Pesquisar no Blog do J.A.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

2016!

Novas expectativas, promessas, processos, fases, aquisições, etc.

Muitos prometem o que não tem e o que não podem cumprir!

Não prometa para Deus, ou até, para si mesmo coisas que você sabe que não será capaz. Não é um argumento negativista.

As pessoas se frustam consigo mesmas e depois culpam seus amigos, a bebida, as drogas, o trabalho, a preguiça, ... e por fim à Deus.

Se como homens procurássemos viver cada dia de uma vez, não focados no passado e seus resultados, ou até de olho em um futuro que ainda não aconteceu e já está sendo motivo de sofrimento.

Neste 2016 desejo o melhor que pode ser ofertado. O "tudo de bom" dentre as escolhas.

Mas o segredo do sucesso em seus planos é coloca-los aos pés do Senhor e aceitar que as nossas escolhas possuem e produzem resultados que serão bons ou ruins, mas todas são consequências.

Faça planos e estratégias, mas coloque sob o conselho do Senhor.

"Do homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da língua." Provérbios 16.1

"Muitos propósitos há no coração do homem, porém o conselho do Senhor permanecerá." Provérbios 19.21

Feliz 2016 da equipe do J.A.!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Cruz

Instrumento de suplício usado pelos assírios, persas, fenícios, egípcios, gregos e romanos.

Era formada, geralmente, de duas peças de madeira:

Stipes - A parte vertical que sustenta o condenado no ar.

Patibulum - A parte transversal onde o condenado tinha seus braços fixados com cordas ou pregos.

Usavam-se para execuções do primeiro século, duas ou três formas de cruzes:

A Cruz Latina: tinha o ramo inferior mais comprido do que os outros, e.g. a cruz que temos como a que Jesus Cristo foi crucificado.

A Cruz de Santo Antônio: tem a forma de "T" como a letra.

A Cruz de Santo André: era em forma de "X" como a letra.

O fato de haver sua acusação por cima da cruz (Mc 15.26) indica que Cristo foi crucificado numa cruz latina.

O fato é que a cruz como instrumento de execução é cruel em seu fim e o sofrimento que Cristo passou na cruz não foi menor do que o de qualquer outro condenado.

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

A Conquista de Jerusalém

"E partiu o rei com os seus homens a Jerusalém, contra os jebuseus que habitavam naquela terra; e falaram a Davi, dizendo: Não entrarás aqui, pois os cegos e os coxos te repelirão, querendo dizer: Não entrará Davi aqui. Porém Davi tomou a fortaleza de Sião; esta é a cidade de Davi."
2 Samuel 5.6,7

O ponto alto das campanhas militares de Davi foi o estabelecimento de Jerusalém como sua cidade real e como capital da nação de Israel.

O primeiro sítio arqueológico em Jerusalém foi ocupado cerca de 3000 a.C. e já era uma cidade real nos tempos de Abraão (Gn 14.8). Situava-se na fronteira entre Judá e Benjamim, mas era autônoma.

Como havia sido tomada pelos Jebuseus (Jz 1.8,21; 15.63), era, às vezes, também chamada de Jebus (Jz 19.10; 1 Cr 11.4). Os jebuseus eram um povo nativo de Canaã (cananeu) que viviam na área de Jerusalém (Gn 10.15,16; Js 15.8; 18.16) e nas regiões vizinhas (Nm 13.29; Js 11.3).

A expressão "fortaleza" (v.7) atribuída à cidade, surgiu por causa da colina mais ao Sul da cidade, na qual erguera-se grande fortaleza dos jebuseus.

À medida que a cidade se expandia (especialmente na época de Salomão), o termo "fortaleza" passou a designar a Cidade de Sião como um todo fortificado (Is 1.8; 2.3).

Fonte:
Bíblia King James Atualizada, versão de estudo.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

domingo, 27 de dezembro de 2015

A estrela que apareceu no dia do nascimento de Jesus

"Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo."
Mateus 2.2

A teoria que isto se refere à conjunção de Júpiter com Saturno, ou quaisquer outros planetas, não tem base.

Que foi um fenômeno puramente sobrenatural, se vê em Mt 2.9: "Eis que a estrela que viram no Oriente os procedia, até que, chegando, parou sobre onde estava o menino."

