Pesquisar no Blog do J.A.

sábado, 30 de agosto de 2014

FRASES


A CRUZ DE CRISTO PODE ADOÇAR AS EXPERIENCIAS MAIS AMARGAS.


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

TENHO MEDO DE DEUS


Leitura: Hebreus 12.25-29


Porque nosso Deus é fogo consumidor
Hebreus 12.29

Muitas vezes falo às pessoas sobre nossa necessidade de temer a Deus. Às vezes as ouço responderem assim: "Você não tem realmente medo de Deus, tem? Jamais acreditaria em um Deus assim".

Sim, eu tenho medo de Deus e admito isso. Eu também tenho medo da água. Isso não quer dizer que não gosto de pescar e nadar. Mas jamais posso esquecer o poder de tirar a vida que um rio, lago ou o mar têm.

Levando para o lado pessoal, recordo-me garoto, temendo a meu pai. Eu o amava e sabia que ele me amava e se preocupava com meu bem-estar. Mas eu respeitava sua autoridade com meu pai, e tinha medo das medidas corretivas que ele tomaria se eu fizesse algo errado.

O mesmo acontece em relação a Deus. Admiro e reverencio sua santidade. E por causa disso, eu o amo e quero estar próximo dele. Desejo ser temido mais do que qualquer outro. Satanás e as pessoas podem destruir o corpo, mas Deus é um "fogo consumidor" que pode "fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo" (Mt 10.28).

Somente quando tememos a Deus, realmente o amamos. E somente à medida que esse amor crescer, é que garantirá que nosso temor a Deus é o tipo certo de temor.

Tema a Deus e você precisará temer mais nada.


Pb. Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus).

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

FRASES



JESUS PODERÁ VIR A QUALQUER HORA,
PORTANTO, 
DEVEMOS ESTAR PRONTOS O TEMPO TODO.


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

PALAVRA DE PASTOR

Meus queridos irmãos vejam o que o Senhor está dizendo: 

Ainda que o homem esqueça vocês, Deus jamais esquecerá! 

Enquanto vocês dormem, Ele trabalha! 

No tempo certo, Ele se levantará, e usará todos os meios para dar a vitória. 

Se for preciso Ele abre o mar, entra na fornalha, tira o sono do rei, manda anjos, tira a fome dos leões, faz descer fogo do céu, destrói seus adversários. 

Não se intimidem com o vento que está assoprando, DEUS está nele, o vento não veio para te destruir e sim para te fazer crescer! 

O choro pode durar uma noite mais a alegria vem ao amanhecer. 


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

As Virtudes da Cruz para Nós - 2/5

Provisão

Satanás tentará nos fazer acreditar que Deus não se importa por nós e que não faz nada em nosso favor.
O seu objetivo é destruir a confiança que temos em Deus ao nos decidirmos andar com Jesus. O Espirito Santo estará sempre revelando Deus como um Pai para nós (Rm 8.15,16). Em Romanos 8.32 lemos:

"Porque ele nem mesmo deixou de entregar o próprio Filho, mas o ofereceu por todos nós! Se ele nos deu o seu Filho, será que não nos dará também todas as coisas?"

Como filhos temos o direito da provisão do Pai Celestial.
Sempre que estivermos em dificuldades de provisão e em necessidade, devemos ir ao calvário, pois lá foram conquistadas bênçãos para as nossas vidas. Tudo o que necessitamos podemos pedir com fé, porque através dos méritos da cruz, Deus liberará da sua provisão para as nossas vidas.

Qual é a sua necessidade hoje?

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

DEUS, PASTEL E GUARANA


Havia um pequeno menino que queria se encontrar com Deus. 

Ele sabia que tinha um longo caminho pela frente. 

Um dia, encheu sua mochila com pastéis e guaraná, e saiu para brincar no Parque.
Quando ele andou umas 3 quadras, encontrou um velhinho sentando em um banco da praça olhando os pássaros. 

O menino sentou-se junto a ele, abriu sua mochila, e ia tomar um gole de guaraná, quando olhou o velhinho e viu que ele estava com fome, então ofereceu-lhe um pastel. 

