Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Uma boa notícia para os Cristãos

Programas evangélicos superam audiência do Carnaval

clip_image001O investimento feito por SBT e Band para transmitir o Carnaval não surtiu efeito na audiência das duas emissoras. Os programas religiosos exibidos na Record registraram mais audiência do que a folia televisiva.

Na noite desta sexta-feira, na faixa da madrugada, da 1h45 às 3h28, a transmissão do Carnaval da Bahia, na Band, marcou 0,5 ponto de audiência. Cada ponto equivale a 58 mil domicílios na Grande São Paulo.

A Record, no mesmo horário, com atrações da Igreja Universal, como o programa Fala que Eu te Escuto, registrou 1,3 ponto de ibope.

O SBT, em sua transmissão de Carnaval neste sábado, das 20h30 às 6h30, alcançou 1,3 ponto. A Record, no mesmo horário, marcou 5,4 pontos.

No domingo, tanto SBT como Band perderam novamente para a Record, que chegou também a vencer o início das transmissões do Carnaval da Globo.

Fonte: Folha.com

Read more: http://www.internautasdecristo.com.br/programas-evangelicos-superam-audiencia-do-carnaval/#ixzz1nmgERjga

Uma pergunta interessante, uma resposta mais interessante

Quem Foi a Mulher de Caim?

duvidaA Bíblia não menciona quem foi a companheira de Caim. Entendo a sua curiosidade. Certamente você quer saber o seguinte: - Se depois da morte de Abel só ficou CAIM, com quem este teria se casado? Como a humanidade se multiplicou?

Adão viveu novecentos e trinta anos (Gn 5.5). Muitos outros filhos gerou. O filho de nome "Sete" foi gerado quando Adão tinha cento e trinta anos. Sete gerou muitos filhos e filhas. A Bíblia só menciona os nomes dos homens. Portanto, ao tempo em que viviam Caim e Abel, já existiam muitos filhos, homens e mulheres.

Deus permitiu no início que houvesse casamento entre parentes próximos (entre irmãos, entre tios, sobrinhos, etc). Não havia outro meio de multiplicar a espécie. A Teoria da Evolução da Espécie diz, todavia, que o ancestral do homem foi o macaco, e o da mulher, uma macaca. Tal tese se contrapõe à teoria bíblica da Criação. Deus criou primeiramente os animais; depois criou o homem.

Se Deus quisesse que os homens fossem produto de uma evolução, teria criado apenas os animais. A partir destes, os homens surgiriam normalmente.

Autor: Pr. Airton Evangelista da Costa, via Midiagospel

Você tem um problema?

tumblr_ly0dgk45Bs1r3wbdpo1_500

Todos passamos por lutas, todos podemos vence-las, mas também podemos perde-las!

A diferença está em quem você deposita a sua Fé.

Deus pode te dar muito mais além do que imagina.

Deus tem uma

solução para você. Use-a!

A Bíblia Responde 15

Como enfrentar a morte de um ente querido?

A morte vem até nós todos os dias.Tudo é muito fácil quando acontece com os outros, sempre temos saídas, damos força, e buscamos compreender o sentimento alheio; mas e quando a morte chega ao nosso lar?

O auxilio divino tem de ser buscado, pois, se há alguém que pode acalentar a nossa alma como se deve nestas horas é o Senhor. Se for um ente que estava na presença de Deus não precisamos temer, pois, ele encontrar-se-a antes de nós com Deus. Caso seja alguém afastado dos caminhos do Senhor é momento de refletirmos sobre nós mesmos e nos voltarmos para o Senhor.

A morte vem até nós todos os dias.

Vejamos o que o mais sábio livro diz.

Jó 19.25-27

“Porque eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra. E depois de consumida a minha pele, contudo ainda em minha carne verei a Deus, Vê-lo-ei, por mim mesmo, e os meus olhos, e não outros o contemplarão; e por isso os meus rins se consomem no meu interior. Na verdade, que devíeis dizer: Por que o perseguimos? Pois a raiz da acusação se acha em mim. Temei vós mesmos a espada; porque o furor traz os castigos da espada, para saberdes que há um juízo.”

João 11.25-27; 14.1-7

“Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto? Disse-lhe ela: Sim, Senhor, creio que tu és o Cristo, o Filho de Deus, que havia de vir ao mundo.”

“NÃO se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. Mesmo vós sabeis para onde vou, e conheceis o caminho. Disse-lhe Tomé: Senhor, nós não sabemos para onde vais; e como podemos saber o caminho? Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto.”

Romanos 8.31-39; 14.7-9

“Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.”

“Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si. Porque, se vivemos, para o Senhor vivemos; se morremos, para o Senhor morremos. De sorte que, ou vivamos ou morramos, somos do Senhor. Porque foi para isto que morreu Cristo, e ressurgiu, e tornou a viver, para ser Senhor, tanto dos mortos, como dos vivos.”

1 Tessalonicenses 4.13-18

“Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança. Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele. Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras.”

_______________________________________________________

A morte pode chegar, mas Jesus nos faz superar!


Isto ninguém avisa:

Se você estiver preso em um congestionamento ...e tiver certeza de que não vaiconseguir sair dele a tempo de evitar o horário do rodízio da sua placa,ligue para 156.

Identifique-se, dê a placa do seu carro, o local onde está einforme o operador da sua dificuldade.

Ele irá anotar (e gravar) os dados,passando-lhe um número de protocolo.

Anote-o! Se você receber uma multa porter infringido a Lei do Rodízio de Carros naquele dia, faça uma defesa e mencione o número do tal protocolo..

A multa será cancelada!

Isso vale a pena saber !

Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

O QUE É INUTIL?


Se você tem alguma coisa há muito tempo, pode jogar fora.

Se você jogar fora alguma coisa que tem há muito tempo, vai precisar dela logo, logo.


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

É PRECISO MUDAR



PARA MEDITAR

Acima de meu emprego, de minha família, de meus amigos, até acima de mim mesmo. Senhor, por Ti estou ndisposton a nfazer
qualquer coisa!

Um irmão terminou desse modo sua oração antes de sair com outro para visitar uma pessoa, a fim de apresentar-lhe o
evangelho.

Sua oração foi muito forte e comovente, encorajando o outro
irmão a sair, pois este estava um pouco atemorizado.

Esse segundo irmão lembrou-se, então, de um detalhe que precisavam ver antes de sair.

Irmão, esqueci de lhe dizer o seguinte: essa pessoa que nós vamos visitar é um executivo e nós vamos até o escritório dele.

Portanto, acho melhor irmos de gravata, não é?

- Ah, não, gravata, não! - gritou o primeiro irmão - Você sabe muito bem que não gosto de usar gravata, e se é para ir de gravata não vou mais.

Essa história é baseada em um fato, estranho e surpreendente, porém real.

Ela revela muito bem nosso coração.

Inegavelmente, todo o cristão genuíno ama o Senhor.

Mas quanto é capaz de amá-Lo? Em outras palavras, quão prático é esse amor?

