Pesquisar no Blog do J.A.

quarta-feira, 29 de julho de 2009

O Piano: O grande mestre e o aprendiz

O Piano

Desejando encorajar o progresso de seu jovem filho ao piano, uma mãe levou seu pequeno filho a um concerto de Paderewski.
Depois de sentarem, a mãe viu uma amiga na platéia e foi até ela para saudá-la.
Tomando a oportunidade para explorar as maravilhas do teatro, o pequeno menino se levantou e eventualmente suas explorações o levaram a uma porta onde estava escrito:

"PROIBIDA A ENTRADA"

Quando as luzes abaixaram e o concerto estava prestes a começar, a mãe retornou ao seu lugar e descobriu que seu filho não estava lá.
De repente, as cortinas se abriram e as luzes caíram sobre um impressionante piano Steinway no centro do palco.
Horrorizada, a mãe viu seu filho sentado ao teclado, inocentemente catando as notas de "Cai, cai, balão".
Naquele momento, o grande mestre de piano fez sua entrada, rapidamente foi ao piano, e sussurrou no ouvido do menino:

- "Não pare, continue tocando".

Então, debruçando, Paderewski estendeu sua mão esquerda e começou a preencher a parte do baixo. Logo, colocou sua mão direita ao redor do menino e acrescentou um belo acompanhamento de melodia. Juntos, o velho mestre e o jovem noviço transformaram uma situação embaraçosa em uma experiência maravilhosamente criativa.

O público estava perplexo.

É assim que as coisas são com Deus.
O que podemos conseguir por conta própria mal vale mencionar. Fazemos o melhor possível, mas os resultados não são exatamente como uma música graciosamente fluida.
Mas, com as mãos do Mestre, as obras de nossas vidas verdadeiramente podem ser lindas.
Na próxima vez que você se determinar a realizar grandes feitos, ouça atentamente. Você pode ouvir a voz do Mestre, sussurrando em seu ouvido:

- "Não pare, continue tocando".

Sinta seus braços amorosos ao seu redor. Saiba que suas fortes mãos estão tocando o concerto de sua vida. Lembre-se, Deus não chama aqueles que são equipados.
Ele equipa aqueles que são chamados. E Ele sempre estará lá para amar e guiar você a grandes coisas.

Michelle Coutinho

Veja se este é o seu caso

O dono de certa propriedade resolveu vende-la por estar insatisfeito com a mesma.
Para isso procurou um agente de publicidade e pediu-lhe que redigisse um anúncio que descrevesse a propriedade, a fim de publica-lo nos jornais.
Quando tudo estava pronto o agente leu o anúncio para o dono da propriedade. O agente havia descoberto características atrativas na propriedade, e descreveu-as com todas as minúcias.
-Leia outra vez esse anúncio-- pediu o dono ao agente.
Após a repetição da leitura, o proprietário disse ao agente: "Bem, resolvi não mais vender a propriedade."
Há vários anos estou à procura de uma propriedade com as características que o Senhor descreveu, e somente agora descobri que sou o dono do que procuro.
Há muitos cristãos que desejam vender a sua igreja, a sua família, e a sua profissão, para comprarem outra melhor, segundo eles pensam. Aos quais aconselhamos que chamem o agente de publicidade, o Espírito Santo, a fim de que Ele lhes descreva as características da Igreja, da família,e do emprego, e do que já tem, pois já são donos da melhor propriedade que se pode obter: JESUS CRISTO.

