Pesquisar no Blog do J.A.

domingo, 29 de novembro de 2015

O CÉU É UM LUGAR?

"O Céu é um lugar ou um estado?"

A Bíblia ensina claramente que o Céu é um lugar.

É um lugar de descanso, de delícias, de atividade. Jesus subiu ao Céu corporalmente.

Ele nos falou do Céu como um lar:

"Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. Mesmo vós sabeis para onde vou, e conheceis o caminho. Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho?"Jo 14.1-5.

Existem lugares preparados no Céu.

Jesus fala de mansões celestiais, ele fantasia para alegrar e esperançar os pobres financeiros e desabrigados.

Ele faz menção destes lares no céu para que as pessoas almejem estar com Deus, estar com Ele em um lugar melhor, ou seja, não é na terra.

A descrição do Céu em Apocalipse não comporta imaginações estranhas: o Céu é um lugar.

Graças a Deus!

sábado, 28 de novembro de 2015

Liderança Eclesiástica - Dicas Valiosas


Faça um Checklist com a sua equipe de trabalho:

Defina os objetivos das equipes.

Detalhe as tarefas que cada um deve fazer.

Analise e defina as diferentes etapas de implementação junto aos seus integrantes.

Especifique os resultados que devem ser alcançados e a forma como serão mensurados.

Descreva as responsabilidades que serão dadas à equipe.

Explique os recursos que terão à sua disposição.

Defina quem será a pessoa que realizará o controle do progresso de sua equipe e como será medido.

Determine as recompensas oferecidas, se é que isso entrou em pauta.

Assim o trabalho irá ficar mais claro a todos o objetivo do trabalho a ser realizado.

Geografia Bíblica

Os mapas mostrando a cidade de Jerusalém ao longo do tempo nos evidenciam a história do cristianismo antes mesmo de o ser.

Vemos as conquistas do povo de Israel pela mão de Deus, os desígnios e juízos se cumprindo.

Isso é uma prova da centralidade desta cidade no contexto histórico cultural do ser humano no decorrer da história religiosa e cultural do mundo.

SALMO DO OPRIMIDO

Apressa-te, ó Deus, em me livrar; SENHOR, apressa-te em ajudar-me.

Fiquem envergonhados e confundidos os que procuram a minha alma; voltem para trás e confundam-se os que me desejam mal.

Virem as costas como recompensa da sua vergonha os que dizem: Ah! Ah!

Folguem e alegrem-se em ti todos os que te buscam; e aqueles que amam a tua salvação digam continuamente: Engrandecido seja Deus.

Eu, porém, estou aflito e necessitado; apressa-te por mim, ó Deus. Tu és o meu auxílio e o meu libertador; Senhor, não te detenhas.


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Mãe, um presente de Deus para nós!

Não sabemos o que fazer perto delas, pois elas sabem tudo o precisamos só com um olhar, um respirar mais profundo e ela já sabe tudo ... por mais que não fale.

Digo isso pelas mães que tenho e conheço, sei que muitas já se esqueceram ou fazem de conta que não tem mais filhos ... mas no fundo não esquecem jamais o que delas saiu.

Agradeço a Deus por ter feito em Eva uma mãe para todos nós, pois vejo que Deus não poupou esforços para garantir ao homem coisas boas sempre.

As mães foram feitas por Deus sem dúvida.

Não há como duvidar que um bem tão grande como esse não tenha vindo de outro lugar, senão do coração de Deus.

Obrigado Deus, nós não merecíamos tanto.

O SUMO PASTOR

O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.

Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.

Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.

Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.

Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.

Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias.


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Interessante como é verdade


Só Deus mesmo para realizar obras assim!

PROVERBIOS

Filho meu, não te esqueças da minha lei, e o teu coração guarde os meus mandamentos.
Porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz.

Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

PALAVRA DE DEUS

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará.

Direi do Senhor: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei.

Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa.

Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.

Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia,.
Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia.

Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti.
Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.

Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação.

Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.

Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra.

Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.

Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome.

Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei.

Fartá-lo-ei com longura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação.


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Devocional do Dia - O que temos comido???


“Experimenta, peço-te, os teus servos dez dias, e que se nos dêem legumes a comer, e água a beber.” Dn 1.12

“Assim o despenseiro tirou-lhes a porção das iguarias, e o vinho de que deviam beber, e lhes dava legumes.” Dn 1.16

A vida dos servos de Deus foi diferenciada pela não pela alimentação, ela só representava a separação física daquilo que já estava separado no mundo espiritual – o Compromisso e submissão a Deus.

Muitos têm se “contaminado” tanto física quanto espiritualmente com os “manjares do rei” deste século. Têm aceitado a facilidade e o sabor momentâneo daquilo que o mundo oferecer esquecendo que sentirá o “gosto” por toda a eternidade.

Temos nós que escolher, Daniel não esperou que fosse oferecido só legumes e verduras, pediu para si e para seus companheiros.

Aqui outra revelação importante: Daniel zelou pela integridade física e espiritual de seus três amigos.

Outra é a questão da simplicidade no pedido alimentar. Não precisamos de coisas estupendas e portentosas, sejamos simples que a honra procederá de Deus e não de nós.

A escolha é do homem, não pense que Deus irá fazer por você aquilo que você pode realizar!

Escolha o bem e o bem lhe será dado, escolha o mal e nada poderá evitar as consequências de sua escolha.

Aprendamos a viver conforme o querer do Senhor e toda sorte de bênçãos no acompanhará.

Bom dia.

PALAVRA DE DEUS

O SENHOR reina; está vestido de majestade. O SENHOR se revestiu e cingiu de poder; o mundo também está firmado, e não poderá vacilar.

O teu trono está firme desde então; tu és desde a eternidade.

Os rios levantam, ó Senhor, os rios levantam o seu ruído, os rios levantam as suas ondas.

Mas o Senhor nas alturas é mais poderoso do que o ruído das grandes águas e do que as grandes ondas do mar.

Mui fiéis são os teus testemunhos; a santidade convém à tua casa, Senhor, para sempre.


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

PALAVRA DE DEUS

Salmo1º

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.

Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.

Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.

Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.

Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.

Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá.


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Pensamento de Segunda-Feira


Creio que ficou claro o recado por essa semana.

domingo, 22 de novembro de 2015

PALAVRA DE DEUS

Exortação à santidade e ao amor fraternal

1  PORTANTO, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus.

2  Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra;

3  Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.

4  Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória. 

 Cl 3.1-4

Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Geografia Bíblica - A divisão atual do mundo antigo


Clique na figura para ver maior.

sábado, 21 de novembro de 2015

Cuidado com as amizades!!!!!!


Quem temos colocado em nosso círculo de amigos? Não falo do caso de Jesus, pois, a história conta que o que houve com Ele seria necessário que alguém o traísse.

Mas e nós? É necessário que nos associemos a pessoas de tal comportamento?

Se for para fazer como Jesus, sim! Pois a proximidade de Jesus dos pecadores era com o propósito de os mostrarem o caminho de Deus para salvação do homem. Ele não dividia os males deles, mas compartilhava de seus bons momentos com eles. Há uma diferença. 

Agora nos associarmos para compartilhar do mal alheio e nem sequer levar um pouco de luz?

Vigiemos, somos responsáveis pela nossa salvação!

Jesus nos comprou o direito de entrada no céu, mas a manutenção desta promessa é nossa e tomar cuidado com aqueles com quem compartilhamos e o que compartilhamos pode tornar-se nossa sentença de vida ou morte.

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

CURIOSIDADES BÍBLICAS

Viagem por terra

Se a viagem por mar era perigosa, a por terra não era muito melhor.

Havia boas razões para não viajar.

Em primeiro lugar, as estradas eram más para o viajante comum.

