Pesquisar no Blog do J.A.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

USOS E COSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS


Cidades e aldeias

Quando os homens saíram das caverna e começaram a cultivar a terra, eles se estabeleceram em lugares em que a terra era fértil e onde houvesse um suprimento fácil de agua.
Isso levou algumas vezes a conflitos entre os grupos nômades que queriam compartilhar a agua.
Este conflitos exigiam que os novos fazendeiros vivessem perto uns dos outros parta mutuo proteção, e foi este o motivo para  a origem da aldeia.
Se a aldeia fosse vulnerável,  elas eram construídas de modo que as paredes detraz das casa fosse um muro defensivo para a aldeia, tendo acesso apenas por  uma brecha ou porta.
Se a aldeia estivesse em um lugar de fácil defesa e se encontrasse  numa rota comercial, então,  na época que o arado de bronze tornou possível cultivar mais intensivamente a terra e produzisse mais riquezas,  a aldeia era rodeada por uma proteção defensiva.
Era isso,  em lugar do tamanho, que transformava a aldeia em cidade ( veja Lv 25.29-31).
Até cidades importantes como Jerusalem e Megido tinham apenas cerca de trinta acres de extenção nos dias do AT.
Se a proteção fosse substituida por um muro sólido, ela tornavas-se conhecida como cidade fortificada ( Jr 34.7).
Havia uma dupla ligação entre as cidades e as aldeias.
Em tempos de guerra,  oa aldeãos fugiam para as cidades por causa da proteção de seua muros.
No verão,  o povo das cidades gostavam de ir para o campo, onde se envolvia na colheita e tinha assim trabalho nas férias.
As cidades e as aldeias ficavam portanto agrupadas (Js 15.32, 36, 41).



Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Conselhos Bíblicos