Ou como, de maneira prática, esse amor é manifestado?

É fácil fazermos apaixonadas declarações de amor ao Senhor em nossas orações, mas quanto permitimos que nossa vida seja modificada, até mesmo revolucionada por amor a Ele?

Os apaixonados mudam seus gostos musicais, sua maneira de vestir, sua maneira de rir, seu círculo de amizades, seus planos para o futuro por causa da pessoa que lhe ganhou o coração.

Não deveríamos ter procedimento semelhante, se não muito mais
radical e vivo, em relação Àquele que nos amou a ponto de morrer por nós?


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Quem nunca passou por isso?

diacono

Dc. Jonathas

Professor da E.B. – Preparo Especializado II

baconavida2. Técnicas didáticas de incentivação

Segundo a pedagoga Irene Mello Carvalho, as técnicas incentivadoras abaixo são as mais utilizadasna sala de aula.

1. Correlação com o real

O professor mostra o quanto sua matéria é importante, relacionando os assuntos ou tarefas propostas a espectos reais da vida. Esta técnica é usada no início e no meio das ativdades. Exemplo: apresentação de um filme, fotografias, gravura; visitas, excursões, etc.

2. Participação ativa

Todo ensino tem de ser ativo e toda aprendizagem não pode deixar de ser ativa, pois ela somente se efetiva pelo esforço pessoal do aprendiz, visto que ninguém pode aprender por alguém. O professor deve solicitar, quer no início, quer no decurso de qualquer atividade, a opinião, a colaboração, a iniciativa, o trabalho do próprio aluno. essa técnica é usada no início e meio.

3. Êxito inicial

O professor deve facilitar por todos os meios possíveis uma perfeita compreensão das idéias expostas e debatidas, prevendo a aplainando as dificuldades que os trabahlos possam apresentar. O aluno que consegue compreender bem o assunto, ou resolver as questões propostas logo no início, sentir-se-á disposto a dar seguimento ao processo de aprendizagem. Essa técnica é usada somente na fase inicial.

4. O insucesso inicial

O insucesso deve ser de cunho passageiro, já que o professor deve orientar o aluno a vencer as dificuldades, tão logo seja possível. É uma técnica incentivadora valiosa quando se trata de assunto aparentemente fácil ou que o aluno supõe já ter dominado suficientemente. O professor deve apresentar  questões um pouco acima da capacidade atual dos alunos, para fazer com que eles sintam a necessidade de estudar o tema que julgam já conhecer ou pensam dominar plenamente. Essa técnica é usada somente no início do processo.

5. Apresentação de tarefas

Consiste em pedir aos alunos que cumpram determinadas tarefas tasi como fazer uma pesquisa, trazer determinado objeto ou realizar alguma atividade em casa com a finalidade de utilizar os resultados dessas ações na próxima aula. São, sem dúvida alguma, excelentes maneiras de incentivar a classe.

6. Atividades socializadas ou trabalhos em grupo

Aqui a potencialidade incentivadora decorre do processo interativo mental e social que serve de base e é estimulante para a maioria das pessoas normais. Exceção: por problemática psicológica ou por características de personalidade alguns preferem estudar e produzir a sós (técnica usada no final).

7. Auto e heterocompetição

O aluno deve ser orientado no sentido de desejar o seu progresso individual, com fundamento na comparação de seus resultados atuais com seu próprio rendimento anterior. Quanto a competição individual, deve ser afastada do quadro escolar pelos seus aspectos deseducativos. A competição entre grupos será usada eventualmente, pois tem muitos aspectos positivos e alguns poucos negativos (técnica usada no final).

OBS.: Todas as técnicas incentivadoras até aqui apresentadas relacionam-se intrinsicamente com a matéria a aprender ou com o método empregado.

8. Interesse pelas resultados da aprendizagem

Trata-se, aqui, do interesse pelas notas ou conceitos que haverão de garantir a aprovação do aluno e consequente promoção de classe.

9. Desejo de corresponder à dedicaçaõ e ao interesse do professor

Apela-se para a sensibilidade do aluno, procurando estabelecer um forte elo afetivo entre professor e aluno, pela demonstração do interesse pessoal por aquele educando e pelos problemas que estão prejudicendo a aprendizagem.

10. Incentivação negativa (Sanções, advertências, notas baixas, reprovação)

O professor mantém seus alunos motivados quando consegue aliar um bom conhecimento da matéria a uma excelente preparação didática. Além disso, é imprescindível ao mestre incentivador, saber escolher métodos didáticos adequados à sua classe e conjugá-los com ótimos recursos audiovisuais. Um professor com essas qualificações não precisa apelar para truques de animação a fim de manter sua classe atenta e interessada. Seus alunos sentem prazer em assistir às suas aulas.

____________________________

A próxima é Professo da E.B. – A necessidade da determinação de objetos didáticos

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Professor da E.B. – Preparo Especializado I

Deus do ImpossívelO conhecimento amplo e sistemático da matéria ou da respectiva área de estudo é condição essencial e indispensável para a eficiência do magistério. O professor deve conhecer, pelo menos, bem mais do que o estritamente exigido pelos programas das disciplinas, tanto em extensão como em profundidade.

1. Incentivação e Motivação

O que é motivação? Ocorre quando os alunos são estimulados por fatores internos (os motivos).

O que é incentivação? Ocorre quando os alunos recebem estímulos externos (incentivos).

A motivação ou incentivação pode ser intrínseca ou extrínseca. É intrínseca quando o aluno tem interesse pela própria atividade. É extrínseca quando o aluno não tem interesse pela atividade em si, mas por suas consequências. Vejamos:

Motivação Intrínseca – Quando o aprendiz tem motivos para estudar aquela matéria e tem interesse real por ela.

Motivação Extrínseca – Quando quem aprende está estimulado por aspectos correlatados ao tema e não pelo próprio tema.

Incentivação Intrínseca – Quando estimula o aluno a estudar o assunto pelo valor que ele encerra.

Incentivação Extrínseca – Quando o mestre estimula o aluno apenas para fatores estranhos à aprendizagem em si.

Exemplos:

a) Uma pessoa muito ocupada e cheia de responsabilidades pinta, nas suas poucas horas de lazer, pelo prazer de pintar, sem visar a qualquer outro fim (motivação intrínseca).

b) Os pais de um jovem dão-lhe um violão, e ele, que até então não havia pensado em tocar um instrumento, passa a ter aulas de música e acaba empolgando-se por essa nova atividade (incentivação intrínseca).

c) Uma criança, desejando ganhar uma bicicleta, resolve ser boa estudante, sem que tal resolução tenha sido sugerida por outra pessoa (motivação extrínseca).

d) A mãe de uma adolescente vaidosa consegue interessá-la em aprender corte e costura, a fim de que ela possa, com maior facilidade, renovar seu guarda-roupa (motivação extrínseca).