Não há registro de nenhum corpo celeste que faça tal tipo de movimentação, mas há um sinal sobrenatural registrado nos escritos bíblicos que "algo" semelhante uma estrela, ou seja, fazendo papel como tal, guiou os três observadores das estrelas se indagarem, seguirem e encontrarem o menino que nos nasceu.

Fonte:
www.bibliaonline.com.br
BOYER, Orlando. Pequena Enciclopédia Bíblica.

sábado, 26 de dezembro de 2015

Reflexão Paterna

"E sucedeu que, estando Josué perto de Jericó, levantou os seus olhos e olhou; e eis que se pôs em pé diante dele um homem que tinha na mão uma espada nua; e chegou-se Josué a ele, e disse-lhe: És tu dos nossos, ou dos nossos inimigos? E disse ele: Não, mas venho agora como príncipe do exército do SENHOR. Então Josué se prostrou com o seu rosto em terra e o adorou, e disse-lhe: Que diz meu senhor ao seu servo? Então disse o príncipe do exército do Senhor a Josué: Descalça os sapatos de teus pés, porque o lugar em que estás é santo. E fez Josué assim."
Josué 5.13-15

Quem é seu Pai?

Na madrugada de certa noite, antes do inimitável de Josué atacar os exércitos de Jericó, Josué encontrou-se com um homem ... um grande homem. Josué examinou mentalmente seus soldados, mas foi incapaz de identificar esse sujeito.

Assim, como qualquer bom comandante, era natural que Josué quisesse saber se esse homem lutaria a favor ou contra o seu exército.

Mas quando o homem identificou-se como emissário do Deus Todo-poderoso, o forte Josué prostrou-se com o rosto em terra como um menino amedrontado.

Quando os nosso filhos experimentam a nossa liderança como pai, talvez eles se perguntem se há alguém a quem os pais devem prestar contas.

Quem é seu pai? Talvez Josué possa responder a essa pergunta.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Pense nisso!


Manjedoura vazia,
Cruz vazia,
Túmulo vazio,
Trono ocupado!

Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens!

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Quatro atitudes ...

... que o Homem pode assumir quanto a operação divina:

1. Hostilidade (At 5.17-28)

"E, levantando-se o sumo sacerdote, e todos os que estavam com ele (e eram eles da seita dos saduceus), encheram-se de inveja, E lançaram mão dos apóstolos, e os puseram na prisão pública. Mas de noite um anjo do Senhor abriu as portas da prisão e, tirando-os para fora, disse: Ide e apresentai-vos no templo, e dizei ao povo todas as palavras desta vida.E, ouvindo eles isto, entraram de manhã cedo no templo, e ensinavam. Chegando, porém, o sumo sacerdote e os que estavam com ele, convocaram o conselho, e a todos os anciãos dos filhos de Israel, e enviaram ao cárcere, para que de lá os trouxessem. Mas, tendo lá ido os servidores, não os acharam na prisão e, voltando, lho anunciaram, Dizendo: Achamos realmente o cárcere fechado, com toda a segurança, e os guardas, que estavam fora, diante das portas; mas, quando abrimos, ninguém achamos dentro. Então o sumo sacerdote, o capitão do templo e os chefes dos sacerdotes, ouvindo estas palavras, estavam perplexos acerca deles e do que viria a ser aquilo. E, chegando um, anunciou-lhes, dizendo: Eis que os homens que encerrastes na prisão estão no templo e ensinam ao povo. Então foi o capitão com os servidores, e os trouxe, não com violência (porque temiam ser apedrejados pelo povo). E, trazendo-os, os apresentaram ao conselho. E o sumo sacerdote os interrogou, Dizendo: Não vos admoestamos nós expressamente que não ensinásseis nesse nome? E eis que enchestes Jerusalém dessa vossa doutrina, e quereis lançar sobre nós o sangue desse homem."

A ameaça que o Cristianismo, embrionário ainda, representava na figura dos apóstolos e principalmente do apóstolo Pedro causava temor e inquietação, pois o poder demonstrado por eles cativava o povo, coisa que os sacerdotes não estavam conseguindo fazer.

Prenderam-os em uma atitude de desesperada de conter o avanço da Igreja, daí uma vez no cárcere, os apóstolos são libertos por um anjo do Senhor - um milagre. Milagre esse que perturbaria os saduceus uma divisão do judaísmo que não crê em anjos.