------VEJA SE ESTE NÃO É O SEU CASO------

terça-feira, 28 de julho de 2009

Vencendo o Medo

Por muitas vezes nós somos surpreendidos por realidades que se parecem com uma noite terrível de temporal que nunca tem fim. Olhamos à nossa volta e nos vemos encastelados, cercados de fantasmas, querendo nos amedrontar.
A gente tenta descobrir uma saída, uma porta, mas não a enxergamos. Os fantasmas das doenças das dividas da discordia, os problemas emocionais, familiares, são tão grandes, tão assustadores,
que o medo começa a tomar conta de nós.
Mas quando esse medo vier bater à porta, querendo cobrar o aluguel da preocupação. Creia que Deus é o nosso socorro diante desses encastelamentos da vida. É Deus. Aquele que é poderoso para nos guardar e livrar de todo mal.
Porque o Senhor é o nosso escudo, livramento, porta aberta, refúgio, cura para a nossa alma.
À medida que caminhamos confiando nestas palavras, declarando dia a dia: "Tudo posso Naquele que me fortalece", caminharemos pela vida com muita confiança, e o medo não terá espaço em nosso viver.
"Ainda que eu ande pelo vale escuro da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam." (Salmo 23:4)

Michelle Coutinho
" Deus é Fiel "

domingo, 26 de julho de 2009

Conversando com os Superintendentes

Frequentemente os Superintendentes estão desejosos de saber como melhorar o próprio rendimento de seu trabalho.
Nesta matéria, destinada a focalizar exclusivamente a Escola Dominical, desejo mencionar algumas das características principais que deve possuir um Professor e Superintendente da Escola Dominical.
Vamos dividir em duas classes as características do Superintendente: Requisitos pessoais e Requisitos técnicos.

Requisitos pessoais:
1. O Superintendente deve ser pontual
2. O Superintendente deve apresentar-se bem
3. O Superintendente deve ser comunicativo
4. O Superintendente deve ser assíduo
5. O Superintendente deve ter visão da obra

Requisitos técnicos:
1. O Superintendente deve conhecer a Bíblia
2. O Superintendente deve conhecer cada lição dominical
3. O Superintendente deve conhecer os professôres
4. O Superintendente deve ter espírito missionário
5. O Superintendente deve ter espírito de liderança

Resumo:
O Superintendente deve, de fato, Superintender.

terça-feira, 21 de julho de 2009

2º Aniversário do J.A. e 1º Aniversário do Blog!

É meus amados o tempo passa! Mas Deus não muda!
Amanhã dia 22 é o aniversário do J.A. e do Blog.
Aquela pequena semente vem crescendo para glória de Deus.
Já temos vários colaboradores, missionários e igrejas ao redor do mundo que nos correspondem.
Peço a Deus que mande muitas bênçãos a todos vocês que de alguma forma são tocados através deste jornal.
Temos também que agradecer a Deus, pois, os nossos novos parceiros que foram mandados por Deus. Sempre temos pedido que o Senhor nos ajude, e Ele sempre responde prontamente!
Recentemente recebi um e-mail do Miss. Antonio René que está em Angola e me pediu que adicionassemos Angola a listagem de países que recebem o nosso jornal.
Veja como a obra se propaga, um planta, outro rega, mas o crescimento só Deus o pode dar!

Estou enviando hoje o jornal para no máximo amanhã todos vocês já possam ter recebido.

Fiquem todos com Deus, pois, Ele quer ficar conosco.

Fraternalmente em Cristo,

Jonathas Januário Pereira
Editor-Chefe
Jornal da Assembléia - "A Voz do Povo de Deus"

Mais um reforço!

A Paz do Senhor Amados leitores!

Mais um de nossos novos colaboradores:

Antonio Donizete Pereira
53 anos, casado, pai de dois filhos, Presbítero da AD de Madureira, Campo de Vila Alpina na cidade de Olímpia/SP.
Formado em Bacharel em Teologia pela FATADS, Faculdade Alfa de Teologia das Assembléias de Deus de Santos.
Atualmente atua como 3º Dirigente da igreja e superintendente da E.B.D., tem grande experiência em trabalhos evangelistícos em colônias de seringueiros no interior do estado de São Paulo.
Também já atuou diversas vezes no J.A. com matérias e na coluna Esboço de uma Pregação.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

