Pesquisar no Blog do J.A.

domingo, 30 de setembro de 2012

Frase

pray"Não pode haver uma resposta até que haja uma oração."

"There cannot be an answer until there is a prayer."

(Woodrow Kroll)

AVIVAMENTO EM NOSSOS DIAS

"Então, ela disse a Elias: Que tenho eu contigo, homem de Deus? Vieste tu a mim para trazeres à memória a iniquidade e matares meu filho?
1 Reis 17.18
O QUE É O AVIVAMENTO?
- É voltar ao caminho da obediência da palavra de Deus;
- É a conversão com profundo arrependimento;
- É o retorno ao primeiro amor;
- É lançar fora os deuses estranhos;
- E a reconciliação vertical e horizontal, "completa".

QUANDO E QUE PRECISAMOS DE UM AVIVAMENTO?

- Quando nos afastamos dos mandamentos do Senhor (2Rs 18.18);
- Quando o coração começa a ficar divido entre o profano e o sagrado (1Rs 8.21);
- Quando a idolatria esta presente em nossas vidas (1Rs 18.21);
- Quando deixamos a aliança do Senhor (1Rs 19.10);
- Quando deixamos que derrubem o altar do Senhor (1Rs 19.10);
- Quando os profetas começam a morrer (1Rs19.10).


Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

sábado, 29 de setembro de 2012

Frase

até q pt-"A oração do cristão não é nenhuma tentativa de forçar a mão de Deus, mas um humilde reconhecimento da nossa impotência e dependência."

"The prayer of a Christian is not an attempt to force God's hand, but a humble acknowledgment of helplessness and dependence."

(J. I. Packer)

FRASES

NÃO SÃO AS BOAS INTENÇÕES QUE AGRADAM A DEUS, MAS O DESEJO DE CUMPRIR A SUA VONTADE.



Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Frase

anm8

"A maneira pela qual as pessoas vêem as outras é um reflexo delas mesmas."

"The way people see others is a reflection of themselves."

(John Maxwell)

USOS E COSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS- CURIOSIDADES SOCIAIS

Curiosidades sociais

Saibam que: Nos dias do Antigo Testamento, quando uma pessoa estava de luto ou em profundo pesar usava um cinto de pano de saco (I Rs 20.32).



PbDonizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

USOS E COSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS - SOCIAIS

Saibam que:

A expressão "rasgar as vestes" registrada em Gn 37.34 era demostração de luto, lamento e tristeza.

Mas conta-se que havia 39 leis que regulamentavam a maneira certa de  uma pessoa rasgar a roupa.



Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Uma Frase esquecida

37293

"Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia nasce o irmão."

(Provérbios 17.17)

QUEM DEUS CHAMA

DIZEM QUE DEUS NÃO CHAMA OS CAPACITADOS
 
Tornou-se um bordão o ensino segundo o qual "Deus não chama os capacitados, mas capacita os escolhidos".

A frase aprisiona Deus, ou melhor: a frase tenta aprisionar Deus.

Ele é inaprisionável, mas temos um prazer danado em achar que podemos fazê-lo.

Não será melhor pensar que Deus capacita os escolhidos e também os capacitados ainda mais?

Devemos tomar cuidado para não corrermos o risco de achar que Deus não chama as pessoas capazes, Ele que chamou um intelectual como Moisés e um gênio como Paulo.

Se há uma regra, é esta: Deus chama geralmente os competentes e excepcionalmente os outros.

Não podemos sacralizar a preguiça.

Não podemos preconizar que Deus prefira os que não se preparam.

Desejo-lhe um BOM DIA.




Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

terça-feira, 25 de setembro de 2012

O DECÁLOGO DO VOTO ÉTICO - COMO O CRISTÃO DEVE VOTAR

DECÁLOGO DO VOTO ÉTICO
Re-Repostado.
I. O voto é intransferível e inegociável. Com ele o cristão expressa sua consciência como cidadão. Por isso, o voto precisa refletir a compreensão que o cristão tem de seu País, Estado e Município;
II. O cristão não deve violar a sua consciência política. Ele não deve negar sua maneira de ver a realidade social, mesmo que um líder da igreja tente conduzir o voto da comunidade noutra direção;
III. Os pastores e líderes têm obrigação de orientar os fiéis sobre como votar com ética e com discernimento. No entanto, a bem de sua credibilidade, o pastor evitará transformar o processo de elucidação política num projeto de manipulação e indução político-partidário;
IV. Os líderes evangélicos devem ser lúcidos e democráticos. Portanto, melhor do que indicar em quem a comunidade deve votar é organizar debates multipartidários, nos quais, simultânea ou alternadamente, representantes das correntes partidárias possam ser ouvidos sem preconceitos;
V. A diversidade social, econômica e ideológica que caracteriza a igreja evangélica no Brasil impõe que não sejam conduzidos processos de apoio a candidatos ou partidos dentro da igreja, sob pena de constranger os eleitores (o que é criminoso) e de dividir a comunidade;
VI. Nenhum cristão deve se sentir obrigado a votar em um candidato pelo simples fato de ele se confessar cristão evangélico. Antes disso, os evangélicos devem discernir se os candidatos ditos cristãos são pessoas lúcidas e comprometidos com as causas de justiça e da verdade. E mais: é fundamental que o candidato evangélico queira se eleger para propósitos maiores do que apenas defender os interesses imediatos de um grupo religioso ou de uma denominação evangélica. É óbvio que a igreja tem interesses que passam também pela dimensão político-institucional. Todavia, é mesquinho e pequeno demais pretender eleger alguém apenas para defender interesses restritos às causas temporais da igreja. Um político de fé evangélica tem que ser, sobretudo, um evangélico na política e não apenas um "despachante" de igrejas. Ao defender os direitos universais do homem, a democracia, o estado leigo, entre outras conquistas, o cristão estará defendendo a Igreja.
VII. Os fins não justificam os meios. Portanto, o eleitor cristão não deve jamais aceitar a desculpa de que um evangélico político votou de determinada maneira porque obteve a promessa de que, em assim fazendo, conseguiria alguns benefícios para a igreja, sejam rádios, concessões de TV, terrenos para templos, linhas de crédito bancário, propriedades, tratamento especial perante a lei ou outros "trocos", ainda que menores. Conquanto todos assumamos que nos bastidores da política haja acordos e composições de interesse, não se pode, entretanto, admitir que tais "acertos" impliquem na prostituição da consciência cristã, mesmo que a "recompensa" seja, aparentemente, muito boa para a expansão da causa evangélica. Jesus Cristo não aceitou ganhar os "reinos deste mundo" por quaisquer meios, Ele preferiu o caminho da cruz.
VIII. Os votos para Presidente da República e para cargos majoritários devem, sobretudo, basear-se em programas de governo, e no conjunto das forças partidárias por detrás de tais candidaturas que, no Brasil, são, em extremo, determinantes; não em função de "boatos" do tipo: "O candidato tal é ateu"; ou: "O fulano vai fechar as igrejas"; ou: "O sicrano não vai dar nada para os evangélicos"; ou ainda: "O beltrano é bom porque dará muito para os evangélicos". É bom saber que a Constituição do país não dá a quem quer que seja o poder de limitar a liberdade religiosa de qualquer grupo. Além disso, é válido observar que aqueles que espalham tais boatos, quase sempre, têm a intenção de induzir os votos dos eleitores assustados e impressionados, na direção de um candidato com o qual estejam comprometidos.
IX. Sempre que um eleitor evangélico estiver diante de um impasse do tipo: "o candidato evangélico é ótimo, mas seu partido não é o que eu gosto", é compreensível que dê um "voto de confiança" a esse irmão na fé, desde que ele tenha as qualificações para o cargo. Entretanto, é de bom alvitre considerar que ninguém atua sozinho, por melhor que seja o irmão, em questão, ele dificilmente transcenderá a agremiação política de que é membro, ou as forças políticas que o apóiem.
X. Nenhum eleitor evangélico deve se sentir culpado por ter opinião política diferente da de seu pastor ou líder espiritual. O pastor deve ser obedecido em tudo aquilo que ensina sobre a Palavra de Deus, de acordo com ela. No entanto, no âmbito político-partidário, a opinião do pastor deve ser ouvida apenas como a palavra de um cidadão, e não como uma profecia divina.

Fonte: Blog do Pastor Guedes

NOSSA CONDUTA

Nossa conduta


Leituras: Rn 12.1-2; Tg 3.13.

O rio negro percorre uma distancia de centenas de quilometros mantendo suas aguas límpidas.

Alguns quilômetros depois de Manaus está a confluência com as aguas barrentas so rio solimões, para formar o rio amazonas.

Durante alguns quilômetros as aguas dos dois rios correm lado a lado sem se misturarem.

Depois elas se misturam e tornam-se turvas.

As aguas do rio negro não limpam as aguas barrenta do rio solimões.
Mas estas turvam as aguas limpas do rio negro.

Assim, a convivência de um cristão com o relacionamento achegado ao pecado certamente vai corromper a sua vida.

Trata-se de tudo o que fazemos e falamos que venha a contrariar os princípios da étca cristã apresentado no Novo Testamento.

É que se chama de "mundanismo".

O cristão precisa-se manter afastado do que é mundano, todos os dias, em todos os lugares e em todas as esferas da vida.

A vontade de Deus com a vida diária deve ser examinada cuidadosamente para não cairmos nas esferas do engano.

A  validade do que Deus quer não depende de nossa opinião.

Não somos nós que vamos estabelecer o que é certo e o que é errado.

A autoridade final esta sempre com a Palavra de Deus.

Como diz nossa leitura de hoje: " Não se amolde aos padrões deste mundo, mas transformem-se pela renovação de sua mente, para que sejam capazes de esperimentar e comprovar a boa , perfeita e agradável vontade de Deus".




Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

OS TESOUROS DA ALMA

Boa Tarde queridos amigos!!

para refletir e ver que precisamos alterar as nossas prioridades e melhorar cada vez mais.

Conta à lenda que certa mulher pobre com uma criança no colo passou diante de uma caverna e escutou uma voz misteriosa que la dentro lhe dizia:

“Entre e apanhe tudo o que você desejar, mas não se esqueça do principal”.“Lembre-se, porém, de uma coisa: Depois que você sair, a porta se fechará para sempre. Portanto, aproveite a oportunidade, mas não se esqueça do principal….”
A mulher entrou na caverna e encontrou muitas riquezas.

Fascinada pelo ouro e pelas jóias, colocou a criança no chão e começou a juntar, ansiosamente, tudo o que podia no seu avental.

A voz misteriosa falou novamente: “Você agora, só tem oito minutos.”

Esgotados os oito minutos, a mulher carregada de ouro e pedras preciosas, correu para fora da caverna e a porta se fechou… Lembrou-se, então, que a criança la ficara e a porta estava fechada para sempre!

A riqueza durou pouco e o desespero, sempre.

O mesmo acontece neste mundo, com tão pouco tempo de vida que temos, uma voz sempre nos adverte: “Não se esqueça do principal!”.