Agiram com hostilidade com medo de perder sua posição social ante as ações do Espírito Santo por intermédio do apóstolos, as testemunhas de Cristo.

2. Obediência (At 5.29-32)

"Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens. O Deus de nossos pais ressuscitou a Jesus, ao qual vós matastes, suspendendo-o no madeiro. Deus com a sua destra o elevou a Príncipe e Salvador, para dar a Israel o arrependimento e a remissão dos pecados. E nós somos testemunhas acerca destas palavras, nós e também o Espírito Santo, que Deus deu àqueles que lhe obedecem."

A escolha de Pedro em obedecer o Senhor acima das imposições legais impostas pelos sacerdotes mostra uma obediência a Jesus e o Evangelho independente da situação.

E afirma que o Espírito Santo foi dado aos que são obedientes as suas palavras.

3. Neutralidade (At 5.33-39)

"E, ouvindo eles isto, se enfureciam, e deliberaram matá-los. Mas, levantando-se no conselho um certo fariseu, chamado Gamaliel, doutor da lei, venerado por todo o povo, mandou que por um pouco levassem para fora os apóstolos; E disse-lhes: Homens israelitas, acautelai-vos a respeito do que haveis de fazer a estes homens, Porque antes destes dias levantou-se Teudas, dizendo ser alguém; a este se ajuntou o número de uns quatrocentos homens; o qual foi morto, e todos os que lhe deram ouvidos foram dispersos e reduzidos a nada. Depois deste levantou-se Judas, o galileu, nos dias do alistamento, e levou muito povo após si; mas também este pereceu, e todos os que lhe deram ouvidos foram dispersos. E agora digo-vos: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque, se este conselho ou esta obra é de homens, se desfará, Mas, se é de Deus, não podereis desfazê-la; para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus."

Gamaliel, o tão sábio, nada mais expressou do que o seu egoísmo sob o disfarce de cauteloso bom juízo. Tinha medo do povo, tinha crédito com o sábio entre os sacerdotes como tal e não quis se posicionar e errar.

Vimos no ponto anterior a obediência e posicionamento firme dos apóstolos, estavam do lado de Cristo em qualquer circunstância.

Outrossim, Gamaliel acertou que "essa obra" de Deus é impossível de ser desfeita, destruída ou terminada. O esteio principal do Cristianismo não morreu, mas está vivo!

4. Cooperação (At 5.40-42)

"E concordaram com ele. E, chamando os apóstolos, e tendo-os açoitado, mandaram que não falassem no nome de Jesus, e os deixaram ir. Retiraram-se, pois, da presença do conselho, regozijando-se de terem sido julgados dignos de padecer afronta pelo nome de Jesus. E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar, e de anunciar a Jesus Cristo."

Estavam vivendo o deslumbre de passarem o mesmo que Cristo passou e profetizou que seus seguidores passariam.

Haviam sido condenados ao cárcere, aos açoites, ao expurgo social no templo imposto pelos sacerdotes, ineficaz em si, tudo por amor de Cristo e seu Evangelho.

Quando somos afligidos somos "cooperadores dos sofrimentos" de Jesus, sendo odiados por sermos servos dEle, por falarmos como Ele, por não sermos como todos outros.
__________

Qual ou quais têm sido as nossas atitudes ante a operação divina?

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

VAI VENDO

Teologia Moral da Manga    
Rubem Alves 
  
O velho caipira, com cara de amigo, que encontrei num banco, estava esperando para ser atendido.


Ele ia abrir uma conta. 


Começo de um novo ano... 

Novas perspectivas...

E como não podia deixar de ser, também começou ali um daqueles papos de fila de banco.


Contas, décimo-terceiro que desapareceu, problemas do Brasil, tsunami... 


Será que vai chover?

Mas em determinado momento a conversa tomou outro rumo:


- Qual é então o maior problema do Brasil para ser resolvido?


E aí o representante rural, nosso querido Mazzaropi da modernidade
   falou com um tom sério demais para aquele dia:


- O maior problema do Brasil é que sobra muita manga!


Tentei entender a teoria... 


Fez-se silêncio e ele continuou: 

- O senhor já viu como sobra manga hoje debaixo das árvores? 


Já percebeu como se desperdiça manga?

