Pesquisar no Blog do J.A.

quinta-feira, 31 de março de 2016

Frase de Reflexão


"O pode da oração não depende daquele que faz a oração, mas daquele que a escuta."
Max Lucado no livro "Dias melhores virão", capítulo 7

quarta-feira, 30 de março de 2016

Vigie!

As vezes passamos por momentos onde o vento muda de rajadas para brisas, a enchente volta a ser um pequeno córrego e nós abaixamos a guarda já que neste momento não há luta para ser pelejada.

E a aí, muitos são feridos ou mortos.

Ficamos em um estado de alívio letárgico que, assim como os homens que se juntaram a Gideão e foram beber aguá no riacho e que lançando-se sobre ela foram excluídos do exército vencedor (Jz 7.4-6). Para eles a batalha foi perdida.

Esquecemos da vigilância mesmo em meio ao tempo de paz, até porque antes da tempestade sempre vem a calmaria.

Não é por que o inimigo não esteja vindo de espada desembainhada que ele não está vindo, não é fato de estarmos em tempos de paz que a guerra não pode vir?

O inimigo só ataca em duas ocasiões: "quando ele está preparado e você não!"

Você está vigiando?

terça-feira, 29 de março de 2016

Obra Missionária Itália - Notícias

Legnano, 29 de março de 2016.

“A vontade de Deus - nada menos, nada mais, nada além disso.”
(F. E. Marsh)

Amados irmãos e companheiros na obra missionária,

Que a graça e paz do nosso Senhor Jesus Cristo vos sejam multiplicadas.

Aqui estamos todos bem, graças ao nosso bom Deus. Estamos já nos sentindo bem familiarizados com a nova cidade e com a Igreja. Pela bondade do Senhor, conseguimos resolver as questões de documentação relativas à mudança de residência sem complicações. Ainda temos alguns desafios, mas pouco a pouco estamos vencendo-os.

Estamos auxiliando a Igreja em algumas áreas específicas e me sinto muito grato a Deus, como também ao Pr. Humberto pela confiança que tem nos dispensado. O norte da Itália é um grande desafio missionário, com milhares de cidades sem uma única igreja evangélica e com uma grande resistência ao Evangelho. Realmente, a seara é muito grande e os trabalhadores são poucos. Estejam orando por nós, pois precisamos muito do apoio e orações de todos queridos irmãos!

Já temos definido a data da nossa viagem ao Brasil. Estaremos chegando ao Brasil em 14/06 e retornamos para a Itália no dia 05/08. Serão pouco mais de cinquenta dias, onde esperamos poder rever a todos queridos irmãos e igrejas, bem como agradecê-los pessoalmente por todo apoio e apresentar o projeto para esta nossa nova fase na Itália. Nós também estaremos participando do Congresso Missionário de SEMIPA de 08 a 12 de julho, em São José do Vale do Rio Preto – RJ, de modo que, gostaríamos de convidar a todos para este evento missionário.

SEMIPA estará responsável pela nossa agenda no Brasil. Assim, peço que as igrejas mantenedoras e outras que queiram nos apoiar possam entrar em contato com SEMIPA (tel. 24 2224 2448 ou pelo e-mail: contato@semipa.org.br) para agendar nossa visita.

Somos imensamente gratos a todos amados irmãos e igrejas que têm nos apoiado com suas orações e contribuições. Queremos também agradecer ao Pr. Julio Cesar e a nossa querida igreja no Brasil (IEADAC), como também SEMIPA, por me proporcionar a possibilidade de estar indo ao Brasil com toda família. Muito obrigado a todos que têm estado conosco na obra missionária!