O velhinho muito agradecido, aceitou, e sorriu ao menino.

Seu sorriso era tão incrível que o menino quis ver de novo; então ele ofereceu-lhe seu guaraná. 

Mais uma vez o velhinho sorriu ao menino. 

O menino estava tão feliz! 

Ficaram sentados ali, sorrindo, comendo pastel e bebendo guaraná pelo resto da tarde, sem falarem um ao outro.

Quando começou a escurecer o menino estava cansado e resolveu voltar para casa, mas antes de sair ele se voltou e deu um grande abraço no velhinho. 

Aí o velhinho deu-lhe o maior sorriso que o menino já havia recebido.
Quando o menino entrou em casa, sua mãe, surpresa ao ver a felicidade estampada em sua face, perguntou:
- O que você fez hoje que te deixou tão feliz assim?
Ele respondeu.
- Passei a tarde com Deus - e acrescentou - Sabe, Ele tem o mais lindo sorriso que eu jamais vi!

Enquanto isso, o velhinho chegou em casa com o mais radiante sorriso na face, e seu filho perguntou:
- Por onde você esteve que está tão feliz?
E o velhinho respondeu:

- Comi pastéis e tomei guaraná no parque com Deus.
Antes que seu filho pudesse dizer algo, falou:
- Você sabe que Ele é bem mais jovem do que eu pensava?

A face de Deus está em todas as pessoas e coisas, se são vistas por nós com os olhos do amor e do coração.

Vejamos Deus nas pessoas,  ... sim Ele existe!


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

O significado da refeição para os nobres judeus

Texto Referência: Lc 7.36 KJA

"Tendo sido convidado por um dos fariseus para jantar, Jesus foi à casa dele e reclinou-se, como era o costume, junto à mesa."

Para os nobres judeus, uma refeição era um convite social, representava um selo de amizade e reconhecimento entre os convidados.

Como as mesas eram baixas, e ao redor havia uma série de divãs e almofadas, os convidados se reclinavam sobre eles, com os pés para trás, a fim de degustarem as iguarias que eram trazidas por escravos ou empregados.

Estes, além de servirem à mesa, cuidavam da recepção aos convivas, que incluía ungir com óleos e perfumes, lavar e enxugar os pés, especialmente dos mestres da Torá (Lei).

Alguns senhores ou patrões, dispensavam seus criados da cerimônia de recepção e a realizavam eles próprios, numa atitude de elevada estima e consideração por seus amigos.

Assim, a sala de refeição ficava, em geral, repleta de pessoas; umas comendo e descansando, outras, entrando e saindo para servir os comensais.

Dentro dos padrões acima citados, convidar alguém para uma refeição - como descrita a cima - era um sinal de demonstração do status social do anfitrião.

FRASES



VIVA DE MANEIRA TAL QUE, 
QUANDO AS PESSOAS TE CONHECEREM, CONHECERÃO A CRISTO.


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deuis)

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

PARA OS LEVITAS

AS MARCAS DE UM ADORADOR

"... Encontrei Davi, filho de Jessé, homem segundo o meu coração; ele fará tudo o que for da minha vontade" - At 13:22 b.

A Palavra nos diz que Deus está à procura de verda­deiros adoradores, que saibam adorá-lo em espírito e em verdade. 

Ao descrever o tipo de adoração que Deus espera receber, João faz uso da expressão Aletheia - (ver­dade  que é o oposto de fictício, fingido ou falso.)

Possui o sentido de veracidade, realidade, sinceridade, exati­dão, integridade, confiança e propriedade. 

É assim que Deus anseia ser adorado.

Deus procura pessoas que sinceramente se rendam diante da sua glória, que depositem nele toda a sua confiança, que honrem com integridade o seu nome. 

Deus procurou e encontrou Davi, um homem segundo o seu coração. 

Davi trazia consigo as marcas de um verdadeiro adorador, marcas que eu e você deve­mos ter, para que a nossa vida também seja segundo o coração de Deus. 

Vejamos 3 marcas deste adorador:

1- "homem".

Deus está procurando homens e mulheres de verda­de, pessoas que tenham maturidade, seriedade, com­promisso, responsabilidade, disposição para aprender, que sejam pessoas de palavra. 