- Sim... Creio que todos já percebemos isto... 


Onde tem pé de manga, tem sobrado manga...

E aí ele continuou:


- Num país onde mendigo passa fome ao lado de um pé de manga... 


Isso é um absurdo!

Num país que sobra manga tem pouca criança. 


Se tiver pouca criança, as casas são vazias...

Ou as crianças que tem já foram educadas para acreditar que só 'ice-cream' e jujuba são sobremesas gostosas...


Boa é a criança que come manga e deixa escorrer o caldo na roupa...


É sinal que a mãe vai lavar, vai dar bronca, vai se preocupar com o filho.


Se for filho tem pai...


Se tiver pai e manga de sobremesa é porque a família é pobre...


Se for pobre, o pai tem que ser trabalhador...


Se for trabalhador tem que ser honesto...


Se for honesto, sabe conversar...


Se souber conversar, os filhos vão compreender que refeição feliz tem manga, que é comida de criança pobre e que brinca e sobe em árvore...


Se subir em árvore, é porque tem passarinho que canta e espaço para árvore crescer e para fazer sombra...


Se tiver sombra, tem um banco de madeira para o pai chegar do trabalho e descansar...


Quem descansa no banco, depois do trabalho, embaixo da árvore, na sombra, comendo manga, é porque toca viola...
E com certeza tá com o pé na grama...


Quem pisa no chão e toca música, tem casa feliz...


Quem é feliz e canta com o violeiro, sabe orar...


Quem sabe orar, sabe amar...

Quem ama, se dedica...


Quem se dedica, ama, ora, canta e come manga, tem coração simples...


Quem tem coração assim, louva a Deus...


Quem louva a Deus, não tem medo...


Nada faltará, porque tem fé...


Se tiver fé em Deus, vê na manga a providência divina...


Come manga, faz doce, faz suco e não deixa manga sobrar...


Se não sobra manga, tá todo mundo ocupado, de barriga cheia e feliz.


Quem tá feliz..., não reclama da vida em fila do banco...


Daí fez-se um silêncio...



Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Castelnuovo del Garda, 21 de dezembro de 2015.

“Deus sempre está no controle. Esta verdade enxuga lágrimas, renova o vigor e aguça a bravura dos servos do Senhor.” (Ewerton B. Tokashiki)

Amados irmãos e companheiros na obra missionária,

Que a graça e paz do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo vos sejam multiplicadas.

Chegamos ao final de mais um ano e podemos dizer que até aqui nos ajudou o Senhor. Servir ao Senhor e obedecer a sua vontade não significa ausência de problemas, no entanto, o Senhor estará sempre conosco, nos dando da sua graça para suportar e vencer os desafios ao longo de nossa caminhada.

Graças a Deus, conseguimos encontrar um apartamento e a proprietária concordou em alugar o apartamento para nós. Deveremos estar assinando o contrato entre 16 a 23 de janeiro, quando o apartamento estará desocupado. Vimos Deus dirigindo todas as coisas de maneira especial. Obrigado a todos que estiveram orando a este respeito. Nosso agradecimento especial ao Pr. Humberto e família, em Legnano, que não tem medido esforços para nos ajudar.

Gostaríamos também de contar com a oração de todos pela vida do Matheus. Ele nasceu com apenas duas válvulas no coração, em vez de três. Descobrimos o problema quando Matheus era ainda bem novinho, mas o cardiologista nos disse que a princípio não seria necessário fazer uma cirurgia, mas que deveríamos fazer um acompanhamento anual, no entanto sabíamos que era uma questão de tempo. O Matheus não teve problemas de saúde pela maior parte de sua vida, mas pouco mais de um mês atrás começou a sentir fortes dores e foi constatada uma dupla lesão no seu coração. O cardiologista nos disse que ele terá de passar por uma cirurgia. Estamos somente aguardando a resposta do cirurgião para sabermos mais precisamente quando, mas o que tudo indica que deve ser feita o mais rápido possível. Esta é uma situação bem complicada devido à distância e estamos orando sobre o que e como fazer. No entanto, sabemos que Deus é soberano e está no controle de tudo (Jo 42.2).