Por favor, orem:
  • Por nossa saúde física, emocional e espiritual;
  • Pela situação da alta do dólar/euro que tem provocado perdas no nosso sustento.
  • Por novos mantenedores e intercessores que estejam dispostos a nos apoiar neste projeto;
  • Por esta nova fase do nosso projeto missionário;
  • Por Matheus que está no Brasil e que precisa muito das orações;
  • Por nossa viagem ao Brasil.
Com gratidão,

Pr. Paulo Henrique, Alessandra e Lucas
-----------------------------------------------------
Escreva para nós através dos e-mails:

Nossas contas pessoais:
Banco do Brasil Ag 3159-3 C/C 6573-0 ou Banco Itaú Ag 6116 C/C 00485-1 (Paulo Henrique P. Cunha)

Banco do Brasil Ag 3470-3 C/C 6927-2 ou Banco Itaú Ag 6116 C/C 10124-4 (Alessandra de Carvalho Cunha)

Devocional - A luz não é afetada pela tempestade

Creio que todos vocês leitores possuem em suas mentes a imagem de um farol iluminando em meio a uma tempestade, certo?

Todo o furor da tempestade pode parar a intensidade, brilho e alcance da luz emanada do farol?

Não. São estados diferentes da matéria em confronto.

A tempestade opera com partículas de água e elementos do carregados pelos ventos em velocidades acima das normais. Isso implica em corpos físicos, materiais e palpáveis.

A luz, por sua vez, é uma especie de energia que viaja em ondas, é uma onda que é feita por eletricidade a vibrar e campos magnéticos. Muitos tipos de energia viajam em ondas, como por exemplo o som é uma onde de ar a vibrar. A luz é uma pequena parte de um largo campo electromagnético vibratório, este campo é chamado de espectrum electromagnetico. A energia da radiação depende do seu comprimento de onde e frequência.

Se então considerarmos a descrição da "composição" da luz podemos imaginá-la como algo não palpável.

Agora colocando isso em um plano espiritual podemos montar o seguinte cenário:

1. A Tempestade - Os problemas da vida, os dissabores e decepção da expectativa humana na providencia humana. As muralhas, os vales, os temporais que enfrentamos durante toda a nossa existência em intervalos de bonanças.

2. A Luz - É o socorro divino. "Vemos" apenas uma parte da sua multiforme graça que abrange um espectro maior do que a nossa visão mortal pode contemplar. É soberana sobre as adversidades da vida e seu brilho atravessa a mais densa de todas as tempestades.

Jesus é a luz do mundo (Jo 9.5), "o Farol", essa explicação é muito plausível se tomarmos o texto do evangelista João no capítulo 3. Não existe escuridão que "a Luz" não perscrute ao seu fundo e revele o que há escondido, até mesmo o caminho escondido ao pecador em trevas.

A luz atravessa o material e o revela, mas o material a travessa a luz, mas ela não é escurecida por ele.

Está em trevas nas tempestades da vida?

Olhe no horizonte e verás brilhar a luz do Salvador!

segunda-feira, 28 de março de 2016

Reflexão de Segunda-Feira


Qual a sua motivação hoje?

"O Senhor é a minha força e o meu cântico; e se fez a minha salvação."
Salmos 118.14

domingo, 27 de março de 2016

O que é a Bíblia 14/15

Autoria do Pentateuco

A arqueologia demonstra plenamente que Moisés poderia ter escrito o Pentateuco tanto em hebraico antigo, como em cuneiforme acadiano ou hieróglifos egípcios, conforme desejasse.

A opinião tradicional é de que Moisés o escreveu essencialmente como o temos hoje. Ele é, portanto, autêntico, histórico e fidedigno, digno do nome Santas Escrituras Inspiradas.

A opinião da alta crítica é que Moisés não o escreveu. Trata-se de uma coletânea de tradições orais discordantes e conflitantes, escritas séculos depois de Moisés.

A tradição J (usando o nome YHWH) foi escrita em c. 850 a.C.; a tradição E (usando o nome Elohim), em c. 750 a.C.; a tradição D (Deuteronômio), em c. 621 a.C.; e a tradição S, uma invenção sacerdotal, em c. 500 a.C.

Por essas pressuposições, não é autêntico , nem histórico, nem fidedigno, é fabricado por homens, e não obra inspirada por Deus.

sábado, 26 de março de 2016

Não seja um ...


... quando Deus te chamar.

"Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim."
Is 6.8

Os "muito" fortes entenderão a referência.

sexta-feira, 25 de março de 2016

Morte de Cristo, Ressurreição de Cristo

Muitos comemoram a Páscoa como se fossem uma festa nossa, mas não é.

O termo "Páscoa" deriva, através do latim Pascha e do grego bíblico Πάσχα,  Paskha, do hebraico פֶּסַח (Pesaḥ ou Pesach), a Páscoa judaica.

O calendário não tem utilidade porque a Páscoa é uma celebração judaica que remonta ao Êxodo em 1.300 a.C. e é o décimo quarto de Nisan, que é o primeiro mês do calendário judaico.

"No mês primeiro, aos catorze do mês, pela tarde, é a páscoa do SENHOR." Lv 23.5.

É uma questão nacional para os judeus, já que é sua tradição como religião e povo escolhido por Deus em Abraão (Gn 12).

Muitos, hoje, tem dado um significado diferente. Para nós, os cristãos, o significado verdadeiro é o significado que Paulo diz:

"Alimpai-vos, pois, do fermento velho, para que sejais uma nova massa, assim como estais sem fermento. Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós." 1 Co 5.7 - grifo nosso.

Até o sentido figurado usado por Paulo é bem interessante, "Alimpai-vos [...] do fermento velho [...]". Tirar aquilo que é superficial, que é mundano, que corruptível para que possamos gozar a plenitude de Cristo.

Hoje, quando é falada a palavra "Páscoa" a primeira imagem que é formada na mentes de muitos e ensinada as crianças é a imagem do "Ovo de Páscoa".

A imagem do sacrifício superior, dos pecados sendo tirados de nós, da ressurreição para glória, não!

Pois, dor não dá "IBOPE", não chama atenção, é dura, áspera, machuca, humilha, rebaixa. O homem como não foi feito para estas coisas, e não as aceita de bom grado naturalmente. Se não fosse pelo intermédio de Espírito Santo, jamais admitiríamos a cruz, jamais admitiríamos o sofrimento da crucificação pessoal que Paulo fala na epístola ao Gálatas (Gl 2.20). Aí sim, ver uma verdadeira Páscoa.

Não o desejo por chocolate, mas o desejo por Cristo!

Que lembremos que Jesus foi para cruz, mas na cruz Ele não ficou.

Que lembremos que Jesus foi para o túmulo, mas no túmulo Ele não ficou.


Que lembremos que Jesus voltou para a terra, mas na terra Ele não ficou.

Que lembremos que Jesus voltou ao céu, mas não se esqueceu de nenhum de nós.

Que a sua páscoa seja o Cristo vivo!

quinta-feira, 24 de março de 2016

Pornografia: O Novo Narcótico

A tese:

Uma pesquisa neurológica revelou que o efeito da pornografia na internet sobre o cérebro humano é tão potente — se não mais — do que substâncias químicas que viciam, tais como cocaína e heroína.

Para piorar as coisas, existem:
  • 1,9 milhões de usuários de cocaína, nos Estados Unidos.
  • 2 milhões de usuários de heroína, nos Estados Unidos.
  • 40 milhões de usuários regulares de pornografia online no mundo.
Aqui está o porquê de o poder viciante da pornografia poder ser pior:
  • Cocaína é considerada um estimulante que aumenta os níveis de dopamina no cérebro. Dopamina é o principal neurotransmissor que as substâncias mais viciantes liberam, enquanto causa uma "alta" e um subsequente desejo por uma repetição da alta, ao invés de uma sensação posterior de satisfação por meio de endorfinas.
  • Heroína, por outro lado, é preparada com ópio, que tem um efeito relaxante. Ambas as drogas provocam tolerância química, que requer quantidades cada vez mais altas da droga para atingir a mesma intensidade de efeito.
  • Pornografia, ao fazer ambos o despertar (o efeito de "alta" via dopamina) e causar um orgasmo (o efeito "relaxante" via ópio), é um tipo de "polidroga" que provoca ambos os tipos de substâncias químicas viciantes no cérebro de uma vez, aumentando sua tendência viciante.
Mas, Bennett diz, "pornografia na internet faz mais do que apenas aumentar significativamente o nível de dopamina no cérebro por uma sensação de prazer. Ela literalmente altera a matéria física dentro do cérebro para que novos caminhos neurológicos necessitem de material pornográfico, a fim de provocar a sensação de recompensa desejada."

