Pesquisar no Blog do J.A.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

O Batismo em Águas

O termo é a transliteração do grego "βαπτισμω" (baptismō) para o latim (baptismus), conforme se vê na Vulgata em Colossenses 2.12. Este substantivo também se apresenta como "βαπτισμα" (baptisma) e "βαπτισμός" (baptismós), sendo derivado do verbo "βαπτίζω" (baptizō), o qual pode ser traduzido por "batizar", "imergir", "banhar", "lavar", "derramar", "cobrir" ou "tingir", conforme utilizado no Novo Testamento e na Septuaginta.

Toda pessoa que se arrepende e tem aceitado a Jesus como Salvador, quer dizer, que pediu ao Senhor que apague o pecado de sua vida lavando com o seu sangue, deve passar pelas águas do batismo. O novo crente se batiza porque já é salvo. As águas não limpam o pecado de ninguém nem tão pouco salvam. O batismo simboliza somente a união com Cristo na sua morte, sepultura e ressurreição (At 2.41; Rm 6.4,8.11; Cl 2.12; 1 Pe 3.21).

A instituição

Quem instituiu o batismo? - Nosso Senhor Jesus Cristo, Ele ordenou o batismo (Mc 16.16).

Os requisitos

1. Ter arrependido de todo o coração de meus pecados (At 2.38).

2. Crer de todo coração em Jesus e reconhecê-lo como Salvador e Senhor (Hb 8.35,38).

Conselhos Bíblicos