Pesquisar no Blog do J.A.

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

USOS E COSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS


CABRAS

As cabras eram geralmente colocadas pelo pastor na frente das ovelhas. Portanto, uma cabra se achava na frente e deu a Isaías a ideia dos reis guiando o povo (veja Is 14.9; Dn 8.5; Zc 10.12). A relação entre ovelhas e cabras pode estar por trás das palavras de Jesus, de que Ele iria separar os homens como o pastor separa as ovelhas dos bodes (Mt 25.32). 

Um bordão era usado para separá-los, os bodes sendo enviados numa direção e as ovelhas em outra - "debaixo da vara". As ovelhas e bodes eram mantidos próximos uns dos outros porque ambos precisavam pastar e por comerem mais ou menos a mesma coisa.

Há várias diferenças entre os dois animais. Os bodes são geralmente escuros e as ovelhas, brancas. Os bodes sobem montanhas e penhascos com facilidade, mas as ovelhas preferem os vales planos. 

Os bodes comem as folhas das árvores (no geral ajudados pelo pastor que derruba os galhos menores com sua vara), enquanto as ovelhas preferem pastar. Os bodes pastam o dia inteiro, mas ovelhas deitam-se à sombra quando o sol está mais forte (Ct 1.7).

O bode sempre foi menos popular que a ovelha para a maioria das pessoas. Um desses animais se tornou o "bode expiatório", levando os pecados povo par o deserto (Lv 16.22). Os "bodes" foram reservados por Jesus à destruição, quando Ele descreveu a vinda do Filho do Homem (Mt 25.33,41). 

Essa impopularidade pode ser porque os bodes são destrutivos; eles comiam a erva mais perto do solo do que as ovelhas e destruíam a pastagem. 

Os gregos acreditavam em criaturas míticas, metade bode e metade homem, chamadas sátiros. Baco era metade bode e metade homem. A profecia de Isaías sobre o juízo da Babilônia menciona bodes (sátiros) (Is 13.21; 34.14).

Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

Conselhos Bíblicos