Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Recomendação de Leitura

Mapa do caminho da Cidade da Destruição até a Cidade Celestial
O mapa acima é do livro O Peregrino - A Viagem do Cristão à cidade Celestial.

Ao ler este livro, já li umas 10 vezes, já me peguei várias vezes me perguntando "em que ponto da jornada eu estou?".


Sinopse

O jovem peregrino chamado simplesmente Cristão, atormentado pelo desejo de se ver livre do fardo pesado que carrega nas costas, segue sua jornada por um caminho estreito, indicado por um homem chamado Evangelista, pelo qual se pode alcançar a Cidade Celestial. Na narrativa, todas as personagens e lugares que o peregrino depara levam nomes de estereótipos (como: Hipocrisia, Boa-Vontade, Sr. Intérprete, gigante Desespero, A Cidade da Destruição, O Castelo das Dúvidas, etc.) consoante os seus estilos, características e personalidades.

No ínterim, surgem-lhe várias adversidades, nas quais ele padece sofrimentos, chegando a perder-se, ser torturado e quase afogar-se. Apesar de tudo, o protagonista mantém-se sempre sóbrio, encontrando auxílio no companheiro de viagem Fiel, um concidadão seu. Mais adiante na trama, Fiel é executado pelos infiéis da Feira das Vaidades que se opõem à busca dos dois peregrinos. Contudo, Cristão acha um outro companheiro, chamado Esperançoso, que mais tarde lhe salvará a vida, e eles seguem a dura jornada até chegarem ao destino almejado.

A obra é uma alegoria contada como se fosse um sonho, voltando-se sempre a extrair dos eventos narrados alguns ensinamentos bíblicos, nos moldes das parábolas bíblicas.
______________________________

Se você nunca leu eu recomendo.

Reflita nisso


"A batalha por almas perdidas é vencida por oração e intercessão.
A oração é a guerra.
O evangelismo não é a tentativa de vencer a batalha, é a operação de limpeza pós-guerra.
As aquisições materiais das igrejas, os prédios, organizações e os programas são os caminhões circulando nos campos de batalhas carregar os despojos da vitória vencida pela intercessão."

Ronald Dunn (1936-2001)

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Baseada em Fatos Reais


Para que serve a capelania prisional?

A maioria das organizações religiosas que visitam os cárceres é cristã, e em especial evangélica. Apesar disso, nem todas as tradições protestantes possuem trabalhos consolidados nas várias unidades prisionais do país. Isso se deve, talvez, ao preconceito que ainda vigora – infelizmente – em boa parte das nossas comunidades de fé. Afinal, muitos dizem que não deveríamos nos preocupar com “bandidos”, mesmo diante da clara determinação bíblica em sentido contrário (Mt 25.36).

Para que tenhamos ideia, a própria legislação reconhece a assistência religiosa como um direito do encarcerado (Lei nº 7.210/84, art. 11, VI). Além disso, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais já decidiu que “a religião é necessária e imprescindível na reeducação do condenado, constituindo um dos fatores decisivos na ressocialização e reinserção deste na convivência com a sociedade”.

Contudo, cada Estado possui certa autonomia para disciplinar esse trabalho das igrejas. E aí surgem problemas, como restrições ao número de visitas semanais, ausência de locais próprios para a assistência religiosa e até imposição de ecumenismo. Tais entraves, dentre outros, podem provocar o desânimo da equipe voluntária, dificultando ainda mais o processo de ressocialização do preso.

Por isso é extremamente importante que os voluntários conheçam quais são seus direitos e deveres, e quais os argumentos para que sejam superados os obstáculos que se levantam a cada dia. E foi pensando numa padronização nacional, e no respeito aos direitos dos capelães, que elaboramos o Projeto de Lei nº 2.979/15, que tramita na Câmara dos Deputados.

Mas mesmo que superadas as questões legais, ainda resta muito a ser feito.