UM PROCESSO METABÓLICO

Após falar sobre consagração, reconciliação, justificação e santificação, à luz do versículo 1 de Romanos 12, precisamos avançar para mais três itens relacionados com nosso crescimento de vida: a renovação da mente, a transformação e a conformação. Todos estão mencionados no versículo a seguir: "E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus" (v.2). Tanto a renovação como a transformação cooperam para que sejamos conformados a imagem do Filho (8:29).
A experiência da transformação representa um processo metabólico pelo qual passamos para ser como Deus é em vida e natureza, mas não na Deidade. Como sabemos, podemos comparar esse processo ao da transformação da lagarta em borboleta. No entanto, conforme nossa experiência, é comum nos depararmos com situações em que deixamos de ser borboletas para ser lagartas. Quando nos deparamos com isso, precisamos perseverar em viver a vida da igreja para obter transformação.
Além disso, visto que buscamos Cristo, Ele se torna a plenitude em nós. A consequencia dessa busca é a conformação, isto é, teremos a imagem de Cristo e expressaremos Deus em plenitude. Diante disso, precisamos perguntar: "Através dos anos, quanto Cristo foi vivido em mim? quanto de Cristo há em mim? quanto fui conformado a Cristo?". Então nossa vida crescerá até que, por fim, seremos conformados à imagem de Cristo.
Com a experiência da renovação da mente, transformação e conformação, alcançaremos a glorificação, que é o fim do processo de crescimento de vida alcançado no período em que estamos na vida da igreja. Quem possui esses itens é um vencedor. Leiamos: "E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou" (Rm 8:30). Esses são os oito itens que praticamos na igreja. Não que tenhamos de cumprir o primeiro iten para depois chegar ao segundo e assim sucessivamente. Os oito itens acontecem simultaneamente. Aleluia.
Em Romanos 8 podemos ver claramente o crescimento de vida se desenvolver até atingir o nível mais alto, que é ser vencedor. Enquanto nos versículos 28 e 29 vemos o processo do crescimento de vida, entre os versículos 33 e 37 vemos que o resultado é ser vencedor. Por isso, o que buscamos na vida da igreja é crescimento de vida, pois, nessa altura, nada pode nos separar do amor de Cristo (v. 39). Ser vencedor é ser povo de propriedade exclusiva de Deus.
Embora não possamos afirmar que somos vencedores, podemos afirmar que estamos nesse processo. Vemos isso em I Tessalonicenses. Nossa vida cristã em três estágios: a obra da fé, o labor do amor e a perseverança da esperança em nosso Senhor Jesus Cristo (1:3). O primeiro estágio, a obra da fé, já foi feito, e nosso espírito já foi salvo (Ef 2:1). Hoje estamos no estágio do labor do amor. Na vida da igreja, estamos no amor e, por causa dele, laboramos. Se hoje nós temos muito labor no amor, a nossa vida vai crescer.
Por fim, a esperança gera a perseverança na vida do Senhor Jesus. Nossa esperança é Sua vinda. Estamos a caminho de ser vencedores, esperamos a volta do Senhor e desejamos ser arrebatados vivos. Os vencedores serão arrebatados até o terceiro céu (Ap 12:5). Hoje, contudo, esperamos que todos os vencedores sejam produzidos para que sejamos arrebatados juntos. Esse conjunto de vencedores é o filho varão. Jesus é o nosso Senhor! Amém.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Quebrando barreiras com a apologia cristã

Desde o início da era cristã houve diversas heresias acerca da doutrina de Cristo, da Trindade, da Pessoa do Espírito Santo e outras. O renascimento desses antigos ensinos, tem voltado em roupagem moderna. Ensinos estes, que foram combatidos pelo próprio Senhor Jesus, pelos apóstolos e pelos pais da igreja. Se analisarmos o Novo Testamento, vemos que um terço dele se ocupa no combate as heresias. Todo o seu conteúdo formam um poderoso baluarte da verdade na destruição das heresias.

