Pesquisar no Blog do J.A.

terça-feira, 18 de abril de 2017

João Batista não foi batizado com o Espírito Santo?

"Por que João Batista era cheio do Espírito e nunca falou em línguas?"

As línguas estranhas são um sinal exclusivo da operação do Espírito Santo durante a Dispensação da Graça, ou da Igreja.

João Batista foi o último profeta vinculado à Dispensação da Lei, para a qual não havia o plano de línguas.

Só quando os primeiros discípulos foram batizados com o Espírito Santo (At 2.1-6), então ocorreu o maravilhoso fenômeno de falar em línguas.
At 2.1-6 - "E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar; e de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles. E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem. E em Jerusalém estavam habitando judeus, homens religiosos, de todas as nações que estão debaixo do céu. E, quando aquele som ocorreu, ajuntou-se uma multidão, e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua."
Daí concluí-se que a resposta é: ele nunca falou, pois ele estava em um contexto dispensacional diferente dos cristãos após a morte de Jesus e o envio do outro Consolador, i.e. o Espírito Santo.


Conselhos Bíblicos