Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 20 de junho de 2018

É como andar de jacaré, só que pior!

"De maneira que agora já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim."
Rm 7.17

Pecar, um ato individual e que ao mesmo tempo pode ser guiado ou induzido por outros. Uma prisão sem algemas cujo carcereiro deixa a porta aberta por oferecer o que o presidiário quer, um prazer sem alegria, a morte em vida. É a comida saborosa aos olhos e impalatável ao ser degustada. 

Não existe ninguém tão forte que não possa por ele ser feito refém se não vigiar, se não se proteger constantemente, se não clamar por socorro ao primeiro sinal de perigo.
É como andar de jacaré, só que pior, pois por um tempo você domina o jacaré. Já com o pecado, ele é perigoso o tempo todo e você nunca tem domínio sobre ele.
Somos seres pecadores em essência da queda, somos propensos o tempo todo a tal engodo e miséria. Nunca devemos crer que somos algo por pregarmos, orarmos, cantarmos, ofertarmos, por fazermos "isso ou aquilo" para o Senhor. Até o diabo e seus demônios obedecem a Deus! A única coisa que muda o fato do pecado indelével ser apagado é o sangue de Cristo vertido gota a gota na pó do monte Calvário.
Não subestime o pecado, não subestime o poder do pecado. Nunca!
Nem você, nem eu e nem ninguém nessa terra pode com Ele. O único que pode é Aquele que veio para nos salvar, Jesus Cristo, o Unigênito de Deus.

Pense, reflita e corra para Jesus.

Conselhos Bíblicos