Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Qual é o seu plano para chegar ao céu?


Acima o plano esquemático do caminho que a missão Apolo 11 percorreu para alcançar o céu visto pelo homem. Neil Armstrong (1930-2012) disse a célebre frase "Um pequeno passo para um homem, um salto gigantesco para a humanidade".

Para o mundo contemporâneo este foi o "limite do céu" rompido pelo homem, feito único e inigualável. Agora medite, qualquer um pode romper este limite? Não. Tem de ser treinado exaustivamente, ter formação profunda em engenharias, longa experiência e outras tantas qualidades.

E para o "céu de Jesus" quem pode chegar lá? Todos!

O céu onde habita o Senhor é para todos que crerem, não é especifico de uma classe de pessoas.

Nós podemos habitar no céu se crermos e seguirmos a Jesus.

E só mais uma coisa: no plano acima mostra eles indo para o céu e voltando para a terra, pois não podem passar muito tempo lá.

Quem for para o céu com Jesus não precisa se preocupar em volta para a terra, pois que lá estiver terá todo o tempo do mundo!

Que todos nós possamos começar um novo ano com a perspectiva de alcançarmos o céu de Jesus junto com Deus.

Feliz 2015!

NASCIMENTO - O MILAGRE DA VIDA

Embora as Escrituras usem, frequentemente, o parto e a maternidade como metáforas, a realidade e importância do nascimento também estão presentes. O útero é uma incubadora natural preparada por Deus para dar proteção e permitir o desenvolvimento de uma criança. Se o nascimento ocorre prematuramente (Êx 21.22-25), o resultado poder ser trágico, como a morte da mãe (1Sm 4.19-22) ou da criança (Sl 58.8; Os 9.14).

Outras alusões bíblicas ao processo do nascimento incluem aquelas relacionadas como as pessoas que auxiliam a mãe a dar à luz, como as parteiras (Gn 35.17; Êx 1.15); com os acessórios, como a cadeira de parto (Êx 1.16); com os procedimentos, como o corte do cordão umbilical e a higiene da criança (Ez 16.4); e com as penalidades, como a impureza ritual da mãe por 40 a  80 dias após o parto (Lv 12.1-8).

Dor e alegria se misturam no milagre do parto. A concepção e o nascimento de uma criança exemplificam a obra-prima da criação de Deus (Gn 1.26-28). A saída de um filho do ventre materno é uma experiência marcada por contrastes extremos. As mães são unânimes em dizer que carregar uma criança é muito desconfortável de propiciar a chegada de uma nova vida faz com que todas as mães se regozijem. A dor é logo esquecida "pelo prazer que tem de ter nascido ao mundo um homem" (Jo 16.21).
"A Bíblia da Mulher"


Pr. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

FRASES


Para reconhecer as mentiras de Satanás, mantenha o foco na verdade de Deus.


Pr. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

FRASES



Um exemplo de vida cristã é o maior presente que um pai pode dar a seus filhos.


Pr. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

A PALAVRA DA CRUZ: OPINIÕES E EFEITOS

1Coríntios 1.18

O ser humano tem o direto de opinar, de pensar e de fazer conjecturas sobre os mais variados assuntos, trazendo sobre sei os mais diferentes efeitos. Todavia, acerca da palavra da cruz é necessário que prevaleça unicamente a opinião da Bíblia Sagrada, inspirada pelo Espírito Santo, a fim de que os resultados sejam divinos, salvíficos e eternos.