A estrada era tão indistinta que ficava fácil segui-la (o Salmo 107.4-7 descreve um grupo que se perdeu, orou pedindo ajuda a Deus e foi levado  por Ele a cidade) , ou sua superfície era cheia de altos e baixos desconfortáveis .

A roda fora inventada na Mesopotâmia.

Não passava de um disco pequeno e pesado de madeira, e substituía o patim num trenó.

O desenvolvimento da roda levou  à necessidade de estradas, para que as rodas não se desintegrassem nas pedras grandes  ou nos buracos profundos, pois elas não podiam rodear os obstáculos como faziam os pés do animal.

Mesmo  com a  necessidade de boas estradas, houve pouco progresso nesse sentido. 

Inicialmente, a estrada não passava de uma trilha onde as pedras haviam sido removidas, as lombadas diminuías e os buracos enchidos.

Quando alguém importante estava para chegar, era prática "preparar o caminho do Senhor". 

Todas as montanhas (solavancos) eram aplainadas, todos os vales (sulcos e buracos na estrada) exaltados(veja Is 40.3,4; Mt ll.10).

Os persas é que finalmente desenvolveram um bom sistema viário, porque sem ele não poderiam manter comunicações e governar todo o império.

Porém, embora as estradas construídas fossem largas e houvesse postos de muda com cavalos descansados para que as  mensagens importantes pudessem passar, mesmo assim era necessário três meses para cobrir os 2.576 km de Sardes até Susã.


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)
                                                                                                    

Ás vezes querem nos por algo que não é para nós!

“Disse mais Davi: O Senhor me livrou das garras do leão, e das do urso; ele me livrará da mão deste filisteu. Então disse Saul a Davi: Vai, e o Senhor seja contigo. E Saul vestiu a Davi de suas vestes, e pôs-lhe sobre a cabeça um capacete de bronze; e o vestiu de uma couraça. E Davi cingiu a espada sobre as suas vestes, e começou a andar; porém nunca o havia experimentado; então disse Davi a Saul: Não posso andar com isto, pois nunca o experimentei. E Davi tirou aquilo de sobre si. E tomou o seu cajado na mão, e escolheu para si cinco seixos do ribeiro, e pô-los no alforje de pastor, que trazia, a saber, no surrão, e lançou mão da sua funda; e foi aproximando-se do filisteu.”
1 Sm 17.37-40

Os guerreiros de Israel estavam todos com suas armaduras e armas, era parte de seu ofício como militar ter tais armas e armaduras. O rei Saul de mesma forma tinha seus apetrechos bélicos feitos sob medida para si. Mas, e Davi?

Davi era pastor, tinha aparência de pastor, ferramentas de trabalho de pastor e assim valia-se do Senhor como sua proteção.

Ao propor-se a enfrentar o filisteu pagão faz menção daquilo que o Senhor fez por ele no campo ao livra-lo das bestas feras. Davi tinha certeza da vitória, pois, cria que Deus seria com ele.

Mas aos seus irmãos, companheiros – agora – de guerra e o próprio rei Saul criam que primeiro ele era doido e que segundo eles não estava trajado para o combate daquelas proporções vexaminosas até então para Israel.

Queriam que Davi usasse as armas e armaduras de Saul, feitas para Saul, para serem usadas por Saul. Elas serviam para proteger Saul e somente ele.

Não sabiam eles que o combate no âmbito físico era pequeno quando comparado ao combate espiritual por trás: Deus (Israelitas) x Dagom (Filisteus).

Quantas vezes as pessoas querem colocar sobre “nós” as suas armaduras e armas, ou até mesmos “nós” vemos e queremos usar o que é do “outro” para nossas próprias lutas.

Deus tem o intuito de nos fazer vencer pela Sua força e não pela nossa, pela Sua armadura e não pela nossa, por Suas armas e não pelas nossas.

Que possamos ter a coragem oriunda do relacionamento com Deus como Davi apresentou diante de Golias, diante do Rei Saul ao negar sua armadura e diante do exército e povo ao aceitar pelejar pelo Senhor e com o Senhor contra os inimigos.

