Pesquisar no Blog do J.A.

sábado, 18 de abril de 2015

A certeza da salvação - Pode alguém realmente saber com certeza? 6/10

O Seu Amor para com outros Cristãos

Nas muitas ocupações da vida, as pessoas estão ligadas uma às outras pelo amor por alguma coisa, mas não necessariamente pelo amor uns para com os outros. Por exemplo, membros de uma equipe de beisebol podem não gostar uns dos outros, mas eles jogam juntos por causa do seu amor pelo jogo. Ou pode ser que os outros, mas eles se encontram por causa de seu amor pela música.

Nós somos diferentes. Entretanto, aqueles dentre nós que crêem em Jesus Cristo deveriam ser diferentes. Nós deveríamos amá-Lo antes de mais nada e acima de qualquer coisa, e nós deveríamos nos sentir atraídos uns aos outros por causa deste interesse comum. Mas a Bíblia diz que deveríamos ir mais além disso. Nós não devemos amar somente a Cristo, mas também uns aos outros. Na verdade, o nosso amor por outros cristãos é tão importante que esta é mais uma razão na qual podemos basear a nossa certeza. Veja novamente as palavras de 1 João:

"Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama a seu irmão permanece na morte. ... Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade. E nisto conhecemos que somos da verdade, e diante dele asseguraremos nossos corações;" 1 João 3.14,18,19

João disse que o seu amor para com outros cristãos vai lhe dar a certeza de que você é um membro da família de Deus. Esta é uma característica que deveria ser óbvia em sua vida. Entretanto, talvez você não tenha certeza do tipo de amor que João tinha aqui em mente, A palavra amor por si só, poderá significar muitas coisas para muitas pessoas. Mas quando João falou do nosso amor para com outros crentes, ele foi muito específico.

Nós somos uma família. João usou a palavra amor para descrever o sentido de união que os cristãos têm em Cristo. Note que ele mencionou especificamente o amor aos "irmãos" e que ele usou o termo irmão cinco vezes (veja vvs. 13-17). Lógico, a Bíblia deixa claro que os cristãos devem ter amor para com toda a humanidade, desejando a salvação para cada um deles. Mas o apóstolo João estava dizendo aqui eu o nosso amor para com outros cristãos é uma evidência da salvação. Ele chamou a nossa atenção para o fato de que nós somos uma família. Nós amamos uns aos outros de uma forma especial porque somos irmãos e irmãs em Cristo. Todo o conceito de "amizade" nesta epístola traz em si o significado de compartilhar. E este compartilhar provêm de nosso sentido de união em Cristo.

Nós devemos ser abnegados. Este tipo de amor para com irmãos não é simplesmente um sentido subjetivo que os cristãos deveriam ter uns para com os outros. É um amor ativo. Ele sacrifica a si mesmo(a). O padrão é o amor sacrificial de Jesus por nós.

"Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos.Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus?" 1 João 3.16-17 

Amor não egoísta, que se sacrifica, à semelhança de Cristo é uma das colunas sobre a qual repousa a certeza da salvação. O apóstolo João, depois de chamar a uma vida cheia de amor e depois de definir o que isto significa, fez a afirmação: "E nisto conhecemos que somos da verdade, e diante dele asseguraremos nossos corações;" 1 João 3.19. Isto deveria dar-lhe certeza.

Para Reflexão: Você ama a Jesus Cristo? Você ama a sua família espiritual? Leia 1 Co 13.4-6 e veja novamente as características do amor. Leia Fp 2.1-11 e observe o relacionamento entre a nossa união com Cristo e o nosso amor por outros cristãos. Existem algumas barreias de amargura que não permitem você amar a outro cristão? Dê os passos necessários hoje para que as barreias que impedem o amor ao irmão sejam removidas.

Conselhos Bíblicos