Deus não está à procura de "crianças" imaturas, que se comportam e reagem à vida de forma irresponsável e infantil. 

Muitos músicos revelam-se totalmente despreparados para o exercício de seu ministério por se comportarem como crianças em Cristo. 

Normalmente, tais pessoas colocam obstáculos em tudo que lhes é pro­posto e dificultam as relações com as pessoas ao seu redor. 

Tendem a murmurar sempre, a criticar tudo, nunca se dispõem a servir e criam contendas e divisões den­tro da igreja.

Deus está buscando uma Igreja comprometida, ma­dura, sem mácula, nem ruga, santa e irrepreensível. 

Se quisermos adorar a Deus em verdade precisamos dei­xar para trás as coisas de menino e alcançar a estatura da varonilidade de Cristo. 

Precisamos crescer!

Davi era alguém responsável. 

Certa ocasião, quando o profeta Samuel foi à casa de seu pai, Jessé, para ungir um de seus filhos como o futuro rei de Israel, Davi esta­va apascentando as ovelhas de seu pai. 

Ele estava traba­lhando. 

Eis aqui uma lição prática para todos nós. 

Precisamos entender que, como homens e mulheres de Deus, somos chamados a andar ao lado das pessoas, a cuidar delas, a conhecer e a tentar suprir as necessida­des da nossa igreja e dos nossos líderes espirituais, em vez de sermos egoístas e irresponsáveis, pensando ape­nas em nós mesmos e no nosso ministério pessoal. 

Exis­tem muitos que estão preocupados em ter "car­gos" na igreja, quando, na verdade, não fomos chama­dos para ter "cargos", mas, como disse Paulo, a levar as cargas uns dos outros. 

A nossa maior responsabilidade como cristãos e o nosso maior ministério é levar as cargas das pessoas à nossa volta, é amá-las, animá-las e abençoá-las. 

Você estaria disposto a apascentar as ovelhas do Pai??????

Em inúmeras situações Davi deu provas de sua responsabilidade, como na ocasião em que seu pai o enviou aos seus irmãos, que estavam no campo de batalha, para saber como estavam. 

Davi levantou-se cedo, ainda de madrugada, deixou as ovelhas com um guar­da e partiu como seu pai lhe havia ordenado. 

Ele não deixou suas ovelhas sozinhas, mas chamou uma pessoa para cuidar delas (I Sm 17:20)

Da mesma forma, precisamos ser mais responsáveis com aquilo que o Senhor nos confiou a fazer.

Houve um momento na vida de Davi em que ele preci­sou enfrentar a fúria de um leão e a força de um urso para defender as ovelhas de seu pai (I Sm 17:4-35)

Por certo, Jessé nunca havia lhe pedido que colocasse em risco sua própria vida em defesa das ovelhas, mas Davi teve essa atitude porque era uma pessoa responsável. 

Deus procura pessoas assim, que não desistem dos de­safios na primeira dificuldade que surge. 

Existem aque­les que enxergam dificuldades em tudo e encontram empecilhos para todas as tarefas que lhes são propostas. 

O que lhes é pedido nunca pode ser feito porque sempre encontram uma desculpa, como: 

"Não posso carregar a caixa de som hoje",

"Não posso participar dos ensaios"

"Não posso ajudar a guardar os instrumentos, pois estou com muita pressa" etc. 

Enfim, tais pessoas têm sempre uma desculpa para não servir e fazer o que precisa ser feito. 

Deus espera que apre­sentemos os nossos frut os, e não as nossas desculpas.

Davi era um homem de verdade. 

Ele não era um menino irresponsável. 

Apenas aqueles que são maduros estão dispostos a assumir responsabilidades e a enfren­tar desafios. 

Em geral, as pessoas que desistem facil­mente diante das dificuldades nunca conseguem concluir aquilo que iniciam.

Davi enfrentou um gigante. 

Não só o enfrentou, como também o venceu em nome do Senhor. 