I. O que é a palavra da cruz?
  1. É o poder de Deus (v. 18);
  2. É o próprio Senhor Jesus Cristo (1Co 1.24);
  3. É o Verbo humanizado (Jo 1.14; Ap 19.13);
  4. É a mensagem cristã (Mc 2.2; 4.14; At 14.25);
  5. É loucura para os que se perdem (v. 18; 1Co 2.14);
  6. É o poder de Deus para os que se salvam (v. 18; 1Co 2.14; 1Co 2.15-16);
  7. É a pedra de tropeço para os incrédulos (1Pe 2.8);
  8. É a pedra preciosa para os que creêm  (1Pe 2.7);
II. Quais os efeitos da palavra da cruz?
  1. Ela promove aceitação (At 4.4);
  2. Ela limpa (Jo 15.3);
  3. Ela reconcilia (2Co 5.19);
  4. Ela regenera (1Pe 1.23);
  5. Ela salva (At 13.26);
  6. Ela julga (Jo 12.48).
Apesar de a palavra da cruz ser tudo o que afirmamos acima, ela pode tornar-se completamente ineficaz em nossas vidas, se nossa opinião sobre ela for uma opinião errada (Mc 7.13).


Pr. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

Qual é o seu testemunho?

Texto Referência: 3 Jo 1.4

"Não tenho maior gozo do que este, o de ouvir que os meus filhos andam na verdade."

Como temos nos portado ante o mundo que nos cerca e nos observa?

Eles tem visto em você um testemunho de vida cristã?

Eles tem visto em você um linguajar diferente?

Eles tem visto em você um coração sincero e limpo?

Eles tem visto em você o "Cristo Vivo"?

Caso sua resposta foi "não" para alguma das perguntas te digo como ministro do evangelho: mude hoje aquilo que for necessário para que assim como o texto o mundo possa dizer de nós que andamos em verdade.

Mudemos hoje a nossa vida na terra para que a nossa vida no céu seja certeira.

Continuem com Deus.

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

O tempo de Deus





"Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar; Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar; Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar; Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora; Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz." - Ec 3.3-8

Qual é o "tempo de Deus" para você agora?

domingo, 28 de dezembro de 2014

Paternidade - Uma Responsabilidade dada por Deus

Ser mãe ou pai deve envolver algo extremamente básico, importante e viável, uma vez que faz parte da ordem dada por Deus à mãe e ao pai da raça humana (Gn 1.28).

Por certo, a reprodução era necessária para dar continuidade às gerações, mas ver os filhos como o simples resultado de uma função biológica é ignorar completamente o significado que Deus atribui ao papel de mão e pai (Sl 27; 128).

Deus criou à sua imagem (Gn 1.27) e nada revela mais a natureza de sua divindade do que seu ato amoroso de criar a vida humana. De que maneira um homem e uma mulher poderiam refletir mais claramente essa característica de Deus do que em seu próprio ato amoroso de gerar um filho?

A Bíblia traz princípios claros para a educação dos filhos nos caminhos do Senhor:

1) Os pais devem ter um casamento condizente com os padrões de Deus (1 Tm 3.4,12; Tt 2.1-5). Um relacionamento amoroso entre mãe e pai demonstra de forma prática para o filho como marido e mulher devem se relacionar no casamento.

2) Os pais são responsáveis por ensinar as verdades espirituais aos seus filhos  (Dt 6.4-9; Sl 78.1-8; 2 Tm 1.3-5; Ef 6.4). Essa tarefa principal não pode ser deixada ao encargo da igreja e das escolas cristãs.

3) Os pais devem conduzir seus filhos nos caminhos de Deus através de uma disciplina amorosa e coerente (Pv 13.24; 19.18; 20.30; 22.15; Hb 12.5-8,11). Não se trata apenas de aplicar castigos, mas de educar com todo cuidado, "discipulando" seus filhos e ensinando-os, através de suas palavras e exemplo, como viver a vida cristã.

Fonte: Bíblia da Mulher


sábado, 27 de dezembro de 2014

Deus te guarda!

Texto Referência: Sl 91.11

"Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos."

Quantas vezes ouvimos alguns irmãos por aí "... tive sorte, não me aconteceu nada ...", mas e Deus, Ele por acaso não cuida dos seus? Ele não é a sorte dos Cristãos?