O Senhor Jesus, enfrentou os adeptos das seitas em seu tempo, como os fariseus, os saduceus e outros.Jesus poderia concordar com aqueles homens, porque eram da descendência de Abraão, o povo eleito. Poderia ter evitado o "fogo amigo" como muitos sugerem. Jesus poderia ter apenas se defendido, sem contra-atacar o povo da mesma descendência. Mas além de defender a verdade, desmascarou-os, chamando-os de: Hipócritas, (Mt 23.13,14,15,) condutores cegos (Mt 23.16) Insensátos e cegos (Mt 23.17,19,24) serpentes e raças de víboras (23.33). O livro de uso, tanto de Jesus como dessa gente, era o mesmo, Jesus fazia uso do livro da Lei (Lc 4.17 e 10.29).

Se liam o mesmo livro, e faziam menção do mesmo Deus, diferiam no quê? Na interpretação, e na aplicação do livro da lei em suas vidas.Muitas pessoas na igreja, cantam nossos hinos, lêem a mesma Bíblia, falam de um mesmo Deus, mas suas condutas não condizem com o que pregam, e suas interpretações dos textos sagrados estão ao contrário da verdadeira hermenêutica bíblica. E o que fazer com estas pessoas? Alguns dizem: "Não devemos atacá-las, devemos nos preocuparmos somente com o evangelho, com a salvação de almas, vamos cessar o fogo amigo, não vamos nos ultrajar"! Meu irmão, antes o diabo vinha subindo contra a correnteza, tentava freiar a marcha da igreja com os leões, a espada, a inquisição etc.

Mas o sangue dos justos era como sementes, quanto mais sangue derramando, mais pessoas aceitavam a mensagem da cruz. Então ele mudou a estratégia, hoje ele usa a própria Bíblia para confundir o objetivo dela. Jesus disse:"Ide por todo mundo, pregai o evangelho a toda a criatura"... não disse ide e pregai riquezas materiais, ide e pregai milagres. Porém está escrito: "Esses sinais seguiram aos que crerem". Crer em quê ? Na palavra de salvação. A prioridade é a salvação, as demais coisas são consequência.Paulo repreende os gálatas por tão depressa passar da maravilhosa graça de Deus para outro evangelho. Porque existiam entre os próprios membros ou pregadores, alguém que nos ensinos, divergiam do evangelho vernáculo pregado por Paulo. Por isso ele ensinou: "Mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, sela anátema" (Gl 1.8).

À igreja que estava em Filipos, Paulo chama os obreiros que ensinava heresias de maus obreiros e cães (Fl 3.2). A Timóteo Paulo ensina que a lei julgará os homicidas, mentirosos, roubadores mas também aqueles que pregarem ao contrário da sã doutrina, e ainda adverte Timóteo conservar a fé e a boa consciência, e rejeitar esses homens (Himeneu e Alexandre) e seus ensinos (Tm1.10,19,20). Paulo ensina a Tito que devemos aprender e manter a palavra de Deus firme, tanto para admoestar na sã doutrina como para convencer os contradizentes (Tt 1.9). Como vamos confrontar até convencer os impugnates, se estamos evitando o fogo amigo, os debates e discussões?Poderíamos continuar falando de Pedro e João que foram apologistas da verdade do evangelho combatendo com impetuosidade quem estava em desacordo com a sã doutrina.

Também poderíamos citar o legado dos apologistas do século ll como Justino Mártir, Atenágoras e Teófilo, Aristides, Melitão, Taciano e muitos outros. Esses homens combateram com zelo tudo o que contrariavam a palavra de Deus na igreja. Não fosse os apologistas e a sua obra, o cristianismo poderia facilmente ter sido reduzido a uma religião folclórica sem qualquer influência na esfera pública mas ampla da cultura. E assim ao longo desses mais de dois mil anos de história da teologia e da igreja cristã, sempre Deus levanta uma voz profética para combater os impugnantes da palavra. No entanto o que eu quero destacar nesse texto, é o comportamento de certos pregadores avivalistas. Não estamos dizendo que os milagres operados como curas divinas, libertações e maravilhas, sejam proveniente do diabo. Não creio que seja.

