Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

A ESPOSA DE EZEQUIEL


Não é citado o nome da mulher de Ezequiel, mas podemos supor que era uma mulher piedosa que ajudava o sacerdote Ezequiel a servir ao Senhor numa colônia de exilados judeus em Tel-Abibe, sobre um canal do Eufrates chamados Quebar. Os detalhes da sua vida não são descritos; todavia, sua morte foi o símbolo de mensagens mais pungente de Ezequiel, apresentando em detalhes a destruição em Israel.

A mulher de Ezequiel morreu repentinamente, talvez de um derrame. Ezequiel foi avisado antecipadamente dessa morte, mas não teve permissão para demonstrar qualquer sinal de luto em público (Ez 24.15-17). Era esperado que suportasse seu sofrimento em silêncio. 

De fato, na manhã em que a esposa morreu, o profeta falou ao povo sobre a destruição vindoura em de Jerusalém (vs. 18-21). Assim como ele perdeu a esposa, "a delícia dos seus olhos", eles também perderiam o santuário de Deus e seus entes queridos que permaneceram em Jerusalém, "a delícia dos olhos" deles (vs. 16,21).

O povo recebeu instruções para refrear igualmente a sua tristeza. Nesse sentido, Ezequiel e a esposa tornaram-se um sinal doloroso para o povo de Deus da perda e do sofrimento que teriam de suportar.

Fonte: "A Bíblia da Mulher"



Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Conselhos Bíblicos