Para sua reflexão: “A tarefa do professor é despertar a mente do aluno, é estimular idéias através do exemplo, da simpatia pessoal e de todos os meios que puder utilizar para isso, isto é, fornecendo-lhe lições objetivas para os sentidos e fatos para a inteligência (..) O maior dos mestres disse: ‘A semente é a palavra’. O verdadeiro professor é o que revolve a terra e planta a semente” (John Milton Gregory).

A Bíblia Responde 14

Ao ingressar no serviço militar

strongtower_portuguesO Alistamento Militar Obrigatório ou Conscrição é um termo geral para qualquer trabalho involuntário requerido por uma autoridade estabelecida, mas ao que é mais frequentemente associado é ao serviço militar obrigatório.

O serviço militar obrigatório foi tornado obrigatório através de lei, em janeiro de 1906, durante o governo de Afonso Pena, quando o marechal Hermes da Fonseca era ministro da Guerra. Porém, só foi efetivamente implementado com a entrada do Brasil na Primeira Guerra Mundial. A obrigatoriedade do serviço militar hoje é disciplinada pela Lei nº 4.375, de 17 de agosto de 1964.

A Bíblia nos relata que devemos cumprir nossas obrigações para com Deus, mas também as nossas obrigações para com os governos permitidos por Deus. Nunca em contramão a sua Palavra.

2 Samuel 22.2-51

“Disse pois: O SENHOR é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador. Deus é o meu rochedo, nele confiarei; o meu escudo, e a força da minha salvação, o meu alto retiro, e o meu refúgio. Ó meu Salvador, da violência me salvas. O SENHOR, digno de louvor, invocarei, e de meus inimigos ficarei livre, Porque me cercaram as ondas de morte; as torrentes dos homens ímpios me assombraram. Cordas do inferno me cingiram; encontraram-me laços de morte. Estando em angústia, invoquei ao SENHOR, e a meu Deus clamei; do seu templo ouviu ele a minha voz, e o meu clamor chegou aos seus ouvidos. Então se abalou e tremeu a terra, os fundamentos dos céus se moveram e abalaram, porque ele se irou. Subiu fumaça de suas narinas, e da sua boca um fogo devorador; carvões se incenderam dele. E abaixou os céus, e desceu; e uma escuridão havia debaixo de seus pés. E subiu sobre um querubim, e voou; e foi visto sobre as asas do vento. E por tendas pôs as trevas ao redor de si; ajuntamento de águas, nuvens dos céus. Pelo resplendor da sua presença brasas de fogo se acenderam. Trovejou desde os céus o SENHOR; e o Altíssimo fez soar a sua voz. E disparou flechas, e os dissipou; raios, e os perturbou. E apareceram as profundezas do mar, e os fundamentos do mundo se descobriram; pela repreensão do SENHOR, pelo sopro do vento das suas narinas. Desde o alto enviou, e me tomou; tirou-me das muitas águas. Livrou-me do meu poderoso inimigo, e daqueles que me tinham ódio, porque eram mais fortes do que eu. Encontraram-me no dia da minha calamidade; porém o SENHOR se fez o meu amparo. E tirou-me para um lugar espaçoso, e livrou-me, porque tinha prazer em mim. Recompensou-me o SENHOR conforme a minha justiça; conforme a pureza de minhas mãos me retribuiu. Porque guardei os caminhos do SENHOR; e não me apartei impiamente do meu Deus. Porque todos os seus juízos estavam diante de mim; e de seus estatutos não me desviei. Porém fui sincero perante ele; e guardei-me da minha iniqüidade. E me retribuiu o SENHOR conforme a minha justiça, conforme a minha pureza diante dos seus olhos. Com o benigno, te mostras benigno; com o homem íntegro te mostras perfeito. Com o puro te mostras puro; mas com o perverso te mostras rígido. E o povo aflito livras; mas teus olhos são contra os altivos, e tu os abaterás. Porque tu, SENHOR, és a minha lâmpada; e o SENHOR ilumina as minhas trevas. Porque contigo passo pelo meio de um esquadrão; pelo meu Deus salto um muro. O caminho de Deus é perfeito, e a palavra do SENHOR refinada; e é o escudo de todos os que nele confiam. Por que, quem é Deus, senão o SENHOR? E quem é rochedo, senão o nosso Deus? Deus é a minha fortaleza e a minha força, e ele perfeitamente desembaraça o meu caminho. Faz ele os meus pés como os das cervas, e me põe sobre as minhas alturas. Instrui as minhas mãos para a peleja, de maneira que um arco de cobre se quebra pelos meus braços. Também me deste o escudo da tua salvação, e pela tua brandura me vieste a engrandecer. Alargaste os meus passos debaixo de mim, e não vacilaram os meus artelhos. Persegui os meus inimigos, e os derrotei, e nunca me tornei até que os consumisse. E os consumi, e os atravessei, de modo que nunca mais se levantaram, mas caíram debaixo dos meus pés. Porque me cingiste de força para a peleja; fizeste abater-se debaixo de mim os que se levantaram contra mim, E deste-me o pescoço de meus inimigos, daqueles que me tinham ódio, e os destruí. Olharam, porém não houve libertador; sim, para o SENHOR, porém não lhes respondeu. Então os moí como o pó da terra; como a lama das ruas os trilhei e dissipei. Também me livraste das contendas do meu povo; guardaste-me para cabeça das nações; o povo que não conhecia me servirá. Os filhos de estranhos se me sujeitaram; ouvindo a minha voz, me obedeceram. Os filhos de estranhos desfaleceram; e, cingindo-se, saíram dos seus esconderijos. Vive o SENHOR, e bendito seja o meu rochedo; e exaltado seja Deus, a rocha da minha salvação, O Deus que me dá inteira vingança, e sujeita os povos debaixo de mim. E o que me tira dentre os meus inimigos; e tu me exaltas sobre os que contra mim se levantam; do homem violento me livras. Por isso, ó SENHOR, te louvarei entre os gentios, e entoarei louvores ao teu nome. Ele é a torre das salvações do seu rei, e usa de benignidade com o seu ungido, com Davi, e com a sua descendência para sempre.”

Salmo 91

“AQUELE que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará. Direi do SENHOR: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei. Porque ele te livrará do laço do passarinheiro, e da peste perniciosa. Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel. Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia, Nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia. Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti. Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios. Porque tu, ó SENHOR, és o meu refúgio. No Altíssimo fizeste a tua habitação. Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda. Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra. Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente. Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome. Ele me invocará, e eu lhe responderei; estarei com ele na angústia; dela o retirarei, e o glorificarei. Fartá-lo-ei com longura de dias, e lhe mostrarei a minha salvação.”

Efésios 6.10-20

“No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça; E calçados os pés na preparação do evangelho da paz; Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos, E por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra com confiança, para fazer notório o mistério do evangelho, Pelo qual sou embaixador em cadeias; para que possa falar dele livremente, como me convém falar.”