Pouquíssimas são as igrejas que possuem projetos de assistência religiosa aliados à garantia dos demais direitos dos presos, como os relativos à saúde e à educação. Em alguns casos, a equipe visita o mesmo pavilhão apenas uma vez ao mês, e ali permanece por apenas 15 ou 30 minutos.

Some-se a isso o fato de que as mensagens anunciadas quase nunca são diferenciadas em face do público-alvo. Certa vez um capelão, diante de um preso do regime fechado que se contristava pelo fato de estar detido, disse “daqui a pouco você está saindo”. Esse capelão, que sequer perguntou quanto de pena ainda havia a ser cumprida naquele regime, teria como resposta “mais de dois anos”. Como esse preso se sentiu ao ouvir um “daqui a pouco você está saindo” com “mais de dois anos” de regime fechado para cumprir? A fala do capelão lhe proporcionou algum conforto emocional ou espiritual, ou o fez enxergar o período de aprisionamento com outros olhos? Certamente que não!

Portanto, precisamos que os voluntários conheçam os presos, realizando atividades individualizadas. Só assim poderemos pensar em algum compromisso institucional, fundado na evangelização e no discipulado (Mt 28.19), com o devido acompanhamento da vida e dos ideais daqueles que queremos assistir espiritualmente.

Por Antonio Carlos da Rosa Silva Junior é coautor do livro Como Anunciar o Evangelho entre os Presos


segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Leia o manual de instruções primeiro


"Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus."
Mateus 22.29

Não sejamos ignorantes quanto as coisas de Deus.

Reflexão de Segunda-Feira




Cuidado com seu celular, ele pode estar sendo seu grande inimigo dentro de casa.

domingo, 28 de agosto de 2016

Devocional do Dia - Todos Tropeçamos

"Meus irmãos, muitos de vós não sejam mestres, sabendo que receberemos mais duro juízo.Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, o tal é perfeito, e poderoso para também refrear todo o corpo."
Tg 3.1,2

Tiago alerta duas coisas importantes:

1º) A quem muito é dado muito será cobrado. Deus entregou-nos muitos recursos para realização de Sua obra, não pode negligenciar isso.

2º) Todos tropeçam. Ninguém está livre do erro enquanto aqui vivermos. Eu supor que posso ser o melhor não me livra de errar, mas se assim o fizer mais ainda me aproximo do erro.

Vigiemos para entender que não somos nós, mas que que é Deus quem dá e tira, mata e faz tornar a vida.

Bom dia.


sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Notícias Obra Missionária - SEARA-Itália

Legnano, 25 de agosto de 2016.

“Sempre há incertezas à frente, mas sempre há uma certeza - a vontade de Deus é boa." (Vernon Paterson)

Amados irmãos e companheiros na obra missionária,

Que a graça e paz do nosso Senhor Jesus Cristo vos sejam multiplicadas.

Já estamos de volta à Itália, depois de pouco mais de 50 dias no Brasil. O nosso tempo no Brasil foi bastante corrido, onde participei de quase 30 cultos, sem contar as visitas, mas ainda assim, infelizmente, não foi possível visitarmos todos os irmãos e igrejas que estão nos apoiando na obra missionária. Estes primeiros dias na Itália também têm sido muito ocupados, pois além do nosso trabalho missionário, apoiando a Igreja aqui em Legnano, temos tido muitas outras coisas para resolver neste período.

Esperávamos poder, neste tempo no Brasil, resolver algumas questões importantes como conseguir novos mantenedores e levantar um recurso extra para algumas necessidades importantes que temos aqui: comprar alguns móveis; comprar os livros e material escolar para o novo ano letivo do Lucas que começa em setembro; recursos para o conserto do nosso carro. Graças a Deus conseguimos alguns novos mantenedores, embora ainda não tenhamos conseguido atingir o necessário, e conseguimos comprar uma parte dos móveis que precisávamos, mas continuamos ainda precisando de um milagre para as demais despesas. Assim, aqueles que desejarem nos ajudar com uma oferta especial para estas necessidades, podem fazê-lo através de uma das minhas contas pessoais (Banco do Brasil Ag. 3159-3 C/C 6573-0 ou Banco Itaú Ag 6116 C/C 00485-1).