Imagine o cérebro como uma floresta onde trilhas são desgastadas por caminhantes que caminham pelo mesmo caminho de novo e de novo, dia após dia. A exposição a imagens pornográficas cria caminhos nervosos parecidos que, com o tempo, se tornam mais e mais "bem pavimentados" conforme eles são repetidamente trafegados com cada exposição a pornografia. Aqueles caminhos neurológicos eventualmente se tornam a trilha na floresta do cérebro pela qual cada interação sexual é enviada. Portanto, o usuário de pornografia, seja homem ou mulher, "criou inconscientemente um circuito neurológico" que faz sua perspectiva padrão em relação as matérias sexuais dominadas pelas normas e expectativas da pornografia.

Esses caminhos viciantes não somente nos fazem filtrar todo estímulo sexual através do filtro pornográfico; eles despertam o desejo por "mais conteúdo pornográfico como mais prática de tabus sexuais, pornografia infantil, ou pornografia sadomasoquista."

E isso piora:

Outro aspecto do vício em pornografia que supera as características viciantes e nocivas do abuso de substâncias químicas é sua permanência. Enquanto substâncias podem ser metabolizadas para fora do corpo, imagens pornográficas não podem ser metabolizadas para fora do cérebro, porque imagens pornográficas são armazenadas na memória do cérebro.

"Em resumo," Bennett escreve, "pesquisas no cérebro confirmam o fato crítico que a pornografia é um sistema de distribuição de droga que tem um efeito distinto e poderoso sobre o cérebro humano e o sistema nervoso."

Nada disso pega Deus de surpresa. Ele projetou a interação entre o cérebro e a alma. Descobertas de dimensões físicas para a realidade espiritual não anulam a realidade espiritual.

Quando Jesus disse, "Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela" (Mt 5.28), ele viu com clareza cristalina — da maneira que um inventor vê sua invenção — que o olho físico tinha profundos efeitos no "coração" espiritual.

E quando o sábio do Velho Testamento disse em Provérbios 23.7, literalmente, "Como imagina em sua alma, assim ele é," ele viu com clareza similar que os atos da alma criam realidades. Pensar na alma corresponde a "ser." E esse "ser" inclui o corpo.

Em outras palavras, funciona em ambos os sentidos. A realidade física afeta o coração. E o coração afeta a realidade física (o cérebro). Portanto, essas notícias horríveis da pesquisa do cérebro sobre o poder escravizador da pornografia não é a palavra final. Deus tem a palavra final. O Espírito Santo tem o maior poder. Não somos meras vítimas dos nossos olhos e dos nossos cérebros. Eu sei disso de ambas, Escrituras e experiência. E eu vou escrever mais sobre isso na próxima terça-feira.

Por John Piper, fundador e professor do Desejando Deus (desiringGod.org) e chanceler do Escola e Seminário Belém. Serviu por 33 anos como pastor na Igreja Batista Belém em Mineápolis - Minnesota/EUA. Também, é autor de mais de 50 livros.

quarta-feira, 23 de março de 2016

Cuidado com as companhias!



"O que anda com os sábios ficará sábio, mas o companheiro dos tolos será destruído."

Provérbios 13.20

terça-feira, 22 de março de 2016

Os Dons Espirituais

"Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos. Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil. Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas. Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer."
1 Coríntios 12.4-11

Deus continua a dar os Dons a Igreja, todos os crentes podem recebê-los.

Os Dons não são um sinal ou atestado de santidade, são fontes de poder e revelação espiritual.

Os Dons dão condições à Igreja para realizar a expansão do Reino de Deus.

Os Dons capacitam a Igreja para os momentos de aflições e crises.