Golias afrontava as tropas de Israel dizendo: 

"Mandem-me um homem para lutar sozinho comigo" (I Sm 17:10b)

Em outras palavras, o que o gigante filisteu estava perguntando era: 

"Tem homem aí?".

Há homens no exército de Deus hoje? 

Existem pes­soas maduras para apascentar as ovelhas do Pai, para cumprir suas tarefas com responsabilidade, com cora­gem para lutar com leões, enfrentar ursos e pelejar com gigantes como Golias? 

Deus achou Davi. 

Ele quer achar você também.

2- "segundo o meu coração".

Davi foi achado por Deus como alguém que possuía o coração segundo o seu. 

Nele foram encontradas as virtudes, as posturas, os sentimentos, os pensamentos e as motivações que agradavam ao Pai. 

Seu coração possuía o mesmo formato que o coração de Deus, como se tivesse saído da mesma fôrma, pois ele agia, sentia e pensava segundo os critérios divinos.

Ter o formato do coração de Deus é agir como Ele age, sentir como Ele sente e pensar como Ele pensa. 

Para termos o coração segundo o coração de Deus precisamos conhecê-lo, ter intimidade e relacionamen­to com Ele, enfim, precisamos conhecer sua voz.

Paulo, em sua Carta aos Romanos, apela aos irmãos que não se assemelhem ao mundo e seu sistema, mas sejam renovados em sua maneira de pensar. 

"Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus" (Rm12:2)

O apelo do apóstolo era que a igreja não se conformasse com o mundo, ou seja, que não tomasse a sua forma, seguin­do seus valores e princípios. 

Afinal, nós estamos neste mundo, mas não pertencemos a ele. 

Pertencemos ao Reino de Deus!

Poderíamos dizer que Davi era um homem segundo o coração de Deus por duas razões básicas: ele tinha um coração quebrantado e estava sem­pre disposto a aprender; co­nhecia ao Senhor, pois tinha intimidade com Ele.

Se você também deseja ser achado como uma pessoa segundo o coração de Deus, busque conhecê-lo mais por meio da oração e da leitura da Palavra. 

Busque intimidade com Deus. 

"O Senhor confia os seus segredos aos que o temem, e os leva a conhecer a sua aliança" (Sl 25:14).

3- "fará tudo o que for da minha vontade".

Assim como havia no coração de Davi a disposição de fazer toda a vontade de Deus e não apenas parte dela, nosso coração deve estar totalmente inclinado à obediência ao Senhor.

Devemos ser obedientes à sua voz, senão estaremos nos rebelando contra o próprio Deus e sua autoridade. 

E tão sério quanto a feitiçaria é o peca­do da rebeldia: 

"Pois a rebeldia é como o pecado da feitiça­ria..." (I Sm 15:23a).

No universo existem apenas a vontade de Deus e a do diabo. 
Por isso, certa vez, Jesus fez a seguinte afirmação: 

"Aquele que não está comigo, está contra mim; e aquele que comigo não ajunta, espalha" (Mt 12:30)

E em outra ocasião afirmou que não podemos servir a dois se­nhores, pois ou servimos e obedecemos a Deus ou ao diabo. 

Não existe meio-termo. 

Será que a sua vida está no centro da vontade de Deus? 

O Senhor encontra­ria em você a firme determinação de obe­decê-lo?

Para sermos obreiros aprovados precisamos estar no centro da vontade de Deus. 

Ser usados por Ele não é o suficiente, pois Ele usa quem quer e na hora que quiser. 

Antes, precisamos ser aprovados por Deus. 

Muitos têm sido, de certa forma, usados pelo Senhor, mas poucos têm sido aprovados diante dele.

Apesar de muitas vezes julgarmos difícil ver a vonta­de de Deus como o melhor para nós, devemos crer que, segundo a sabedoria e o vasto conhecimento que Ele possui a respeito de todas as coisas, Deus sabe exata­mente o que é melhor para a nossa vida.

No ministério da música, bem como em todos os ministérios da Igreja, existem as vantagens e as dificuldades peculiares ao exercício de cada serviço no Corpo. 

Participar ativamente de um ministério pode trazer muita alegria ao nosso coração, como também muitas dores e preocupações.