É tão fácil excluir Deus dá equação? Porque o homem dificilmente dá o crédito para Deus?

Temos tanto a agradecer (Sl 116.12) que se quisermos agradecer por tudo, jamais conseguiríamos devolver a Deus os seus "favores" feitos a nós.

Você que lê este artigo se hoje você não agradeceu, agradeça!

Deus tem o maior prazer em ser lembrado como o fator decisivo em nossa sorte!

Amém.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

O que significa o Natal para VOCÊ?

Eu poderia escrever mais um estudo alertando sobre as falácias perpetradas ao longo dos anos para disseminar o engodo de Satanás - desviar o foco da adoração, Jesus.

Falo para e com Cristãos, muitos dos quais que sabem dos malefícios de gerar falsas expectativas em crianças dizendo que "O Papai Noel é quem te trouxe". Que isso meu irmão????

Meu irmão e minha irmã você trabalha o ano todo para criar seus filhos, dar boa educação e não hora de você presente-a-lo o "Papai Noel" é quem fica com o crédito? Nem falo de Jesus, o natal não é lembrança do nascimento dEle?

Já ouvi cristãos dizendo "ele é pequeno não importa dizer isso para ele", "na idade dele não tem problema", "deixe a criança ser feliz" ou pior "ele ainda não sabe o significado do natal, ele acha que são só presentes".

A Bíblia fala em Provérbios 22.6:

"Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele."

Sabe o que significa? Não? Pois bem, significa que se você deixa o mundo ensinar seu filho dizendo que Papai Noel existe (mentira) e que natal são só presentes (mentira) você sendo conivente com o sistema mundano.

Você está deixando seu filho crescer no caminho do erro, quanto mais ele crescer nesse caminho, mais difícil será ele ser liberto disso depois. Pai e Mãe você é responsável espiritual por seu filho também.

Não vivamos no engano, arvore de natal? Papai Noel? Nos lembramos de tudo isso no natal, mas e o fato de simbolicamente comemorarmos o "Rei que nos nasceu"?

Ensinamos que Papai Noel vem do polo norte, é gordinho, usa roupas bonitas e tem muitos duendes que o ajudam, mas e Cristo?

Esquecemos de mencionar que ao nascer Jesus não tinha: conforto, não era esperado como veio - criam que o Messias viria como Rei montado em um cavalo pronto a destruir a tirania do governo romano - e não era rico.

Contudo o profeta Isaías fala de Jesus dizendo:

"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Do aumento deste principado e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o firmar e o fortificar com juízo e com justiça, desde agora e para sempre; o zelo do Senhor dos Exércitos fará isto." Isaías 9:6-7

Ele tem todo o poder, Ele é que deve ser lembrado, as suas palavras é que devem ser lembradas, o amor pregado por Ele é o que deve ser exercitado. Queremos transformar as nossas casas e festas natalícias em filmes americanos da década de 90 para "receber" o natal e o papai noel, com enfeites, arvores, sinos, meias, mas nosso coração está todo desarrumado para receber o Rei dos Reis e Senhor dos Senhores.

Se Jesus voltasse no natal, será que Ele nos encontraria adorando-O?

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Notícias Obra Missionária - Itália

Castelnuovo del Garda, 21 de Dezembro de 2014.

“Quanto mais alto o homem está na graça; mais baixo ele estará em sua própria estima.” (Charles Spurgeon)

Amados irmãos e companheiros na obra missionária,

Graça e paz da parte de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
    clip_image004
Estamos chegando ao final de mais um ano e podemos dizer que até aqui nos ajudou o Senhor. Foi um ano onde experimentamos grandes desafios, mas também grandes vitórias.

Neste ano, Deus nos concedeu a oportunidade de termos a visita do Matheus (que veio do Brasil no dia 12/12) para passar o final de ano conosco e ficará aqui até o final de fevereiro, aproveitando o período de férias escolares no Brasil. Cremos que será um tempo de bênçãos para toda nossa família.