Como muitos vieram a saber através dos meios de comunicação, na madrugada de ontem (24/08), aconteceu um forte terremoto na parte central da Itália, que matou pelo menos 250 pessoas, com muitas pessoas ainda desaparecidas, o que pode fazer com que este número seja ainda maior. Algumas das cidades mais afetadas foram completamente destruídas e milhares de pessoas estão desabrigadas. No entanto, moramos no norte da Itália e distante da região atingida, e não chegamos nem mesmo a sentir o tremor. Nestes últimos dois dias recebemos e-mails, mensagens e telefonemas de muitos irmãos que queriam saber como estávamos. Somos muito gratos a todos pela preocupação, além das orações e apoio na obra missionária na Itália.

Somos imensamente gratos a todos amados irmãos e igrejas, que têm estado conosco na obra missionária, segurando as cordas da orações e contribuição. Estamos certos que Deus há de recompensar a cada um de maneira especial.

Com gratidão,

Pr. Paulo Henrique, Alessandra e Lucas
-----------------------------------------------------
Escreva para nós através dos e-mails:

Nossas contas pessoais:
BB Ag 3159-3 C/C 6573-0 ou Itaú Ag 6116 C/C 00485-1 (Paulo Henrique P. Cunha)

Os Livros Bíblicos - Antigo Testamento

11. I Reis:

Para quem foi escrito este livro?
Para os israelitas.

Por quem foi escrito (autor)?
Jeremias – segundo a tradição judaica.

Em qual momento histórico?
Quando Israel ainda estava no exílio da Babilônia.

Por que este livro foi escrito?
Porque Israel precisava refletir sobre sua história e sobre os pecados que levaram a nação à divisão (após a morte de Salomão) e, finalmente, à destruição.

Para quê este livro foi escrito?
Para fazer uma reflexão sobre os procedimentos de Deus para com o seu povo Israel; e, para extrair lições do passado (seus pecados e sua destruição) que sirvam ao seu povo no presente e no futuro.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Veja e avalie-se



Devocional do Dia - Sabendo o motivo

"Portanto é necessário que lhe estejais sujeitos, não somente pelo castigo, mas também pela consciência."
Rm 13.5

Paulo instrui os cristãos romanos a obedecerem por que é o correto e não por que pode ser castigados.

Aqui ele fala das autoridades da terra, mas e com Deus não é a mesma coisa?

Quantas vazes nós fazemos algo para Deus mais com medo de condenação do que por desejo de agradá-Lo.

Devemos buscar a prática da obra de Cristo visando a presença Dele e não como barganha por bênçãos e favores divinos.

Toda a glória seja dada a Deus.

Bom dia.

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Notícias Obra Missionária - SEARA Itália

Amados irmãos,

Graça e paz.

Queremos informar a todos que, graças a Deus, estamos todos bem. Estamos a mais de 400 km da região atingida pelo terremoto.

Mas, infelizmente as cidades próximas do epicentro foram muito afetadas. Pelas informações oficiais cerca de 38 pessoas morreram e existem outras desaparecidas.

Por favor, continuem orando pela Itália e pelo nosso ministério nesta nação.

Muito obrigado,

Pr. Paulo Henrique e família

Vigiemos, pois já aconteceu uma vez...


 Pode ser que não de tempo! 

"E, eis que cedo venho..."
Ap 22.12a

Frase

"Percebi que colocando as primeiras coisas em primeiro lugar, teremos a segunda a seguir, mas colocando as segundas em primeiro, perdemos ambas".

C.S. Lewis

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Responda esta pergunta para si próprio


"As pessoas ao olharem para você tem visto Jesus agindo em sua vida?"

Os Livros Bíblicos - Antigo Testamento

10. II Samuel:

Para quem foi escrito este livro?
Para os israelitas.

Por quem foi escrito (autor)?
Autor Desconhecido.