Vale a dica: Use o que Deus te deu!


quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Frase para Meditação

"Por sua graça não me sinto culpado, com sua direção não me sinto confuso e por sua soberania não sinto medo."

MAX LUCADO

ABRINDO OS OLHOS



E a ira de Deus tem caído sobre esse mundo, porque o povo destes 

dias  estão piores do que Sodoma e Gomorra.

Eu até me arrisco a dizer que eles ficariam envergonhados da atual 

situação.

Hoje, passam por cima das leis de Deus e a hora que Deus vem com

punição e alerta pra acordar questionam onde Deus está q não vê 

tudo isso.

Querido (a), Ele continua no seu lugar pronto pra vir arrebatar a sua 

igreja, mas é a igreja que não esta pronta pra esse acontecimento.


Por Dcª Eliana Graziela  ( Dedé)


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Notícias Obra Missionária - Itália

Castelnuovo del Garda, 17 de novembro de 2015.

“Aquele que faz de Jesus o seu tudo, achará tudo em Jesus.” (Charles Spurgeon)

Amados irmãos e companheiros na obra missionária,

Que a graça e paz do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo vos sejam multiplicadas.

Aqui estamos todos bem, graças ao nosso Bom Deus que sempre nos dá a sua graça para seguirmos avante.

Temos orado por todos aqueles que sofrem em consequência da catástrofe ambiental em Minas Gerais, que ceifou várias vidas e afetou, em modo diverso, milhares de pessoas, como também pelas famílias enlutadas a causa do terrorismo islâmico em Paris. Na verdade, o que aconteceu em Paris é apenas a ponta do iceberg do grande problema que ameaça a Europa como conhecemos hoje: a islamização do Continente.

O número de muçulmanos na Europa é de mais de 50 milhões e continua a crescer, seja pela alta taxa de natalidade como pela grande quantidade de imigrantes que chegam ao Continente todos os anos. O problema maior é que os muçulmanos põem a sharia (lei islâmica) acima da democracia. Um estudo de 2013, publicado pelo Centro de Ciências Sociais de Berlim WZB (um dos maiores institutos de ciências sociais da Europa) - indica que a maioria dos muçulmanos na Europa acredita que a lei islâmica (sharia) deve sobrepor-se às constituições laicas e às leis dos países europeus que os acolhem. Em alguns locais (bairros de maioria muçulmana) de vários países da Europa se tem a impressão de estar em algum país muçulmano, onde a sharia está acima das leis destes países. Este é um dos grandes desafios missionários (também sociológico e político) do nosso século. Além do ateísmo e do ocultismo que encontraram um terreno fértil na Europa, não podemos assistir apáticos a islamização da Europa. Orem pela Europa e por todos missionários que estão trabalhando neste contexto tão desafiador.

Gostaríamos de poder contar também com as vossas orações e apoio nesta nova etapa do nosso projeto na Itália, que inclui a nossa mudança para a cidade de Legnano, no início do próximo ano, o que implica grandes despesas. Aqueles cujos corações forem tocados por Deus e desejarem nos ajudar neste desafio, enviando uma oferta especial para esta necessidade, podem fazê-lo através do carnê missionário de SEMIPA (no caso dos mantenedores) ou através de uma de nossas contas pessoais abaixo.

Queremos externar a nossa profunda e sincera gratidão a todos amados irmãos e igrejas que, com amor e fidelidade, têm segurado as cordas da oração e contribuição. Somos muito gratos a Deus pelas vidas de todos vocês. Muito obrigado a todos por estarem conosco na obra missionária!

