foi fundada novamente em sua atual localização por Lisímaco, no começo do terceiro século a.C.

Desenvolveu-se até tornar-se uma das mais prósperas cidades da Ásia Menor. Era o porto natural da antiga rota comercial que atravessava a rota de Hermo, e seu interior era muito fértil.

Esmirna já era fiel aliada de Roma que o poder dos romanos se tivesse tornado supremo no mediterrâneo oriental. Sob o império era famosa por seu esplendor e pela magnificência de seus edifícios públicos.

Atualmente é a maior cidade da Turquia Asiática. O evangelho provavelmente chegou a Esmirna desde data bem recuada , presumivelmente tendo vindo de Éfeso.

O anjo da igreja em Esmirna foi quem recebeu a segunda das cartas às sete igrejas que ficavam na Ásia.

Tal como em outras cidades comerciais, a igreja encontrou oposição das partes dos judeus. A descrição de Cristo como alguém estivera morto mais revivera pode fazer alusão ao ressurgimento da cidade com nova prosperidade, depois de longo período de obscuridade.

A coroa da vida pode ter sido frase usada para fazer contraste com a coroa dada aos vitoriosos nos jogos. O apelo a fidelidade é uma exortação à igreja para que cumprisse , da maneira mais profunda possível , a reputação histórica da cidade.

Conselhos Bíblicos