Pesquisar no Blog do J.A.

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Não existe a "pluralidade de espíritos"

"Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil. Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; e a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; e a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas. Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer."
1 Co 12.4-11

Não existe essa coisa de "espíritos diferentes" para cada coisa que existe.

Segundo a Bíblia existe o Espírito, i.e. o Espírito Santo de Deus parte da Trindade, e o mesmo está condicionado ao "Senhor" que neste contexto é o Pai, a saber Deus.

Tudo o que fizer menção ao "Espírito" é associado a vontade de Deus, ao envio do "outro Consolador" (Jo 14.16). Essa função é única do Espírito Santo. Ele é o operador da vontade de Deus, sendo o acompanhante da Igreja na terra no lugar de Cristo que foi junto a destra de Deus interceder pela Igreja.

Tudo que acontece de sinais, obras, curas, libertações e outros é por intermédio de um único e suficiente espírito, o Espírito Santo de Deus.

Se você ouvir algum dia que existe outro espírito que não seja o Espírito Santo, saia deste lugar. Onde a glória não vai para a Trindade continuamente, Deus não está lá.

Fiquemos no crivo que a Bíblia nos dá, sempre pesando cada palavra de uma pregação ou profecia pela revelação bíblica que temos.

Só será enganado aquele que negligenciar o que a Bíblia diz.

Conselhos Bíblicos