Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

O erro de Abraão

"Por que disseste: É minha irmã? Por isso a tomei por minha mulher; agora, pois, eis aqui tua mulher; toma-a e vai-te."
Gn 12.19

Uma vez durante uma aula da E.B.D. um irmão debateu comigo sobre a santidade Abraão firmando que o patriarca de Israel jamais pecou.

Eu disse "... irmão ... só mentir sobre a sua esposa ser sua meia-irmã foram duas vezes...", ele não gostou muito, mas ao analisarmos as evidências vemos uma culpa inescusável.

Com medo da morte ele tanto ao faraó (Gn 12) como ao rei Abimeleque (Gn 20), omitiu o fato de além de Sara ser sua irmã, na verdade meia-irmã, mas corroborou para que ela não fosse vista ligada a ele com um vínculo matrimonial.

Isso nos mostra como o homem, por mais que seja chamado de "amigo de Deus", é um homem ainda que possuí a constituição deturpada pelo pecado lá do Éden, manifesta em Abraão por meio da incredulidade a respeito de Deus.

Isso também mostra-nos que Deus tem misericórdia do homem, e que nossos erros jamais podem frustrar seus planos.

O plano era que Sara, a estéril, fosse mãe do filho de Abraão, Isaque, e que isso fosse o fundamento do seu povo escolhido.

Deus sabe de coisas que não temos a menor ideia ainda, se ficarmos em seu propósito Ele cuidará para que os nossos erros não impeçam seus planos para nós.

Conselhos Bíblicos