Pesquisar no Blog do J.A.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

O ensino bíblico sobre o Jejum 4/6

O jejum de Jesus

O jejum de Jesus, por outro lado, parece ter sido apenas de alimento. O fato de ter tido fome e não sede, após o jejum, como registra Mt 4.2, reforçado por Lc 4.2, pressupõe que Ele tenha bebido água durante os quarenta dias.

Isto porque se não o fizesse, exigiria a intervenção sobrenatural de seus atributos divinos, o que o tornaria incapaz de exercer o papel de sumo sacerdote dos bens eternos.

Como homem, Ele não podia lançar mão de "nenhum outro meio que não estivesse a disposição do crente cheio do Espírito Santo."

Conselhos Bíblicos