Pesquisar no Blog do J.A.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Tirando Dúvidas

DEVE O CRENTE MUDAR DE PROFISSÃO?

"Aceitando o Evangelho, deve o crente mudar de profissão?"

Certamente, o prezado amigo se está referindo aos que exercem profissões incompatíveis com a vida cristã, como cantor de rádio e televisão, artista de cinema, teatro e televisão, além de outras diversões mundanas, em cujo exercício o recém-convertido não se sentirá bem, uma vez que isso implica em atitudes e vícios perniciosos à vida espiritual.

Deduzimos que ali não terá oportunidade de demonstrar a transformação recebida de Jesus. É duvidosa a afirmação de que alguém possa ter-se convertido a Cristo, se continua gravando música profana.

Há pouco, tivemos notícia de que um grande lutador de boxe, mundialmente conhecido, aceitou o Evangelho e abandonou a carreira, pois, como ele mesmo confessou, não poderia demonstrar o amor de Deus esmurrando o seu semelhante.

O texto de Jo 8.32 no traz uma luz a essa questão, já que a Verdade que nos liberta e mostra-nos onde  estamos errando. Se o minha profissão é contrária a fé que professo, como posso eu continuar nela?

Deve haver ou buscar a sabedoria, para em primeiro lugar, trocar de profissão, até por que não é intuito de Deus que o novo converso vá passar fome e mendigar, mas solicitar direção divina para saber como proceder nessa transição em sua vida.

Buscar orientação através de oração, o desejo de mudar de vida deve estar presente em nosso coração, senão será apenas uma "mudança de emprego" e não uma "mudança de vida".

Pergunte-se: "Deus tem se agradado, ou se agradaria daquilo que faço?"

Conselhos Bíblicos