Como informamos na carta anterior, no dia 16/12 estivemos na Questura (Sede da Polícia) para apresentar os documentos originais e tirar as impressões digitais para o nosso título de residência e cremos que dentro de um mês teremos os nossos títulos em mãos. O único imprevisto foi que este primeiro título de residência está condicionado ao tempo do nosso visto, isto é até final de março de 2015, assim já no final de março teremos de dar a entrada no pedido de renovação do título, o que implica em ter de pagar todas as taxas novamente (mais de 300 euros). Apesar deste imprevisto, já é uma grande vitória termos conseguido o título de residência italiano e esperamos não ter nenhuma complicação na renovação.

Somos muito gratos a Deus por tudo que Ele fez neste ano, e cremos que Ele fará muito mais nos anos que virão. Estamos com muitos planos para o próximo ano e cremos que veremos grandes coisas acontecerem na obra do Senhor em terras italianas.

Queremos expressar a nossa sincera e profunda gratidão a todos amados irmãos e igrejas que estão conosco nesta caminhada missionária. Nós jamais nos esquecemos de todos vocês em nossas orações, como também o Senhor tem visto as vossas obras e saberá recompensar a cada um por tudo que os amados irmãos têm feito em prol da obra missionária. É nosso sincero desejo poder continuar contando com o apoio de todos nossos amados mantenedores e intercessores no próximo ano. Vocês têm sido participantes das nossas vitórias até aqui e, esperamos que também nos meses e anos que virão.

Aproveitamos a oportunidade para desejar a todos um Feliz Natal e um Abençoado Ano Novo cheio das bênçãos de nosso Deus!

Motivos de oração:
* Por nossa saúde física, emocional e espiritual;
* Pelo processo dos nossos títulos de residência da Itália,
Por direção, estratégias e graça de Deus para alcançarmos os italianos com a mensagem do Evangelho;
* Pelo tempo que Matheus estará conosco aqui na Itália;
* Por novos mantenedores e por milagres em nossas finanças.

Com gratidão,

Pr. Paulo Henrique, Alessandra e Lucas
-----------------------------------------------------
Escreva para nós através dos e-mails:

PARA OFERTAS ESPECIAIS - NOSSAS CONTAS:
Banco do Brasil Ag 3159-3 C/C 6573-0 ou Banco Itaú Ag 6116 C/C 00485-1 (Paulo Henrique P. Cunha)
Banco do Brasil Ag 3470-3 C/C 6927-2 ou Banco Itaú Ag 6116 C/C 10124-4 (Alessandra de Carvalho Cunha)

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

E aí como vai a sua Aprovação?

Texto Referência: 1 Ts 2.4

"Mas, como fomos aprovados de Deus para que o evangelho nos fosse confiado, assim falamos, não como para agradar aos homens, mas a Deus, que prova os nossos corações."

Paulo ao falar aos tessalonicenses ele demonstra a sua certeza e comissionamento divino para realização da obra em Tessalônica. Ele enfatiza que o trabalho que ele fazem não é para que o Homem fique feliz, mas para que Deus o fique.

Nos dias atuais os cânticos têm tirado a Trindade do centro e colocado o Homem, ele tem que ser vencedor, ele tem que ser campeão, ele tem que ser o ungido de Deus, ele só não precisa ser um cristão fiel.

Sim, isso mesmo. As promessas estão ligadas a fidelidade do povo para com seu Deus, vamos na igreja para prestar culto a Deus e não para receber bênçãos.

Pregações? É só "... Deus vai fazer o que você quiser ..." ou "... Deus vai te dar agora ...", sabe o "endeusamento" do homem nas pregações, louvores e atos proféticos não agrada a Deus.

Deus ama a todos, busca compromisso com todos, mas apenas alguns querem um compromisso com Ele. Paulo afirma o seu compromisso é agradar a Deus e não ao Homem.