Mas a ganância, o apego aos prazeres materiais fascinam tanto que o principal que é “DEUS” vai ficando sempre de lado…

Sendo assim, o tempo aqui na terra vai se esgotando e deixando-se de lado o essencial:

“Os tesouros da alma!”.


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

domingo, 23 de setembro de 2012

Pergunta Curta, Resposta Rápida!

sport_02Veremos então as respostas!!!!

1) Js 8.3-22

2) Ez 30.21

3) Js 10.22-26

4) 2 Cr 15.16

5) Gn 41.14

6) 1 Rs 15.22

7) Gn 24.29-31

8) Ag 1.6

9) Jó 40.19

10) Pv 6.13

Estava fácil hein? Até a próxima.

A IMPORTANCIA DO PERDÃO

A Importância do Perdão.

O pequeno Zeca entra em casa, após a aula, batendo forte os seus pés no assoalho da casa. Seu pai, que estava indo para o quintal para fazer alguns serviços na horta, ao ver aquilo chama o menino para uma conversa.

Zeca, de oito anos de idade, o acompanha desconfiado. Antes que seu pai dissesse alguma coisa, fala irritado:

- Pai, estou com muita raiva. O Juca não deveria ter feito aquilo comigo.

- Desejo tudo de ruim para ele.

Seu pai, um homem simples mas cheio de sabedoria, escuta calmamente o filho que continua a reclamar:

- O Juca me humilhou na frente dos meus amigos. Não aceito. Gostaria que ele ficasse doente sem poder ir à escola.

O pai escuta tudo calado enquanto caminha até um abrigo onde guardava um saco cheio de carvão Levou o saco até o fundo do quintal e o menino o acompanhou, calado. Zeca vê o saco ser aberto e antes mesmo que ele pudesse fazer uma pergunta, o pai lhe propõe algo:

- Filho, faz de conta que aquela camisa branquinha que está secando no varal é o seu amiguinho Juca e cada pedaço de carvão é um mau pensamento seu, endereçado a ele. Quero que você jogue todo o carvão do saco na camisa, até o último pedaço. Depois eu volto para ver como ficou.

O menino achou que seria uma brincadeira divertida e passou mãos à obra. O varal com a camisa estava longe do menino e poucos pedaços acertavam o alvo. Uma hora se passou e o menino terminou a tarefa. O pai que espiava tudo de longe, se aproxima do menino e lhe pergunta:

- Filho como está se sentindo agora?

- Estou cansado mas estou alegre porque acertei muitos pedaços de carvão na camisa.

O pai olha para o menino, que fica sem entender a razão daquela brincadeira, e carinhoso lhe fala:

- Venha comigo até o meu quarto, quero lhe mostrar uma coisa.

O filho acompanha o pai até o quarto e é colocado na frente de um grande espelho onde pode ver seu corpo todo. Que susto! Zeca só conseguia enxergar seus dentes e os olhinhos. O pai, então lhe diz ternamente:

- Filho, você viu que a camisa quase não se sujou; mas, olhe só para você .

O mal que desejamos aos outros é como o que lhe aconteceu. Por mais que possamos atrapalhar a vida de alguém com nossos pensamentos, a borra, os resíduos, a fuligem ficam sempre em nós mesmos.

Cuidado com seus pensamentos, eles se transformam em palavras;
Cuidado com suas palavras, elas se transformam em ações;
Cuidado com suas ações, elas se transformam em hábitos;
Cuidado com seus hábitos, eles moldam o seu caráter;
Cuidado com seu caráter, ele controla o seu destino.

Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

sábado, 22 de setembro de 2012

Pergunta Curta, Resposta Rápida!

Essas vão para ver se vocês são sport_11bons de Bíblia mesmo.

1)  Onde encontramos o mais antigo relato de uma emboscada?

2) Qual foi o rei cujo braço de diz que quando fosse quebrado não seria ligado?

3) Onde foram enforcados 5 reis em 5 árvores?

4) Quem cortou e queimou o ídolo de sua mãe?

5) Onde entramos o mais antigo relato de um homem se barbeando?

6) Quando cada homem em Judá foi conscrito, sem exceção para o trabalho?

7) Onde encontramos o mais antigo exemplo de um esnobe?

8) Onde lemos de um homem guardando seu salário em saco furado?

9) Qual é o animal de que é dito ser a obra prima dos caminhos de Deus?

10) Que tipo de homem é aquele de quem se diz que fala com seus pés?

__________________________________________________________________________

As respostas amanhã, vamos ver se vocês são bons de bola!

PERSONAGENS BÍBLICOS

Gade, o filho de Jacó

A primeira esposa de Jacó, Lia,  acreditava que era muito velha para ter filhos.

De acordo com a lei hebraica daquele tempo,  ela opfereceu sua serva Zilpa  a Jacó para gerar dele uma criança.

Legalmente, a criança seria considerada de Jacó e Lia.

Quando Lia ouviu a notícia de que Zilpa havia dado a luz a um filho, ela disse, " Que sorte!", e deu ao menino o nome de Gade,  o deus pagão da boa fortuna.Lia foi, provavelmente, uma pagã, pois lemos mais tarde que Jacó fez com que sua família jogasse fora os falsos deuses de Labão, o pai de suas esposas.

Pouco se sabe de Gade,  exeto que ele tinha sete filhos que acompanhavam a Jacó em sua  viagem ao Egito (Gn46.16).

Aparentemente, tratava-se de um homem belicoso, poque na benção de Jacó, ele diz que "Gade será atacado por um bando, mas ele é que o atacara e perseguirá" (Gn49.19).

Os descendentes de Gade parecem ter herdado a sua  ferocidade.

