Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 1 de abril de 2015

E O GALO CANTOU!


“Então começou ele a praguejar e a jurar, dizendo: Não conheço esse homem. E imediatamente o galo cantou”. (Mt. 26:74)

A Semana Santa acabou de passar, e nessa mesma semana celebramos a Páscoa. 

A Páscoa nos lembra a Paixão de Cristo. 

Páscoa significa “Passagem”. 

Passagem do Senhor no meio do Seu povo para libertá-los da escravidão do Egito. 

Passagem do Egito (Escravidão) para Canaã (Lugar da Provisão de Deus). 

A Páscoa significa o fim da escravidão do povo de Deus. 

Um cordeiro sem defeito foi sacrificado pelo perdão dos pecados na Antiga Aliança, Ex. 12:1-36. 

A Páscoa é uma festa que judeus e cristãos celebram a cada ano, simbolizando a libertação de todo jugo. 

Jesus é o Cordeiro Pascal da Nova Aliança, I Co. 1:10. 

Ele é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, Jo. 1:29. 

Jesus é o Cordeiro que foi morto pelas nossas transgressões desde a fundação do mundo, Ap. 13:8. 

O sangue de Cristo é o sinal da salvação. 

Páscoa significa libertação e salvação de todo aquele que crê. 

Celebrar a Páscoa é celebrar nossa vida em Cristo: 

Passagem das trevas para a luz, do pecado para a graça, da morte para a vida, enfim, da escravidão para a liberdade. 

Na plenitude dos tempos, Cristo, celebrando a Páscoa, inaugura a Nova Aliança no Seu sangue.

Logo após Jesus ter sido preso pela traição de um “discípulo” chamado Judas, Pedro, um dos apóstolos, também vacilou, negando a Jesus por três vezes, Mc. 14:66-72. 

Jesus já o havia avisado (Mc. 14:30), mas ele não vigiou.  

Um galo cantou três vezes como sinal da traição. 

Por causa da queda, vacilos e pecados do homem, Jesus foi sacrificado como cordeiro para nos redimir.  

Devemos vigiar e orar sempre para não cairmos nas tentações do diabo. 

Jamais podemos trair o nosso Deus. 

Pelo contrário, devemos nos aproximar Dele em todo instante. 

Para onde iremos nós sem a Sua presença? 

Só Ele tem as chaves do Reino dos Céus e a vida eterna. 

Jesus, o Cordeiro, se entregou por nós na cruz. 

Ele foi crucificado e morreu para nos salvar, Mc. 15:37.

Jesus venceu a morte! 

Ao terceiro dia ressuscitou! 

O túmulo está vazio! 

Jesus vive! 

Ele destruiu o poder da morte e nos deu vida, Mc. 16:6.

Celebrar a Páscoa é celebrar também a ressurreição!    

A ressurreição de Cristo inaugura uma nova fase na história do mundo. 

Páscoa é a vida do Novo Homem em nós. 

Ele é o Emanuel, Deus conosco. 

Ele agora vive e reina para todo o sempre.

Concluindo: 

Celebrar a Páscoa é celebrar a nossa comunhão com Cristo e com o Seu corpo, a Igreja, Mc. 14:22-24.  

Ele ressuscitou para estarmos juntos. 

Jamais poderemos viver separados de Deus. 

Ele nos deu vitória completa. 

Para você entrar nessa vitória é só obedecer o que Ele diz: 

“Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo, Ap. 3:20-21.

Ovo de chocolate é bom, porem Jesus Cristo sim é nossa pascoa.



Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Conselhos Bíblicos