Devemos vigiar para não cultuar as necessidades e anseios do Homem ao invés de cultuarmos aquele que é digno de toda honra e toda glória.

Vigiemos.

Continuem com Deus.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Influenciando nossa Sociedade 4/4

Mantém suas Convicções

Não compromete nem sua fé.

Não compromete sua missão.

"Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua." Lucas 22.42

Pense nisso, "Qual a sua influência na sociedade?"

domingo, 21 de dezembro de 2014

Influenciando nossa Sociedade 3/4

Prática da Obediência - Fp 2.8

Ser sensível diante da Palavra de Deus.

Submeter-se uns aos outros em temor a Deus.

O discípulo deve estar disposto a ser ensinado e corrigido.

Obedecer ao pastor e aos líderes também, conhecer o princípio da autoridade em Rm 13.

O sonho de participar do ministério, depende de estar em submissão, não em rebeldia como: Nabade, Abiú, Coré, ...

Cuidar dos pensamentos e atitudes em relação ás autoridades.

Obedecer entregando os dízimos e ofertas.

sábado, 20 de dezembro de 2014

Influenciando nossa Sociedade 2/4

2. Diligência e Esforço

a) Diligência: Jesus de Nazaré.

Como se comportava? Como imaginamos suas atitudes? 

"Sempre mostrava serviço para Deus e não para homens".

b) Esforço, disciplina, perseverança, visão - 1 Tm 2.1-8

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Influenciando nossa Sociedade 1/4

1. Santidade

a) Irrepreensível - Tt 1.7

b) Íntegro, não fingido (hipócrita) - 1 Jo 1.5

c) Transparente, não guarda coisas ou não esconde nada no coração, não tem nada que não seja caro, conhece suas fraquezas, sabe confessar e pedir ajuda - 1 Jo 1.7; 2.1

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Vigie sua Língua!

Tiago diz que ela é um pequeno membro, mas que como uma pequena faísca incendeia toda uma grande floresta.

Quem comanda seus atos: Você ou sua Língua?

Quem fala o que quer houve o que não quer e ainda se torna escravo de suas próprias palavras.

Quando lemos na Bíblia a palavra vigiar no sentido de vida cristã, diz muito a respeito de palavras proferidas pela nossa boca.

Entregue o controle de sua "língua" ao Senhor, medite em sua Palavra para que elas sejam as suas também.

Fiquem com Deus!

Algumas normas e éticas cristãs


1. Todo irmão que deseja iniciar alguma atividade relacionada com a igreja deve pedir, antecipadamente autorização ao seu pastor para que este o autorize ou envie uma pessoa competente.

2. Nenhum membro da igreja deve visitar periodicamente outras igrejas nem outros ministérios sem o consentimento de seu pastor.

3. Nenhum crente deve tentar persuadir a outro para que se congregue em sua igreja.

4. Quando um membro por motivos justificáveis vai a uma outra congregação deve solicitar carta de recomendação ao seu Pastor.

5. Respeite as ordenanças de seu Pastor que você pode ver, para que, quando vir o Sumo-Pastor ele possa te ver no meio da multidão.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Ilusão deste mundo

Texto Referência: 2 Ts 2.6-12 KJA

"No entanto, vós sabeis o que o está detendo nesse momento, para que ele seja manifestado no seu devido tempo. Na realidade, o ministério da iniquidade já está em ação, restando tão somente que seja afastado aquele que agora o detém. Então, será plenamente revelado o perverso, a quem o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca e destruirá pela gloriosa manifestação da sua vinda. Ora, o aparecimento desse anticristo é de acordo com a ação de Satanás, com todo o poder, com sinais e com maravilhas ilusórias, e com todas as artimanhas e engano provenientes da justiça para os que estão perecendo, portanto rejeitaram o amor à verdade que os poderia salvar. É por este motivo que Deus lhes envia uma espécie de poder sedutor, a fim de que creiam na mentira, e sejam condenados todos os que não creram na verdade, mas decidiram usufruir dos prazeres da injustiça."

