Pesquisar no Blog do J.A.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

A PALAVRA

A PALAVRA DE DEUS É PODEROSA EM NÓS


"Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; e desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha". Mateus 7:24-25

A Palavra de Deus produz em nós um concreto material de construção interno em nossas vidas de forma tal que ficamos firmes e forte, não importando o que possa vir contra nós. E Jesus dá o exemplo de dois homens que tinham um mesmo objetivo: Construir uma casa

O sensato
Ele pensa no futuro, nos ventos que poderiam vir contra a casa, o projeto de sua vida. Havendo inundações que terreno seria mais adequado? Ele escolhe um terreno pedregoso que servirá de bom alicerce para a casa, consequentemente no inicio dará muito mais trabalho para a construção da casa, mas a manterá firme.
Ele não visava a ostentação, ele não estava preocupado com a aparência exterior ou com aquilo que outros pensariam da sua casa, ele queria estar firme em meio as tempestades.

O insensato
Se deixa impressionar pela aparência do terreno nivelado, pela areia retinha, afinal não dará trabalho, ele não terá gastos para nivelar o terreno, ele tem pressa e quer construir rápido, ele deseja uma casa ostentosa, mas a areia é traiçoeira, ele não se preocupa com as tempestades que virão, com os Ventos “chuvas” “rios”, isto é, “turbulência” por cima, ao redor e por baixo dos alicerces.

A casa é o símbolo da vida.

A vida deve ser edificada com bom senso, considerando o futuro, não apenas o presente.

A vida física deve ser usada para obter e desenvolver a vida eterna.

Muitos constroem em cima de coisas que não tem a aprovação de Deus.

 As “Chuvas” são as aflições temporais, elas vêm e se vão. Os “Rios”  são as provas que resultam do maltrato por parte dos homens; os “Vento” as tentações e as provas que se originam em Satanás ou em demônios, querendo te tirar da presença de Cristo.

Estas coisas se abatem tanto sobre um como a outro, mas o resultado é diferente, tanto pra um como para o outro.

A areia não serve como fundamento. Quantos estão construindo castelo na areia da praia. 

Quantas pessoas estão construindo ou construíram seus castelinhos de areia e agora vêem tudo ruindo.

As pessoas que realmente tem a Cristo como fundamento e edificam uma vida de discipulado autêntico sobre Ele, alcançarão o destino desta vida.

 Paulo escreveu em 1 Corintios 8:6 “...para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as cousas e para quem existimos; e um só Senhor, Jesus Cristo pelo qual são todas as cousas, e nós também por ele”. 

A vida,  portanto, não consiste apenas na existência física, mas de determinado “tipo de vida” espiritual de que todos participam, por causa da alma eterna de cada um.

A vida começa em Deus, continua em Deus e tem como alvo a Deus e a Cristo, que é o Senhor da vida.

A vida só é autêntica quando vivida em Cristo, quando sofre transformações à imagem de Cristo, participando da vida do além, outorgada por ele.

Para que alguém alcance o Reino do céus precisa não somente ouvir as Palavras de Jesus, mas principalmente praticá-las.

Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Conselhos Bíblicos