Em qual momento histórico?
Indefinido.

Por que este livro foi escrito?
Porque a casa de Davi (Tribo de Judá), finalmente, firma-se com a família real de Israel.

Para quê este livro foi escrito?
Para demonstrar que Deus fez uma aliança com Davi (de dar à sua casa um reinado perpétuo) por causa do fervor do seu coração, da sua fidelidade à aliança e porque ele colocou o seu relacionamento com Deus acima de tudo o mais.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Seja autêntico!


Seja autêntico e não se deixe levar pelo que os outros dizem.

Reflexão de Segunda-Feira


"Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que ele trará."
Provérbios 27.1

Viva um dia de cada vez, mas sem tirar os olhos da eternidade.

domingo, 21 de agosto de 2016

Devocional do Dia - Domingo de Manhã

"E, no fim do sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro."
Mateus 28.1

Imagine como estava sendo o domingo de manhã dos seguidores de Jesus?

O que será que lhes passava pela cabeça?

Imagine as dúvidas, as chacotas dos descrentes em relação a morto daquele dito Messias?

Provavelmente eles estavam pesarosos e tristes, até que no domingo de manhã veio a notícia.

"Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde, vede o lugar onde o Senhor jazia." (Mt 28.6), brada o anjo a porta do sepulcro.

Imagine o susto pela visão do anjo anunciador e o conforto na alma pela notícia que o mestre havia ressuscitado, com isso o ânimo renovado pela certeza de suas promessas post mortem.

Por isso eu digo a você "já ressuscitou, como havia dito", não temas, mas somente creia.

Ele prometeu e cumpriu, Ele não mudou e jamais mudará!

Bom dia.

sábado, 20 de agosto de 2016

Trabalho em vão


Procure ser direcionado pelo Senhor para não realizar trabalhos vãos e sem propósito.

"Mas, em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens."
Mateus 15.9

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Cuidado!!!!


Nem todas as barreiras são para você romper.

Bom final de semana.

Os Livros Bíblicos - Antigo Testamento

09. I Samuel:

Para quem foi escrito este livro?
Para os israelitas.

Por quem foi escrito (autor)?
Autor Desconhecido.

Em qual momento histórico?
Indefinido.

Por que este livro foi escrito?
Porque havia uma questão chave a ser respondida com a instituição da monarquia em Israel: Como pode Israel ter um rei sem, com isso, comprometer o reinado de Deus?

Para quê este livro foi escrito?
Para demonstrar que era possível a Israel ter um rei humano sem, com isso, comprometer o reinado de Deus, desde que o rei respeitasse a aliança e incentivasse seu povo a fazer o mesmo.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Só levantado é que se continua


"Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres."
Apocalipse 2.5

Para conhecer por dentro


Para ver melhor é só clicar na imagem.

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

NOSSA CRISE



A crise não é de azeite, mas sim de vasos!


Você tem se colocado diante do Senhor como um vaso? 

Ele pode te usar?

Deus sempre tem abundantemente azeite pra derramar sobre as nossas vidas, basta estarmos preparados pra ele derramar da sua unção.



Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Qual é a sua posição na imagem?


Reflita sobre a sua situação espiritual diante das coisas do mundo.

É melhor estar entre os poucos no céu, que no meio da multidão no inferno.

Os Livros Bíblicos - Antigo Testamento

08. Rute:

Para quem foi escrito este livro?
Para os israelitas (mais especificamente para os que viveram na época do rei Davi).

Por quem foi escrito (autor)?
Autor Desconhecido.

Em qual momento histórico?
O livro foi escrito num período em que havia forte controvérsia em torno da questão se o rei deveria ser da casa de Davi (Tribo de Judá) ou da casa de Saul (Tribo de Benjamim).

Por que este livro foi escrito?
Porque inicialmente era muito frágil a reivindicação de Davi ao trono, pois, dentre outros problemas, havia um ascendente moabita em sua genealogia (isto é, Davi não tinha sangue “puramente” judeu).