Há aqueles que desejam ter apenas o "bônus" do ministério, sem querer pagar o "ônus", o preço do serviço a Deus. 

Só se interessam por aquilo que o ministério pode oferecer de bom. 

São pessoas que normalmente querem apenas os aplausos, a visibilidade, o reconhecimento, mas não querem ser realmente servos.

Se não queremos servir, não podemos ter ministério algum na Igreja, pois ser um ministro significa servir e doar-se ao outro. 

O próprio Cristo disse que não veio para ser servido, mas para servir: ". como o Filho do homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos" (Mt 20:28).

Todos os cristãos são chamados a servir a Deus. 

O servo não é dono de si mesmo, nem possui direitos, mas vive para servir a outros.

Embora tenhamos diferentes dons e habilidades, o nosso chamado ao serviço não se restringe apenas ao ministério do qual fazemos parte. 

Isso significa que o fato de pertencermos a um ministério específico não nos isenta de trabalharmos e servirmos aos irmãos em outras áreas. 

Os músicos não são chamados apenas para tocar, mas para servir aos irmãos e aos seus líderes.

Quando Deus instituiu a Páscoa, sua orientação foi que nada fosse deixado do cordeiro que representava o Senhor Jesus. 

Eles deveriam comer o cordeiro todo, as partes boas e as partes mais duras.

Nosso compromisso com Deus não pode ser parcial; à semelhança de Israel, precisamos aprender a "comer o cordeiro todo", ou seja, a assumir todas as implica­ções do Evangelho, ainda que muitas vezes tenhamos de fazer coisas que não queremos.

Você está disposto a seguir a orientação de Deus? 

Você realmente deseja seguir a Cristo? 

Haverá mo­mentos em que você terá de renunciar à sua própria vontade, para fazer a vontade de Deus. 

Se para você obedecê-lo é o que realmente importa, tenho certeza de que Deus encontrará em você um verdadeiro adorador.

Deus abençoe!


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

FRASES


PARA DESFRUTAR A HARMONIA DAS ESCRITURAS,
VOCÊ PRECISARÁ TOCAR TODAS AS NOTAS  DE SUAS VERDADES.


Pb Donizeti (U servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Origem dos maiores ramos evangélicos da atualidade

Clique para ampliar.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Dados sobre o Recenseamento na época de Cristo

Texto Referência: Lc 2.1-7

"E aconteceu naqueles dias que saiu um decreto da parte de César Augusto, para que todo o mundo se alistasse (Este primeiro alistamento foi feito sendo Quirino presidente da Síria). E todos iam alistar-se, cada um à sua própria cidade. E subiu também José da Galiléia, da cidade de Nazaré, à Judéia, à cidade de Davi, chamada Belém (porque era da casa e família de Davi), A fim de alistar-se com Maria, sua esposa, que estava grávida. E aconteceu que, estando eles ali, se cumpriram os dias em que ela havia de dar à luz. E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem."

Fato 1
Lucas procura sempre relacionar sua narrativa aos grandes fatos históricos de seu tempo. César Augusto (30 a.C. a 14 d.C.) foi o primeiro e o maior dos imperadores romanos. Estabeleceu a chamada "Pax Romana", trocou o sistema republicano por uma forma imperial de governo, conquistou todo o mundo civilizado do Mediterrâneo e estabeleceu a idade áurea das artes, arquitetura e literatura romanas. No ano 27 a.C. o senado romano lhe concedeu o título de "augusto", que em latim significa: "exaltado" ou "digno de toda reverência". Embora os judeus estivessem isentos do serviço militar romano, e por isso não eram obrigados a atender às convocações militares, não estavam livres de pagar impostos, e esse recenseamento ou cadastramento visava exatamente alistar todos os cidadãos e moradores sob o domínio romano, especialmente para recolhimento de impostos. Deus usou o decreto de um imperador pagão para cumprir a profecia de Mq 5.2.

Fato 2
Quirino foi um oficial romano que coincidentemente trabalhou neste censo e em um segundo alistamento geral que ocorreu de 6 a 9 d.C., registrado por Lucas em At 5.37, no qual Judas se levantou contra o governo romano da época, alegando que Deus era o único e legítimo Rei de Israel, sendo, portanto, ilícito (um pecado) pagar impostos a qualquer outra autoridade.

