Pesquisar no Blog do J.A.

segunda-feira, 4 de maio de 2015

VENCER COM CRISTO

JESUS VENCEU A MORTE E ELA NÃO PREVALECERÁ SOBRE OS FILHOS DE DEUS!

Poucas coisas em nossas vidas se comparam com a sensação que vivenciamos quando próximos da morte, por exemplo, frente a um momento de perda de algum ente querido ou amigo próximo.
Nestes instantes nos deparamos com sentimentos como o medo, o receio, a angústia, a tristeza e quase sempre a dor. Não tem volta, está consumado, só existe uma morte!

Da mesma forma, como o homem está destinado a morrer uma só vez e depois disso enfrentar o juízo, assim também Cristo foi oferecido em sacrifício uma única vez, para tirar os pecados de muitos; e aparecerá segunda vez, não para tirar o pecado, mas para trazer salvação aos que o aguardam. (Hebreus 9. 27-28)
O amor que sentimos é tão grande que não admitimos ficar sem aquela pessoa tão especial, contudo é nesta hora, que o espírito santo nos consola, dando a paz que vem de Deus e nos lembra da sua soberania sobre nossas vidas.
Foi Ele quem nos deu a oportunidade de existirmos, de sermos acolhidos por pessoas que nos amam gratuitamente, por um simples sorriso, de crescermos, conhecermos outras pessoas, partilharmos sentimentos, experimentar coisas, provar, errar, acertar, ouvir, falar ... e, principalmente, crer e confiar em Cristo.
Essa última é a experiência mais importante de nossas vidas, afinal o sangue do cordeiro nos liberta do pecado e do medo da morte.
Sim, ela existe e, no tempo de Deus, ela virá e nos afligirá, contudo não é o fim; pelo contrário, para todos que ouviram a verdade e verdadeiramente se arrependeram das suas iniquidades e creram no Salvador, é o começo da eternidade na glória com Deus!
As lembranças de tudo o que vivenciamos nos faz recordar o quanto Deus nos ama, de forma que nos permitiu vivenciar momentos incríveis que para sempre lembraremos!
As pessoas simplesmente não vão, elas permanecem em nossos corações e lembranças, de forma que temos a certeza, de que assim como nós, se elas creram e viveram Cristo, daqui a pouco a reencontraremos no céu, afinal: “... para o Senhor um dia é como mil anos, e mil anos como um dia”. (2 Pedro 3:8)
Com isso, que nestes momentos nos lembremos de que nada pode nos separar do amor de Deus e de que Ele, com certeza, ainda têm muitos propósitos para nossas vidas.
A ferida cicatrizará, nunca sumirá, mas Deus nos confortará e nos dará forças para prosseguir, busquemos seguir em frente, focando a cruz de Cristo para que possamos viver todo dia debaixo de sua infinita graça, amor e misericórdia.

Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso.
Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas.
Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve. Mateus 11:28-30 (esta foi a leitura que ouvi pela primeira vez na igreja, nunca a esquecerei)
Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês", diz o Senhor, "planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.
Então vocês clamarão a mim, virão orar a mim, e eu os ouvirei.
Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo o coração. Jeremias 29:11-13

Um dia, já determinado por Deus, contudo desconhecido por nós, o mal perecerá e será eliminado e não mais a morte existirá, havendo para sempre, a todos os que creram e se arrependeram, regenerados, justificados e transformados pelo sangue de Cristo, que já venceu a morte, ressuscitou e vivo está, a glória com Deus!

Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, sendo as primícias dentre aqueles que dormiram.
Visto que a morte veio por meio de um só homem, também a ressurreição dos mortos veio por meio de um só homem.
Pois da mesma forma como em Adão todos morrem, em Cristo todos serão vivificados.
Mas cada um por sua vez: Cristo, o primeiro; depois, quando ele vier, os que lhe pertencem.
Então virá o fim, quando ele entregar o Reino a Deus, o Pai, depois de ter destruído todo domínio, autoridade e poder.
Pois é necessário que ele reine até que todos os seus inimigos sejam postos debaixo de seus pés.
O último inimigo a ser destruído é a morte. 1 Coríntios 15:20-26
Eis que eu lhes digo um mistério: nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta.
Pois a trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis e nós seremos transformados.
Pois é necessário que aquilo que é corruptível se revista de incorruptibilidade, e aquilo que é mortal, se revista de imortalidade.
Quando, porém, o que é corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal, de imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrita: "A morte foi destruída pela vitória".
"Onde está, ó morte, a sua vitória?
Onde está, ó morte, o seu aguilhão?
" O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei.
Mas graças a Deus, que nos dá a vitória por meio de nosso Senhor Jesus Cristo.
Portanto, meus amados irmãos, mantenham-se firmes, e que nada os abale.
Sejam sempre dedicados à obra do Senhor, pois vocês sabem que, no Senhor, o trabalho de vocês não será inútil. 1 Coríntios 15:51-58
Portanto, visto que os filhos são pessoas de carne e sangue, ele também participou dessa condição humana, para que, por sua morte, derrotasse aquele que tem o poder da morte, isto é, o diabo, e libertasse aqueles que durante toda a vida estiveram escravizados pelo medo da morte. Hebreus 2:14-15

Amém, que o espírito santo de Deus nos console, tenha misericórdia de nossas vidas e nos fortaleça para vivermos dia-a-dia o evangelho que é Cristo!

Pelo contrário, com toda a determinação de sempre, também agora Cristo será engrandecido em meu corpo, quer pela vida quer pela morte; porque para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro. Filipenses 1:20-21


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus) 

Conselhos Bíblicos