Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Dízimo, é bem simples

A Igreja não comercializa nada, não industrializa nada. então como se sustentará?

De quem é essa responsabilidade?
2 Co 9.6-8 - "E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará. Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria. E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa obra;"
Também é através do dízimo que recebemos precisas bençãos.
Ml 3.10 - "Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes."
Ele não é uma "coisa" da Lei, mas é anterior a ela devendo ser mantida.
Gn 14.19,20 - "E abençoou-o, e disse: Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra; E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo."
Pense nisso.

Conselhos Bíblicos