Fato 3
Belém é a mesma cidade onde nasceu o rei Davi cerca de 1000 anos antes destes eventos (1 Sm 17.12; 20.6) e se localizava a uma distância aproximada de 10 km ao sul de Jerusalém. Naquela época, uma viagem de pelo menos três dias até Nazaré. "Judéia", era a maneira greco-romana de chamar a parte sul da Palestina, no passado abrangida pelo reino de Judá.

Fato 4
Na Síria, província romana na qual se localizava a Palestina, as mulheres acima de 12 anos deviam pagar um imposto individual ao governo, e para isso tinham de ser cadastradas (recenseadas). Maria também pertencia à cada de Davi.

Fato 5
No ocidente e por motivos não históricos nos acostumamos a celebrar o natal (nascimento de Jesus Cristo) em dezembro. Entretanto, segundo muitos historiadores e arqueólogos de prestígio, a data mais provável deve ter sido na primavera palestina (entre maio e junho). Era costume entre as mães judias de envolver os filhos recém-nascidos com tiras de tecido para que ficassem bem agasalhados e protegidos. A cidade estava lotada com pessoas de todas as partes vindas para ser arroladas no censo. Maria sentia dores de parto e a única solução foi se acomodarem em um estábulo. Ao nascer, Jesus foi posto em uma manjedoura, um espécie de cocho onde se colocava o alimento dos animais.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Cuidado, podemos estar fazendo isso!


Vigia Cristão!

COMO VOTAR

Dicas   de   em   quem   votar

dica
Nestes dias próximos à eleição muitas dúvidas vêm à tona, espero ajudar com algumas dicas na hora de escolher em quem eleger.

Votar parece algo muito simples e óbvio e, portanto as pessoas geralmente não se preocupam o suficiente ou não tem noção de como votar. 

Além disso, em nosso país as pessoas crêem que os políticos são todos iguais e que não faz tanta diferença votar em um ou outro.
Diante disso me propus a bolar algumas dicas que podem ajudar as pessoas que não sabe muito sobre isso, especialmente os que estão votando pela primeira vez.

Devo votar no candidato ou no partido?

É uma pergunta muito interessante, visto que normalmente a propaganda política é focada no candidato e não no partido. 

Acontece que por isso a maioria das pessoas acredita que não importa o partido e sim a pessoa.

Essa é uma verdade duvidosa, ou meia verdade... 

A questão é que sim o partido influencia muito as decisões que o eleito toma a quem apóia ou deixa de apoiar. 

Sendo assim sim, deve-se atentar e muito também ao partido.

É bom reeleger ou mudar?

Não há consenso sobre esse assunto, mas pense assim. 

Se fosse para alguém ou um grupo de pessoas ficarem o tempo todo no poder não haveria porque se ter eleições de tempos em tempos.

Na democracia espera-se que os governantes representem o povo, só que pelo conceito de partido determinados grupos de pessoas representam o interesse de uma parte do povo e outros grupos das outras partes.

Acontece que quando um grupo de pessoas fica muito tempo no poder o próprio sentido da democracia é que fica distorcido visto que ao longo do tempo só uma parte do povo é priorizada. 

E, isso, principalmente no longo prazo não demonstra ter bons resultados.

Devo votar de acordo com as pesquisas ou com minha consciência?

Em partes sou contra as pesquisas de intenção de voto e digo os motivos. 

Muita gente tem o receio de votar em uma pessoa que tem, de acordo com as pesquisas, pouca chance de se eleger. 

Isso é chamado de medo de “perder o voto”...

Imagine um modelo em que as pesquisas fossem proibidas, ao menos de serem divulgadas. 

No mínimo um pouco mais de gente votaria segundo outros motivos e no geral a eleição fosse mais aberta e democrática.

Segundo turno.

É muito comum haver segundo turno, contudo muita gente não sabe o isso quer dizer. 

É muito simples: Nas ocasiões em que o segundo turno for realizável ele acontece quando nenhum dos candidatos atingiu mais da metade dos votos válidos.