O peso do texto de Paulo a igreja em Tessalônica neste texto é absurdo, ele não esconde deles que os que não ficarem com o Senhor estarão sujeitos a uma ilusão sedutora que os levará a morte eterna.

Jesus Cristo nos revela que Satanás é o "pai da mentira" (Jo 8.44). Portanto, sua principal característica é a falsidade, o engano. Os cristãos, especialmente, deveriam manter-se afastados da mentira, poucas coisas são tão próprias do Diabo quanto o desvio da verdade. Como ele não pode criar nada, copia tudo o que Deus criou e tenta aliciar a glória e adeptos para sua pessoa. Nos últimos tempos, intensificará suas obras de engano e perversão sobre a terra.

Muitos desistirão de buscar a verdade e se entregarão voluntariamente a injustiça. Essa é uma das marcas dos que "estão perecendo": o prazer no pecado e nas vantagens adquiridas por meio do engano (v.12; Jo 3.19,20). Deus usará o próprio pecado para castigar aqueles que seguirem as mentiras do anticristo, especialmente ao arrogar-se a Deus.

Contudo, o Senhor jamais perderá o controle da história. Tudo está nas mãos de Deus, tanto as forças do maligno (v.11), como o amor perdoador e salvador dispensado aos arrependidos.

Cuidado, vigie! Apegue-se ao Senhor Jesus, Ele é o único que pode te livrar do engano de Satanás e os ataques do anticristo.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Quando Deus te abençoa, ...


... é sempre mais do que você deseja!

Responsabilidade como Membro da Igreja 2/2

3. Para com o Pastor
  • Submissão e respeito.
  • Não ocultar nada de quem deveria saber ou deveria autorizar ou conhecer.
  • Orar por ele em todo o momento.

4. Dizimar fielmente e Ofertar
  • Dizimar é devolver a Deus 10% de todos nossos lucros e deve ser a primeira coisa tirada do salário.
  • Deus em sua palavra nos promete bênçãos em abundância (Ml 3.8,10; Lc 11.42).
  • O dízimo deve ser entregue na igreja no lugar onde você se congrega e recebe o alimento espiritual.
  • Dar oferta para a Obra de Deus. Ofertas são contribuições voluntárias, separadas do dízimo (2 Co 9.6,7; Fp 4.10).


Qual a sua missão para com Cristo?



"E disse-lhes (JESUS, AQUELE QUE MANDOU): Ide por todo o mundo (LOCAL), pregai o evangelho (DO QUE FALAR) a toda criatura (PARA QUEM FALAR)."
Marcos 16.15

AGORA JÁ SABE!

domingo, 14 de dezembro de 2014

Quais são as suas prioridades?

Buscai antes (primeiro) o reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Lucas 12.31

Responsabilidade como Membro da Igreja 1/2

1. Para com o Mundo
  • Pregar a palavra (Contar em testemunho o que Jesus fez por vocês).
  • Dar bom testemunho mediante uma boa conduta (Responder com nossa vida o que pregamos).
  • Obedecer e orar por suas necessidades.
  • Pagar as dívidas e ser honesto.
  • Amar os nosso inimigos.

2. Para com os irmãos da fé
  • Visitar os enfermos e os com problemas.
  • Orar uns pelos outros, consolar e ajudar.
  • Perdoar a quem nos ofendem.
  • Apartar-se de quem faz contendas, de quem murmura e critica.

sábado, 13 de dezembro de 2014

Como está o teu olho?


Ui!

Providência Divina, o que é?