2 Timóteo 2.1-13

“TU, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus. E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros. Sofre, pois, comigo, as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo. Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra. E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente. O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos. Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo. Lembra-te de que Jesus Cristo, que é da descendência de Davi, ressuscitou dentre os mortos, segundo o meu evangelho; Por isso sofro trabalhos e até prisões, como um malfeitor; mas a palavra de Deus não está presa. Portanto, tudo sofro por amor dos escolhidos, para que também eles alcancem a salvação que está em Cristo Jesus com glória eterna. Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos; Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará; Se formos infiéis, ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo.”

________________________________________

Faça a sua parte e confie que Deus fará a dEle.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Professor da E.B. – Aptidões Especificas

personSão atributos ou qualidades pessoais que exprimem certa disposição natural ou potencial para um determinado tipo de atividade ou trabalho. São características específicas da personalidade que geralmente completam o quadro com a vocação e que, quando cultivadas, asseguram a capacidade profissional do indivíduo. Para o magistério, as aptidões mais importantes são as seguintes:

a) Saúde Física e Equilíbrio Mental

O ideal é que o mestre desfrute de plena saúde física, orgânica. É imprescindível ao professor cuidar-se através de uma alimentação balanceada, exercícios físicos, descanso, lazer e exames médicos periódicos. Uma pessoa que viva constantemente enferma não estará apta para as demandas do magistério. Equilíbrio mental e emocional é indispensável àquele que ensina e educa. Podes imaginar o estrago que um professor mentalmente desequilibrado faria a uma determinada classe?

b) Boa Apresentação

Há os que não concordam ou simplesmente ignoram, mas a boa apresentação do professor é extremamente importante para a assimilação do conteúdo didático. Como cativar a atenção de um aluno que não consegue deixar de reparar a negligente aparência de seu professor? Roupas amarrotadas, gravatas tortas no pescoço, cabelos desalinhados, unhas sujas, barba por fazer, maus odores e outros desleixos costumam despertar mais a atenção dos alunos que o conteúdo em si mesmo.

c) Órgãos de fonação, visão e audição em boas condições

Não significa que o mestre que tenha deficiências visuais, fonéticas ou auditivas não possa lecionar. Estamos falando do que é ideal. É obvio que o professor portador dessas deficiências terá mais dificuldades para desempenhar suas funções.

d) Boa Voz: firme, agradável, convincente

A voz do professor deve expressar sua convicção sobre tudo o que ensina. Há mestres que ao invés de pronunciar a palavra cheia, plena, completa, inteligível, costumam “espremê-las” ou “mastigá-las” pelos cantos da boca. Não é o caso de se ter uma voz bonita, aveludada ou sonora, como a de um barítono. mas, sim, de se esmerar a fim de que nossa mensagem seja agradável, convincente e plenamente compreensível.

Para sua reflexão: “Ser didático é, antes de tudo, ser simples, acessível, claro” – Rafael Grisi

e)Linguagem fluente, clara e simples

O tom de voz do professor deve ser igual ao da conversa e a forma de expressão deve ser o diálogo. A linguagem deve ser simples: não há necessidade de se usar frases rebuscadas. Deve ser direta, ou seja, ir diretamente ao assunto que está sendo tratado.

f) Confiança em si mesmo e presença de espírito, com perfeito controle emocional

Confiar em si mesmo não significa deixa de confiar primeiramente em Deus. Confiar no Senhor é imprescindível em todas as coisas. Porém, o mestre precisa acreditar em sua potencialidade, capacidade e condição para realizar o trabalho da melhor maneira possível.

Outras aptidões também importantes são: naturalidade e desembaraço; firmeza; perseverança; imaginação, iniciativa e liderança; habilidades de criar e manter boas relações humanas.

_____________________________________________

Continua, Professor da E.B. – Prepara Especializado

A Bíblia Responde 13

Ao ingressar na universidade o que fazer?

#5Com o acesso a educação a distância via internet, o e-Learning, crescendo como está muitos estão ingressando em cursos, mas também as políticas de ensino do país tem permitido que mais pessoas ingressem nas universidades tanto públicas quanto privadas.

Nestes ambientes onde a mente é aberta a novas experiências que contribuem para o crescimento estudantil e posterior o profissional tem o seu lado bom e o seu lado mal.

O cristão verdadeiro tem de entender que estar ali não significa compactuar e aceitar práticas que vão em sentido oposto a Palavra de Deus.

Vigiar é a ordem, mas vejamos o que a Palavra nos orienta.

Provérbios 2.1-8; 3.1-18; 4.1-27; 23.12

“FILHO meu, se aceitares as minhas palavras, e esconderes contigo os meus mandamentos, Para fazeres o teu ouvido atento à sabedoria; e inclinares o teu coração ao entendimento; Se clamares por conhecimento, e por inteligência alçares a tua voz, Se como a prata a buscares e como a tesouros escondidos a procurares, Então entenderás o temor do SENHOR, e acharás o conhecimento de Deus. Porque o SENHOR dá a sabedoria; da sua boca é que vem o conhecimento e o entendimento. Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos. Escudo é para os que caminham na sinceridade, Para que guardem as veredas do juízo. Ele preservará o caminho dos seus santos.”

“FILHO meu, não te esqueças da minha lei, e o teu coração guarde os meus mandamentos. Porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz. Não te desamparem a benignidade e a fidelidade; ata-as ao teu pescoço; escreve-as na tábua do teu coração. E acharás graça e bom entendimento aos olhos de Deus e do homem. Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas. Não sejas sábio a teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta-te do mal. Isto será saúde para o teu âmago, e medula para os teus ossos. Honra ao SENHOR com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos; E se encherão os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares. Filho meu, não rejeites a correção do SENHOR, nem te enojes da sua repreensão. Porque o SENHOR repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem. Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento; Porque é melhor a sua mercadoria do que artigos de prata, e maior o seu lucro que o ouro mais fino. Mais preciosa é do que os rubis, e tudo o que mais possas desejar não se pode comparar a ela. Vida longa de dias está na sua mão direita; e na esquerda, riquezas e honra. Os seus caminhos são caminhos de delícias, e todas as suas veredas de paz. É árvore de vida para os que dela tomam, e são bem-aventurados todos os que a retêm. O SENHOR, com sabedoria fundou a terra; com entendimento preparou os céus.”