Os Dons classificam-se em 3 grupos:
  • Revelação - Ciência, Sabedoria e Discernimento de Espíritos.
  • Inspiração - Variedade de língua, Interpretação e Profecia.
  • Poder - Fé, Operação de Maravilhas e Cura.
Os Dons devem ser desejados, conhecidos e solicitados a Deus.

Os Dons não devem ser ignorados!

"Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes."
1 Coríntios 12.1

Como posso ser cheio do Espírito Santo?
  • Redendo-me a Cristo (transformação interior).
  • Obedecendo a Cristo (transformação exterior).
  • Permanecendo em Cristo.
Assim, somos cheios do Espírito Santo através da rendição, obediência e constante comunhão com Ele.

SOMENTE CRER


“Segunda vez foi Jesus a Caná da Galiléia, onde da água fizera vinho. 

E havia ali um nobre, cujo filho estava enfermo em Cafarnaum. 

Ouvindo este que Jesus vinha da Judéia para a Galiléia, foi ter com ele, e rogou-lhe que descesse, e curasse o seu filho, porque já estava à morte. 

Então Jesus lhe disse: 

Se não virdes sinais e milagres, não crereis. 

Disse-lhe o nobre: 

Senhor, desce, antes que meu filho morra.

Disse-lhe Jesus: 

Vai, o teu filho vive. 

E o homem creu na palavra que Jesus lhe disse, e partiu.

Crer é fundamental para ver os milagres.



Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

segunda-feira, 21 de março de 2016

FRASES



NOSSA ESPERANÇA É FIRME PORQUE JESUS RESSUSCITOU.


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Reflexão de Segunda-Feira


Tenha atenção em tudo o que for fazer, para que não precises desfazer "algumas" etapas depois de todo o serviço pronto.
Os fortes vão entender a imagem e mensagem.

domingo, 20 de março de 2016

FRASES



FELICIDADE NÃO É AUSÊNCIA DE PROBLEMAS,
MAS A PRESENÇA DE DEUS.


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

O que é a Bíblia 13/15

Escrita nos dias de Moisés

Nos dias de Moisés, 1526-406 a.C. (cronologia antiga), a escrita alfabética havia se difundido, conforme atesta a literatura religiosa encontrada em Ras Shamra (antiga Ugarite).

O dialeto ugarítico (c. 1400 a.C.) é muito próximo do hebraico, de modo que Moisés pode ter escrito o Pentateuco em hebraico antigo. Outros paralelos com o hebraico antigo encontram-se nos documentos eblaítas encontrados em Tell Mardikh, no norte da Síria. Esses datam de 900 a 2300 a.C.!

Uma vez que Moisés foi educado no Egito, ele também podia ter escrito em hieróglifos egípcios. A Pedra de Roseta, descoberta em 1799 d.C. em Raschid (Roseta), na desembocadura mais ocidental do Nilo, foi a chave para a decifração da escrita antiga do Egito chamada hieroglífica.

Uma vez que Moisés ganhou proeminência no Egito, ele também podia ter escrito o Pentateuco em cuneiforme acadiano. Esse fato é comprovado pela descoberta de tabletes de Tell-el-Amarna, em 1889, em Amarna, Egito, a meio caminho entre Cairo e Luxor.

Escritos em cuneiforme acadianos, a linguagem diplomática internacional da época, os tabletes de Amarna pertencem a c. 1380-1360 a.C., logo depois da morte de Moisés, quando Israel estava entrando na Palestina.

A descoberta de uma grande biblioteca cuneiforme em Bogazkale (1906), no centro hitita, mostra que a escrita e a literatura babilônica estavam amplamente difundidas em todo o mundo em c. 1400 a.C.

O código de Hamurabi é datado de três séculos antes, c. 1700 a.C.

sábado, 19 de março de 2016

FRASES


VOLTAR PARA DEUS É AS MELHOR MANEIRA DE SEGUIR EM FRENTE.


