Pesquisar no Blog do J.A.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Vigie Cristão

Não faça só por que os outros fazem!
Primeiro descubra a razão, então só depois, se for realmente bom você faça.
Existem pessoas que não podem ver uma nova "moda" na TV ou revistas que já sai imitando como se conhecesse todos os significados por trás da ação.

Pessoas são levadas aos vícios assim: prostituição, alcoolismo, glutonaria, idolatria e por aí vai.

Nos gostamos de duas coisas: sermos diferentes e sermos desafiados. Quando as duas coisas acontecem não há como resistir a tentação de fazer o que todos estão fazendo?

Lembro-me do que minha mãe sempre dizia - "Você não é todo mundo".

Todos os jovens de 12 anos estão tendo relações sexuais e que isso te dá o direito de aos 12 anos de se relacionar de mesma forma. Não é o fato de todos os seus amigos beberem que você, coagido, irá beber também para ser radical ou descolado.

Drogas, o que dizer. Muitos iniciaram seus cativeiros espirituais em simples ondas populares do "não tem problemas, tá todo mundo fazendo".

Quando Jesus nos chama a sermos "luz e sal" (Mt 5.13-16), Ele nos coloca em uma posição de sermos a diferença em um mundo do "não tem problema, isso é comum aqui".

Queridos, Comum e Normal são duas coisas completamente diferentes.

O Comum - É o ato generalizado seja ele certo ou errado, é a opção da maioria. Ele é o que realmente acontece quando não há o rigor de uma lei ou ordem obrigatória.

O Normal - É o ato correto mesmo não havendo aceitação popular do mesmo. É a norma de conduta moral superior quer a sociedade aceite ou não.

Um exemplo prático disso hoje é o caso da questão quanto ao casamento entre pessoas de mesmo sexo.

Para parte da sociedade é algo comum, sem interferência com o cotidiano e que não há implicações e muito menos problemas éticos. A sociedade aceita, o homem aceita a lei dos homens (em alguns lugares) aceita, mas e Deus? Alguém buscou consultar sua opinião? Quem se diz cristão, tem de levar em conta a opinião de seu Deus!

O normal desde o princípio da criação é o casal, instituição formada por indivíduos de sexo diferente (e não orientação sexual diferente) e onde há a possibilidade de procriação e manutenção da população da espécie. 

Em suma, estamos em um mundo onde valores são invertidos, opiniões estão sendo impedidas de serem ditas e nós que sabemos a vontade de Deus temos de estar ligados Nele para não sermos confundidos e muitos menos enganados.

Vigiemos.

Conselhos Bíblicos