Pesquisar no Blog do J.A.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

A BREVIDADE DA VIDA

Leitura Bíblica: Tiago 4.13-17

Com o termino do segundo milênio, a industria das publicações derrama uma enxurrada de livros sobre o fim - não apenas o encerramento de um período de mil anos, mas o fim de tudo o que se pode imaginar.

James Gleick apontou que analistas da nossa cultura têm professado o fim os atos, das eras, do alfabeto, da arquitetura, da arte, da beleza, da burocracia, do capitalismo, das certezas da cristandade... Bem, a lista é muito extensa para a reproduzimos integralmente aqui. Mesmo não se importando com as profecias bíblicas, Gleick escreve que todas essas publicações "sugerem um tipo de destino para os assuntos humanos, uma via de mão única para a conclusão ou clímax".

As Escrituras, é claro, têm muito a dizer sobre o fim, especialmente o fim da História. Jesus Cristo prometeu voltar e trazer o fim para a presente ordem das coisas (Mt 24).

Tão importante quanto estudarmos o que a Bíblia revela sobre o final dos tempos, e até mais importante, é orarmos como fez Davi: "Dá-me a conhecer, Senhor, o meu fim e qual a soma dos meus dias, para que eu reconheça a minha fragilidade" (Sl 39.4). Devemos pedir que Deus no dê entendimento da brevidade da vida. Isso pode nos motivar a buscar a vontade de Deus e colocar seu interesse em primeiro lugar (Mt 6.33).


Pr. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

Conselhos Bíblicos