Pesquisar no Blog do J.A.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

USOS E COSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS


TRABALHO COM PEDRAS
Parte II - Final

As paredes eram mantidas retas por meio da cana e do prumo. A cana de medir era reta e tinha cerca de sete metros de comprimento (Ez 40.3). O prumo consistia de um cone de chumbo invertido, preso por uma linha a uma vareta do mesmo diâmetro que a base do cone. 

Quando a vareta era levantada na lateral do prédio, a extremidade da base do cone devia apenas tocar de leve na parte de baixo da parede caso ela estivesse reta (Am 7.8). Uma linha ia de canto a canto e uma camada de pedras era colocada até a altura da linha antes de passar para o curso seguinte (2Rs 21.3).

Nem todas as casas eram feitas de pedra. Amós considerava as casas de pedra como um luxo tornado possível pela exploração dos pobres (Am 5.11). 

Só estruturas públicas como o templo, muros da cidade e as cidades-armazéns como Megido, eram geralmente construídas de pedra. Os construtores fenícios provavelmente ajudaram em todos esses projetos. A qualidade do edifício ficava bem à vista.

"Pedras a comprido" e "testeiras" (tijolos travados) eram usados para fortalecer as paredes, sendo as pedras às vezes tão bem ajustadas que não ficavam frestas entre elas e não havia necessidades de argamassa. Nos tempos bíblicos os pedreiros tinham, porém, problemas para colocar janelas numa parede de pedra. Jeremias considerava as janelas como luxos inaceitáveis (Jr 22.14).

A maioria das casas era construída de tijolos de barro, feitos de barro e palha em moldes de madeira e deixados para endurecer ao sol. O barro era então usando como argamassa e como emboço para o lado de dentro e de fora do trabalho. Casas mais simples eram construídas com uma mistura de pedras e barro. 

O pedreiro construía também silos, poços, cisternas, prédios públicos, arcos estradas e aquedutos (os últimos três anos dias dos romanos). Com o desenvolvimento do arco, a pedra fundamental de formato irregular é que sustentava o arco. É possível que Simão Pedro tivesse esse conceito em mente quando considerou Jesus como aquele que irá sustentar a fé judia e impedir que ela desmorone (At 4.11).


Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

Conselhos Bíblicos