Somos imensamente gratos ao nosso Pastor Julio Cezar T. Machado, a toda nossa querida Igreja (IEADAC) e a todos amados irmãos e igrejas por tudo o que têm feito por nós. Não temos palavras para expressar toda nossa gratidão. Muito obrigado a todos por segurarem as cordas da oração e contribuição. Aproveitamos a oportunidade para desejar a todos “un Buon Natale e un Felice Anno Nuovo!”

    Motivos de oração:
  * Por nossa saúde física, emocional e espiritual;
  * Pela situação da alta do dólar que tem provocado perdas no nosso sustento.
  * Por novos mantenedores e intercessores para o nosso projeto;
  * Por todos os preparativos e por recursos para a nossa mudança.
  * Por Matheus que está no Brasil e que precisa muito das orações.

     Com gratidão,

Pr. Paulo Henrique, Alessandra e Lucas
-----------------------------------------------------
Escreva para nós através dos e-mails:

Nossas contas pessoais:
Banco do Brasil Ag 3159-3 C/C 6573-0 ou Banco Itaú Ag 6116 C/C 00485-1 (Paulo Henrique P. Cunha)
Banco do Brasil Ag 3470-3 C/C 6927-2 ou Banco Itaú Ag 6116 C/C 10124-4 (Alessandra de Carvalho Cunha)

PALAVRA DE PASTOR

Meus queridos irmãos não precisamos fraquejar sob o peso das

 tristezas e dos sofrimentos, porque o Senhor prometeu ser nossa

força, nosso escudo. 

Não devemos temer os incontáveis desafios da vida, porque o

Senhor disse: “Não temas, porque Eu Sou contigo; não te 

assombres, porque Eu sou o teu Deus; Eu te fortaleço, e te ajudo, e

 te sustento com a minha destra fiel”. 

Deus é o nosso conforto.

Podemos confiantemente lançar sobre Ele nossa ansiedade,porque 

Ele tem cuidado de nós. 


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

EM QUEM CONFIAR



Louvai ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua benignidade dura para sempre.

Diga agora Israel que a sua benignidade dura para sempre.

Diga agora a casa de Arão que a sua benignidade dura para sempre.

Digam agora os que temem ao Senhor que a sua benignidade dura para sempre.

Invoquei o Senhor na angústia; o Senhor me ouviu, e me tirou para um lugar largo.

O Senhor está comigo; não temerei o que me pode fazer o homem.

O Senhor está comigo entre aqueles que me ajudam; por isso verei cumprido o meu desejo sobre os que me odeiam.

É melhor confiar no Senhor do que confiar no homem.

É melhor confiar no Senhor do que confiar nos príncipes.

Todas as nações me cercaram, mas no nome do Senhor as despedaçarei.

Cercaram-me, e tornaram a cercar-me; mas no nome do Senhor eu as despedaçarei.

Cercaram-me como abelhas; porém apagaram-se como o fogo de espinhos; pois no nome do Senhor as despedaçarei.

Com força me impeliste para me fazeres cair, porém o Senhor me ajudou.

O Senhor é a minha força e o meu cântico; e se fez a minha salvação.
Nas tendas dos justos há voz de júbilo e de salvação; a destra do Senhor faz proezas.

A destra do Senhor se exalta; a destra do Senhor faz proezas.

Não morrerei, mas viverei; e contarei as obras do Senhor.

O Senhor me castigou muito, mas não me entregou à morte.

Abri-me as portas da justiça; entrarei por elas, e louvarei ao Senhor.

Esta é a porta do Senhor, pela qual os justos entrarão.

Louvar-te-ei, pois me escutaste, e te fizeste a minha salvação.

A pedra que os edificadores rejeitaram tornou-se a cabeça da esquina.

Da parte do Senhor se fez isto; maravilhoso é aos nossos olhos.

Este é o dia que fez o Senhor; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele.

Salva-nos, agora, te pedimos, ó Senhor; ó Senhor, te pedimos, prospera-nos.

Bendito aquele que vem em nome do Senhor; nós vos bendizemos desde a casa do Senhor.

Deus é o Senhor que nos mostrou a luz; atai a vítima da festa com cordas, até às pontas do altar.

Tu és o meu Deus, e eu te louvarei; tu és o meu Deus, e eu te exaltarei.

Louvai ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre.

Salmos 118:1-29


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Pensamento para Segunda-Feira

As vezes parece que será difícil, mas aí ...