“OUVI, filhos, a instrução do pai, e estai atentos para conhecerdes a prudência. Pois dou-vos boa doutrina; não deixeis a minha lei. Porque eu era filho tenro na companhia de meu pai, e único diante de minha mãe. E ele me ensinava e me dizia: Retenha o teu coração as minhas palavras; guarda os meus mandamentos, e vive. Adquire sabedoria, adquire inteligência, e não te esqueças nem te apartes das palavras da minha boca. Não a abandones e ela te guardará; ama-a, e ela te protegerá. A sabedoria é a coisa principal; adquire pois a sabedoria, emprega tudo o que possuis na aquisição de entendimento. Exalta-a, e ela te exaltará; e, abraçando-a tu, ela te honrará. Dará à tua cabeça um diadema de graça e uma coroa de glória te entregará. Ouve, filho meu, e aceita as minhas palavras, e se multiplicarão os anos da tua vida. No caminho da sabedoria te ensinei, e por veredas de retidão te fiz andar. Por elas andando, não se embaraçarão os teus passos; e se correres não tropeçarás. Apega-te à instrução e não a largues; guarda-a, porque ela é a tua vida. Não entres pela vereda dos ímpios, nem andes no caminho dos maus. Evita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo. Pois não dormem, se não fizerem mal, e foge deles o sono se não fizerem alguém tropeçar. Porque comem o pão da impiedade, e bebem o vinho da violência. Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito. O caminho dos ímpios é como a escuridão; nem sabem em que tropeçam. Filho meu, atenta para as minhas palavras; às minhas razões inclina o teu ouvido. Não as deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-as no íntimo do teu coração. Porque são vida para os que as acham, e saúde para todo o seu corpo. Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios. Os teus olhos olhem para a frente, e as tuas pálpebras olhem direto diante de ti. Pondera a vereda de teus pés, e todos os teus caminhos sejam bem ordenados! Não declines nem para a direita nem para a esquerda; retira o teu pé do mal.”

“Aplica o teu coração à instrução e os teus ouvidos às palavras do conhecimento.”

Romanos 8.1-17

“PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte. Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne, Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne; Para que a justiça da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus. Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele. E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do pecado, mas o espírito vive por causa da justiça. E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita. De maneira que, irmãos, somos devedores, não à carne para viver segundo a carne. Porque, se viverdes segundo a carne, morrereis; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados.”

1 Coríntios 1.18-31

“Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus. Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, E aniquilarei a inteligência dos inteligentes. Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo? Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação. Porque os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria; Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos. Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus. Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens. Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados. Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; Para que nenhuma carne se glorie perante ele. Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção; Para que, como está escrito: Aquele que se gloria glorie-se no Senhor.”

_____________________________________________________

Que cheguemos e saíamos de qualquer lugar como Cristãos.

sábado, 25 de fevereiro de 2012


Qualquer esforço para se agarrar um objeto em queda provocará mais destruição do que se deixássemos o objeto cair naturalmente.


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus na serviço do reino de Deus)

O Professor da E.B. – Vocação Natural

eleicao01Trata-se de uma tendência fundamental do espírito, uma inclinação preponderante para um determinado tipo de vida e de atividade, em que se encontra plena satisfação e possibilidades de auto-realização. A vocação floresce no cerne da personalidade humana. Para o magistério, revela-se como um conjunto de predisposições temperamentais, preferência afetivas, atitudes e ideias de cultura e de sociabilidade.

a) Sociabilidade

A educação e o ensino são fenômenos de interação psicológica e social. Pessoas egocêntricas, fechadas, incapazes de abrir e manter contatos sociais com certo calor e entusiasmo, não estão tralhadas para a função do magistério. Esta exige comunicabilidade e de dedicação à pessoas dos alunos e aos seus problemas.

b) “Amor paedagogicus”

Significa que o professor deve ir além da simples simpatia e interesse pelos alunos. O mestre vocacionado tem imenso desejo de auxiliar seus pupilos em seus problemas, necessidades e expectativas. Ele desenvolve um puro sentimento de empatia, ou seja, coloca-se no lugar do aluno para sentir o que ele está sentindo, como se estivesse no lugar dele.

c) Apreço e interesse pelos valores da inteligência e da cultura

O professor que realmente tem vocação para o magistério é naturalmente um estudioso, um leitor assíduo, com sede de novos conhecimentos, capaz de se entusiasmar pelo progresso da ciência e da cultura.

O professor que não lança ao labor da pesquisa não pode lecionar de forma relevante. Nunca é suficiente o conhecimento adquirido e acumulado ao longo dos anos. Há sempre alegue precisava ser aprendido, revisado ou revisitado. O professor deve ser um aprendiz.

___________________________________________________

Continua, O Professor da E.B. – Aptidões Especificas

Vestimentas Árabes Típicas

trajes-arabesOs turbantes e túnicas usados hoje nos países árabes são quase idênticos às vestes das tribos de beduínos que viviam na região no século VI.

É uma roupa que suporta os dias quentes e as noites frias do deserto. A partir do século VII, a expansão do islamismo difundiu esse vestuário pela Ásia e pela África, fixando algumas regras para os fiéis.

A religião não permite que os para os homens mostrem em público as partes íntimas, a região entre o umbigo e o joelho; e, para as mulheres, o corpo inteiro, exceto o rosto e as mãos. Por esse motivo, as vestes não podem ter nenhuma transparência nem serem justas a ponto de delinear o corpo.

Essas partes só podem ser vistas pelo cônjuge e alguns familiares. Dentro de casa, portanto, veste-se qualquer roupa. Existem também normas para diferenciar a aparência feminina da masculina. Os homens não devem usar objetos de ouro ou seda.

Vestidos a rigor

Simbolismo das roupas de origem árabe varia conforme a região.

Hijab - Na maioria dos países árabes, as mulheres utilizam roupas semelhantes às túnicas masculinas e, na cabeça, um lenço que deixa só o rosto à mostra. O nome deu origem ao francês écharpe.

Xador - O Alcorão determina que as mulheres se vistam de forma a não atrair a atenção dos homens. Esse mandamento é levado ao pé da letra em países como Irã e Arábia Saudita, onde se recomenda o uso do xador, uma veste que envolve o corpo todo, com exceção dos olhos.

Burqa - As vestes femininas são conhecidas pelos árabes como hijab, ou cobrimento. As partes do corpo que a mulher deve cobrir, no entanto, variam de acordo com o país. No Afeganistão, o Talibã instituiu o uso da burqa, uma versão radical do xador que cobre até os olhos.

Cafia - Traje muito comum no Oriente Médio, que consiste em um pano quadrado preso por uma tira chamada egal (também agal, igal ou ogal). Por baixo dela, uma touca prende o cabelo. Sua origem remonta aos beduínos, que a utilizavam como máscara protetora contra o frio e contra tempestades de areia. A cor da cafia e da tira que a prende indicam o país e a região em que a pessoa nasceu. A versão quadriculada em preto e branco, consagrada por Yasser Arafat, é típica dos palestinos.

Abaia - É uma grande capa de lã. Os beduínos a carregavam em volta do corpo durante o dia e a vestiam à noite para se esquentar. Também a utilizavam, junto com um cajado, para improvisar uma cabana que os protegesse do sol.

Túnica - A principal peça do vestuário árabe é esse vestido de manga comprida que cobre o corpo inteiro. Ela costuma ser clara e larga para refletir os raios solares, fazer o ar circular e refrescar o corpo durante o dia. O corte e o material variam em cada país, podendo receber nomes como caftan, djellabia, dishdasha ou gallibia.

