Pesquisar no Blog do J.A.

terça-feira, 2 de julho de 2013

PALAVRA DO PASTOR - PERDÃO


Perdão

“Então, Pedro, aproximando-se dele, disse: 

Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? 

Até sete? 

Jesus lhe disse: 

Não te digo que até sete, mas até setenta vezes sete”. Mt 18:21-22.

O pedido de perdão nos dias de hoje, é algo muito usado mais muito pouco analisado, ou é um ato que usamos simplesmente para ficarmos com a consciência tranquila. 

Há poucos dias atrás quando a polícia prende em fragrante um estuprador, ele fala diante das câmeras de televisão: 

“Gostaria que a moça e sua família me perdoassem”. 

Perguntamos a nós mesmos, qual a finalidade do pedido? 

O que veio no coração daquele infeliz quando proferia essas palavras?

Até que ponto ele estava realmente arrependido? 

Será que os familiares e a moça perdoaram? 

]A história do Brasil tem uma narrativa de perdão que até hoje é uma vergonha nacional. 

Joaquim Silvério dos Reis, que devia uma soma muito grande de dinheiro ao governo, denunciou fez uma denuncia em troca do perdão de sua dívida. 

Perdão este que culminou com a morte de Tiradentes.

Perdão não é somente proferir palavras. 

Quantas vezes alguém nos fecha no transito, pisa no nosso pé, etc. e profere a palavra mágica.

Perdão. 

Perdoamos mais a dor continua. 

Jesus ensinou que devemos perdoar nossos irmãos setenta vezes sete. 

Mesmo na cruz Jesus perdoou seus algozes.

O perdão de um irmão não isenta que a lei seja aplicada com severidade. 

Antes de pedir perdão, melhor seria que não errássemos.

Pastor Jandiro A. Silva



Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Conselhos Bíblicos