... fica fácil. Até na segunda-feira.

BOM DIA

domingo, 20 de dezembro de 2015

TIRANDO A MASCARA

Máscara da desculpa
Leitura Gn 3.12-13
Então disse Adão: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi.

E disse o Senhor Deus à mulher: Por que fizeste isto? E disse a mulher: A serpente me enganou, e eu comi. Gênesis 3:12,13


Então disse Adão: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi.
E disse o Senhor Deus à mulher: Por que fizeste isto? E disse a mulher: A serpente me enganou, e eu comi.
Gênesis 3:12,13

Esta é certamente a primeira más cara que devemos tirar, para podermos enxergar as demais.

todas as vezes que procuramos nos esconder atras dela, somos impedidos de alcançar as bem-aventuranças do Senhor.

É tão fácil acharmos um bode expiatório para nossos erros ou fracassos,  e 
simplesmente nos conformarmos com a situação.

Quando lemos esta passagem bíblica, logo percebemos que Adão procurou culpar a sua mulher, e ela em seguida culpou a serpente, todos procurando justificar o seu erro.

Temos a tendencia de sempre procurarmos uma desculpa, se percebermos que estamos fazendo o jogo do inimigo, e como saldo vivemos uma vida de fracasso e aparências superficiais.


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Já pensou nisso hoje?



"Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite"
1 Tessalonicenses 5.2

sábado, 19 de dezembro de 2015

A propagação do Evangelho no Mundo


Se observarmos o mapa (clique para ver maior) acima tirado do site Target Map veremos que distribuição do Evangelho no mundo é bem periférica se considerarmos a partir do seu ponto de partida, Jerusalém. 

O Evangelho se propagou bem nas Américas, Oceania, abaixo da linha do Equador na África, Europa e norte da Ásia.

Contudo, hoje onde temos a tão comentada "Janela 10/40" fica o berço do Evangelho, o berço do Islamismo, o berço do Hinduísmo, o berço do Budismo e de tantas outras religiões de grande porte no cenário religioso mundial.

Hoje em dia temos muitas barreiras a romper nesta área específica:

Perseguição
Dos 50 países com os maiores índices de perseguição, 38 estão dentro da zona da Janela 10/40. Não se pode falar de Jesus, carregar uma Bíblia, construir ou cultuar em um templo próprio, ser diferente já é sinal de perseguição.

Pobreza
Dos 10 países mais pobres do mundo, 8 estão nesta mesma região. A falta de Deus numa sociedade os torna pobres, primeiro espirituais. Ao contrário da Suíça que tem muito dinheiro, eles tem tando de si próprio que afirmam não precisarem de Jesus, pois seu dinheiro lhes trás tudo. Aqui o assunto é pobreza espiritual, escravidão não consensual do espírito das pessoas, isso as obriga a estarem debaixo de jugos que expressam-se pela total miséria.

Clamor
Existem nestas regiões milhares de pessoas clamando por algo melhor, um motivo para continuarem, e nós, temos a Palavra que trás este "Algo Melhor", o "Motivo" para continuar - Jesus.

Oração
Milhares de pessoas nesta área tem aceitado a Jesus como Salvador e Senhor, mas estão cativos pela opressão das religiões maioritárias em seus países. Orem pela Igreja Perseguida que luta a cada dia para continuar com o Senhor enquanto muitos aqui ficam escolhendo o dia para estarem como Ele.

Contribuição
Engana-se quem acha que o evangelismo mundial não é feito com dinheiro. Precisa-se sim, e muito! Custa comprar passagens áreas, vistos, alimentos, bíblias e todo o recurso que for necessário. Contribua vendo como um investimento no Reino de Deus e não como uma troca com Deus.

Há muito trabalho, há muito empenho, há muita oração a ser feita, existem almas que nunca ouviram da primeira vinda do Senhor, como então pregaremos a segunda?

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Geografia Bíblica - Montes Israel

Vemos em vários pontos no texto sagrado sobre os montes, contudo muitas vezes não entendemos o que uma simples referência pode trazer.

Os montes indicam em seu significado: tipos de vegetação, tipos de animais, tipos de costumes, tipos de adoração, tipos de idolatria, tipos de profissões, etc.