"Divina Providência, ou simplesmente Providência, é um termo teológico que se refere ao poder supremo, superintendência, ou agência de Deus sobre eventos na vidas das pessoas por toda a história. É a influência de Deus no futuro, onde ele decide o que irá acontecer no futuro e que nada acontece sem que Deus permita." (1)

"O propósito, ou objetivo, da providência divina é realizar a vontade de Deus. Para garantir que seus propósitos vão ser cumpridos, Deus governa os negócios dos homens e trabalha através da ordem natural das coisas. As leis da natureza são nada mais do que uma descrição de Deus trabalhando no universo. As leis da natureza não têm nenhum poder em si mesmas, nem trabalham independentemente; elas são regras e princípios que Deus estabeleceu para governar como as coisas funcionam." (2)

Um grande exemplo disso é Bíblia que é cheia de alusões a esta questão, as promessas e juízos divinos são prova disso. O acontecimento deles implica em uma série de fatos que Deus realizará ou permitirá na história da humanidade para que os envolvidos, ou "abençoados" ou "julgados", contemplem o desenrolar da providência até o seu fim.

Em Gn 3.15 após a queda do Homem no Éden, a promessa do "Messias" é deflagrada por Deus e ao longo de toda a Bíblia as coisas vão culminando para isso até o restabelecimento do contato com Deus descrito no livro do Apocalipse, mas por quem? Pelo Messias de Gn 3.15. Deus conhece a nossa história e age nela conforme deixamos ele agir.

Confiemos a Deus e a sua providência o nosso futuro aqui na terra e lá no céu. Aleluia!

Fontes:
http://pt.wikipedia.org
http://www.gotquestions.org/
Bíblia de Estudo Pentecostal
Bíblia de Estudo King James - Novo Testamento

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Quem maneja bem a sua "ferramenta" ...


... nunca passa apuro!

"Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade."
2 Timóteo 2.15

Jesus era carpinteiro?

Por John MacArthur, Jr.
Tradução: Felipe Sabino de Araújo Neto

Pergunta: Existe algum a passagem onde Jesus é chamado de carpinteiro?

Resposta:

Recentemente vi um artigo no Moody Monthly que dizia “Jesus o Carpinteiro”. Bem, não há nenhuma passagem na Bíblia na qual Jesus é chamado de carpinteiro. A única indicação disso que é possível está em Mateus 13.55, onde José é chamado de um “tekton”. Mas isso não diz muita coisa.

José é chamado, no grego, de um “tekton”. Você diz: o que um “tekton” significa? Alguns léxicos diz em que significa carpinteiro; outros diz em que significa um construtor, um pedreiro. Eu sei que isso destruiria toda uma tradição se descobrirmos, quando chegarmos ao céu, que José era um pedreiro; mas isso é absolutamente possível.

A palavra “tekton” significa “qualquer artesão”. Qualquer artesão! José era um artesão. Pode ter sido na madeira, ou em assentar tijolos – isso é tudo oque sabemos. Nós assumimos “carpinteiro” e assumimos que Jesus, portanto, vivendo na casa do seu pai, teria seguido a profissão que seu pai conhecia bem, e penso que assumimos isso corretamente.

[NOTA: Em Marcos 6.3 algumas Bíblias traduzem a passagem “Não é este o carpinteiro?” como se referindo a Jesus. Contudo, o que dissemos acima ainda é verdadeiro: seria uma melhor tradução chamá-lo de um “artesão”, visto que a palavra “tekton” significa “qualquer artesão”].

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Não deixo mundo ...


... dizer quem você é!

Pedro 1.0, quem você é?

Texto Referência: Lc 22.47-53

"E, estando ele ainda a falar, surgiu uma multidão; e um dos doze, que se chamava Judas, ia adiante dela, e chegou-se a Jesus para o beijar. E Jesus lhe disse: Judas, com um beijo trais o Filho do homem? E, vendo os que estavam com ele o que ia suceder, disseram-lhe: Senhor, feriremos à espada? E um deles feriu o servo do sumo sacerdote, e cortou-lhe a orelha direita. E, respondendo Jesus, disse: Deixai-os; basta. E, tocando-lhe a orelha, o curou. E disse Jesus aos principais dos sacerdotes, e capitães do templo, e anciãos, que tinham ido contra ele: Saístes, como a um salteador, com espadas e varapaus? Tenho estado todos os dias convosco no templo, e não estendestes as mãos contra mim, mas esta é a vossa hora e o poder das trevas."