Moisés, em sua benção, disse;!gade fica a espreita como um leão; despedaça um braço e tambem a cabeça.Escolheu para si o melhor" (Dt 33.20-21)

Pb Doniozeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

USOS ECOSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS


Agricultura cananita.

Não havia tal regularidade ou certeza em Canaã; o sucesso da agricultura neste país não dependia só das cheias dos grandes rios, mas também das chuvas de inverno, que variavam de ano para ano e na conservação da agua.

Moisés advertiu o povo judeu de que o clima era incerto e que sua segurança estava em Deus, que provia as chuvas anuais (Dt 11.16 e 17).

As chuvas eram tão incertas que a religião cananita se baseava numa forma de magia que assegurava a fertilidade do solo.

Baal era um deus da tempestade( veja Dt 11.16 e 17).

Os suprimentos de agua caprichosos não eram as únicas coisas que tornavam a agricultura cananita incerta.

Os ventos quentes do deserto, vindos do sudeste secavam tudo que crescia (Jn 4.8; Lc 12.55).Outro problema sério eram os gafanhotos, uma grande variedades deles que enxameavam aos milhares ( veja Jz 6.5; 7.12) e comiam tudo que fosse verde em seu caminho.

Há uma descrição terrível de uma praga de gafanhotos em Joel 2.
Eles atacaram o Egito motivados pala frase"Deixa o meu povo ir" (Ex 10.13 e 15).

Quando os gafanhotos chegaram parecia um exército vingador (Pv 30.27), embora se mantivessem nas sebes nos dias frios (Na 3.17).

A erosão era outro problema, as chuvas de inverno tendiam a levar a cobertura do solo montanha a baixo, onde muros de retenção tinham que ser contruido.

A agricultura começou quando o homem primitivo viu que em vez de colher cereais e vegetais silvestres, era possível colher sementes e planta-las num lugar determinado.

Os primeiros lugares determinados para as safras eram aqueles onde cresciam as variedades silvestres , em pontos bem irrigados e drenados, com calor e sol adequados.

Só com o desenvolvimento dos implementos agrícolas e com a técnica de irrigação é que a agricultura começou a avançar.



Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

ESBOÇO BÍBLICO


Uma analogia ao Pastor

I. O pastor como filho.

1. Tu meu filho fortifica-te, na graça e no conhecimento. II Tm 2.1

II. O pastor como soldado.

1. Participa dos meus sofrimentos como bom soldado.II Tm 2.2.
2. Mais uma figura da vida militar.

III. O pastor como atleta.

1. Igualmente o atleta, não é coroado se não lutar. II Tm 2.5.


IV. O pastor como lavrador.

1. O lavrador que trabalha a terra deve ser o primeiro a participar dos frutos. II Tm 2.6.

V. O pastor como trabalhador.

1. Procura apresentar-te a Deus, aprovado como obreiro que não tenha que se envergonhar, que maneje bem a palavra da verdade. II Tm 2.15.

VI. O pastor como utensílio.

1. Ora, numa grande casa não há somente utensílio de ouro e de prata. II Tm 2.20.

VII. O pastor como escravo.

1. Os que se desprendem dos laços do diabo, por quem haviam sido presos, por cumprir agora a vontade de Deus. II Tm 2.26.




Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)



quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Um artigo interessante

clip_image001

Quase todo mundo já passou por tempos turbulentos e traumáticos, durante os quais experimentou muita incerteza ou talvez até grande dor e tristeza. Estes tempos geralmente são períodos de crise individual, familiar ou mesmo nacional, em que todo recurso pessoal, físico e emocional é utilizado para superar os problemas. Angústia, tristeza, perseguição, tragédia, catástrofe, fome, guerra e incertezas são dinâmicas muito reais no dia-a-dia e nas notícias. Mas, segundo a Bíblia, haverá um tempo futuro de angústia ainda maior conhecido como "Tribulação". Essa era virá depois do Arrebatamento da Igreja e será o pior período de sofrimento que o mundo já experimentou. Ela será o maior "choque do futuro".

Os especuladores econômicos de Wall Street geralmente são divididos em otimistas e pessimistas (chamados de "touros" e "ursos"), conforme sua "interpretação" dos indicadores e das tendências econômicas. Da mesma forma, intérpretes da Bíblia podem ler suas passagens proféticas e entender grande parte do plano de Deus para o futuro. A diferença é que, através do estudo da profecia com cuidado e oração, a maior parte da especulação pode ser eliminada. Ao contrário dos mercados futuros, o plano de Deus é claro e certo. Acreditar no Arrebatamento implica que os crentes devem ser pessimistas e apáticos? Evidentemente que não! Devemos ser realistas e vigilantes. Somos realistas com relação ao futuro e esperamos a vinda do Senhor Jesus Cristo para Sua Igreja. Mas também reconhecemos que depois do Arrebatamento haverá um tempo de intensa Tribulação mundial.

A Bíblia fala mais sobre esses sete anos do que sobre qualquer outro período de tempo profético. Durante esses sete anos, o Anticristo surgirá, haverá perseguição aos novos crentes e ao povo judeu, e a grande batalha de Armagedom e a Segunda Vinda de Cristo acontecerão.

O Novo Testamento nos ensina que a atual era da Igreja também incluirá provações e tribulações. Jesus disse: "No mundo passais por aflições; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo" (João 16.33). O apóstolo Paulo advertiu: "Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos" (2 Timóteo 3.12). Mas a perseguição do mundo contra a Igreja nesta era não é a ira de Deus. A tribulação futura será um tempo de castigo de Deus sobre o mundo que rejeitou a Cristo – um tempo do qual a Igreja será livrada como o nosso Senhor prometeu (Apocalipse 3.10; 1 Tessalonicenses 1.10; 5.9).