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Missões - Ouça o lembrete de um capitão de barco

"E o mestre do navio chegou- se a ele, e disse-lhe: Que tens, dorminhoco? Levanta-te, clama ao teu Deus; talvez assim ele se lembre de nós para que não pereçamos."
Jonas 1.6

Essa frase do capitão do navio é um balde de água fria em todo aquele que fica em "sono constante" quando é falado sobre a Obra Missionária.

O mundo está sedento pela salvação que nós carregamos, por que então dormir?

Acorde, clame a Deus, mostre as pessoas a salvação que você carrega dentro de si!

Você não está vendo o alvoroço que está o mundo? A tempestade amedrontadora que muitos estão passando?

Não espere estar diante de Deus para se desculpar pelo não feito, pelo negligenciado.

Deus conta com você Cristão!

Acorde Dorminhoco!

sexta-feira, 18 de março de 2016

Obra Missionária - Projeto SEMEAR

Caros Leitores,

Nós temos a honra de mais uma vez apresentar um trabalho missionário conforme o que a Palavra de Deus diz.

Temos agora a página do Projeto SEMEAR da Assembleia de Deus Ministério Belém em Paulínia/SP, uma igreja comprometida com o IDE do Senhor Jesus na figura de seu Pastor Presidente Edvaldo Aparecido Bueno.

Visite e veja a página, comente, envie mensagens para os missionários, ore pelas missões e contribua conforme o Senhor tem colocado em seu coração (2 Co 9.7).

Vergonha, minha vergonha. Perdão, Teu é o perdão!

"Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e com efeito o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim. Acho então esta lei em mim, que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo."
Rm 7.18-21

Quantas vezes fazemos algo que nos causa vergonha diante Deus?

Como escapar desta situação que parece que Deus está nos olhando e que não há onde se esconder?

Quando nos envergonhamos diante de alguém saímos de sua presença, desviamos do caminho, não falamos mais com a pessoa por um tempo.

Mas e com Deus, como é que desviamos de Sua presença?

Como ficamos sem falar como Ele, uma vez que a todo tempo somos necessitados e involuntariamente clamamos por seu socorro?

O pecado que cometemos sabendo que é pecado, conscientes "Deus não está se agradando" ou "Deus está vendo isso", essa voz é a voz do "outro consolador" (Jo 14.16). Não sejamos inocentes acerca do atributo divino chamado Onipresença.

1º - Quem nos mostra o nosso erro?

"E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo." Jo 16.8

Sabemos que estamos errados porque o Espírito Santo nos diz, não Satanás. Ele nos ilude e nos faz cair, mas não mostra o erro.

2º - Podemos nos esconder de Deus?

"Pois olhou desde o alto do seu santuário, desde os céus o Senhor contemplou a terra" Sl 102.19

"O Senhor olha desde os céus e está vendo a todos os filhos dos homens." Sl 33.13

"Os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos ao seu clamor." Sl 34.15

"O Senhor olhou desde os céus para os filhos dos homens, para ver se havia algum que tivesse entendimento e buscasse a Deus." Sl 14.2

"Os olhos do Senhor estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons." Pv 15.3

É um engano de Satanás assim como foi com Eva, o pecado nos cega a respeito da presença de Deus. Quando nos damos por conta estamos "nus".

3º - Como ficamos depois de pecar?

"Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça." Is 59.2

Com nosso erro Deus não muda, Ele não sai do lugar, pois a sua santidade não suporta o pecado e o nosso pecado nos faz estar em constante afastamento da presença santa de Deus.

4º - Como voltar para a presença de Deus?

"E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." 2 Cr 7.14

Diante de um contrito e arrependido coração o Senhor abre um sorriso e assim como o pai do filho pródigo ao ver o filho de longe já estende os braços e corre de encontro, pois o filho que estava perdido no pecado foi achado pela graça.

Teremos as consequências dos erros, mas novamente a salvação pela Graça.