Motivos de oração:
  • Por nossa saúde física, emocional e espiritual;
  • Pela situação da alta do dólar que tem provocado perdas no nosso sustento.
  • Por novos mantenedores e intercessores para o nosso projeto;
  • Por todos os preparativos e por recursos para a nossa mudança.
  • Por Matheus que está no Brasil e que precisa muito das orações.
Com gratidão,

Pr. Paulo Henrique, Alessandra e Lucas
-----------------------------------------------------
Escreva para nós através dos e-mails:
ppaulo_henrique@hotmail.com | ppaulohenrique@gmail.com | alessandraccunha@hotmail.com

Nossas contas pessoais:
  • Banco do Brasil Ag 3159-3 C/C 6573-0 ou Banco Itaú Ag 6116 C/C 00485-1 (Paulo Henrique P. Cunha)
  • Banco do Brasil Ag 3470-3 C/C 6927-2 ou Banco Itaú Ag 6116 C/C 10124-4 (Alessandra de Carvalho Cunha)

CURIOSIDADES BÍBLICAS

Jornadas e viagens 

Viagem por mar ( parte 3)

Os graneleiros não eram de pequeno porte.

Tinham 70 metros de comprimento e deslocavam 1200 toneladas.

Os barcos mais velozes, de guerra, impelidos por remadores, eram muito mais leves e não podiam sobreviver a um a tempestade.

Mesmo depois de os romanos terem dispersado os temíveis piratas do mediterrâneo , a viajem marítima continuava insegura.

Paulo viu-se obrigado a tomar grande cautela quando levou o dinheiro das ofertas para os pobres de Jerusalém.

Ele embarcou em um barco de peregrinos judeus que iam para Jerusalém para a festa da Páscoa.

Descobriu então que havia uma conspiração para mata-lo  e roubar o dinheiro (At 20.3) e teve que passar a festa da Páscoa em Felipos (At 20.6).

Era  fácil alguém desaparecer pela borda (Jn 1).

A viagem por mar era, tão desagradável que era um alívio para os primeiros cristãos lerem sobre um novo Céu e uma nova terra, onde o mar já não existiria (Ap 21.1).


Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)




terça-feira, 17 de novembro de 2015

CURIOSIDADES BÍBLICAS

Jornadas e viagens

Viagens por mar ( parte 2)

Os passageiros eram adições às mercadorias transportadas.

Tinham que prover sua própria alimentação e dormir em terra todas as noites, desde que não havia acomodações a bordo (At 21.3,7,8).

Em certas épocas do ano nenhum navio saía do porto.

As lei romana proibia viagens entre 10 de novembro e 10 de março.

O único período seguro era de 26 de maio até 14 de setembro.

Os períodos intermediários eram considerados perigosos.

Uma viagem de barco podia ser feita em uma emergência ou caso um comerciante quisesse se arriscar.

Atos 27.9  se refere ao dia de jejum em que era arriscado viajar ( 10 de novembro).

Atos 28.11 se refere a um barco que foi apanhado no mar em um período perigoso.

Ele passou o inverno em Malta.

Pode-se avaliar como as viagens por mar eram perigosas pelo exemplo do que aconteceu com Paulo.

Ele estava viajando num graneleiro alexandrino, carregado a caminho de Roma (At 27.6).

O barco foi apanhado numa tempestade com ventos do noroeste, e afim de tentar salvar o barco, os tripulantes desceram a vela principal e usaram uma pequena vela na proa, atiraram os cereais, passaram um cabo da proa até a popa para evitar que o barco se partisse, e finalmente passaram outro cabo por cima e por baixo do barco para manter unida as tábuas.

continua-

Pr Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Devocional do Dia - Crescendo em Autoridade


"E viu Deus tudo quanto tinha feito"
Gênesis 1.31a


Prestar Atenção

O primeiro capítulo de Gênesis é o relato escrito de um Deus Todo-Poderoso que literalmente, partiu do nada e começou a criar apenas com o som de sua voz. Cada dia da criação, Deus parou, deu uma olhada no que havia feito e declarou que era "bom".

Como pai, seria exagerado dizer que você criou sua família, mas com certeza exerceu uma parte importante na composição dela. Mas do jeito que a vida é, coisas novas acontecem a cada dia. Há novos desafios no trabalho, novas informações a serem administradas, novas dores a serem enfrentadas na medida em que seu corpo fica mais velho... É natural distrair-se e esquecer-se de continuar prestando atenção no que você edificou - a sua família.