Os crentes podem viver diariamente com a certeza de que a história humana terminará com Jesus Cristo como o Vencedor. O futuro é certo. Mas Jesus disse aos Seus discípulos que antes da vitória final "haverá Grande Tribulação, como desde o princípio do mundo até agora não tem havido, e nem haverá jamais" (Mateus 24.21). Na sua intensidade e agonia, essa época será infeliz e indesejável. Mas foi previsto que ela vai acontecer e está descrito como ela será. A Bíblia diz que ela será trágica, mas real. [...]

Qual a relação entre "o tempo da ira de Deus" e a Tribulação?

Já que a Bíblia usa muitos termos para descrever uma variedade de atividades associadas ao julgamento de Deus durante a Tribulação, e já que "Tribulação" e "ira de Deus" às vezes são usadas para referir-se ao mesmo período de tempo (i.e., a Tribulação de sete anos), conclui-se que o tempo da ira de Deus acontece durante a Tribulação.

A base bíblica para essa conclusão pode ser oferecida da seguinte maneira: Deuteronômio 4.30 descreve esse período do fim dos tempos como tempo de tribulação. Sofonias 1.15 chama o mesmo dia "de alvoroço e desolação" (i.e., tribulação) e de "dia da ira". Os autores do Novo Testamento tomam esse termo do Antigo Testamento e usam-no como característica geral do que denominamos de período de sete anos da Tribulação, já que é um tempo em que a ira acumulada de Deus é liberada sobre a história humana e traz retribuição a um mundo que rejeitou a Cristo, mundo que será motivado por Satanás a perseguir crentes e judeus (Romanos 2.5; 5.9; Colossenses 3.6; Apocalipse 14.10, 19; 15.1,7; 16.1,19; 19.15).

Por exemplo, Romanos 2.5 diz: "Mas, segundo a tua dureza e coração impenitente, acumulas contra ti mesmo ira para o dia da ira e da revelação do justo juízo de Deus".

Portanto, vemos que a Bíblia diz que o que acontece com a humanidade na Tribulação será motivado pela ira de Deus, que está se acumulando durante a atual era da graça. [...]

Qual a relação entre "o tempo de angústia para Jacó" e a Tribulação?

A frase "tempo de angústia para Jacó" vem da profecia encontrada em Jeremias 30.5-7: "Assim diz o Senhor: Ouvimos uma voz de tremor e de temor e não de paz. Perguntai, pois, e vede, se acaso, um homem tem dores de parto. Por que vejo, pois, a cada homem com as mãos na cintura, como a que está dando à luz? E por que se tornaram pálidos todos os rostos? Ah! Que é grande aquele dia, e não há outro semelhante! É tempo de angústia para Jacó; ele, porém, será livre dela".

Nessa passagem o profeta Jeremias fala de um tempo ainda futuro quando grande angústia ou tribulação virá sobre todo o Israel, que é simbolicamente denominado de "Jacó". Esse tempo é a Tribulação futura, ou um evento passado? É melhor interpretar esse tempo de angústia como algo que ainda é futuro para Israel – um tempo conhecido como a septuagésima semana de Daniel ou a Tribulação. O expositor bíblico e estudioso de profecia Dr. Charles H. Dyer escreve sobre essa passagem e seu significado:

A que "tempo de angústia" Jeremias está se referindo? Alguns acham que ele está indicando a derrota de Judá pela Babilônia ou a derrota posterior da Babilônia pela Medo-Pérsia. Mas, em ambos esses períodos o Reino do Norte, Israel, não foi afetado. Ele já tinha sido levado ao cativeiro (em 722 a.C.). Uma solução melhor é que Jeremias está referindo-se a um período de tribulação futuro quando o remanescente de Israel e Judá sofrerá uma perseguição incomparável (Daniel 9.27; 12.1; Mateus 24.15-22). O período terminará quando Cristo aparecer para resgatar os Seus eleitos (Romanos 11.26) e estabelecer Seu reino (Mateus 24.30-31; 25.31-46; Apocalipse 19.11-21; 20.4-6).[1]

Portanto, o tempo de angústia para Jacó enfatiza o aspecto da Tribulação futura que expressa a dificuldade pela qual os judeus ou descendentes de Jacó passarão durante esse período. [...]

Por que a Tribulação é Importante?

A Tribulação é importante para os crentes hoje por várias razões. Em primeiro lugar, o estudo da Palavra de Deus é sempre importante, e deve ser feito com cuidado. Independentemente do tipo de passagens estudadas, sejam sobre aliança ou cronologia, poesia, parábola, ou profecia, todas devem ser estudadas e aplicadas diligentemente. "Toda Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda a boa obra" (2 Timóteo 3.16-17). A Tribulação é importante porque é ensinada na Bíblia.

Em segundo lugar, a Tribulação é importante porque, de certa forma, Satanás é desmascarado e vemos suas verdadeiras intenções e motivações. Essa compreensão do seu plano, se aplicada corretamente, pode ajudar o crente hoje na batalha espiritual.

Por exemplo, vemos que durante a Tribulação, Satanás usa a religião como um caminho falso e enganador. Isso é uma advertência para nós hoje.

Em terceiro lugar, a Tribulação é importante para nós porque grande parte do que vemos hoje e vimos no passado é uma preparação para o que virá. Por exemplo, o impulso atual para a globalização não pode surpreender aqueles que estão cientes do que a Bíblia ensina sobre o futuro. Porque nosso Deus Soberano ordenou anteriormente esses eventos, devemos nos confortar com o fato de que Ele está no controle. Esse tempo futuro de intensa maldade é a manifestação máxima da natureza pecaminosa da humanidade conjugada ao plano rebelde de Satanás. Mas ambos serão levados a julgamento por parte de um Deus justo e onipotente.