Mas estes sinais não dão autoridades a eles para deixarem a escola dominical, e cultos de ensinos. Muito menos o estudo acurado da Bíblia. Precisam aprender da palavra para não cometerem aberrações doutrinárias. A distorção da verdadeira hermenêutica e exegese, acontece justamente por falta de conhecimentos bíblicos. Outro fator é a crítica. Eles não gostam de serem criticados, mas os milagres que Deus opera por eles não lhe dão uma blindagem para a crítica. O que é anticonstitucional, é a ofensa, mas criticar uma atitude que é suscetível de erros, é legal. No artigo 5° e inciso 4,8,9 da Constituição Brasileira, está a liberdade de expressão.

Qualquer cidadão pode fazer suas considerações a respeito de quem quer que for, desde que não o ofenda. Algumas pessoas tem dito que devemos amar, tem que prevalecer o amor. Mas amar é diferente de concordar com os erros, quem ama corrigir, quem ama fala a verdade. Vamos mostrar que amamos e que estamos preocupados com nossos pregadores de milagres, mostrando onde devem melhorar e onde estão errando.

Abraços
texto escrito por
Geziel Silva Costa

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Nossos novos colaboradores


Segue abaixo alguns de nossos novos colaboradores tanto do blog quanto do J.A.:

Olá! A paz do Senhor.
Sou Geziel Silva Costa, evangelista da Igreja Assembléia de Deus em Cuiabá - MT. Trabalho na igreja como líder de Jovens, professor da Escola Dominical, colaborador do programa “PALAVRA DA FÉ” da Rádio nazareno FM, atuo como professor da Escola de Teologia Pentecostal de Cuiabá e Mato Grosso. Divulgar a verdade do evangelho através de ensino e preleção da palavra de Deus é meu maior prazer. Sou colunista no Jornal da Igreja “Última Hora”, sempre escrevendo matérias de cunho apologético. Estar colaborando com vocês neste espaço no Jornal da Assembléia de Deus, é ainda maior privilégio para mim.

Na Paz,

Geziel Silva Costa - geziel-costa@hotmail.com


Nome: Michelle André Coutinho

Nascimento: 05/04/1984

Idade: 25 Anos

Casada com Sandro Junior da Silva, mãe de Chrystian Wallace Coutinho da Silva e moro no bairro de Perus em São Paulo – SP

Minha conversão

Quando era recém nascida minha mãe me apresentou na igreja onde ela freqüentava, ali tenho toda certeza que fui marcada pelo Senhor. Passado um tempo minha mãe que era muito jovem se desviou dos caminhos do Senhor, com 9 anos de idade comecei a ir à igreja com uma amiguinha e ali me entreguei a Jesus, fui batizada no Espírito Santo.

Minha mãe sem saber o que estava fazendo me proibiu de continuar a freqüentar aquela igreja achando que eu estava ficando fanática.

Passado algum tempo com os ensinamentos nada cristãos, comecei a sair com amigas de escola e com 13 anos eu e minhas amigas montamos um grupo Cover das Spice Girls e assim fazendo shows e achando que ia ficar famosa achava que era tudo de bom, mas aquilo não era para mim. Eu estava vivendo uma vida de adulta, ficando cada dia com uma pessoa, pois isso estava virando moda.

Aquilo não me preenchia, não pensava como criança, não agia como criança, pois era isso que eu era.

Um dia acredito que Deus falou “basta!” Essa é minha.

Minha tia me convidou para ir à Marcha para Jesus (evento evangélico comemorado todos os anos) eu fui. No princípio fui para bagunçar, mas as palavras ministradas ali acharam um coração sedento de Deus. As palavras vieram como água em terra seca.

Minha tia me chamou para ir à igreja dela e comecei a freqüentar ali, me reconciliei com o Senhor e comecei o processo de libertação. Ali conheci meu esposo, Deus restaurou a minha vida me deu um filho lindo.