Cirwal - Calça larga, usada por baixo da túnica. Acredita-se que foi uma invenção dos persas, adotada pelos árabes a partir do século VII. É feita para permitir a liberdade de movimentos e foi muito utilizada entre soldados e camponeses. Deu origem à palavra ceroula.

Tarbush - Trata-se de um pequeno chapéu de feltro ou pano, algumas vezes utilizado em conjunto com um turbante. Tornou-se muito popular durante o Império Otomano, quando foi incorporado ao traje oficial do governo.

Ihram - Durante as peregrinações, como as que todo muçulmano deve fazer a Meca, os fiéis ficam descalços, sem qualquer tipo de adorno e cobertos apenas por duas toalhas brancas. Essa veste, conhecida como ihram, retira do corpo todos os sinais de poder e riqueza para mostrar que todos são iguais perante Deus.

Turbante - De origem desconhecida, já era utilizado no Oriente muito antes do surgimento do islamismo. Consiste em uma longa tira de pano que fica enrolada sobre a cabeça. As inúmeras formas de amarrá-lo compõem uma linguagem: o turbante indica a posição social, a tribo a que a pessoa pertence e até o seu humor naquele momento.

Fonte: Revista da Campanha, págs. 22 e 23

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Notícias da Obra Missionário no Peru

Chiclayo, Lambayeque, Perú, 24 de Febrero de 2012

Amados irmãos, Graça y Paz.

Esse mês de fevereiro foi um mês de muito trabalho e atividades em favor da obra de Deus aqui na cidade de Chiclayo, chegaram 5 jovens de diferentes cidades do Peru (Ministério Castillo del Rey), os quais nos estiveram apoiando com evangelismos casa por casa, semáforos, praças, hospitais, enfim, foi uma grande benção a visita desses irmãos aqui com a gente, uma semana de full evangelismo.

Fizemos uma gigantografia e paramos nos semáforos, abrindo ela enquanto entregávamos folhetos evangelísticos para cada motorista e passageiros que paravam ali.

Ontem no culto veio um homem chamado Martin e me perguntou o que tinha que fazer para pertencer e "comunidade" pois ele tinha recebido o folheto no semáforo e desejava aprender mais, foi uma benção.

Jovens Reunidos depois do Primeiro dia de Evangelismo

Evangelizando nos transportes públicos

Nos esforçando por levar a mensagem do Evangelho

CHICLAYO PARA CRISTO

Testemunho:

Na quinta feira dia 09 de Fevereiro eu fui comprar uns folhetos evangelísticos para poder Evangelizar, pois os Jovens do Ministério de Castillo del Rey estariam chegando dia 10, fui e consegui comprar somente 2 mil folhetos (são muito caros, 7 soles o cento) voltei muito, mas muito triste para casa, pois meu desejo era impactar Chiclayo com pelo menos uns 10mil folhetos em uma semana, ao chegar na porta de casa vejo que parou uma Kombi dos correios e me perguntaram se eu era o pastor Elias, lhes disse que sim, abriram a porta e me deixaram 3 caixas vindas da Inglaterra cheias de folhetos (eu tinha escrito para este ministério no começo do ano 2011 e já tinha até me esquecido)... Já imaginaram a alegria que entrou no meu coração? O Espirito Santo começou a testificar na minha vida e dizer: Filho se ocupe em pregar minha palavra, porque das outras coisas cuido Eu. Oh gloria.

Alguns folhetos dos que recebemos do Ministério Revival Movement

No dia 04 de Fevereiro passamos um filme evangelístico para jovens, foi uma benção, vários jovens entregaram suas vidas para Jesus.

Pregando no final do Filme - vários jovens se entregaram a Cristo esta noite

No dia 19 de Fevereiro estivemos realizando a Festa do Amigo (PLAN FELIPE), a festa do amigo na realidade é um culto evangelístico (onde temos um programa diferente, totalmente evangelístico) onde cada crente em Cristo deve trazer um amigo.

Os irmãos se esforçaram bastante e foi uma benção este culto, alugamos um projetor multimídia e apresentamos o plano de salvação de uma maneira bem dinâmica. Foi um lindo dia com vários visitantes. Deus é Fiel.

 

Fiesta del Amigo - 19 de Fevereiro 2012

Esse mês de Março estaremos dando discipulado para novos convertidos, pois temos o desejo de estar realizando um batismo em Abril, pedimos suas orações em nosso favor.

Amados, muito obrigado por tudo, lhes confessamos que aqui não tem sido nada fácil, mas ficamos mais tranquilos sabendo que podemos contar com Deus e com vocês. Obrigado por estarem juntos com a gente nesta humilde obra missionária, que o Pai vos recompense sempre em nome de Jesus.

Grande abrazo.

Atentamente,

Família Missionária - Elias, Deysi, Lilian e o bebê... (esse mês se Deus permitir já saberemos se é homem ou mulher)

CHICLAYO PARA CRISTO.

A Mensagem tem de ser Bíblica

tumblr_lpki6pICDq1r090m6o1_500Nossa mensagem só terá o peso necessário para levar o mundo ao arrependimento se for essencialmente bíblica. Cabe-nos observar aqui a advertência de Isaías: “À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, nunca verão a alva” (Is 8.20).

Desventuradamente, o cristianismo de nossa época vem sendo marcado por desvios e modismos doutrinários. Nunca se torceu tanto as Escrituras! Nunca se criou tantos subterfúgios teológicos! Buscando fugir às suas responsabilidades espirituais, vão os que se dizem crentes e salvos criando seus escapes: “Por que virá tempo em que não sofrerão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências” (2 Tm 4.3).

As invenções teológicas são férteis; são joios que crescem junto ao trigo (Mt 13.25). Quem já não ouviu falar da teologia da prosperidade, da confissão positiva e da regressão espiritual? Não é necessário dizer que tais doutrinas acham-se divorciadas das Sagradas Escrituras. Para combatê-las requer-se uma mensagem que tenha como essência a verdade da Palavra de Deus: “Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça, para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra” (2 Tm 3.15).

imageFonte:

Revista Lições Bíblicas – CPAD

Lição 1

3º Trimestre de 1999

Págs. 4 e 5

USOS E COSTUMES DOS TEMPOS BÍBLICOS


A família;

As unidades familiares do século vinte são chamadas de nucleares por serem pequenas; mãe, pai e um ou dois filhos.

As unidades familiares dos tempos do Antigo Testamento eram grandes e incluíam todos os membros da mesma; pai, mãe, tios tias , primos e servos.

Nós a chamamos de famílias extensas.

O chefe da família era o pai, e o chefe de um grupo de famílias era o xeque.

Abraão e seus herdeiros eram xeques e, em certa ocasião, Abraão conseguiu reunir 318 guerreiros nascidos em sua casa (Gn 14.14).

Maria e José parece ter viajado com uma família assim na visita que fizeram com Jesus a Jerusalém, quando Ele tinha doze anos.

Eles viajavam com parentes e conhecidos(Lc 2.44).