Isso quer dizer que quando se vota em candidato que de acordo com as pesquisas não têm chance de ganhar e, portanto não vai para o segundo turno, é uma forma de apoio para que este candidato tente outras vezes.

Conclusão

Votar é muito mais que um dever, é um dos direitos mais importantes que todo cidadão brasileiro tem. 

Dou aqui minha contribuição esperando que cada pessoa saiba do poder que tem de influenciar o destino no país.

Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

FRASES



QUANDO HABITAMOS SOB A SOMBRA 
DAS ASAS DE DEUS,
NÃO PRECISAMOS TEMER AS 
NEGRAS SOMBRAS DA VIDA.

Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

domingo, 24 de agosto de 2014

MINISTÉRIO DA RECONCILIAÇÃO


Deus te da o Ministério da Reconciliação!

2º Co 5:17 a 21

Tem muita gente hoje, que por conta de decepções e desilusões, fica desacreditada e/ou perde a esperança de viver e ter uma vida feliz, ou uma vida digna diante de Deus. 

As vezes, por algum motivo ou por força maior você possa não ter conseguido se manter firme na fé ou no propósito que Deus tem para a sua vida. 

Quantas vezes caímos ou pisamos na bola com Deus!?

você, repetidas vezes, se  envergonhado e ate mesmo fraco para tentar novamente e/ou recomeçar novamente do ponto inicial; começar do zero. 


As vezes o mal, o motivo da queda, foi ou é um vício ( não apenas de bebidas, drogas mas) da sua própria carne ou ego, como a sexualidade, por exemplo, o sexo, a masturbação, os xingamentos, a mentira, o engano; até mesmo problemas de conflito e confronto que despertam em nosso ego a ira, raiva, ódio que são difíceis de serem segurados não é verdade? 

São causados por pessoas ao nosso redor todos os dias. 

O perdão que não conseguimos liberar ou pedir, enfim, tudo isto nos leva de um modo ou de outro a um afastamento de Deus e a uma certa opressão na nossa alma.

Porém Deus na sua infinita misericórdia nos da uma nova chance (As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; (Lm 3:22). 


A cada dia Deus prova o seu imenso amor para você que esta lendo esta mensagem através da sua misericórdia.

Deus reconcilia você e eu através de Jesus Cristo, dia após dia, manhã após manhã (e tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação; (2º Co 5:18). 


Você pode pensar e dizer " eu não consigo, todas as vezes caio, perdi a fé, estou fraco".

Você nunca conseguirá pelas suas próprias forças, mas através de Jesus, da pessoa de Jesus em sua vida, dia após dia, minuto após minuto. 

Você consegue. 

Pois é justamente através de Jesus que somos reconciliados. 

E Deus nos da o ministério da reconciliação.

Mas Porque e como Jesus pode fazer isto por você agora?

Você já pensou no sofrimento de Jesus? 


Quando digo isto, não me refiro apenas na dor e sangue derramado na crucificação, mas ao sofrimento durante sua vida mesmo.

Ele nunca pecou, nunca errou . 

Aquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus. (2º Co 5: 21)

Você tem ideia do quanto é difícil isso no mundo em que vivemos?


Você ser confrontado e manter o controle sobre sua ira, sobre a carne e os desejos dela!? 

Você ser tentado a respeito de poder, dinheiro, fama!? 

Você  pensou que durante 33 anos Jesus passou justamente por isso que você esta passando? 

(Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. (Hb  4:15)

Jesus já sofreu tudo por você... e acredite, não é necessário mais você sofrer pelas mesmas coisas. 


Se Ele  as venceu! 

Creia que através Dele e com Ele você terá a vitória. 

Na força D’Ele, não na sua força. 

Viva cada minuto, todos os dias para Jesus. 

Você verá a diferença. 

Será uma nova criatura (2º Co 5:17).

(Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.)

Deus nos reconcilia todos os dias, nos restitui a sua graça, Através de Jesus.Você crê?

Escrito por: Gustavo Pedro
Membro da Igreja Missionária de Dourados - MS


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Conselhos Bíblicos