A história da criação de Deus é realmente a história de Deus prestando muita atenção no que havia feito. Nosso desafio não é apenas viver com a nossa família, mas realmente estar presente nela.

Compreender a nossa tarefa de pai significa ver o que está acontecendo - para não sucumbir à tentação de ter a nossa família e então ocupar-se com o que vier em seguida sem continuar observando-a.

O padrão de Deus - e o modelo que devemos seguir - foi criar, estar presente e celebrar.

Bom dia.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Reflexão de Segunda-Feira


O apego excessivo as coisas do mundo e a falta de confiança em Deus, nos faz carregarmos fardos pesados e desnecessários.

Devemos procurar entregar nossa vida para o Senhor, e deixar que Ele direcione e acrescente o que nós é necessário para a nossa "viagem".

domingo, 15 de novembro de 2015

Reflexão


Agostinho de Hipona (em latim: Aurelius Augustinus Hipponensis), conhecido universalmente como Santo Agostinho, foi um dos mais importantes teólogos e filósofos dos primeiros anos do cristianismo cujas obras foram muito influentes no desenvolvimento do cristianismo e filosofia ocidental.

sábado, 14 de novembro de 2015

Pornografia - Mata o Amor

Quando alguém vê pornografia na internet ou em qualquer lugar, a pessoa começa a perder o interesse nos relacionamentos reais e fica mais interessado no prazer e nas sensações que a pornografia oferece. Por que isso acontece?

Porque ao contrário de um parceiro real, a pornografia nunca diz "não". Ela nunca tem tempo ruim e nunca é desinteressante. Ela sempre mexe nas emoções e faz a pessoa entender que tudo é normal. Então, na maioria das vezes, o usuário dessa droga chamada "pornografia" começa a preferir a fantasia do que a realidade, ficando sozinho no seu mundo, com seu computador e sua imaginação distorcida.

E o pior de tudo: pornografia é pecado e a Bíblia diz que a sua consequência é a morte espiritual (Romanos 6.23). Por isso lute, busque ajuda com pessoas de confiança e fuja de tudo que possa te levar para este caminho.

"Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte" (Tg 1.14-15).

Pastor Antônio Júnior

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Um esclarecimento: Dízimo


Se você não participa com o Dízimo, você não precisa saber como e com o que ele é gasto.

Satisfação e explicações são para os participantes em tudo no Corpo de Cristo e não para curiosos.

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

USOS E COSTUMES


Jornadas e viagens


Viagem por mar



A viagem por mar era perigosa.

Até mesmo nos dias do Novo Testamento, os barcos dificilmente seriam chamados de navios, e não haviam mapas de navegação nem compassos primitivos até este período.

Os egípcios tinham barcos para usar no rio  Nilo.

A correnteza levava os barcos para o  norte, na direção do delta, e uma vela única, grande aproveitava  o vento norte predominante e os levava novamente para o sul.

É verdade que barcos feitos de papiro entravam no Mediterrâneo e pelo menos um chegou  a cruzar  o Atlântico, mas a fabricação de barcos era principalmente
para navegação nos rios  e para uso numa planície inundada e não para o comércio.

Israel não tinha portos naturais na  costa do Mediterrâneo, exceto ao norte do Monte Carmelo, onde Haifa se  encontra hoje, e a passagem do Mar Vermelho
nem sempre estava nas mãos dos Israelitas.

Os judeus eram, portanto, maus navegadores e precisavam da  ajuda dos fenícios
(1 Rs 9.17-28).

Quando os judeus quiseram agir sozinhos, sua frota afundou no porto durante uma tempestade (1 Rs 22.48).

Mesmo  quando navios melhores foram construídos no período grego romano e
um farol construído em Alexandria, as viagens continuaram difíceis.


Pr Donizeti (Um servo do  Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)


Conselhos Bíblicos