Para quê este livro foi escrito?
Para legitimar a monarquia davídica. O livro mostra que um estrangeiro pode ser fiel ao Senhor e obter filiação plena em Israel e que qualidades como lealdade e fidelidade à aliança em um estrangeiro (que vivia em meio a uma geração incrédula) podem servir de modelo para a obediência de Israel ao Senhor.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Reflexão sobre o Sofrimento


"Quando Deus nos pede para suportar um sofrimento que nos parece imerecido, sem sentido e desnecessário, meditar sobre a cruz de Cristo é algo que pode ajudar a nos dar a força e a coragem necessárias para suportar a cruz que nos pedem para carregar."

CRAIG, William Lane. Em Gaurda: Defendendo a fé cristã com razão e precisão. EUA: Vida Nova, 2011.

Devocional do Dia - Uma história de amor

"Converte-te, ó Israel, ao SENHOR teu Deus; porque pelos teus pecados tens caído.Tomai convosco palavras, e convertei-vos ao Senhor; dizei-lhe: Tira toda a iniqüidade, e aceita o que é bom; e ofereceremos como novilhos os sacrifícios dos nossos lábios. Não nos salvará a Assíria, não iremos montados em cavalos, e à obra das nossas mãos já não diremos mais: Tu és o nosso deus; porque por ti o órfão alcança misericórdia. Eu sararei a sua infidelidade, eu voluntariamente os amarei; porque a minha ira se apartou deles. Eu serei para Israel como o orvalho. Ele florescerá como o lírio e lançará as suas raízes como o Líbano. Estender-se-ão os seus galhos, e a sua glória será como a da oliveira, e sua fragrância como a do Líbano. Voltarão os que habitam debaixo da sua sombra; serão vivificados como o trigo, e florescerão como a vide; a sua memória será como o vinho do Líbano. Efraim dirá: Que mais tenho eu com os ídolos? Eu o tenho ouvido, e cuidarei dele; eu sou como a faia verde; de mim é achado o teu fruto. Quem é sábio, para que entenda estas coisas? Quem é prudente, para que as saiba? Porque os caminhos do Senhor são retos, e os justos andarão neles, mas os transgressores neles cairão."
Os 14.1-9

O amor de Deus para com Israel é algo notório.

Ao longo de toda a história esse amor tem sido demonstrado, hoje vivemos na graça por causa dessa história de amor entre Deus e o seu povo.

O que é bom para nós é o fato que hoje somos conduzidos a fazer parte deste incomensurável amor, uma linda história de amor entre um Deus e a sua Igreja.

Bom dia para vocês.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Todos somos iguais!


"Em seu nível mais básico, a igreja representa uma reunião de pecadores comprados por sangue, os quais pertencem a Jesus."

Extraído de:
Por: John Tweeddale. © 2016 Ligonier. Original: The Church. - Rev. John W. Tweeddale é reitor acadêmico e professor de teologia na Reformation Bible College em Sanford, Fl.
Tradução: João Pedro Cavani. Revisão: Yago Martins. © 2016 Ministério Fiel. Todos os direitos reservados. Website: MinisterioFiel.com.br. Original: O amor é a grande arma apologética da igreja 

Reflexão de Segunda-Feira


 Seja para os outros a bênção que você precisa. 

domingo, 14 de agosto de 2016

PARABÉNS


QUERO NESTE DIA ESPECIAL DESEJAR A TODOS OS PAIS UM DIA DE FELICIDADES, SABENDO QUE O GRANDE DEUS ESTA SEMPRE TE OLHANDO E RESPALDANDO OS ESFORÇOS NA SUA DEDICAÇÃO E CONDIÇÃO DE PAI.

UM ABRAÇO ENORME,  ... DEUS OS ABENÇOE.


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Equívocos

Quantas vezes de bate pronto colocamos nossa rapidez de pensamento para responder sem pensar sobre os mais diversos temas.

Como na figura ao lado.

