Pesquisar no Blog do J.A.

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

USOS E COSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS


A CAPITAL DE DAVI
Parte 1

Jerusalém nunca teria progredido em importância  se não fosse pelo fato das tribos israelitas terem se dividido em  dois grupos na época da ocupação   de Canaã.

As tribos que se estabeleceram no sul tinham o seu  centro em Hebrom e vieram a ser fortes  aliadas de Davi.

As tribos estabelecidas ao norte  se aliaram  a Saul.

Quando  o filho remanescente de Saul, Isbosete, foi assassinado (2 Sm 4), as tribos do norte pediram que Davi fosse seu líder.

Não interessava à unidade nacional escolher uma capital ao norte ou sul,ou selecionar uma que já estivesse associada com qualquer das tribos.

Jebus / Jerusalém era uma escolha lógica.

Ela se achava entre os agrupamentos norte e sul das tribos, e não estava ligada a nenhum  dos grupos.

O rei de Jerusalém fora derrotado na batalha (Js 10.1) e embora o lugar tivesse sido  tomado  por uma tribo  de Judá (Jz 1.8),  recupera  a sua independência como cidade canaanita Jz 19.11,12).

Davi decidiu então  conquistar a cidade e torná-la sua  capital.

Ele realizou   a conquista de duas maneiras espetaculares _ desafiando a maldição  e vencendo uma barreira natural  aparentemente intransponível.

Os jebusitas  haviam  levado seus cegos e coxos como parte de um  ritual para amaldiçoar as tropas de Davi com cegueira e aleijões, caso atacassem a cidade.

Os jebusitas haviam removido os degraus de madeira que levavam do interior  da cidade para o suprimento de água debaixo dela (2Sm 5.6-8).

Essas ações  não detiveram Davi e as suas forças.

Guiados aparentemente por Joabe (1Cr 11.6-8), eles continuaram o ataque através do estreito canal de água e mostraram não temer a maldição , matando  os cegos e os  coxos.


continua...


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)      

Conselhos Bíblicos