Pesquisar no Blog do J.A.

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Obra Missionária - Itália

Castelnuovo del Garda, 16 de junho de 2014.

“Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim se não anunciar o evangelho! E, por isso, se o faço de boa mente, terei prêmio; mas, se de má vontade, apenas uma dispensação me é confiada.” (1 Co 9.16-17)

Amados irmãos e companheiros na obra missionária,
Graça e paz da parte de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Nosso desejo sincero é estar sempre no centro da vontade de Deus! Mas devo confessar que nem sempre é fácil entender a Sua vontade em algumas situações.
Ao longo de minha vida ouvi várias pregações sobre o profeta Jonas, onde muitos pregadores afirmavam que Jonas era um profeta medroso, mas ao meu ver, ele era na verdade muito corajoso, pois eu não tenho a mesma coragem de fugir da vontade de Deus. Apesar dos desafios e até tempestades (Mt 14.22-24) que podemos enfrentar para cumprir a vontade de Deus, ainda assim a vontade de Deus é o melhor lugar para estarmos, pois o Senhor tem prometido estar conosco (Mt 14.25; 28.20).
Nós enfrentamos uma longa espera e desafios imensos para chegarmos a Itália, por termos muito claro em nossos corações o nosso chamado para esta nação. Estaremos completando dois anos na Itália no início de Setembro próximo e podemos afirmar muito apropriadamente que grande é a seara e poucos são os trabalhadores. Deus tem abençoado o nosso ministério aqui, mas os desafios para continuarmos aqui não são poucos.
Depois de inúmeras tentativas para darmos entrada no visto religioso para a Itália (apesar de apresentarmos todos os documentos exigidos), conseguimos (três meses atrás) que o Consulado da Itália em Portugal aceitasse ao menos o nosso pedido de visto, mas até o momento a única resposta que tivemos era que eles ainda estão aguardando uma resposta do ministério do exterior da Itália. O nosso título de residência de Portugal vence no final de Julho e temos pouco tempo para resolver esta situação. Por favor, estejam batalhando conosco neste propósito!
Outro desafio que temos vivido é o alto custo de vida na Itália, além de despesas extras e do seguro de vida para toda família que é muito caro, que somado a perda em nosso sustento decorrente dos impostos do Governo brasileiro e diferenças cambiais chega a 15% (6,38 do IOF + cerca de 6,7% da diferença do cambio e despesas bancárias), acaba provocando um desgaste emocional.
No entanto, apesar das lutas e desafios prosseguimos avante no nome do Senhor Jesus, pois como disse C.T. Studd, que foi missionário na China, Índia e África: "Se Jesus Cristo é Deus e morreu por mim, então nenhum sacrifício que eu fizer por Ele pode ser grande demais". Enquanto o Senhor quiser e me conceder forças de boa vontade me gastarei e ainda me deixarei gastar na Sua obra como disse Henry Martyn, ajoelhado numa praia da Índia: “Senhor, quero arder até me consumir inteiramente por ti!”.
Somos imensamente gratos a todos amados irmãos que tem estado conosco na obra missionária, nos apoiando com as vossas orações e contribuições!

Com gratidão,

Pr. Paulo Henrique, Alessandra e Lucas
-----------------------------------------------------
Escreva para nós através dos e-mails:

Para contribuir:
Banco do Brasil Ag 3159-3 C/C 6573-0
Banco Itaú Ag 6116 C/C 00485-1
(Paulo Henrique P. Cunha)

Conselhos Bíblicos