Seu eu falo de um monte logo me vem a mente dentro do contexto: qual a temperatura, o existiam pastagens ali, os habitantes dali são: fixos ou nômades, etc.

Existem montes que trazem uma carga espiritual pelos episódios bíblicos que eles foram palco.

Entender e compreender isso ajuda a elucidar cada vez mais o entendimento bíblico.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

O Imediatismo Humano

Não existe nada mais humano do que querer na hora o que é desejado.

Vemos isso em várias áreas da vida do homem:

Afetiva – Queremos ser correspondidos pelo amor que expressamos na hora, isso além de imediatismo é um egoísmo muito grande, pois não leva em consideração os sentimentos alheios.

Física – Todos querem tem um corpo bonito saudável, serem um “Schwarzenegger” da vida, mas pagar o preço pelos músculos poucos querem. Tomam “bombas”, injetam óleo em seu corpo para modelar e saciar a sua sede de parecer forte e saudável.

Espiritual – Compram “terrenos no céu” para na vã expectativa garantir uma morada no céu. Esquecem que objetos ditos como “ungidos” não compram a entrada na eternidade. A Bíblia assegura que só se entra ou se ganha o direito de entrar aqueles que se arrependerem e reconhecerem que só Jesus Cristo é o Senhor. Dizimamos e queremos no momento que colocamos nossa oferta na salva que Deus cumpra Malaquias 3.10 abrindo o céu. Não é assim.

Ambiental – Estamos destruindo a Terra a procurar minerais e outros itens que possam saciar o nosso consumismo exacerbado. Temos destruído a criação para saciar o desejo da criatura.

Emocional – Somos consumistas, egocêntricos, avarentos, e ainda o brasileiro se vangloria de seu “jeitinho” que nada mais é do tirar vantagem da situação ou alguém independente se irá causar algum dano a outrem.

Nós como criação temos um contexto de vida em cada um destes cinco aspectos que um não pode ser completo sem o outro, temos de buscar a curar de Deus em todas área de nossa vida.

Não recebemos porque somos “bonzinhos”, Paulo cita que éramos inimigos da cruz de Cristo, e que por ele somos agora filhos de Deus.

Esperar de Deus, na vontade de Deus e no tempo de Deus para que o melhor aconteça conosco.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Obra Missionária - Macau/China

Clique para ver em tamanho maior.

Ore pela Ásia.

INSCRIÇÃO MISTERIOSA

"Então dele foi enviada aquela parte da mão, que escreveu este escrito. Este, pois, é o escrito que se escreveu: MENE, MENE, TEQUEL, UFARSIM. Esta é a interpretação daquilo: MENE: Contou Deus o teu reino, e o acabou. TEQUEL: Pesado foste na balança, e foste achado em falta. PERES: Dividido foi o teu reino, e dado aos medos e aos persas. Então mandou Belsazar que vestissem a Daniel de púrpura, e que lhe pusessem uma cadeia de ouro ao pescoço, e proclamassem a respeito dele que havia de ser o terceiro no governo do seu reino. Naquela noite foi morto Belsazar, rei dos caldeus."
Daniel 5.24-30

"Por que quando Daniel interpretou as palavras misteriosas escritas pelo dedo de Deus, omitiu a expressão 'ufarsim' colocando em seu lugar a palavra 'peres'?"

Estas duas palavras são de origem aramaica e, sendo esta língua de fácil assimilação na Babilônia, podemos supor que a perplexidade do rei Belsazar e dos sábios foi devido, em parte, a alguma coisa desconhecida nos caracteres e também pela concisão inexplicável da mensagem.

O caro leitor tem de convir em que, quando Daniel foi inquirido a dar uma resposta ao enigma exposto na parede do palácio real, não houve nenhuma tentativa da sua parte em traduzi-lo, mas simplesmente interpretá-lo, sendo conivente com a revelação que Deus lhe dera.

Destarte, embora Daniel tenha trocado a palavra "Ufarsim" pela expressão “peres” quando interpretava a escritura misteriosa, não alterou de forma alguma a mensagem que Deus lhe entregara. 

Então podemos concluir que, o profeta usou a palavra “peres”, que é o singular de “ufarsim”, visto que, essa expressão sugere mais prontamente, por um terrível jogo de palavras, tratar-se dos persas que já estavam às portas da cidade para suceder ao império babilônico.

Conselhos Bíblicos