Pesquisar no Blog do J.A.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

As Sete Igrejas da Ásia Menor

Laodiceia

Era uma cidade rica e florescente do Império Romano, na Ásia Menor, situada ao Sudoeste de Filadélfia, nas proximidades da cidade de Colossos, cujos nomes anteriores foram Dióspolis e Rheos. Uma das significações do nome Laodiceia, é democracia, nome que lhe teria sido dado em homenagem à esposa do rei sírio Antíoco II. Laodiceia foi destruída, pela segunda vez, em 1402 d.C., pelas hordas de Timur-Lenk.

Laodiceia tinha uma igreja cristã e Jesus Cristo, no Livro de Apocalipse 3.14-20, lhe envia uma carta como segue:
“E ao anjo da igreja que está em Laodiceia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca. Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu; Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas. Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te. Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo”. 
A Igreja de Laodiceia pode ser comparada à maioria das igrejas das várias denominações modernas. Cada igreja evangélica, nos dias de hoje, possui uma ou muitas características de Laodiceia. Ela usa o nome do Senhor Jesus para se tornar respeitável, porém não O deixa entrar em suas reuniões.

Dentro da Igreja, muitas vezes, reina o maior calor humano, assim como uma completa mornidão espiritual. Laodiceia imagina-se rica e abastada.

Jesus conhece as obras desta igreja, que não é quente nem fria, mas completamente morna. Ela não deseja adquirir o ouro provado no fogo, ou seja, conhecer o verdadeiro sentido de sua existência, que é salvar e edificar vidas, através da pregação do verdadeiro evangelho, dentro e fora da Igreja.

Sua nudez é evidente em matéria de santidade; mas, mesmo assim, ela não tenta se vestir com roupas brancas, adotando uma vida de pureza, alicerçada na verdadeira conversão ao Senhor Jesus Cristo, crescendo na graça e no conhecimento do Senhor, pelo estudo diário de Sua Palavra. Ela dispensa o colírio de ervas medicinais do Espírito Santo, para limpar a poeira que a impede de contemplar a beleza do Senhor.

O conselho a igreja de Laodiceia foi o mais severo de todos, mas era acima de tudo para que eles não se perdessem. O Senhor ainda estava de fora esperando para entrar.


Conselhos Bíblicos