Havia um numero suficiente de pessoas para não terem encontrado o dia inteiro e Maria e José tinha um parentesco bem próximo com a família extensa para não se preocuparem com isso.

continua...


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Janela 10/40

JANELA 10/40 é uma faixa da terra que se estende do Oeste da África, passa pelo Oriente Médio e vai até a Ásia. A partir da linha do equador, subindo forma um retângulo entre os graus 10 e 40. A esse retângulo denomina-se JANELA 10/40.

Calcula-se que até hoje menos da metade da população mundial com as suas etnias e línguas tenham sido confrontadas com o evangelho. A outra parte, com sua maioria absoluta na Janela 10/40, representa uma grande multidão de cerca de 3,2 bilhões de pessoas que ainda são objetos dos empreendimentos missionários do povo de Deus.

Os países com as maiores populações não cristãs são: CHINA, ÍNDIA, INDONÉSIA, JAPÃO, BANGLADESH, PAQUISTÃO, NIGÉRIA, TURQUIA e IRÃ, todos na Janela 10/40.

Devido a estes fatos, torna-se primordial para nós, cristãos, neste novo milênio, focalizar nossos recursos, sejam espirituais, financeiros ou sociais, sobre o necessitado povo que vive na Janela 10/40.

Se desejamos mudar este quadro, devemos considerar alguns fatos de muita importância:

- O significado Bíblico e histórico

- O domínio do islamismo, do hinduismo e do budismo

- A pobreza acentuada

- A diversidade de línguas e culturas

- A concentração de seitas diabólicas

Países que formam a Janela 10/40

ORIENTE MÉDIO – 21 PAÍSES

Arábia Saudita, Argélia, Catar, Egito, Emirados Árabes Unidos, Iêmen, Irã, Iraque, Israel, Palestina, Jordânia, Kuweit, Líbano, Líbia, Marrocos, Mauritânia, Omã, Síria, Sudão, Tunísia e Turquia.

ÁFRICA – 12 PAÍSES

Benin, Burkina, Cabo Verde, Chade, Djibuti, Etiópia, Gâmbia, Guiné, Guiné-Bissau, Mali, Níger e Senegal.

ÁSIA – 21 PAÍSES

Afeganistão, Bangladesh, Barein, Butão, Camboja, China, Coréia do Sul, Coréia do Norte, Filipinas, Índia, Japão, Laos, Malásia, Maldivas, Mongólia, Nepal, Paquistão, Sri Lanka, Tailândia, Taiwan (Formosa) e Vietnã.

EURÁSIA – 3 PAÍSES

Cazaquistão, Turcomênia e Tadjiquistão.

EUROPA – 4 PAÍSES

Albânia, Chipre, Gibraltar e Grécia.
Nem todos os crentes sabem que no mundo ainda há povos completamente ignorantes da existência de Jesus Cristo e seu plano redentor.

Poucos se importam em saber que hoje no oriente há cristãos presos e sendo torturados por causa de sua fé.

Quantos têm um programa intensivo de oração pelos povos não alcançados pelo evangelho?

Saber que há povos cometendo suicídios e guerras, por falta de esperança ou fanatismo, não é um assunto que interessa a todos os cristãos.

Os cristãos no mundo estão direcionando apenas 1,2% do seu fundo missionário e de seus missionários estrangeiros para bilhões de pessoas que vivem no mundo evangelizado.

No mundo ainda há dezenas de país com suas portas total ou parcialmente fechadas à entrada de missionários.

Há 28 países muçulmanos (sem incluir seis da antiga união soviética), 7 nações budistas, 3 Marxistas e 2 países hindus, formando o maior aglomerado de povos não alcançados.

Porque evangelizar os povos da Janela 10/40

- Porque ali vive o maior número de povos não alcançados pelo evangelho. Cobre 1/3 total do planeta e representa 2/3 da população do mundo. São cerca de 3,2 bilhões de - pessoas em 61 países.

- Porque ali está a maioria dos seguidores das 3 maiores religiões do mundo: Islamismo, Budismo e Hinduismo.

- Porque de cada 10 pobres na terra, 8 estão nessa região.

- Porque dos 50 países menos evangelizados do mundo 37 estão nessa área.

- Porque as maiores Capitais do mundo estão nessa região.

De acordo com os missiólogos, há diversidades no número de povos não alcançados pelo evangelho hoje. Para Ralph Winter, há 17 mil povos não alcançados e 12 mil línguas. David Barrete declara que são 11 mil o número total de povos não alcançados. Bob Waymire também arrola 11 mil povos diferentes no mundo. Patrick Johnstone avalia em 12.017 o total de povos não alcançados em todo o mundo. Subtraindo desse número os povos entre os quais há cristãos, missionários de fora e autóctones, restam apenas 1.200 povos a serem alcançados. Em sua perspectiva, 99% da população do mundo serão cobertos, inteiramente, com a mensagem do evangelho se ela for transmitida, no máximo, entre 400 e 500 línguas diferentes.

Então concluímos que missões, ainda não é um assunto sério para muitas igrejas. Enquanto templos são enfeitados e grande parte do tempo é utilizada para inúmeros programas, missões é ocasional, ainda não é assunto íntimo.

O Mundo dos povos não alcançados

Segundo alguns estudiosos, temos aqui algumas estatísticas:

- Cada hora 10.700 crianças nascem e morrem sem escutar as Boas Novas em países da Janela 10/40;

- Cada hora de esforço missionário resulta em 9.800 pessoas escutando o evangelho pela primeira vez;

- O resultado é a redução no mundo não evangelizado de 500 pessoas a cada hora, ou pouco mais que 4 milhões de pessoas por ano.

- 9 em cada 10 países mais pobres do mundo estão na África e 8 destes são parte do mundo menos evangelizado.

Fonte: http://www.janela1040.org

A Bíblia Responde 12

Como enfrentar a prisão de companheiros?

endemoniado-prisioneiro-de-gadaraTodos nós que professamos o amor a Cristo somos passiveis de termos em algum momento de nossa vida esta possibilidade.

Na Igreja Primitiva isso de certa forma era comum, em países da janela 10x40 isso também é comum em plena era da informação e informatização! Não pense que isso está longe de você! Não pense que isso não acontecerá com você!

Deus pode te usar, Deus pode usar a sua família, amigos, irmãos e como suportar isso?

Provérbios 1.7-19

“O temor do SENHOR é o princípio do conhecimento; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução. Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensinamento de tua mãe, Porque serão como diadema gracioso em tua cabeça, e colares ao teu pescoço. Filho meu, se os pecadores procuram te atrair com agrados, não aceites. Se disserem: Vem conosco a tocaias de sangue; embosquemos o inocente sem motivo; Traguemo-los vivos, como a sepultura; e inteiros, como os que descem à cova; Acharemos toda sorte de bens preciosos; encheremos as nossas casas de despojos; Lança a tua sorte conosco; teremos todos uma só bolsa! Filho meu, não te ponhas a caminho com eles; desvia o teu pé das suas veredas; Porque os seus pés correm para o mal, e se apressam a derramar sangue. Na verdade é inútil estender-se a rede ante os olhos de qualquer ave. No entanto estes armam ciladas contra o seu próprio sangue; e espreitam suas próprias vidas. São assim as veredas de todo aquele que usa de cobiça: ela põe a perder a alma dos que a possuem.”