Conhecendo a verdade de Deus e desfazendo toda mentira que satanás tinha colocado em minha vida. Deus começou a usar eu e meu esposo como instrumento em suas mãos.

Louvamos ao Senhor, sendo um canal de bênçãos na vida daqueles que estão clamando por socorro, auxilio meu esposo no grupo de Jovens, trabalhamos com peça teatral, louvores, filmes gospel, retiros espiritual e evangelismo. Eu e meu esposo participamos do Ministério de Louvor na igreja, onde Deus com sua infinita misericórdia tem nos usado como seus ministros.

Ministério Palavra do dia

Há um ano atrás, pedi a Deus para me capacitar para falar do seu amor. Ele me respondeu: "Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade." [2 Timóteo 2.15]. Foi então que comecei a ler, ler e ler palavra do Senhor. Ali Ele começou a revelar a sua palavra e colocou o desejo de enviar a palavra do dia para meus contatos de e-mails e assim eu fiz.

Comecei com +ou- 30 contatos, até que um dia comprei um livro no metrô da Sé, o livro é Um vazio do tamanho de Deus do Dr. Fabio Fikedo, ali estava escrito que se você tinha gostado do livro e quisesse receber como cortesia uma bíblia era só mandar um e-mail para eles, assim eu fiz.

Mandei o e-mail e a palavra do dia, eles me mandaram a bíblia, Deus é perfeito, eles me mandaram uma bíblia de estudo King James, que tem me ajudado a compreender melhor a palavra de Deus.

Respondendo o e-mail para agradecer, eles falaram que tinham um cadastro de clientes e se eu os quisesse me dariam para que eu enviasse a palavra do dia.

Eu disse: É lógico que eu quero. Eles então me mandaram mais de DEZ MIL nomes, fiquei muito feliz com o Senhor, pois eu me coloquei a disposição e assim ele foi abrindo o caminho.

Hoje ainda não consigo mandar a palavra para os DEZ MIL, pois só tenho internet no trabalho, o computador que tenho hoje não agüentaria internet. Estou orando, pois sei que meu Deus me dará condições para investir em um computador abençoado.

Hoje consigo mandar a palavra para mais ou menos MIL CONTATOS, e Deus tem feito grandes coisas, recebo mensagens todos os dias de pessoas falando que Deus tem confortado elas com as palavras enviadas. Estou muito feliz, pois Deus tem respondido as minhas orações. Todos os dias Ele me faz lembrar-se daquela música do conjunto musical Quatro por Um, Um Chamado.

Um Chamado

Eu tenho um chamado, jamais vou me calar

Eu tenho um chamado, o evangelho anunciar

Eu fui escolhido no ventre da minha mãe e eu sei que Deus não abre mão de mim.

Eu sei que eu poderia correr para onde eu quisesse, Deus iria me pegar, pois eu tenho um chamado.

EU AMO ESSE DEUS. DEUS DE ALIANÇA, DEUS DE PROMESSA. DEUS QUE NÃO É HOMEM PARA MENTIR. TUDO PODE PASSAR TUDO PODE MUDAR. MAIS A SUA PALAVRA VAI SE CUMPRIR.

Michelle André Coutinho - michelleandre2000@yahoo.com.br

Desculpe, foi engano...