"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus." Ef 2.8

"A misericórdia deu ao filho pródigo uma segunda chance. A Graça deu uma festa para ele." - Max Lucado

quinta-feira, 17 de março de 2016


"E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Porque todo aquele que faz o mal odeia a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem pratica a verdade vem para a luz, a fim de que as suas obras sejam manifestas, porque são feitas em Deus."
João 3.19-21

quarta-feira, 16 de março de 2016

Uma breve avaliação sobre o Ateísmo

“Se a imortalidade não existe [...] então tudo é permitido.”
Fiódor Dostoiévski

Mundo como um todo os conceitos de certo e errado são baseados em uma premissa moral e de conduta comum entre os seres.

O padrão de “certo e errado”, “bem e mal” são oriundos do conceito de que existe um “céu” e um “inferno”, um agente superior com jurisprudência e poder para aferir as causas e julga-las. Com isso, tal agente decreta um veredito e o mesmo é cumprido colocando o réu pelo padrão a uma existência eterna com as regalias do paraíso ou as agruras do inferno.

Agora pense comigo na frase de Dostoiévski, o termo imortalidade tem a ver com algo que passou a existir e depois não teve mais um fim. Na ótica humana do ponto de vista biológico o ser humano não é imortal, pois a própria condição humana decaí dia após dia até findar-se.

Se fosse uma existência sem um Deus, sem “certo e errado” tudo bem faria até algum sentido. Até o termo “permissão” tem a ver com um limite de “correto e incorreto”. Liberdade para fazer algo com um consentimento legal.

Contudo, o contexto da imortalidade para o homem está relacionado principalmente com a alma e o espírito e não ao corpo corruptível. Ainda que se observarmos na revelação paulina em 1 Co 15.50-54, a respeito do arrebatamento mostra que até o corpo falível e destruível será transformado em um corpo tal qual o de Jesus, sem mácula.

O fato de não ser considerado pelo ateísmo, Deus e seus conceitos de moral e ética são a base de todos as sociedades, mas as que são totalmente contra Sua figura divina.

As sociedades só se mantem me pé pelos conceitos criados por Deus, a base das leis constitucionais dos países como um todo são da Lei entregue no deserto por Deus a Moisés (Êx 20). O governo, mesmo o monárquico tem como primícias as relações entre seres humanos.

Nossa visão ocidental e evangélica de “certo e errado” é baseada na Bíblia, nos orientais e suas religiões e seus livros e escritos sagrados e todos delimitam o “certo e o errado”, isso os condicionando ou não a receber os prêmios da existência “pós-carne” ou “vida após a morte”.

Se eu levar uma “vida de ateu”, por este conceito de “não existir deus ou deuses algum” posso roubar, posso matar, pois não há condenação onde não há “certo ou errado”.

É uma lógica fatalista e egoísta, pois tal ação despreza a existência do outro invalidando a lei que fundamentada na Lei de Deus protege cada ser.

É também um juízo de Deus conforme Romanos 1.24 – “Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si” – grifo nosso. Deus permite tal oposição, pois ela será um juízo tão doloroso, pois o homem que satisfaz a si próprio tem sua recompensa nesta terra. Ao passo que satisfaz a vontade de Deus tem sua recompensa dada por Deus lá nos céus.

O historiador Stewart C. Easton resume bem essa questão, quando escreve: “Não há nenhuma razão objetiva para que o homem tenha moral, a menos que a moralidade traga alguma recompensa para sua vida em sociedade ou faça sentir-se bem. Não há nenhuma razão objetiva para que o homem faça qualquer coisa, a menos que isso lhe traga algum prazer.”

Sem Deus não temos limites, sem limites não temos motivo para crer ou temer algo superior.

O Cristianismo mostra que crer é ter limites, e limites que conduzem a um lugar melhor do este que vivemos, o céu.

E você, o que acha?