Jesus não tinha medo da condenação que lhe seria imposta conforme o texto, antes, sabia Ele o desígnio determinado 600 anos atrás lá nos escritos do profeta Isaías.

O servo do sumo sacerdote chamava-se Malco e foi o Pedro 1.0 (versão 1.0, antes da transformação pelo Espírito Santo) quem lhe arrancou a orelha direita quando tentou matá-lo com um golpe de espada (Jo 8.10). Isso mesmo o intuito do Pedro 1.0, aquele tipo que se diz "cristão" que está com Jesus, mas não conhece Jesus, queria era matar o servo do sumo sacerdote.

Jesus imediatamente restabeleceu a orelha daquele homem; Jesus não queria que sua luta fosse uma "resistência armada" contra o governo de Império Romano na Judéia, apesar desse ser o pensamento de muitos judeus a respeito do "Messias prometido". Contudo, essa não era a "marca" que Jesus Cristo imprimiria em sua trajetória.

Jesus não era um mero chefe de uma das muitas facções revolucionárias que havia em Jerusalém naquela época, e evitou que qualquer acusação verdadeira neste sentido fosse alegada em seu inquérito no alto tribunal religioso e político do judaísmo.

Temos dois personagens em relação a Jesus:

1) Malco - servo do sumo sacerdote e responsável pela prisão de Jesus naquele momento. Ele estava cumprindo as ordens dentro do sistema religioso que imperava na Judéia, ele talvez não cresse que Jesus fosse digno de condenação, mas tinha de cumprir seu papel.

Hoje: eles são pessoas que vem contra a Igreja de Jesus para cumprir com suas obrigações terrenas.

2) Pedro 1.0 - discípulo de Jesus, contudo em um estado de "carne" dominante. Ele andava com Jesus, via o que Jesus fazia, mas não tinha seu coração transformado. Bruto e rude cria que Jesus "não teria como se defender" daquela injúria.

Hoje: Cristão na Igreja que ao invés de colocarem Jesus para resolver os problemas preferem "bater boca" e "sair no braço" para resolver os problemas.

Fica agora aqui a reflexão:

"Como cristão, tenho sido um Pedro 1.0?"

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Já orou sobre isso hoje?


A Ceia do Senhor

Instituição da Ceia do Senhor

Foi instituída pelo Senhor Jesus, na noite antes do seu julgamento e crucificação. Consiste de pão e de suco de uva. Ambos representam, de forma extrema, a realidade espiritual que já tomou o lugar na vida de um crente por meio de sua fé em Deus.

O pão representa o corpo do Senhor Jesus, significa que o crente participa da vida e da natureza de Jesus Cristo por meio da fé.

O fruto da vide representa o sangue derramado na cruz do Calvário para remissão de nossos pecados.

Freqüência da Ceia do Senhor

Nós podemos celebrar a Ceia do Senhor tantas vezes quanto quisermos (1 Co 11.25,26).

Por exemplo nas Assembléias de Deus e também em muitas outra denominações evangélicas usa-se celebrar uma vez por mês.

Santidade na Casa do Senhor

Quando o apóstolo Paulo escreveu aos Coríntios, muitos deles estavam doentes e alguns tinham morrido por ter participado da Ceia do Senhor indignamente (1 Co 11.27,30). Eles não valorizavam o significado da Ceia do Senhor.

Estavam pecando ao participarem dela sem o devido respeito. Tomar desordenadamente as coisas de Deus traz consequências devastadoras.

Conselhos Bíblicos