O a primeira frisa a questão de manter um bom humor e ânimo para vencer as desventuras diárias. E isso está certo.

Devemos manter um espírito jovem, praticar o sorrir e ser contagiante em nossas atitudes.

Contudo, fazemos associações meio "nada ver", aqui neste exemplo facultamos o livre pensamento e associamos o fato de rir com o "fazedor" de risadas, o palhaço.

O pior que essa pratica de livre associação sem avaliar o real contexto coloca o interlocutor da segunda frase sem prestígio pela falta de seriedade.

Devemos avaliar cada situação que estivermos vivendo de modo que cada coisa tenha sua hora e lugar. Jamais despreze oportunidade, mas tenha certeza que você não será mal compreendido.

Até por que tem horas que o palhaço poderá ser o melhor doutor.

sábado, 13 de agosto de 2016

Os Livros Bíblicos - Antigo Testamento

07. Juízes:

Para quem foi escrito este livro?
Para os israelitas (mais especificamente para os que viviam na época do rei Davi).

Por quem foi escrito (autor)?
Autor Desconhecido.

Em qual momento histórico?
Os assuntos tratados em Juízes sugerem que o livro foi composto num período em que havia forte controvérsia em torno da questão se o rei deveria ser da casa de Davi (Tribo de Judá) ou da casa de Saul (Tribo de Benjamim), pois Israel tinha duas famílias reais (quando Davi reinou em Hebron, Isbosete reinou no Norte). O livro termina com relatos que comprometem severamente a reputação da Tribo de Benjamim.

Por que este livro foi escrito?
Porque os leitores (que eram de uma geração posterior aos relatos deste livro) enfrentavam a sua própria crise ao guardarem a aliança e, também, porque não tinham certeza a qual família real apoiar.

Para quê este livro foi escrito?
Para que as narrativas de sucessos e fracassos de Israel (frutos de sua obediência ou desobediência a Deus) tranquilizassem e encorajassem a nova geração e se manter fiel à aliança; e, para que Israel apoiasse o rei que os conduzisse ao relacionamento com Deus.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Não custa lembrar.


Fica o lembrete.

FRASES

AME SEU VIZINHO, MAS NÃO DERRUBE SUA CERCA.


Pr Donizeti (Um servo do senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Ele está perto

"E na noite seguinte, o Senhor surgiu ao lado de Paulo e lhe afirmou: 'Sê corajoso! Assim como deste testemunho em Jerusalém, deverá de igual modo testemunhar em Roma.'"
Atos 23.11

Vejamos o comentário abaixo da Bíblia de Estudo King James no parágrafo abaixo.

A expressão original grega, aqui traduzida por "ao lado", transmite a ideia de que o Jesus ressurreto "apareceu em pé, logo acima de Paulo". Nos principais momentos de crise, Paulo recebeu a companhia encorajadora da pessoa do Senhor ressurreto, garantindo-lhe que sua missão cumprida cabalmente, pois assim era a vontade de Deus (At 9.4; 16.9; 18.9; 22.18; 23.11; 27.23).

A missão de Paulo foi sempre acompanhada de perto por Jesus. No seu comissionamento em At 9, foi dado pelo próprio Jesus, aqui revemos Jesus novamente orientando as próximas ações de seu ministério. Grande testemunho o seu diante o maior império de seus dias, o Romano.

Mas e hoje, Jesus continua a orientando os seus servos?

Vou embasar esta resposta em Mt 28.20, "[...] e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. [...]" e em Js 1.9, "Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares."

Jesus assevera que os que estivessem fazendo a sua obra da evangelização e ensino da palavra terão a sua presença, auxílio e direção.

Os dois versículos demonstram que os que escolhem a Deus comprovam a escolha de Deus sobre os homens, que procura apresentar-se diante de Deus para fazer a sua obra, dar o seu "testemunho" terá a direção divina a seu favor.

Não necessariamente veremos Jesus como Paulo, a questão de Paulo foi de Paulo. O propósito sobre a vida dele foi de evangelizar o mundo conhecido de sua época, e o fez. Plantar igrejas por todas as concentrações populacionais, e o fez.