Fiódor Mikhailovitch Dostoiévski - (11/11/1821 á 09/02/1881) – ocasionalmente grafado como Dostoievsky – foi um escritor e filósofo russo, considerado um dos maiores romancistas da história e um dos mais inovadores artistas de todos os tempos. É tido como o fundador do existencialismo, mais frequentemente por Notas do Subterrâneo, descrito por Walter Kaufmann como a "melhor proposta para existencialismo já escrita". A obra dostoievskiana explora a autodestruição, a humilhação e o assassinato, além de analisar estados patológicos que levam ao suicídio, à loucura e ao homicídio: seus escritos são chamados por isso de "romances de ideias", pela retratação filosófica e atemporal dessas situações. O modernismo literário e várias escolas da teologia e psicologia foram influenciados por suas ideias. A obra de Dostoiévski exerce uma grande influência no romance moderno, legando a ele um estilo caótico, desordenado e que apresenta uma realidade alucinada.

terça-feira, 15 de março de 2016

Uma ferramenta de Salvação

Arrependimento é uma reação emocional para atos passados ​​pessoais e comportamentais. Arrependimento é muitas das vezes expressado pelo termo "desculpa".

A palavra arrependimento é de origem grega (μετάνοια, metanoia) e significa conversão (tanto espiritual, bem como intelectual), mudança de direção e mudança de mente; mudança de atitudes, temperamentos; caráter trabalhado e evoluído. Então arrependimento quer dizer renovação de entendimento, mudança de atitude, ou seja, atitude contrária, ou oposta, àquela tomada anteriormente.

Diferentemente do remorso, em que a pessoa que o sofre não se sensibilizou verdadeiramente do mal que possa haver causado a outros, e que, pensando apenas no próprio bem, é capaz até de infligir a si mesmo algum tipo de castigo (como uma auto-flagelação por exemplo) apenas para tentar se esquivar de sofrer uma punição ainda mais severa por causa do erro que cometeu (punição que pode realmente, ou não, vir a penar), o arrependido verdadeiramente percebe e se sensibiliza das conseqüências ruins que seus atos causaram para outras pessoas (ou o mal que acredite haver causado a algum ser/entidade sobrenatural em que creia).

Essa sensibilização à dor alheia leva o arrependido a uma tristeza verdadeira pelo dano sofrido pelos que prejudicou. E, como consequência, sempre faz o arrependido tomar uma firme decisão de não mais cometer o mesmo erro, para não mais causar mal a outros. O arrependimento pode assim, também, ser considerado como a dor sentida por causa da dor causada.

Arrependimento é fundamental para a Salvação, pois, com ele o homem não almejará mais fazer o que causa dor ao Senhor, mas sim buscará o total abandono da prática o que implica em conversão, mudar de direção.

Sem o arrependimento o ladrão da cruz não teria entrado no paraíso no mesmo dia da morte de Cristo. Paulo jamais teria se tornado o "Apóstolo dos Gentios". Sem ele para onde se tornariam as igrejas más dentre as "sete igrejas do Apocalipse"?

Sem arrependimento, não há conversão, não há redenção, não há justificação, não há nova vida, não há salvação.

Arrepender-se é fundamental para sermos transformados ao ponto de que quando Jesus vier possamos subir para Ele.

segunda-feira, 14 de março de 2016

domingo, 13 de março de 2016

O que é a Bíblia 12/15

Escrita Antiga

Escrita nos dias de Abraão.

Nós dias de Abraão (2050 a.C.), a escrita já possuía uma história longa e ilustre. Selos cilíndricos foram inventados em 3400 a.C. na cultura de Warka, em Uruk, Ereque, na Bíblia (Gn 10.10), atual Warka, no baixo Eufrates, na Babilônia. A escrita logo se seguiu.

No Templo Vermelho de Uruk, foram encontrados alguns tabletes de argila com inscrições da mais antiga escrita pictográfica rudimentar já encontrada (3300 a.C.), o ancestral direto da cuneiforme (escrita em forma de cunha) da antiga Suméria (planície aluvial meridional do vale do Tigre-Eufrates).

Nos dias de Abraão, a escrita cuneiforme suméria e, depois, a babilônica, tornaram-se bem conhecidas e difundidas.

Esse fato é atestado por descobertas em Kisk, Larsa, Fará, Ur (a própria cidade de Abraão), Nipur, Eridu, Acade e Lagash.

Conselhos Bíblicos