Era uma vez um rapaz que tinha muitos problemas. Constantemente, em suas preces, ele pedia que Jesus viesse visitá-lo no seu sofrimento.
Um dia, Jesus bateu a sua porta, ele maravilhado, convidou-o a entrar, e Jesus sentou-se no sofá da sala.
Na mesinha de centro encontrava-se uma Bíblia aberta no Salmo 91.
Numa das paredes estava pendurado um bordado com o Salmo 23 e na outra um quadro da santa ceia.
"Senhor Jesus", disse o jovem, "em primeiro lugar gostaria de dizer que é uma honra recebê-lo em minha casa, conforme o Senhor deve saber,estou passando por algumas dificuldades e preciso muito da Sua ajuda..."
"Filho", interrompeu Jesus, "antes de conversarmos sobre os seus pedidos, gostaria de conhecer sua casa. Onde é o lugar que você dorme?"
No mesmo instante o rapaz se lembrou que guardava, no quarto, umas revistas terríveis e se apressou em dar uma desculpa:
"Não, Jesus, lá não! Meu quarto não está arrumado!"
"Bem", disse Jesus, "e a cozinha, posso conhecer sua cozinha?"
O rapaz lembrou que na cozinha havia algumas garrafas de bebida que ele não gostaria que Jesus visse.
"Senhor, desculpe, mas prefiro que não", respondeu o rapaz, "a minha cozinha está vazia, não tenho nada de bom para oferecê-lo."
Neste instante, um barulho forte interrompe a conversa.
Toc, Toc, Toc...!
Era alguém que batia furiosamente na porta, o rapaz se levantou, assustado, e foi ver quem era. Abriu a porta meio desconfiado, e viu que era o diabo.
"Sai da frente que eu quero entrar!", gritou o tentador.
"De jeito nenhum", respondeu o rapaz, e assim começou a briga.
Com muita dificuldade o homem conseguiu empurrar o diabo e fechar a porta.
Cansado, o rapaz voltou para sala e continuou:
"Então, Jesus", disse ele, "como eu estava falando com o Senhor, estou precisando de tantas coisas..."
Mas, outra vez a conversa é interrompida por um barulho forte que vinha da janela do quarto. O rapaz correu para ver quem era e ao abri-la se deparou, novamente, com o diabo:
"Agora não tem jeito, eu vou entrar!", disse o inimigo.
Mais uma vez o rapaz se debateu com ele e conseguiu trancar a janela.
"Senhor", disse ele, "desculpe a interrupção,conforme lhe dizia..."
Outra vez, dos fundos da casa, se ouvia tamanho barulho como se alguém quisesse arrombar a porta, era novamente o diabo:
"Eu quero entrar!"
O rapaz, já exausto, lutou com ele e conseguiu mantê-lo do lado de fora.
Ao voltar, contrariado, disse a Jesus:
"Eu não entendo. O Senhor está na minha casa e por que o diabo fica insistindo em entrar?"
"Sabe o que é meu filho", explicou Jesus, "é que na sua casa você só me deu a sala."
O rapaz humildemente entendeu a lição de Jesus e fez uma faxina na casa para entregá-la aos cuidados do Senhor.
Neste instante, o diabo bateu mais uma vez à porta.
O rapaz olhou para Jesus sem entender, e o Senhor disse: "Deixa que eu vou atender."
Quando o diabo viu que era Jesus, que atendia a porta, disse:
"Desculpe, foi engano," e sumiu rapidinho.
Moral da estória: Muitas vezes, é assim que acontece com o nosso coração. Entregamos a Jesus só uma parte dele, apenas a sala, ficando as dúvidas a morar no quarto, o acaso na cozinha, o medo na varanda,então lutamos e não vencemos porque a casa está dividida.

"Porque, quanto ao SENHOR, seus olhos passam por toda a terra, para mostrar-se forte para com aqueles cujo coração é perfeito para com ele..." 2 Crônicas 16.9

Michelle Coutinho

Probelmas de Acesso

A Paz do senhor Amados Leitores!

Peço desculpas a vocês mais uma vez.

Estamos com problemas em nossa conexão e não temos atualizado o nosso blog por isso.

Hoje consegui acessar e já vamos postar novas mensagens para vocês!

Não se esqueça este mês é o mês de aniversário de 2 anos do J.A..

Continuem com Deus.

Fraternalmente,

Dc. Jonathas Januário Pereira
Editor-Chefe
Jornal da Assembleia - "A Voz do Povo de Deus"

Conselhos Bíblicos