Romanos 12.1-2

“ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.”

Gálatas 6.1-5

“IRMÃOS, se algum homem chegar a ser surpreendido nalguma ofensa, vós, que sois espirituais, encaminhai o tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado. Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo. Porque, se alguém cuida ser alguma coisa, não sendo nada, engana-se a si mesmo. Mas prove cada um a sua própria obra, e terá glória só em si mesmo, e não noutro. Porque cada qual levará a sua própria carga.”

Efésios 5.1-20

“SEDE, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave. Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças. Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais seus companheiros. Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no SENHOR; andai como filhos da luz (Porque o fruto do Espírito está em toda a bondade, e justiça e verdade); Aprovando o que é agradável ao Senhor. E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as. Porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe. Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta. Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, Remindo o tempo; porquanto os dias são maus. Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito; Falando entre vós em salmos, e hinos, e cânticos espirituais; cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração; Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo;”

_______________________________________________

Que sejamos revestidos pelo Poder!


Mesmo o objeto mais inanimado tem movimento suficiente para ficar na sua frente e provocar uma canelada.


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Por que os Dons Espirituais São Importantes?

fogo_agua_h_3Assunto: O Espírito Santo é quem prepara a Igreja de Cristo, doando dons a cada um de nós.

Efésios 4.11,16 – “E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores, tendo o aperfeiçoamento dos santos para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo,”

Os dons foram concedido a cada um de nós segundo a proporção de Cristo… E ele mesmo concedeu, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho de seu serviço.

Dom: Dádiva, é doação, presente de Deus para ser útil na obra da Sua Igreja. Não foram dados para fins lucrativos e sim para edificar a Igreja.

1 Coríntios 12.7-11 – “Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.  Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas. Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.”

Cada membro que pertence ao corpo de Cristo na terra. E que dirijam seus ministérios, sejam ordeiros edificadores, cada um fazendo a sua parte, isto é, confortando e edificando.

A Igreja – corpo de Cristo – cresce na maturidade em fé e amor, segundo a cooperação de cada membro. Deus concedeu dons aos homens referindo-se a Cristo assunto ao céu dando à sua igreja. As pessoas chamadas e preparadas para o Seu  ministério, Cristo concede a cada cristão dom .

Os dons são manifestações da Sua graça, do Seu amor, ativo e criativo de Deus, e no poder do Espírito Santo aos homens.

Sabemos que os dons corretamente são usados para edificar o corpo das igrejas de Cristo. Mas o conhecimento da “Palavra de Deus” é importante para a capacitação e para mostrar Cristo, e participar dele de um modo edificante e não para seu próprio benefício.

Romanos 12.6,8 – “De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé; Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino; Ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria. O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem. Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal.”

Nenhum dom é mais importante que o outro. A atividade de todos são iguais. A responsabilidade são de todos, são capacitados para o serviço do Reino de  Deus o corpo de Cristo na terra.

Você faz parte do corpo de Cristo? Então seja unido entre os irmãos! Não queira estar no lugar do outro, nem ser melhor que o outro, seja você mesmo com a sua capacidade e procure buscar em Deus os melhores dons para edificar a Casa do Pai.

Deus abençoe a todos.

Fonte: Autor: Nilza Rangel  |  Divulgação: estudogospel.com.br



As peças que exigem maior manutenção ficarão no local mais inacessível do aparelho.


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012


Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz.


Pb Donizeti (Um servo do Senhor Jesus a serviço do reino de Deus)

Tem cuidado de ti mesmo!

Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina; persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como os que te ouvem” (1Tm 4.16).

Eliseu Antonio Gomes _ www.ubeblogs.net _ Você é o que você comeDeus falou comigo de maneira muito especial ao meu coração através deste versículo, em meu momento devocional nesta manhã (18/02/2012).

“Tem cuidado de ti mesmo” não é uma sugestão, mas uma obrigação de todo ministro cristão. Quantas vezes priorizamos o trabalho cristão, acima da vida de comunhão com Deus. Cedemos à tirania do ativismo religioso que nos rouba o tempo de contemplação, comunhão e intimidade com Deus. Invertemos as prioridades, colocando “a obra” em primeiro lugar e o Deus da “obra” em segundo. O serviço cristão não é mal em si, pelo contrário, mas quando este ocupa o primeiro lugar em nossas vidas, é um ídolo (1Jo 5.21).

Tal qual Marta achamos que Deus está mais interessado em nosso serviço (Lc 10.40-42), porém, Jesus nos ensinou que está não é a melhor parte. Maria escolheu a melhor parte: “uma atitude de adoração e meditação, ouvindo com a mente e coração abertos as palavras de Jesus.”(1)

Medimos a espiritualidade pelo trabalho que fazemos, porém a verdadeira espiritualidade diz respeito a atenção que dispensamos a nossa alma em comunhão com Deus. Queremos que Deus nos fale, mas estamos muito ocupados para parar e ouvi-Lo.

O apóstolo Paulo trata de colocar as prioridades na ordem correta. Se o ministro não cuidar de si mesmo (sua saúde espiritual, também física e emocional) dificilmente terá êxito em sua missão. Jesus disse que “do que há em abundância no coração, disso fala a boca” (Lc 6.45). Se a cada dia enchermos nossos corações da Palavra de Deus e da doce presença do Senhor, as pessoas ao nosso redor por certo notarão. O contrário também poderá ser notado. Vidas vazias podem até fazer muito barulho (como uma lata vazia rolando ladeira abaixo), mas seus efeitos serão poucos.

Como ministros do Evangelho, é realmente muito contraditório dizer aos outros que eles devem se encher da presença de Deus e da Sua palavra, se isto não é uma prioridade em nossas vidas. E, somente será prioridade quando investimos o devido tempo e atenção.

Como diz George MacDonald: "A comunhão com Deus é a única necessidade da alma acima de todas as outras necessidades; a oração é o começo dessa comunhão, e alguma necessidade é o motivo dessa oração. Nossas carências existem para que entremos em comunhão com Deus, nossa carência eterna."(2)

Que os nossos corações possam expressar, com sinceridade, o mesmo sentimento do salmista Asafe que diz: “A quem tenho eu no céu senão a ti? e na terra não há quem eu deseje além de ti” (Sl 73.25).

------------------------------

1. Bíblia de Estudo MacArthur. Barueri, SP: Sociedade Bíblica do Brasil, 2010, p. 1344.

2. MACDONALD, George. Biblioteca de C.S. Lewis. Copilado por James Stuart Bell. São Paulo: Editora Mundo Cristão, 2006, p. 194.

Pr. Paulo Henrique, Alessandra, Matheus e Lucas

Conselhos Bíblicos