Conclusão

A história humana está cheia de tragédias e desespero pessoal, nacional e internacional. Em cada século, em cada império e em cada era houve manifestações do pecado original, da queda e da atividade satânica. As passagens da profecia bíblica (e outras passagens da Bíblia) ensinam claramente que o futuro trará um período específico de trauma e de tragédia extremos, durante o qual o terror e a tribulação serão intensos e internacionais. Essa era durará sete anos e, depois da batalha de Armagedom, culminará na Segunda Vinda do Senhor Jesus Cristo para estabelecer Seu reino milenar na terra. Nós acreditamos que essa era de Tribulação, cheia de destruição e perseguição, acontecerá depois do Arrebatamento da Igreja. Isto, porém, não isenta os crentes de hoje das suas responsabilidade diárias, do evangelismo, do discipulado e da vida santificada. A tribulação é certa, mas a vitória também é. Com relação à Tribulação, não devemos nos preocupar em como será a vida naqueles dias, mas sim, em como está a nossa vida hoje em dia. "Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus" (Efésios 5.15-16). (Thomas Ice e Timothy Demy - http://www.chamada.com.br)

Notas:

1. Charles H. Dyer, "Jeremiah" in The Bible Knowledge Commentary: Old Testament, eds. John F. Walvoord e Roy B. Zuck (Wheaton, IL: Victor Books, 1984), p. 1168.

Extraído do livro A Verdade Sobre A Tribulação.

FRASES




Você só pode ter um relacionamento feliz quando você está feliz em si mesmo.

Indivíduos com problemas não fazem relacionamentos felizes.




Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus

terça-feira, 18 de setembro de 2012

FRASES



Você está realmente pronto para um relacionamento?

Você precisa consertar sua vida antes de tentar ter sucesso com outra pessoa?



Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a seviço do reino de Deus)

A Bíblia Responde 33

Como instruir as crianças

tumblr_m5rrdmAnmB1qbhetko1_500Eis uma tarefa difícil, mas gratificante!

Tenho um filho de 2 anos e meio e ensinar implica em acertos e erros, tentativa e erro, ação e reação. Para você ensinar você tem que dar o exemplo, vivenciar aquilo que muitas vezes você está dizendo.

A Bíblia nos orienta a fazer isso para a nossa descendência cresça em estatura, graça e conhecimento.

Lembre-se que por mais difícil que seja ensinar os filhos no caminho bom jamais devemos esquecer que eles, os filhos, são herança do Deus Todo-poderoso enviada para cada um de nós.

Provérbios 22.6

“Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.”

Efésios 6.4

“E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor.”

Colossenses 3.21

“Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não percam o ânimo.”

________________________________________________________

A verdade está dita aí, ignora-lá é dizer que Deus está mentindo e sua Palavra não tem efeito.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

sábado, 15 de setembro de 2012

OTIMISTA X PESSIMISTA


O pessimista diz, é impossível; o medroso diz, é arriscado; o covarde diz, tô fora; o vencedor sorri e diz, o gigante vai cair.



Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

A Purificação do Templo

“E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas”

Evangelho Segundo Mateus 21.12

Segue o comentário bíblico da Bíblia de Estudo King James Atualizada sobre o respectivo versículo. Ao ler este comentário pude ver o panorama de um sociedade que compra e vende o que não tem preço, mas tem um valor inestimável.

Dc. Jonathas Januário Pereira

________________________________________________________________________

ataqueO termo grego original (to hieron), que significa “o templo”, indica toda a área sobre o monte Moirá, ocupada pelos diversos recintos e a corte do templo. No domingo, após a entrada triunfal, Jesus continua sua obra de purificação da Casa do Senhor, iniciada três anos antes (Jo 2.14). Uma atitude para demonstrar o quanto os judeus haviam ofendido ao Senhor, permitindo que seus corações fossem corrompidos pela ganância, dominados pelo pecado, e faltos de amor sincero para com Deus e com seu próximo.

Isso ocorre infelizmente ainda hoje em alguns templos cristãos, e entre seus membros. Jesus citou as Sagradas Escrituras, usando, da versão Septuaginta (AT em grego), os textos de Is 56.7 com Jr 7.11.

As ofertas, taxas e compras de animais para sacrifícios no templo só podiam ser pagas com moedas hebraicas (siclo hebreu), pois as demais moedas eram cunhadas com a imagem de divindades pagãs ou do imperador, considerado pelos romanos e outros gentios com um deus.

Entretanto, esse serviço de troca de moedas (câmbio), compra e venda de animais, e produtos para os sacrifícios, deveria ser realizado com dignidade, no “grande átrio exterior dos gentios”, um espaço reservado para essas atividades com mais de 50.000m².

Todavia, os cambistas estavam explorando os romeiros que vinham de muito longe e com dinheiro gentio para ofertar e sacrificar no templo. Além disso, a venda dos animais cultualmente aceitáveis transformara-se apenas em lucrativo comércio, tanto que a área antes reservada já não comportava os estandes de vendas e haviam invadido até o recinto sagrado. Vários sacerdotes lideravam a corrupção institucionalizada no templo, posto que ao receberem os animais para holocausto, em vez de efetuarem o ritual do sacrifício, matavam apenas alguns deles, e repassavam todos os demais para comerciantes fraudulentos, que revendiam sucessivas vezes.

________________________________________________________________________

Vigiemos irmãos por que muitos têm feito comércio com o que é santo, no lugar santo.

