Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

A Morte e Cristo

"Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo."
1 Co 15.53-57

Foi o pecado (desobediência) de Adão que nos sujeitou ao poder da morte (Gn 3; Rm 5.12). O aguilhão (no original grego kentron) é como o ferrão do escorpião ou do marimbondo.

O aguilhão não é a morte, mas sim o pecado inoculando seu veneno letal na alma e no corpo de quem são se arrepende diante de Cristo, e, portanto, não é perdoado (Ap 9.10).

A lei de Deus é clara em relação ao pecador que não se arrepende (A conversão - o único antídoto eficaz) e à pena de morte eterna (Is 25.8; Os 13.14).

Cristo é a única possibilidade de vitória eterna sobre o poder do pecado, a morte eterna a partir do sepulcro, e a condenação final e eterna pelo pecado, conforme a Lei (Rm 4.24).

Jesus vem como o único meio de salvação e nada que façamos ou achemos pode minimizar isso.

Fonte:
BÍBLIA, Português. Bíblia King James Edição de Estudo: Novo Testamento. Tradução de King James. Tradução King James Atualizada (KJA). São Paulo: Sociedade Bíblia do Ibero-Americana, 2007.

Conselhos Bíblicos