Deixou um legado inquestionável administrativamente, teologicamente e ministerialmente. Não podemos questionar isso e muito menos querer o mesmo como foi a Paulo. Seu chamado incluiu tantos percalços: prisões, acoites, naufrágio, acusações e outros mais. Será que estaríamos prontos para isso também?

Voltando ao caso de Josué no AT. Josué estava diante de sua batalha mais difícil - vencer a si mesmo e a sua incredulidade quanto a própria capacidade.

Imagine, Moisés o líder que falou com Deus, que Deus falou com ele, que se pôs entre Deus a destruição do povo hebreu.

Ele recebe a "simples" incumbência de continuar a fazer o trabalho que Moisés começou a fazer. Imagino a tensão sobre os ombros de Josué.

Mas Deus fala com ele e o acalma, diz que Ele estaria com ele por onde fosse e que por isso ele tivesse bom ânimo. Com Josué não foi diferente: quantos reis não tiveram de ser derrotados, quantas cidades não tiveram de ser tomadas, quantas batalhas foram travadas? Não foi fácil para Josué.

O que confortou estes dois homens foi a presença divina em suas vidas. O que temos hoje como desafios é continuar na presença de Deus e nos entregarmos ao trabalho. Se quisermos a presença de Deus, sua voz falando conosco, sua mão nos guinado terá de ser do jeito de Deus e não do nosso.

Deus ainda fala, Jesus ainda fala, o Espírito Santo ainda fala, mas falam com os que estão dispostos a ouvir.

Eles falam, pois perto está o Senhor. Mais até do que imaginamos.

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Cuidado com as vãs espectativas!


"Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento."
Provérbios 3.5

Os Livros Bíblicos - Antigo Testamento

Israel na batalha contra Jericó.
06. Josué:

Para quem foi escrito este livro?
Para os israelitas.

Por quem foi escrito (autor)?
Autor Desconhecido, contudo especula-se que o próprio Josué tenha escrito boa parte do livro.

Em qual momento histórico?
Após a morte de Josué, foi provavelmente escrito entre 1400 e 1370 a.C.

Por que este livro foi escrito?
Porque a conquista da terra prometida estava incompleta e Israel já não tinha um outro grande líder como Moisés e Josué.

Para quê este livro foi escrito?
Para lembrar a história do admirável cumprimento das promessas do Senhor através do seu servo Josué (visando reavivar na alma do povo a promessa divina de possuir toda a terra de Canaã) na esperança do surgimento de algum outro servo fiel que pudesse conduzir os israelitas à vitória sobre todos os inimigos que ainda restavam.

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Que amor é esse?


Mude por este amor.

Insatisfação Humana

"O cobiçoso cobiça o dia todo, mas o justo dá, e nada retém."
Provérbios 21.26

Nunca estamos satisfeitos com nada.

O homem é um ser ingrato devido ao pecado. Mas crê na culpa de Deus pela sua situação.

Somos cobiçosos e insatisfeitos, pois quando de nossa criação, Deus o Criador, colocou tudo do bom e do melhor sob a tutela de Adão.

Ele tinha tudo em fartura e abundância, assim era o Jardim do Éden, um lugar de delícias e bençãos.

Contudo, como sabido é, a entrada do pecado no mundo pelo mesmo Adão inicia um processo degenerativo na criação.

Esse processo atinge animais, plantas, ciclos e ecossistema. Tudo foi tirado da ordem pelo pecado e ao Homem foi tirado o direito de ter tudo o que quisesse.

Por isso desse sentimento egoísta de ter tudo o que vê, possuir tudo que os olhos contemplam. É uma herança do privilégio que possuíamos.

Que possamos buscar sua justiça para viver a bênção de poder abençoar a outros.

Buscar o contentamento naquilo que Deus nos permite alcançar é a chave para viver uma vida cada dia mais livre de frustrações.

Conselhos Bíblicos