Oremos para que o Senhor nos ajude.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

A Bíblia Responde 32

tumblr_m2j5kz3d1T1r8a794Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje

Pode até parecer um “chavão” muito conhecido, mas na verdade é muito real. A nossa vida não pertence a nós, Deus tem autoridade para encerra-lá no momento que julgar necessário.

As oportunidades de trabalho, de relacionamento e tudo o que passamos no dia-a-dia é o momento, hoje, agora e não para depois. A Bíblia exorta-nos a vigiarmos hoje, convertermos hoje, aceitarmos a Cristo hoje, pois o amanhã pertence a Deus.

Mateus 22.1-14; 25.1-13

“ENTÃO Jesus, tomando a palavra, tornou a falar-lhes em parábolas, dizendo: O reino dos céus é semelhante a um certo rei que celebrou as bodas de seu filho; E enviou os seus servos a chamar os convidados para as bodas, e estes não quiseram vir. Depois, enviou outros servos, dizendo: Dizei aos convidados: Eis que tenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos, e tudo já pronto; vinde às bodas.
5  Eles, porém, não fazendo caso, foram, um para o seu campo, outro para o seu tráfico;” E os outros, apoderando-se dos servos, os ultrajaram e mataram. E o rei, tendo notícia disto, encolerizou-se e, enviando os seus exércitos, destruiu aqueles homicidas, e incendiou a sua cidade. Então diz aos servos: As bodas, na verdade, estão preparadas, mas os convidados não eram dignos. Ide, pois, às saídas dos caminhos, e convidai para as bodas a todos os que encontrardes. E os servos, saindo pelos caminhos, ajuntaram todos quantos encontraram, tanto maus como bons; e a festa nupcial foi cheia de convidados. E o rei, entrando para ver os convidados, viu ali um homem que não estava trajado com veste de núpcias. E disse-lhe: Amigo, como entraste aqui, não tendo veste nupcial? E ele emudeceu. Disse, então, o rei aos servos: Amarrai-o de pés e mãos, levai-o, e lançai-o nas trevas exteriores; ali haverá pranto e ranger de dentes. Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.”

“ENTÃO o reino dos céus será semelhante a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram ao encontro do esposo. E cinco delas eram prudentes, e cinco loucas. As loucas, tomando as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo. Mas as prudentes levaram azeite em suas vasilhas, com as suas lâmpadas. E, tardando o esposo, tosquenejaram todas, e adormeceram. Mas à meia-noite ouviu-se um clamor: Aí vem o esposo, saí-lhe ao encontro. Então todas aquelas virgens se levantaram, e prepararam as suas lâmpadas. E as loucas disseram às prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas se apagam. Mas as prudentes responderam, dizendo: Não seja caso que nos falte a nós e a vós, ide antes aos que o vendem, e comprai-o para vós. E, tendo elas ido comprá-lo, chegou o esposo, e as que estavam preparadas entraram com ele para as bodas, e fechou-se a porta. E depois chegaram também as outras virgens, dizendo: SENHOR, Senhor, abre-nos. E ele, respondendo, disse: Em verdade vos digo que vos não conheço. Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir.”

2 Coríntios 6.1-2

“E NÓS, cooperando também com ele, vos exortamos a que não recebais a graça de Deus em vão (Porque diz: Ouvi-te em tempo aceitável E socorri-te no dia da salvação; Eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação).”

______________________________________

Não espere as condições de sua vida para aceitar a Cristo, mas aceite a Cristo e condicione sua vida a Ele.

APROXIMA-SE E SIRVA-SE!

Leitura: Salmo 104.19-35

"Se lhes dás, eles o recolhem".
Salmo 104.28

Um alimentador de pássaros foi colocado bem em frente à janela do meu estúdio, onde me sento para escrever. Todos os dias aprendo verdades maravilhosas, daquele alimentador. Os mestres são meus amigos emplumados, e a mensagem que ilustram de maneira tão clara é esta: A dependência de Deus é certa e razoável por parte de todas as Suas criaturas, inclusive você e eu!

Eis aqui o sermão de três pontos sobre dependência de Deus, o qual os pássaros aplicam tão fielmente:
  • Busque a provisão diária de Deus; 
  • Busque Sua provisão com expectativa, pois Ele já cuidou de você antes;
  • Busque a provisão ativamente, assumindo a responsabilidade por apanhá-la;
Os pássaros ilustram o Salmo 104.27-28: Todos esperam de ti que lhes dês de comer a seu tempo. Se lhes dás, eles o recolhem.

A Bíblia é como uma mesa, sobre a qual estão a comida que nós precisamos diariamente: promessas, instruções, sabedoria, conforto e encorajamento. Como um bom anfitrião, Deus nos diz: "Aproxime-se e sirva-se!" Nós, porém, muitas vezes falharmos em fazer isso. Dependemos de tudo, menos dEle.

E nos perguntamos por que nossa fé é tão frágil. Entretanto, se chegarmos cheios de expectativa e disposição para a ação, nosso Anfitrião divino suprirá todas as nossas necessidades. Dependa dEle!

Deus alimenta os pássaros, mas não leva o alimento até seus ninhos.



Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Pergunta Curta, Resposta Rápida!

01_higuitaRespostas!!!!!! Tão sonhadas respostas.

1 – 1 Sm 1.12-15

2 – At 28.30

3 – Jn 1.3

4 – Jz 9.5,56

5 – 2 Rs 17.31

6 – Jr 36.18

7 – Zc 5.9

8 – Ez 17.2

9 – Ed 7.21-24

10 – 1 Rs 20.16

Viu nem foi tãaaaao difícil assim.

