Pesquisar no Blog do J.A.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Missões - Você está gasto?

Texto Referência: 2 Co 12.15

"Eu de muito boa vontade gastarei, e me deixarei gastar pelas vossas almas, ainda que, amando-vos cada vez mais, seja menos amado."

Aqui na narrativa muito expressiva do apóstolo Paulo sobre seu ministério ante as investidas de alguns opositores dentro da igreja coríntia, faz uma declaração de amor pela obra e sua entrega a ela por amor a Cristo.

Vamos analisar por partes.

1. "Eu de muito boa vontade... " - Paulo fala que o seu trabalho não era por imposição humana, mas por que ele amava fazer aquilo que agradava ao Senhor e por amor as almas pelas quais Cristo morreu na cruz.

Temos feito missões por imposição, por ego ou pelo mesmo motivo de Paulo?

2. "... gastarei, e me deixarei gastar..." - Ele não tinha reservas para o trabalho missionário que fazia. Paulo doou sua vida após a conversão totalmente a Cristo, ele respirava missões.

Temos "gasto" alguma coisa de nós por missões?

3. "... pelas vossas almas, ..." - Ele entende que o valor de uma vida humana é muito alto, que Jesus havia o separado e transformado para isso - ganhar almas. O foco de sua pregação e ações era para que cada vez mais e mais almas pudessem alcançar a Cristo.

Temos um foco ao fazermos missões? Qual é o nosso foco quando fazemos missões?

4. "... ainda que amando-vos cada vez mais, ..." - O amor de Paulo não diminuiu com o decorrer dos anos, assim como o seu padrão de referência - Jesus. O amor de Deus por nós não diminui ou fica fraco, prova disso é que ainda hoje Ele quer nos salvar.

Temos amado cada vez mais a missões ou só estamos cumprindo tarefas e mostrando números?

5. "... seja menos amado." - Paulo e os demais discípulos de Cristo por onde passaram sofreram por levar a palavra da cruz. Missões acontecem no terreno do Inimigo e lá o missionário nunca será bem vindo. também existe infelizmente o caso que pessoas que dentro da Igreja digam que tal pessoa não pode fazer missões. Meus irmãos o "ide" do Senhor foi para toda a humanidade! Se alguém disser que você não pode fazer missões repreenda, pois, isso é contrário a ordem do Senhor Jesus (Mc 16.15). Podemos estar despreparados, mas nunca incapazes de fazer Missões.

Temos parado na primeira dificuldade ou estamos ainda firmes?

Conclusão

Imagine uma ferramenta como uma enxada. Quando você adquiri uma ela está nova, bem amola, passada óleo para ser conservada dos intemperes, ou seja, pronta para o uso.
Ninguém tem uma enxada pendurada na parede de casa para mostrar para os outros, e sim para que a mesma seja útil a todos os propósitos de seu dono.
Somos instrumentos, ferramentas de Deus para sermos usado na sua obra.
De nada adianta termos uma boa aparência cristã e nunca termos sido usados por Deus. Ferramenta é feita para ser usada!
  • Ferramenta que sempre é usada é sempre amolada (capacitada) para trabalhar eficaz.
  • Ferramenta que sempre é usada é sempre limpa (santificada) para trabalhar perfeitamente.
  • Ferramenta que sempre é usada é sempre passada óleo (unção) para trabalhar sem a contaminação do mundo.

Somos ferramentas gastas?

Conselhos Bíblicos