PERSONAGENS BÍBLICOS

ENAQUE

Os enaquins eram uma raça de gigantes que descendiam de Enaque, filho de Arba, o cananeu que fundou a cidade de Quiriate-Arba (Hebrom). Eles viviam basicamente no sul da Palestina. Os enaquins, fisicamente, eram enormes e aterrorizavam os hebreus (Nm 13.33). São descritos como descendentes dos nefilins, os gigantes mitológicos que eram filhos da união de anjos com mulheres (Gn 6.4).

A raça de "gigantes" não é necessariamente mitológica. Há muitos exemplos de extremos de tamanho como resultado da seleção genética. A mesma região na África produziu os mbuti, o menor povo do mundo, e os watusi, os mais altos. Quando consideramos que, naqueles dias, a média de altura do ser humano não ficava muito acima de 1,5 metro, então um exército de enaquins, homens musculosos com cerca de 2 metros, seria uma visão amedrontadora.

Apesar de seu medo, o exército de Josué destruiu todos os enaquins, exceto alguns que ficavam no sudoeste da Palestina (Js 11.21 em diante). Fragmentos de cerâmica egípcia de cerca de 2.000 a.C. confirmam a existência de uma tribo chamada Enaque e cujos príncipes tinham nomes semíticos.


Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Pergunta Curta, Resposta Rápida!

Business questionVamos lá! Mais uma bateria de perguntas para você testar seu conhecimento.

1 – Quando uma piedosa mulher foi tida por embriagada ao orar?

2 – Quando um apóstolo pagou o aluguel de casa?

3 – Qual é a única pessoa mencionada nas escrituras pagando sua passagem?

4 – Mencione o ímpio que assassinou seus 70 irmãos?

5 – Qual foi a cidade cujo povo queimou seus filhos em sacrifício ais deuses?

6 – Quem escreveu com tinta em um livro as palavras do profeta?

7 – Quem contemplou em uma visão duas mulheres que tinham asas como as de cegonha?

8 – Quando foi um profeta ordenado a fazer uma parábola?

9 – Qual foi o rei que isentou de taxas todos os sacerdotes levitas e outros ministros do templo em Jerusalém?

10 – Onde lemos de 33 reis que se embriagaram em uma tarde?

Aguarde que amanhã a resposta vem!

PASSOS QUE GARANTEM A VIDA ETERNA

Romanos 6.22

Considerando que só Jesus é tudo, muitas pessoas andam procura de nada. Para possuir a vida eterna, basta dar os passos seguintes. Quando nos achegamos a Deus, ele certamente se chega a nós. O Pai celestial a ninguém despreza, e o Filho não lança fora os que vêm a ele. Eis os passos que garantem a vida eterna:

I. Libertação do pecado agora
  1. Podemos ser libertos agora (2Co 6.2)
  2. Podemos ter a garantia da salvação hoje (Lc 19.9)
  3. Podemos morrer para o pecado (Rm 6.11)
  4. Podemos ser livres do domínio do pecado (Rm 6.14)
  5. Podemos ser verdadeiramente livres (Jo 8.36)
II. Transformação em servos de Deus
  1. Transformados para servir (1Ts 1.9)
  2. Transformados em instrumentos de Deus (Rm 6.13)
  3. Transformados em servos da justiça (Rm 6.18)
  4. Transformados em servos, seremos premiados (Ap 22.12)
III. Fruto para a santificação
  1. A santificação é agora (Rm 6.19)
  2. A santificação é a vontade de Deus (1Ts 4.3)
  3. A santificação é o propósito da nossa chamada (1Ts 4.7)
  4. A santificação é desde o princípio (2Ts 2.13)
IV. A vida eterna
  1. Quem tem o Filho tem a vida (1Jo 5.12)
  2. Jesus é a vida eterna (1Jo 5.20)
A vida eterna é para os que estão libertos do pecado e se santificaram para servir a Deus, continuamente.


Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

terça-feira, 11 de setembro de 2012

ESBOÇO DE ESTUDOS

Tema:  SETE TIPOS DE TOQUES

O toque da fé

I. O toque purificador
  1. Quero sê limpo (Mt 8.3);
II. O toque aquietador
  1. E tocou-lhe a mão e a febre a deixou, ela se levantou e o servia (Mt 8.15)
III. O toque iluminador
  1. Ele tocou os olhos dele dizendo: Seja-vos feito segundo a vossa fé (Mt 9.29-30)
IV.  O toque assegurador
  1. Levantai-vos e não tenhais medo (Mt17.7)
V. O toque libertador
  1. Abriram-se-lhe os ouvidos e logo o impedimento da língua se desfez e falava perfeitamente (Mc 7.33-35)
VI. O que abençoador
  1. E tomando-as nos braços e tocando-lhes as mãos as abençoou (Mc 10.13,16)
VII. O toque curador
  1. Jesus cura a orelha do Malco (Lc 22.51)

Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

DEUS SEMPRE TRABALHANDO!



Quando estamos interiormente dispersos por tudo o que nos ocupa, por obsessões, vícios, falta de ponderação e preocupação com TV, desporto, fofocas, filmes, leituras inúteis e assim por diante, não podemos estar atentos para as dádivas que nos chegam a cada dia.

É preciso parar e em consciência escutarmos o que normalmente ninguém ouve e vê - Deus trabalhando para nós, aqui e ali...



Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

domingo, 9 de setembro de 2012

Frase

18

“Santo não é a pessoa que não se suja, mas é aquele que sempre se lava nas águas do perdão de Deus.”

Dito atribuído ao primeiros cristãos conhecidos como “pais da Igreja”.

Conselhos Bíblicos